Anna de Assis.

Judith Ribeiro de Assis...



Anna de Assis.


História de um trágico amor: Euclides da Cunha, Anna e Dilermano de Assis.




Anna de Assis – História de um Trágico Amor é a biografia de Anna de Assis escrita por Jeferson de Andrade com depoimentos de Judith de Assis (filha de Anna). A bela Anna Ribeiro era filha do influente herói da guerra do Paraguai e muito bem relacionado Major Sólon Ribeiro. Euclides da Cunha, futuro escritor de "Os Sertões", tinha acabado de ser expulso do exército e foi convidado à sua casa, quando a conhece e se encanta com sua beleza, desposando-a algum tempo depois. Euclides era um homem de temperamento muito forte, e teve atritos com a família de Anna até o seu total rompimento com a mesma. Euclides também era Engenheiro Militar e fazia longas e constantes viagens, deixando Anna abandonada com seus filhos. Algumas de suas viagens duravam mais de ano. Quando tinha 34 anos de idade, Anna que era uma batalhadora mudou-se com seus filhos para uma pensão, aonde conheceu Dilermando de Assis, jovem cadete de 17 anos e belo atleta, campeão de tiro, por quem se apaixona perdidamente e com quem tem um caso amoroso. Quando o escritor retorna ao Rio de Janeiro, Anna conta-lhe que o traíra espiritualmente o que gera uma crise de ciúmes e desconfianças que vêm culminar com o nascimento de uma criança de cabelos louros e olhos azuis, biotipo completamente diferente do da família. Apesar disto, Euclides registra a criança como sua, mas isola-a da mãe impedindo-a de ser amamentada até a sua morte, com 7 dias de vida. A partir daí, Euclides que não tem mais dúvidas sobre a infidelidade da mulher é dominado pela ira, tendo várias explosões de fúria. Anna, atormentada, pede a separação várias vezes, até que abandona o marido e se muda para a casa do amante. Num domingo, Euclides, totalmente descontrolado, invade a casa do rival acertando-o com quatro tiros, baleando também seu irmão, Dinorah. Dilermando reage atirando em Euclides até que este tomba morto na porta de sua casa. Depois deste episódio, Anna, agora viúva, casa-se com Dilermando, apesar de toda campanha contra ela. Alguns anos depois, seu filho Euclides da Cunha Filho, invade um cartório onde estava Dilermando alvejando-o pelas costas, mas o campeão de tiro reage mais uma vez matando o próprio enteado. Dilermando foi julgado e absolvido por legitima defesa nos dois casos. Depois de treze anos de casamento e cinco filhos, Dilermando se apaixona por outra mulher separando-se de Anna. Anna de Assis foi duramente criticada e massacrada pela imprensa até a sua morte em 1951.

Edições (3) ver mais
Anna de Assis.
Anna de Assis
Anna de Assis.
Similares
Resenhas (2) ver mais
on 16/7/13


Mais do que uma história de amor, o livro conta - na visão da filha de dois dos três principais personagens - passagens relevantes da história brasileira. A vida de Anna de Assis é o retrato de uma mulher que, além de viver à frente de seu tempo, sempre foi fiel às suas convicções. Independente da o... leia mais
Estatísticas
Desejam4
Trocam1
Avaliações 3.9 / 38
5
ranking 34
34%
4
ranking 34
34%
3
ranking 21
21%
2
ranking 11
11%
1
ranking 0
0%

16%

84%

Janaína Moraes
cadastrou em:
17/03/2009 01:41:31


logo skoob
"Skoob faz sucesso e dobra em número de usuários e obras cadastradas todos os dias"

IG Tecnologia