Origens do Totalitarismo

Hannah Arendt



Origens do Totalitarismo


Anti-Semitismo, Imperialismo, Totalitarismo




Escrita em 1951, esta obra trouxe um contributo fundamental para a compreensão do totalitarismo, tanto no caso soviético com a luta de classes, como no nazismo com a luta de raças. Hannah Arendt apresenta um quadro completo da organização totalitária, a sua implantação, a propaganda, o modo como manipula as massas e se apropria do Estado com vista à dominação total. A sua crítica da razão governamental totalitária ainda hoje é pertinente, numa época onde vigoram regimes com estas características e, mais do que isso, num terreno onde a democracia liberal não afastou por completo os vestígios de uma ideologia de terror que torna o homem supérfluo. Com a sua lúcida análise, percebemos por que motivo o campo [de concentração] se encontra no âmago do totalitarismo.

No final Arendt deixa uma «profecia» desconcertante: «As soluções totalitárias podem muito bem sobreviver à queda dos regimes totalitários sob a forma de forte tentação que surgirá sempre que pareça impossível aliviar a miséria política, social ou económica de um modo digno do homem.»

Edições (2)

ver mais
Origens do Totalitarismo
Origens do Totalitarismo

Similares


Resenhas para Origens do Totalitarismo (3)

ver mais
on 12/2/13


"As Origens do Totalitarismo" é a obra-prima de Hannah Arendt. Lançado em 1951 (com edição nova na praça em 2013), é a suprema história do povo judeu, analisada século após século, com o desfecho do trágico destino deste povo sob o julgo do Nazismo. É um autêntico show de erudição. Ao mesmo tempo... leia mais

Estatísticas para Origens do Totalitarismo

Desejam147
Trocam1
Avaliações 4.6 / 127
5
ranking 65
65%
4
ranking 28
28%
3
ranking 6
6%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

48%

52%

Helena
cadastrou em:
16/06/2009 09:50:36


logo skoob
"Uma ferramenta como essa pode certamente ser usada por professores para incentivar a leitura"

Jornal do Brasil