Um Gato de Rua Chamado Bob

James Bowen



Um Gato de Rua Chamado Bob


A história da amizade entre um homem e seu gato




Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks).


Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.


Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.


Edições (1)

ver mais
Um Gato de Rua Chamado Bob

Similares

(7) ver mais
Dewey
Kate Somente
Cleo
As Nove Vidas de Dewey

Resenhas para Um Gato de Rua Chamado Bob (206)

ver mais
Resenha: Um Gato de Rua Chamado Bob
on 2/10/13


Resenha: “Um gato de rua chamado Bob” narra a história real de vida de James Bowen e de como ele conseguiu passar por várias provações e teve várias segundas chances durante toda a sua trajetória. É comovente adentrar dentro de um universo como este e acompanhar de perto os anseios, medos, alegrias... leia mais

Vídeos Um Gato de Rua Chamado Bob (2)

ver mais

Crítica: "Um Gato de Rua Chamado Bob", de James Bo

Um Gato de Rua chamado Bob - Saraiva.com.br


Estatísticas para Um Gato de Rua Chamado Bob

Desejam916
Trocam69
Avaliações 4.4 / 2.452
5
ranking 58
58%
4
ranking 25
25%
3
ranking 14
14%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

14%

86%

Leitora Viciada
cadastrou em:
10/04/2013 09:15:13


logo skoob
"É maravilhoso fazer amigos por meio dos livros, sejam eles Harry Potter, Zibia Gasparetto ou Cortázar."

JB Online