Faça seu login para ter acesso a todo conteúdo, participe também do sorteio de cortesias diárias. É rápido e gratuito! :) Entrar
Login
Livros | Autores | Editoras | Grupos | Trocas | Cortesias

Acesse a maior rede de leitores do Brasil
O Ser e o Nada

O Ser e o Nada

Ensaio de ontologia fenomenológica

Sinopse



A obra mais famosa de Jean-Paul Sartre, um dos marcos fundamentais do pensamento do século, ganha nesta obra sua primeira tradução em português desde que foi lançada em 1943, desencadeando a doutrina existencial e exercendo incontornável influência em várias gerações e diver... Leia mais

Adicione a sua estante


Estatísticas

4.3 (174) avaliaram 12345
5
ranking 53
53%
4
ranking 30
30%
3
ranking 14
14%
2
ranking 1
1%
1
ranking 2
2%

homens48% homensmulheres52% mulheres
2 Trocam este livro
RainesPaulo Honório
196 Desejam este livrover todos
Jane_LaraFKretly.lp.Priscila MicheleSuzaneBruno Marconi

Resenhas (2)


Myngos 27/07/2010

Uma "tijolada" na cabeça


O Ser e o Nada é um "tijolo" que poucas pessoas leram. É enfadonho como qualquer tratado de ontologia. Mas tal obra possui um diferencial. Foi escrita pela pena de um dos maiores filósofos do século XX em plena 2º Guerra Mundial e sob ocupação dos nazistas. Torna evidente que a questão "Quem somos?" não pode ser respondida atrav... Leia mais


Atividades Recentes

Vitor
Vitor vai ler
2 dias, 15 horas atrás
Raphael Risther
3 dias, 20 horas atrás
Joca
Joca marcou como tenho
4 dias, 2 horas atrás
Joca
Joca marcou como favorito
4 dias, 2 horas atrás
Joca
Joca avaliou
4 dias, 2 horas atrás
12345
Joca
Joca já leu
4 dias, 2 horas atrás

Relacionados

Edições (2)


El ser y la nadaO Ser e o Nada

Grupos (2)


Clássicos da Literatura
Jean-Paul Sartre


GuilhermeGuilherme
cadastrou em:
11/01/2009 13:52:23
Poeta MórbidoPoeta Mórbido
editou em:
22/11/2011 07:25:10
ViviVivi
aprovou em:
22/11/2011 07:25:10


logo skoob beta
"Diferentemente das redes de relacionamento pessoal, o que importa no site não são as fotos dos usuários ou para que time eles torcem, e sim o que merece ou não ser lido."

Estadão