A cartomante

Machado de Assis



Resenhas - A Cartomante


33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Luana 18/05/2014

Eu li o conto "A Cartomante" na internet e não em livro. O texto mantém o ritmo e fluidez do início ao fim. Enquanto leitora, acredito que é o exemplo de como Machado possuía o controle da escrita. Fiquei impressionada após a leitura do conto.
comentários(0)comente



Flávio 23/09/2013

Conto do grande Machado de Assis.
Muito bom, e surpreendente.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Renata CCS 01/02/2013

Vilela, que amava Rita, que amava Camilo, que amava Rita...
A CARTOMANTE é a historia de Vilela, Camilo e Rita envolvidos em um triângulo amoroso. Rita é esposa de Vilela e vive um caso com Camilo, um amigo de infância do marido. A história começa com um diálogo entre Rita e Camilo, em novembro de 1869. Rita, uma mulher insegura e sonhadora, crê que uma cartomante recentemente consultada pode resolver os problemas e as angústias do casal (já que o que ela disse se assemelha muito com a realidade) e Camilo se nega a acreditar na cartomante e desaconselha Rita a acreditar e procurar essa mulher. Neste conto, a cartomante está caracterizada como uma charlatã, destas que falam tudo o que serve para qualquer pessoa, e assim ludibria os personagens principais. Já no fim do conto, quando estão prestes a serem desmascarados por Vilela, Camilo decide num momento de desespero procurar a cartomante, que o ilude com falsas promessas de felicidade, usando frases de efeito e metáforas a fim de parecer sábia. E assim se dá a sequência ao final trágico da história. Machado de Assis faz uma crítica a sociedade, com uma visão objetiva e pessimista da vida, e mostrando as contradições humanas através de seus personagens, ele nos envolve e surpreende. Machado de Assis é sempre uma leitura recomendada!
comentários(0)comente



K.Sthéfany Lima 16/12/2012

Vale a pena ler, é um conto pequeno e ele não é resumido por incrível que pareça, não deixa a desejar e o final é.. incrível!
comentários(0)comente



duda 19/03/2012

A Cartomante
A historia começa, com o casal Rita e Vilela. Vilela tinha um grande amigo da infância, Camilo. Rita começa e se envolver e ficar muita amiga de Camilo, ate que um dia eles se envolvem em relacionamento. Rita com medo que Vilela descubra vai ate uma cartomante para saber do seu relacionamento que tinha com Camilo. Vilela descobre tudo. Vilela chama Camilo para ir ate sua casa. Mas no caminho Camilo passa na mesma cartomante que Rita. Ao chegar na casa do amigo vê Rita morta, depois de algum minutos de ele cai no chão morto.
comentários(0)comente



Fernanda M. 19/03/2012

Traições
Rita era casada com Vilela, que tinha um amigo de infância, Camilo. Rita e Camilo se envolvem num relacionamento secreto. Rita vai a uma cartomante para saber um pouco de seu relacionamento com Camilo, a mesma que Camilo consulta quando Vilela, misteriosamente, o chama para visitar sua casa. Ao chegar a casa de seu amigo, vê sua amada no chão morta e alguns segundos depois é morto.
O conto trás uma crítica em relação às cartomantes. E de certa forma ensina a não mexer com a mulher do próximo, casada ou não. Raiva e ciúmes podem ser mortais.
comentários(0)comente



Betania 19/03/2012

Camilo vive um romance com Rita, a mulher do seu amigo de infância, Vilela, que voltou a vê-lo depois de muito tempo. Rita vai a uma cartomante que diz que aconteceriam coisas boas com ela e seu amado, alguns dias depois Camilo é intimado por Vilela para ir na sua casa, antes de ir para lá Camilo passa na mesma cartomante que Rita havia ido e ela diz que Vilela não tinha descoberto a traição e que ele e Rita seriam felizes.Quando ele chegou na casa de Vilela viu Rita morta no chão, logo em seguida Vilela disparou a arma contra Camilo matando-o.
O conto faz uma critica as cartomantes.
comentários(0)comente



Pedro 18/03/2012

um caso que envolve rita, camilo e vilela, camilo era o melhor amigo de vilela, eles eram muito chegados. um dia camilo e rita começaram a se envolver e no final vilela descobre, arma uma cilada para camilo e rita e mata os dois
comentários(0)comente



Samantha 17/03/2012

Samantha M. - Word in my bag - http://wordinmybag.blogspot.com
O conto A Cartomante de Machado de Assis foi primeiramente publicado na Gazeta de Notícias - Rio de Janeiro, em 1884. Neste texto, Machado apresenta uma visão pessimista e irônica de um triângulo amoroso entre Vilela, Rita e Camilo. Aproveitando-se de uma linguagem envolvente o autor nos trás citações de Shakespeare e críticas sociais em uma estória, que mescla máximas do romantismo e personagens pitorescos do realismo. A Cartomante nos traz, em sete páginas, alguns minutos de deleite, excitação e angústias nessa sexta-feira de novembro de 1869.
Rita andava meio angustiada devido à ausência repentina do seu amante, Camilo, então resolve visitar uma cartomante para saber o que tenha motivado esse súbito sumiço. Camilo a repreende por julgar imprudente visitar essas casas, pois Vilela poderia descobrir, mas Rita diz ter tido cuidado ao visitar a ‘paranormal’ e ainda a defende as coisas misteriosas da vida. Mesmo achando insensato, Camilo sente-se feliz pela preocupação da amada sobre seus sentimentos.
Mal sabia Rita que Camilo ainda a amava como sempre amou e que deixou de freqüentar sua casa por ter recebido uma carta anônima o chamando de imoral e pérfido e que todos já sabiam de seu caso com Rita. Temendo essa estória chegasse aos ouvidos de Vilela, preferiu se distanciar do casal para não levantar suspeitas. Mesmo depois de ter se afastados da casa de Rita, Camilo ainda andava angustiado pelo medo de que o autor da carta contasse para o marido traído sobre o caso que sua esposa tinha o que seria um choque terrível para Vilela, uma vez que além da dor da traição vindo da esposa, ainda teria uma apunhalada maior: Camilo era seu amigo de infância.
Certo dia Camilo recebe um recado de Vilela pedindo para que ele fosse com urgência à sua casa, pois precisava falar come ele. O amante logo se vê em mais desastrosa angústia, sem saber ao certo o motivo que fizera o amigo traído ter mandado um recado de tão extrema urgência, temendo que fosse sobre seu caso com Rita, Camilo pensou até mesmo em ir armado, mas logo mudou de idéia, resolveu ir sem demora à casa de Vilela. No meio do caminho, por contratempos do destino, Camilo resolve entrar na casa da cartomante para tentar aliviar sua angústia e saber de vez sobre o quê Vilela quer tratar com ele. A cartomante então ganha a confiança de seu cliente com uma frase clichê inicial e se aproveita da resposta dele para desenvolver um limiar de supostas adivinhações, assim como fez com Rita, inicialmente. Então a charlatã deu sua sentença, que ele fosse depressa e não temesse, pois nada seria assim tão grave o tal assunto.
Despreocupado, sentindo-se mais leve, Camilo segue para a casa de Vilela pensando até em reatar os antigos laços de amizade que tinha antes de deixar de freqüentar sua residência. Ao chegar à casa de Vilela, este tinha um semblante desfigurado e sem responder às saudações do amigo traidor, o pega pelo colarinho e dá fim de maneira fria à segunda vítima desse acerto de contas, uma vez que a primeira vítima, Rita, encontrava-se estirada sobre um canapé, ensangüentada.
Arquitetado de maneira ímpar, A Cartomante aborda temas um tanto polêmicos e viaja entre o sobrenatural, o romântico e o realista de maneira leve e fluente. A presença da cartomante como uma figura pitoresca, como charlatã, se aproveita das respostas dos seus clientes para desenvolver uma adivinhação inventada. Também podemos notar a critica às pessoas que julgam antes de analisar as condições, aqui Camilo repreende Rita por ter ido visitar cartomante, mas em um momento futuro, não hesitou em fazer uma consulta.
O conto começa de maneira sobrenatural com uma citação de Shakespeare e logo em seguida viaja para uma atmosfera romântica ao descrever o início do romance de Camilo com Rita e das provas que ele está passando ao trair a confiança do amigo. Terminando com mortes realistas, mas não descartando as máximas do romantismo.
O enriquecimento do conto dá-se com o fluxo das características marcantes do autor, desde as metáforas constantes até a complexidade dos personagens e seus ensinamentos aos leitores.
A Cartomante tem uma leitura leve, envolvente e descontraída, leva o leitor a se tornar cúmplice daquele triângulo amoroso. Considerando as afirmações de Ítalo Calvino, em sua obra Por que ler os clássicos? , ler o conto A Cartomante não seria de suma importância para alguém, mas se gastar 40 minutos em uma leitura te acrescentará as riquezas Machadianas à sua carga cultural, é melhor lê-lo do que desperdiçar esse tempo lendo algumas páginas de Chick Lit.
Machado de Assis reconhecido com maestria como um dos maiores nomes na Literatura Brasileira escreveu em quase todos os gêneros literários. Suas obras dividem-se em nove romances, 200 contos, cinco coletâneas de poemas e mais de 600 crônicas. Machado é considerado um dos grandes gênios da Literatura Nacional e reconhecido no mundo inteiro.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Douglas 11/03/2012

A cartomante
A cartomante é a historia de Vilela, Camilo e Rita. Camilo é amigo de Vilela desde infância, e Vilela é casado com Rita. Camilo começa a ficar com Rita por trás das costas de Vilela, Rita insegura com o amor de Camilo procura uma cartomante.Camilo ri da atitude de Rita, porém, no final, Camilo vai até cartomante, com medo de Vilela ter descoberto o romance dele com Rita.A cartomante o tranquiliza dizendo que Vilela não desconfia de nada. Assim que Camilo chega a casa de Vilela, encontra
Rita no chão, morta.E logo após Vilela o mata também.
Este livro retrata um triângulo amoroso. Machado de Assis, quis denunciar que na época já havia traição na sociedade.
Eu achei este conto muito bom, com ótima coerência de fatos e ações. Porém, Machado de Assis usava muito o padrão culto, dificultando a leitura de pessoas com o padrão de linguagem coloquial.
comentários(0)comente



Gabii Pamplona 11/03/2012

A cartomante é uma historia de Vilela, Camilo e Rita envolvidos em um triângulo amoroso. Camilo riu de Rita, tentou deixar claro que ele a queria, e que em caso de dúvidas procurasse a ele mesmo, também pelo risco de Vilela (marido de Rita) descobrir tudo. Rita era uma mulher insegura, sonhadora, que acreditava nas cartomantes, já Camilo dizia que era uma grande bobagem.Mãe de Camilo morreu,e Rita e Vilela demonstrou ser grandes amigos, Vilela cuido da parte do velório,já Rita, cuidou da parte emocional.. e assim vai surgindo um lindo amor.. Mas no fim Vilela descobre tudo,mata Rita e Camilo. Bom é uma história muito boa pra se ler.. gostei bastante desse Conto! (:
comentários(0)comente



Gabi 25/02/2012

A Cartomante

A Cartomante conta a história de um triângulo amoroso composto por Camilo, Vilela e Rita. Porém Rita e Vilela eram casados, Camilo era um grande amigo de infância de Vilela. Depois de passados muito tempo, Vilela apresenta sua esposa para Camilo, que ele então acaba se apaixonando por ela. Pouco depois Rita e Camilo se tornam grandes amantes, e mesmo tendo que lidar com o medo e com a culpa de ter traído o amigo, ele continua vivendo sua paixão com Rita sem que ninguém soubesse. Depois do recorrer da historia ele recebe uma carta de Vilela marcando um encontro e então este fica com medo de que o marido de Rita tenha descoberto a traição e passa a freqüentar a mesma Cartomante que Rita. E o suspense continua até o final do conto, agradando e despertando muita curiosidade nas pessoas.
comentários(0)comente



Yasmim 20/12/2011

Felizmente, não é uma leitura tão cansativa como a de seu irmão Dom Casmurro. A Cartomante é um conto amargo porém instigante.
comentários(0)comente



33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3



logo skoob
"Rede Social Brasileira conquista os internautas"

30 Giga