A Viúva e o Papagaio

Virginia Woolf



A Viúva e o Papagaio





Epílogo Este conto esconde outra grande história. A história de Quentin Bell e do seu irmão, os sobrinhos de Virginia Woolf e do jornal que faziam todos os dias para a família, quando Quentin tinha doze ou treze anos. Um jornal que incluía ilustrações, reportagens, entrevistas e uma enorme quantidade de artigos, quase como um verdadeiro jornal. Anos mais tarde, Quentin descreveria as visitas da sua tia Virginia como «uma cálida brisa vinda de sudoeste, que nos enchia de uma espécie de espantosa energia». Naturalmente, como era escritora, as crianças pediram-lhe uma colaboração para o seu jornal. O resultado foi «A Viúva e o Papagaio», um conto infantil sobre o amor aos animais, que a sua tia fez especialmente para esta ocasião. As crianças atiraram-se a esta história de enredo surpreendente. Muito tempo mais tarde, Quentin editou o livro com ilustrações de seu filho Julian. Hoje em dia, o conto é um clássico e a tia de Quentin, aquela mulher que entrava em sua casa como uma cálida brisa de sudoeste, é considerada uma das maiores escritoras de todos os tempos, e a sua obra continua a ser lida e admirada em todo o mundo.

Edições (3) ver mais
A Viúva e o Papagaio
A Viúva e o Papagaio
A Viúva e o Papagaio
Similares
Estatísticas
Desejam3
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.8 / 4
5
ranking 0
0%
4
ranking 75
75%
3
ranking 25
25%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

32%

68%

Francine
cadastrou em:
14/08/2011 11:14:12


logo skoob
"Entro para pesquisar o livro que vai ocupar o lugar na minha mesinha de cabeceira"

Rede Bom Dia