Pode o subalterno falar?

Gayatri Chakravorty Spivak



Pode o subalterno falar?





Publicado primeiramente em 1985, no periódico Wedge, com o subtítulo 'Especulações sobre o sacrifício das viúvas', este artigo recebeu repercussão, principalmente após ter sido republicado em 1998, na coletânea de artigos intitulada 'Marxism and the Interpretation of Culture'. Ao relatar a história de uma jovem indiana que não pode se autorrepresentar fora do contexto patriarcal e pós-colonial, Spivak argumenta que o subalterno, neste caso a mulher, não pode falar e quando tenta fazê-lo não encontra meios para se fazer ouvir.

Edições (1) ver mais
Pode o subalterno falar?
Similares
Estatísticas
Desejam3
Trocam2
Avaliações 3.7 / 17
5
ranking 24
24%
4
ranking 41
41%
3
ranking 18
18%
2
ranking 18
18%
1
ranking 0
0%

35%

65%

Amandha Silva
cadastrou em:
29/04/2011 21:02:19


logo skoob
"É sem dúvida um sinal de liberdade, uma mostra de que é a própria leitura que está pedindo seu espaço, independentemente de campanhas de incentivo."

JB Online