Faça seu login para ter acesso a todo conteúdo, participe também do sorteio de cortesias diárias. É rápido e gratuito! :) Entrar
Login
Livros | Autores | Editoras | Grupos | Trocas | Cortesias

O Mundo de Sofia

Romance da História da Filosofia

Jostein Gaarder
Resenhas
Recentes
589 encontrados | exibindo 11 a 16
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 |


Mariana 16/06/2014

No mundo de Sofia
É meu primeiro livro de Jostein Gaarder mas me inspirou a ler outros títulos dele. Por falar em primeiro, creio que "O Mundo de Sofia" deveria ser a primeira leitura dos interessados em se aventurar pelo mundo da filosofia. 
É impossível não se identificar com Sofia e seus questionamentos, assim como é inevitável não criar seus próprios questionamentos diante de tantas ideias. 
Além disso, "O Mundo de Sofia" pode ser um livro de consulta para quando se deseja uma introdução sobre determinado filósofo ou corrente filosófica. 
Por volta da página 300 (meu livro tem 560 páginas), o livro dá uma reviravolta incrível. Eu, que demorei cerca de 1 mês para ler as primeiras 150 páginas, não consegui largá-lo até terminar. Foram dois dias e uma madrugada inteira no mundo de Sofia. 
Mas valeu a pena cada palavra, cada momento de angústia existencial. O mundo de Sofia é uma experiência incrível. 
comentários(0)comente



25/05/2014

Já li esse livro algumas vezes (acho que 3 inteiro, e uma vez eu não terminei), e adorei desde a primeira vez. E esse livro é assim mesmo, tem que ser lido diversas vezes, em diferentes épocas na vida (tipo O Pequeno Príncipe), por vários motivos:

1. para poder apreender todo o conteúdo;

2. cada vez que você ler, você verá as coisas de modo diferente;

3. porque cada vez que você ler, com a cabeça diferente, tirará diferentes lições dele.

Essa resenha nem vai ser muito comprida, devido ao tipo de livro. E apesar de ser um livro mais ou menos didático, ele é uma delícia de ler, e um passeio fascinante pela História da Filosofia, começando lá atrás com os filósofos da Natureza, Platão (que aqui nem fica tão chato), Aristóteles até chegar em Darwin e Freud.

A história é contada de forma romanceada, através de cartas e aulas que Sofia Amundsen, uma menina norueguesa prestes a completar 15 anos começa a ter. Um belo dia ela está voltando para casa com sua amiga Jorunn, e ao chegar, ela encontra em sua caixa de correio um estranho bilhetinho endereçado a ela com algumas perguntas bem intrigantes. A partir daí, ela começa a receber também várias cartas contando a história da filosofia, de um tal Alberto Knox. Ao mesmo tempo, aparecem estranhos votos de felicidades para uma Hilde Möller Knag, que completará 15 anos junto com Sofia. Assim ao mesmo tempo que nos conta a história do pensamento, Joistein Gaarder também constrói um mistério envolvente: quem é Hilde? Por que suas coisas sempre aparecem no meio das coisas de Sofia? E quem é que está por trás desse mistério?

O livro é dividido em duas narrativas distintas: uma a história da própria Sofia, e outra a de Hilde. Cada capítulo é centrado em um período ou filósofo, em ordem cronológica, e assim fica fácil acompanhar e entender as mudanças de pensamento ocorridas em cada época. A leitura é fluida, e o mistério de Hilde prende até o fim. Como eu disse lá em cima, é uma leitura que deve ser repetida, várias vezes. E a cada vez ela irá fascinar. É um dos meus livros preferidos (a minha gata se chama Sofia em parte por causa desse livro). Recomendadíssimo!

Trilha sonora

Out of blue comes green, do A-ha é perfeita por dois motivos: primeiro, o A-ha é um grupo norueguês, como o autor e Sofia, e depois, um verso me lembrou muito uma passagem do livro:

Like a river I´m flowing
And there´s no way of knowing
If I´m coming or going
I need something to chain me down.

Isso me lembrou essa passagem do livro, que está no capítulo de Hegel:

“A história do pensamento – ou da razão – é como o curso desse rio. Contém todas as ideias que gerações de pessoas pensaram antes de ti e que determinam o teu pensamento do mesmo modo que as condições de vida da tua época.Por isso, não podes afirmar que uma determinada ideia é eternamente verdadeira. Mas essa ideia pode ser verdadeira onde tu estás.”

E também essa:

“Estou sempre a mudar. Hoje já não sou a mesma que há quatro anos. A minha disposição e a minha ideia de mim própria mudam de minuto para minuto. Por vezes, sinto-me de repente uma pessoa totalmente nova.”

OBS: eu reli em e-book, no kobo, e o arquivo que baixei é de Portugal. E como li em e-book, não posso dizer com certeza as páginas em que as citações se encontram.

Se você gostou de O Mundo de Sofia, pode gostar também de:

O dia do Curinga – Jostein Gaarder;
Através do Espelho – Jostein Gaarder;
A Viagem de Théo – Catherine Clement.
PS: eu prefiro essa capa que eu coloquei (que é a do meu) do que a nova.

site: natrilhadoslivros.blogspot.com
comentários(0)comente



Marcelo 25/05/2014

Meu livro predileto de Filosofia.
O Mundo de Sofia é um livro magnífico seja pela forma com o que o autor Jostein Gaarder brilhantemente conduziu a história, seja pela apresentação criativa do mundo, da história da filosofia e os personagens fictícios se intercalando com os autores reais da trama filosófica. Tudo neste livro funciona. E funciona muito bem. Agrada a todos mesmo aquele que não tem noção ou entenda sobre filosofia. Aliás para se amar o conteúdo deste livro não é preciso ser sábio, torna-se depois se deixar levar pelos inúmeros questionamentos que ele nos traz.
comentários(0)comente



Felipe 24/05/2014

Confesso que sou "iniciante" em Filosofia e o livro me serviu como um "Guia Prático" da história da Filosofia Ocidental. Gaarder abordar bem o assunto e tem uma escrita bem leve na primeira parte do livro, mas na segunda parte ela fica bem mais complexa e cansativa, além da falta de "dinâmica".

Gostei da importância que ele dá para termos uma mente aberta e questionadora e também da falta de sensibilidade dos humanos, como não enxergam a beleza nas pequenas coisas da vida. E achei totalmente desnecessária esta abordagem, de certa forma irritante, da ONU.

Em relação a história paralela que vai acontecendo, sobretudo a partir da segunda parte do livro, que tem esta mistura de "Paulo Coelho" e conto de fadas não me agradou. Achei arrastada e cansativa, sei que é esta parte que torna o livro um sucesso, mas a sua "mistura" com a filosofia foi desnecessária. Mas gostei do livro em um contexto geral.

Acho que pessoas que tem um conhecimento mais aprofundado no assunto não vão gostar em absolutamente nada do livro e outras já que não tenham uma certa "bagagem cultural" não vão conseguir acompanhar a história. Sei que as outras obras de Gaarder também são muito elogiadas e com certeza irei lê-las.

comentários(0)comente



mila antares 24/05/2014

O mundo de Sofia é um mergulho na história da filosofia, para quem curte o assunto e deseja bastante referências para leitura. Recomendo.
comentários(0)comente



589 encontrados | exibindo 11 a 16
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 |



Publicidade


logo skoob beta
"O sucesso do Skoob tem explicação. Além de ser uma ferramenta inédita em português, chamativa para leitores inveterados, o funcionamento do sistema é fácil."

A Notícia