Mãe Sempre Sabe?

Mãe Sempre Sabe?
4.15 20



Mãe Sempre Sabe?


Mitos e verdades sobre pais e seus filhos homossexuais




Mãe Sempre Sabe? - A homossexualidade é um tema controverso que ainda gera debates, pesquisas, livros, movimentos, manifestos. Entretanto, pouco se fala sobre os pais de homossexuais. Como eles tomam conhecimento da homossexualidade dos filhos? Como lidar com essa constatação? E quando um dos pais não aceita e rejeita o filho, o que fazer? Edith Modesto fala abertamente aos pais de homossexuais, por ser ela também uma integrante deste grupo. Em 1992, quando soube que seu filho era gay, Edith precisou compartilhar sua experiência com outras mães, e dessa forma sentir-se menos sozinha. Percebeu, assim, que a demanda era imensa e, em 1999, fundou o Grupo de Pais de Homossexuais (GPH), organização não governamental da qual é presidente. Com reuniões presenciais e virtuais, o GPH ajuda pais e mães de todo o Brasil que passam por diversas fases até a aceitação da homossexualidade do seu filho. A autora, educadora e professora universitária, conta neste livro o que aprendeu com os vários anos de pesquisa de campo e documental, e divide com o leitor as histórias e opiniões de pais e filhos contadas por meio de depoimentos e entrevistas. Edith discorre sobre o complexo e ainda pouco explorado tema da diversidade sexual dentro da família, a fim de fornecer instrumentos emocionais e psicológicos para os pais lidarem com a orientação sexual de seus filhos e filhas. Mãe Sempre Sabe? é também uma valiosa leitura para os homossexuais, que poderão entender seus pais e ajudá-los neste processo, no qual amor e respeito são fundamentais.

Edições (1)

ver mais
Mãe Sempre Sabe?

Similares

(1) ver mais
Simplesmente Mãe
publicidade

Estatísticas para Mãe Sempre Sabe?

Desejam12
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.2 / 20
5
ranking 45
45%
4
ranking 30
30%
3
ranking 20
20%
2
ranking 5
5%
1
ranking 0
0%

38%

62%

Bruno Dantas
cadastrou em:
29/11/2009 15:58:46


logo skoob
"É sem dúvida um sinal de liberdade, uma mostra de que é a própria leitura que está pedindo seu espaço, independentemente de campanhas de incentivo."

JB Online