Comando Vermelho - A História Secreta do Crime Organizado

Comando Vermelho - A História Secreta do Crime Organizado
4.08889 45



Comando Vermelho - A História Secreta do Crime Organizado





Comando Vermelho - A História Secreta do Crime Organizado - A reportagem de Carlos Amorim revela o que realmente é o Comando Vermelho: um filhote da ditadura militar. Criado na cadeia onde a repressão jogou, juntos, presos políticos e comuns, cresceu no vazio político e social ao qual o capitalismo selvagem relegou a grande massa, o povo das favelas, da periferia. Filho da perversa distribuição de renda, da falta de canais de participação política para esse povo massacrado, o Comando Vermelho pôde parodiar impunemente as organizações de esquerda da luta armada, seu jargão, suas táticas de guerrilha urbana, sua rígida linha de comando. E o que é pior: com sucesso. A cada capítulo, desde o início, o leitor se convence do irremediável: o Comando Vermelho não é um caso de polícia. É um câncer político.




Edições (2)

ver mais
Comando Vermelho - A História Secreta do Crime Organizado
Comando Vermelho

Similares

(2) ver mais
Delitos Obsessivos
Narcoditadura

Resenhas para Comando Vermelho - A História Secreta do Crime Organizado (3)

ver mais
Tudo tem um começo.


Assim que comecei a ler o livro, um amigo disse: Não gosto desse tipo de leitura porque os autores costumam ser muito parciais. Meu amigo errou. Esse é um livro de fatos, datas, nomes e números. É claro que existe uma teoria envolvida, e é claro que em algum momento é possível notar a opinião do autor a respeito. Mas, todo livro em si já representa alguma opinião, e, cá entre nós, em vista da demagogia que podia estar por trás dessa publicação, acaba sendo um bônus, uma agradável surp...

Estatísticas

Desejam22
Trocam1
Avaliações 4.1 / 71
5
ranking 39
39%
4
ranking 32
32%
3
ranking 24
24%
2
ranking 4
4%
1
ranking 0
0%

56%

44%

magnojunior
cadastrou em:
26/02/2009 09:33:57


logo skoob
"O contato direto com outros leitores incentiva a ler e adquirir livros que nem imaginávamos existir."

Revista Época