A Síndrome de Ruben

S. Levati



A Síndrome de Ruben





Ruben, um jovem de vinte e três anos, teve uma educação repressora, sob os cuidados exagerados da mãe que, religiosa, separada do marido, pôs todo o rigor na criação do filho, mantendo-o afastado das mudanças sociais e, possivelmente, desencadeando traumas na sua infância ou adolescência. Agora, após saber que a mãe tem um amante e que este é o pai de sua namorada, Adriana, o que ocasionou a separação dos jovens, Ruben decide morar sozinho.

Dona Cléo, a proprietária do quarto alugado por ele, uma senhora simpática que o enche de mimos, travando de imediato uma amizade, fazendo dele, às vezes filho e às vezes, o companheiro que ela não tem, travando longas conversas sobre assuntos complexos como: religião, sexo, política, etc...

No quarto, Ruben evidencia o seu problema mental, o qual já vem tratando há algum tempo, quando começa a conversar com um interlocutor invisível, revelando a este os seus pensamentos, sua paixão e sua filosofia de vida. O interlocutor, Rafael ou Rafa, como prefere ser chamado, tem idéias opostas ao comportamento de Ruben e, a partir daí, passa a interferir na vida diária do rapaz.

Entre as armações da mãe e do amante, a rejeição da namorada e o conflito vivido com sua esquizofrenia, o rapaz luta para manter-se lúcido, distribuindo atenção, carinho, amor e tem uma compreensão inigualável dos problemas da vida, não se deixando abater e lutando, à sua maneira, para que tudo saia bem, dentro da sua forma de ser e pensar.

Na sua doce e simples visão do mundo que o rodeia, encontra um indigente e o leva para casa. Trata o homem com respeito e dedica-lhe toda a atenção que este nunca teve. Cria-se entre eles uma relação de amizade muito forte. O homem passa a ser o seu pai ausente e se torna para o ex-mendigo, o filho que este não teve.

Dessa estranha relação, surge o desfecho desse drama que, no limite entre a lucidez e a loucura, chega a um surpreendente desfecho.


Edições (1)

ver mais
A Síndrome de Ruben

Similares


Estatísticas para A Síndrome de Ruben

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 1
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

50%

50%

Kleber
cadastrou em:
09/11/2009 14:47:15


logo skoob
"Diferentemente das redes de relacionamento pessoal, o que importa no site não são as fotos dos usuários ou para que time eles torcem, e sim o que merece ou não ser lido."

Estadão