O livro dos abraços

Eduardo Galeano



O livro dos abraços





Tratar a memória como coisa viva, bicho inquieto: assim faz Eduardo Galeano quando escreve. Sua memória pessoal e a nossa memória coletiva, da América. Quando escreve, ele mostra que a história pode – e deve – ser contada a partir de pequenos momentos, aqueles que sacodem a alma da gente sem a grandiloqüência dos heroísmos de gelo, mas com a grandeza da vida.
Assim é "O livro dos abraços". Em suas andanças incessantes de caçador de histórias. Galeano vai ouvindo de tudo. O que de melhor ouviu ele transforma em livros como este, onde lembra como são grandes os pequenos momentos e como eles vão se abraçando, traçando a vida.

Edições (1) ver mais
O livro dos abraços
Similares
Resenhas (23) ver mais
Recordar: voltar a passar pelo coração
on 22/3/10


A pequena edição de capa amarela só revela o seu peso quando o carregamos no colo. Do Livro dos Abraços, de Eduardo Galeano despenca um mundo de possiblidades que só esperam que abramos os olhos. É um livro de restrições, de liberdades; de sonhos desperdiçados; do cotidiano e do extraordinário; de p... leia mais
Estatísticas
Desejam180
Trocam4
Avaliações 4.5 / 781
5
ranking 63
63%
4
ranking 26
26%
3
ranking 9
9%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

27%

73%

Priscily Coelho
cadastrou em:
11/01/2009 18:53:57


logo skoob
"O sucesso do Skoob tem explicação. Além de ser uma ferramenta inédita em português, chamativa para leitores inveterados, o funcionamento do sistema é fácil."

A Notícia