Tristão e Isolda

Helena Gomes



Resenhas - Tristão e Isolda


32 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


naniedias 17/09/2010

Tristão e Isolda, de Helena Gomes
A história de Tristão e Isolda já foi contada e recontada muitas vezes. A autoria da história é desconhecida, sabe-se apenas que foi recontadas por muitos, muitas vezes.
E agora a lenda é recontada pela brasileira Helena Gomes.
Tristão não conheceu os pais. O pai havia sido morto por um usurpador do trono, e a mãe morreu logo após conceber o menino. Para protegê-lo, um dos antigos súditos de seu pai, tomou como filho e colocou outra criança morte em seu lugar.
Mas o sangue real está nas veias do menino, que ao crescer vai se tornando um excelente guerreiro e um magistral menestrel. Até que um dia, ele resolve ir às terras da Cornualha, onde mora Mark, irmão de sua mãe. Lá, ele começa a demonstrar quem realmente é.
E quando um meio gigante da Irlanda vem ameaçar o povo de sua terra, Tristão não pensa duas vezes antes de atacá-lo.
E com toda sua coragem, ele consegue vencê-lo. Mas antes de morrer, o gigante feriu Tristão e, na lança que trespassou o ombro do guerreiro, havia um veneno mortal feito pelas Fadas.
Dias se passam sem que Tristão consiga se curar. Até que ele resolve ir até as névoas - o último recanto da magia - que sempre clamam por ele. É lá que ele irá conhecerr Isolda, a mulher pela qual ele irá se apaixonar perdidamente e que também será responsável por curá-lo.

O que eu achei do livro:
O livro é maravilhoso - a história de um amor ao mesmo tempo impossível, verdadeiro, ingênuo e inocente. Acompanhar a trajetória de Tristão e Isolda é uma delícia! Helena Gomes contou a história trágica desse casal apaixonado de maneira magistral.
No início do livro, a própria autora diz que em muitas versões, os personagens são incoerentes nos diversos capítulos. Isso não acontece nessa versão: Tristão é sempre o mesmo guerreiro corajoso, mas que é tímido em muitos momentos e que carrega muitas dúvidas consigo e Isolda é uma mulher de bom coração e de fortes convicções.
Os personagens são muito bem retratados, embora, principalmente no caso dos dois protagonistas, sejam um pouco "irreais", devido aos poucos defeitos. Mas como é uma história de amor, uma lenda medieval, isso torna a história ainda mais romântica.
A presença da magia no livro é um bônus, além das descrições das terras e dos costumes britânicos. Ler esse livro é realmente uma viagem ao passado. Apesar de algumas diferenças, ele retrata a época de uma maneira muito parecida com a qual eu já havia lido em outros livros, o que deixou a leitura ainda mais especial! O tempo todo eu fiquei lembrando do livro "As Brumas de Avalon", de Marion Zimmer Bradley, por exemplo. Principalmente porque também cita que a magia estava deixando a bretanha e que seu último refúgio era na névoa.
Entretanto, o livro não é só de amor, também traz muitas aventuras, lutas, intrigas... Em um estilo leve e gostoso de escrever, Helena Gomes traz essa história recontada de uma maneira que instiga a leitura!
A edição é primorosa, em uma folha especial (do tipo que é usada em livros de artes, que é meio plastificada) e com muitas ilustrações. Leitura super recomendada!

Nota: 9
Dificuldade de leitura: 7

Leia mais resenhas em: http://naniedias.blogspot.com/
comentários(0)comente



Livia 24/08/2012

Awesome
Eu ganhei esse livro da escola, e no começo não fiquei com muita vontade de ler, mais depois de comecei a ler não me arrependi nem por um segundo. O livro conta uma história fascinante que prender o leitor em seu mundo mágico, você fica com raiva, dó, felicidade e vontade de chorar. Tem uma escrita fácil de ser entendida e surpreendente.
comentários(0)comente



Prosasuzana 02/03/2012

Esse foi o livro que marcou a minha vida. O livro mais bonito que á li. Julguei pelo nome e capa como todo mundo na escola fez. Mas depois do conselho da minha professora de português eu comecei a ler o livro. Por mais que a história atravessou décadas, teimei em pensar que seria como qualquer outro romance, com o final feliz para sempre e etc. Mas eu estava errada e quanto mais eu lia, mais eu ansiava para virar as páginas. Li ele todo em dois dias! E mesmo achando ridículo da minha parte, não hesitei ao ver meus olhos transbordando de emoção, no fim. Esse livro acendeu meus sonhos, aumentou meu prazer pela leitura. Eu não consigo explicar a quão bonita a história é. Só posso dizer que todos deviam ler.
Vanessa 25/02/2014minha estante
Marcou a minha vida também. Livro ótimo, fácil leitura, e com um valor enorme, por ser uma história antiga, mas que traz muito bom conteúdo, de romance e guerras.




Thalía ! 10/02/2014

Perfeito ..
Um amor verdadeiro que sobreviveu além do último suspiro e que mesmo com todo sofrimento continuou forte.
E um final muito triste para uma história tão sofrida de amor. Esse Livro é a prova de que um amor verdadeiro NUNCA ACABA.
Esse vai ser o livro que com certeza esse será um dos que eu vou ter sempre em mente e quando estiver triste , vou lembrar do amor deles , qe me tocou profundamente. ♥
comentários(0)comente



Jhon 28/01/2012

Tristão e Isolda - Recomendo
Pessoas, nao costumo fazer resenhas, mais passo aqui só para dizer que "superecomendo" este livro.
Um dos melhores que já li, uma mistura de romance, aventura, suspense....
para quem gosta de clássicos e também de emoção, este é o livro..
e o melhor além de ser curtinho te prende e envolve de uma certa forma q em menos de uma semana tenho certeza que irá ler.
Fica a Dica!!
Vanessa 25/02/2014minha estante
Você tem razão, o livro é ótimo, super recomendado para quem gosta de um romance cheio de aventuras e intrigas!




spoiler visualizar
caue.diademi 24/11/2014minha estante
Eu gosto muito de RPG também, tanto de mesa como de computador, só não jogo RPG de mesa porque não conheço mais ninguém que gosta.




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gleei 13/11/2012

Filtro de amor... que desculpa esfarrapada (Risos)
Tristão foi filho do rei Rivalen e de Branca Flor, por consequência de uma batalha de Rivalen com Morgan ele morre e logo em seguida Branca Flor,dando o nome de seu filho "Tristão" por seu triste momento, Morgan assumiu o trono de Rivalen sem que ninguém soubesse que Tristão que deveria assumir,mas isso foi mantido em sigilo por Rohalt pai adotivo de Tristão que sabia que se descobrissem que Tristão era vivo Morgan iria matá-lo. Tristão viaja numa embarcação tonto até Tintagel com seu mestre-de-armas ,Governal, Tintagel era assumida pelo rei Mark (tio de Tristão) que também não sabia da existência do sobrinho,descobre pelas feições de seus pais, Mark sofria com o rei Gurmun da Irlanda , que sempre tirava dinheiro dele pelo Gigante Marhaus, inconformado Tristão desafia o gigante em troca de paz, ele mata o gigante,mas fica com graves ferimentos, apesar de Marhaus ser mal até para a própria Irlanda, ele a protegia do dragão-vermelho,sem ele a Irlanda estava vulnerável.

Tristão vai para lá, conhece Isolda , filha da feiticeira e do rei Gurmun, ela trata de seus ferimentos causados pelo tio Marhaus sem saber que quem tinha o matado era o Menestrel que acabara de conhecer, Tristão mata o dragão e conquista o afeto de Isolda a Loura, mas a mãe de Isolda descobre que a espada do menestrel foi a mesma que matou o gigante,mas mantém em segredo, só que na festa de comemoração é tudo desvendado e consequentemente teve que ser feito um acordo de paz entre Irlanda e Tintagel com Isolda se casando com Mark, muita coisa acontece até chegarem em Tintagel pelo acordo, Isolda e Tristão dominados por um filtro de amor que era destinado para Isolda usar com Mark para ama-lo em seu casamento com ele, mas os dois são mantidos neste efeito do filtro e não conseguem se separar, fazendo complicações , com especulações de traições á Mark ele descobre tudo e tenta matar os dois ,mas dá tudo errado e Mark os deixa em paz, mas Tristão teve que seguir seu rumo e deixar Isolda, vaga por 2 anos até descobrir conflitos próximo a Tintagel,mata Morgan assume o posto de rei e morre por Gurmun como vingança, Isolda morre de tristeza por não ter o amado.
comentários(0)comente



Psychobooks 30/10/2010

Muitos de vocês devem conhecer essa história ou já ter ouvido falar dela.
Não se sabe ao certo onde surgiu nem se realmente aconteceu, por se passar numa época em que poucos sabia ler e escrever, a história era sempre recontada através de músicos/trovadores etc e, justamente por isso existem tantas versões da história.
Por exemplo: no filme, no final, Tristão morre e Isolda foge e desaparece e, nessa adaptação da Helena Gomes…
Vocês realmente acharam que eu ia contar o final do livro?! Oo’
Gosto de spoiler, mas não exagerem, rs
Nessa versão, Tristão era um princípe sem ser. Depois de um tirano matar o pai de Tristão e tomar o poder, sua mãe morreu de tristeza pela morte do marido, e o jovem princípe, dado como morto, para não chamar a atenção.
Mas ele não morreu, foi criado por um lorde como seu próprio filho, mesmo sabendo quem ele realmente era.
Mas nosso jovem cresce e muita coisa acontece, inclusive ele se torna princípe, mas não de sua terra por direito, mas sim como descendente do Rei Mark, irmão de sua mãe que ate então nunca soube da existência do sobrinho.
Tristão se mete em pouca e boas, enfrenta um gigante, irmão de uma feiticeira, mata um dragão e vive um amor impossível.
Mesmo sendo apaixonado por Isolda, para salvar seu reino e sua vida, Tristão ‘oferece’ Isolda para seu tio, o Rei Mark.
Mas muitos não estão felizes com essa união, pricipalmente o pai de Isolda, o temido Rei da Irlanda.
Com a ajuda de Frodin, um anão (?) extremamente fiel ao seu rei e muito interesseiro, fara de tudo para acabar com o Rei Mark e seu sobrinho que, de quebra descobre que sobrinho e Rainha são amantes.
Uma história trágica e de amor impossível capaz de conquistar qualquer um, seja pelas batalhas memoráveis, seja pelo amor puro e impossível de Tristão e Isolda.


Gostou? Quer ler mais? Acesse:
http://www.psychobooks.com.br/2010/10/tristao-e-isolda.html
comentários(0)comente



Andy 16/06/2012

Sir Tristam e Princesa Isolda
Muito bom o livro, uma narrativa intrigante e que deixa você com o desejo de quero mais a cada página lida.
Na leitura, você sente a emoção dos personagens, e como você realmente pudesse vivenciar o que está lendo. O final é surpreendente, porém triste. Um amor eterno e proibido, em alguns aspectos lembra até as histórias comoa do filme A Outra, e o clássico da literatura Romeu e Julieta.
comentários(0)comente



Victhor Fabiano 23/09/2012

Extasiado
Incrível obra, incrível livro; apaixonado por cada palavra desse romance. E um grande viva à Helena Gomes por esse trabalho encantador!
comentários(0)comente



dani 27/09/2010

Tristão e Isolda - Helena Gomes
Neste livro de Helena Gomes conhecemos a adaptação do clássico Tristão e Isolda narrada de maneira leve e cativante. A história desses amantes não possui um autor definido e não se sabe se foram ou não reais. O livro mostra a boa essência das histórias de idade média com muitos reis, cavalheiros, lutas, princesas e paixões, tudo representado por personagens com uma personalidade forte e uma presença marcante, a começar pelos principais: Tristão é um cavaleiro da idade média que pode ser considerado um símbolo de honra e lealdade. Isolda uma princesa que possui opiniões formadas e ideais, é forte e luta pelo o que acha certo. O livro conta como Tristão um menino que após a morte de seu pai, o rei de Lyonesse, que foi assassinado em uma emboscada por Morgan um ambicioso que desejava o trono, é criado como filho de um nobre fiel ao seu pai para protegê-lo de Morgan. Ele e seu mestre de armas Governal acabam parando por um acaso na Cornualha onde seu tio Mark é o rei. Tristão cresce neste reino sendo trinado para assumir o trono e ser um grande cavalheiro. Após muitas lutas e aventuras Tristão, que por outro acaso, vai para a Irlanda onde conhece Isolda, a branca, por quem se apaixona, porém esta deve casar-se co seu tio para poder salvar a Cornualha. Nesta história nos deparamos com confrontos de sentimentos tão reais e humanos, como o amor, a lealdade, a ingenuidade com isso nos envolvemos na narrativa sem perceber, nos confrontando também sobre o que é certo ou não e se o amor pode realmente ultrapassar tudo. Um romance que perdurou por eras tem sua razão de ser.

http://olhosderessaca25.blogspot.com/2010/09/sorteio-do-livro-tristao-e-isolda.html
comentários(0)comente



kessy 17/11/2012

uma emocionante história de amor que por muitas vezes leva a pensar em como um final feliz é possível... te colocando nas mais radicais situações vividas por Tristão e Isolda, que na minha opinião é o casal mas desventurado de todos os tempos...
comentários(0)comente



Maggie 06/02/2013

Uma boa adaptação
Muitas são as adaptações dos clássicos para o público juvenil que matam a história, este não é o caso deste livro. Gostei muito do texto apresentado por Helena Gomes! Vale a leitura para os adolescentes ou quase adolescentes ávidos por uma boa história de amor...
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



32 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3



logo skoob
"É maravilhoso fazer amigos por meio dos livros, sejam eles Harry Potter, Zibia Gasparetto ou Cortázar."

JB Online