Vai comprar? Encontramos uma oferta de R$ 26,90 Ver ofertas
Aprendendo a Seduzir

Aprendendo a Seduzir
4.36204 3251



Aprendendo a Seduzir





Aprendendo a Seduzir - Durante um baile, Lady Caroline Linford abre a porta de um dos cômodos e flagra seu noivo, o marquês de Winchilsea, nos braços de outra mulher.

Para a sociedade vitoriana do século XIX, tais escapulidas masculinas eram normais, e cancelar o casamento seria impensável. O jeito, decide a jovem, é aprender a ser, ao mesmo tempo, a esposa e a amante, para que o marquês nunca mais tenha de procurar outra mulher fora do lar. Por isso, resolve tomar lições - teóricas, claro - sobre a arte do amor com o melhor dos professores: Braden Granville, o mais notório libertino de Londres.

Logo nas primeiras aulas começam a voar faíscas e as barreiras entre professor e aluna caem.



Escrito por Meg Cabot, sob seu pseudônimo, esse romance vai mostrar que o amor escolhe seus próprios caminhos, sempre imprevisíveis.

Romance

Edições (1)

ver mais
Aprendendo a Seduzir

Similares

(5) ver mais
A Rosa do Inverno
Retrato do Meu Coração
A Dama da Ilha
Proposta Inconveniente

Resenhas para Aprendendo a Seduzir (142)

ver mais
Espirituoso e Diferente


Patricia Cabot era um pseudônimo usado por Meg Cabot na década de 90. Como Patricia, ela escreveu seus romances históricos. Devo confessar ao leitor que estava preocupada. O mote "lady inexperiente que pede aulas de sedução ao grande libertino" é muito recorrente e já foi escrito à exaustão. Embora seja um tema muito popular, ele é também muito perigoso, pois o leitor pode perder o interesse no livro a qualquer sinal de déjà vu. Mas isso não acontece aqui, o livro é surpreendente. É ...

Estatísticas

Desejam1.254
Trocam25
Avaliações 4.3 / 3.226
5
ranking 51
51%
4
ranking 29
29%
3
ranking 16
16%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

1%

99%

Diandra
cadastrou em:
27/03/2010 03:57:58
Jée
editou em:
08/06/2015 20:34:43


logo skoob
"É sem dúvida um sinal de liberdade, uma mostra de que é a própria leitura que está pedindo seu espaço, independentemente de campanhas de incentivo."

JB Online