Em Chamas

...
4.70737 48088



Resenhas - Em Chamas


850 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Helena 26/01/2015

Definitivamente superou todas as minhas expectativas. Li o livro depois de ter visto o filme e admito que fiquei surpresa com a riqueza de detalhes. AMEI o filme, AMEI ainda mais o livro, enfim não tem como não ficar envolvida.
comentários(0)comente



Ce do Ceu 23/01/2015

Em Chamas
Chocante
comentários(0)comente



Patrick 21/01/2015

Chocante
Panem é completamente comandada e omissa ao seu governo, O Capitol, originalmente era dividida em 13 distritos, cada um funcionando de forma independente, sem ligação com os demais. Até que o Décimo Terceiro distrito se rebelou contra as injustiças repugnantes do Capitol. Sem resultado, o 13 foi dizimado e irritou o governo, fazendo com que os Jogos Vorazes fossem criados. Um casal de cada distrito, uma arena, somente um vencedor. Essa foi a resposta do Capitol. Eles são superiores. Tanto que podem retirar de vocês suas crianças e exterminá-las por diversão.
E é assim que a autora infiltra você na série. Você a compreende, sofre, se sente injustiçado e então os acontecimentos do "Em Chamas" te pega completamente de surpresa, a personagem principal que havia brincado com o Capitol nos jogos Vorazes, sendo o único onde existiram dois vencedores, agora está no comando de uma possível grande mudança, você junto com toda nação oprimida de Panem, consegue sentir esperança!
comentários(0)comente



Jana 20/01/2015

Em Chamas
Katniss jamais imaginou que ao tentar salvar sua vida e de seu companheiro de distrito, Peeta, no fim dos terríveis Jogos Vorazes, que sua ação seria vista tanto pela Capital, como pelos distritos em que a tensão como se mantem contida por um fio, como um ato de rebelião, a qual ela agora tinha o dever de conter, ou talvez seja a hora de realmente acender a faísca pela qual todos estão esperando.

Katniss e Peeta são os vencedores da 74ª edição dos "Jogos Vorazes", mas o seu trabalho não acabou com o fim dos Jogos. Agora, é o momento da Turnê da Vitória. Está bem claro para Katniss, e o presidente Snow fez questão de que ela compreendesse, que seu ato de rebeldia estava inflando a tensão em alguns distritos e ela teria que garantir que todos acreditassem que seu amor incondicional por Peeta era a verdadeira razão pela qual ela manipulou o fim dos Jogos.

Mesmo garantindo que sua "paixão" por Peeta fosse exposta em todos os Distritos, talvez o presidente Snow não tenha ficado satisfeito com seu desempenho e decide tomar atitudes mais drásticas para garantir que todos entendam que nem os mais fortes dentre eles poderiam se opor ao poder da Capital.

Esse é o ano do 75ª edição Jogos Vorazes, ou seja ano do Massacre Quaternário. Como de costume, algo especial deve acontecer a cada 25 anos, e esse ano, os tributos devem ser escolhidos dentre os vitoriosos vivos. Como Katniss é a único tributo do sexo feminino do Distrito 12, está garantida seu retorno para a arena.

"Em Chamas" tem tudo o que nós fez gostar do primeiro livro, mas de uma forma maior. Os personagens, a narrativa, o contexto, tudo cresceu em um nível extraordinário, fazendo com que o leitor ame ainda mais essa fantástica estória.

Nossos protagonistas devem voltar à arena, mas diferente do primeiro livro eles passam a conhecer muito mais os seus adversários, alguns tanto, que eles se tornam aliados quando chega a hora de matar ou morrer. É diferente, porém muito interessante conhecer mais a fundo os outros Tributos. Você acaba tendo outra perspectiva dos Jogos. No primeiro livro você torcia pelo Distrito 12 incondicionalmente, em um determinado momento para Rue, mas não chegamos a conhecer nenhum outro Tributo para realmente sofrer com sua morte, mas em "Em Chamas" essa noção muda completamente. Ao sermos realmente apresentados a outros Tributos, ainda torcemos por Katniss e Peeta, mas é impossível não querer que alguém como Finnick, por exemplo, sobreviva.


"Em Chamas" evoluiu muito do primeiro livro, assim como uma boa série deve fazer. Temos toda uma nova perspectiva de como funciona a politica na Capital, o quanto é grande o sofrimento em outros Distritos, quanto os Jogos podem ser mais cruéis, mas nada te prepara para o final surpreendente desse livro. Terminar "Em Chamas" e não ter "A Esperança" em mãos é para enlouquecer qualquer leitor, com certeza.

site: http://www.caminhocultural.com/2013/11/em-chamas.html
comentários(0)comente



SakuraUchiha 18/01/2015

Chamas que que se incendeiam!
'Em Chamas' é o 2º livro da série Jogos Vorazes, da grande autora Suzanne Collins.
Neste livro vemos que Katniss tem sobrevivido os “Jogos Vorazes”, portanto ela deveria estar vivendo uma feliz vida de riqueza e segurança.
Só que em vez disso, as memórias e as conseqüências de seu tempo na arena estão atormentando-a. E pior ainda, as escolhas que ela fez para ganhar os Jogos irritaram o Capitol e colocaram todo mundo que ela ama em perigo. Há relatos de rebelião nos distritos, e parece que Katniss tem involuntariamente se tornado uma heroína da revolução.

Achei essa estória mais interessante e diversificada do que do primeiro livro, que se concentra principalmente sobre a ação dos Jogos. Este livro ainda teve uma abundância de ação, mas os rumores e às realidades da revolta são o elemento mais importante da trama e apelou mais ainda pelo meu gosto de leitura. A escrita, porém, é muito simplista. O cenário é a parte mais interessante do livro. Continuamos no ponto de vista de Katniss, e está tão bem desenvolvido como sempre. Já que ela está, ao mesmo tempo, preocupada com o mundo exterior e incapaz de saber o que está acontecendo lá, isso adiciona tensão e mistério para o aspecto geral.
Entretanto gosto de enfatizar que esta série é muito bem escrita, e você realmente se vê envolvida na trama. A Rocco fez um ótimo trabalho na tradução, como sempre
comentários(0)comente



Nanda Picchi 17/01/2015

Em chamas !!!
Neste segundo livro da trilogia Jogos vorazes Katniss Everdeen e Peeta Mellark são os vencedores do 74º jogos vorazes.
Eles agora moram na Aldeia do Vitoriosos, e apesar de todo o luxo que ela possa proporcionar Katniss se mostra conturbada, e para ajudar o Presidente Snow está em seu encalço devido o episódio com as amoras venenosas, que foi o motivo pela dupla vitoria.

Katniss não imaginou que esse episódio com as amorosas, pudessem desenvolver um sentimento de revolta e esperança na população de Panem.

Para conter tal situação o presidente Snow, lançou o Massacre Quartenário no qual lançando um novo desafio: os tributos dessa vez serão os vitoriosos antigos dos Jogos Vorazes.
E como era de se esperar Katniss e Peeta voltam aos jogos.isto motra-se evidente que foi totalmente feito para conter Katniss. Os jogos dessa vez é mais cruel e alucinante.

Nesse segundo livro a autora mostrou que os personagens e a narrativa estão mais maduros e desenvolvidos.

Katniss se mostra mais corajosa e acaba mostrando e provando que realmente é o Tordo.
Peeta está mais maduro e mostra-se mais sábio, sério e até mesmo corajoso.
Haymitch com o mesmo costume de sempre: beber até cair, mas mesmo assim mostra-se de total importância para o desenrolar a história.
Gale está mais contido na trama, assim como Haymitch, Gale tão é fundamental para o desenrolar da história.

O final é totalmente inesperado e eletrizante! literalmente!
Eu adorei ler este livro e recomendo a todos.

[resenha para o desafio literário Skoob 2015]
comentários(0)comente



Thai 17/01/2015

Melhor livro da trilogia
(Contém spoilers) Certeza que ele é o melhor livro da trilogia. Jamais esperava que as coisas que aconteceram no livro fossem capazes de acontecer.

"Tic-tac"

Eu pensei que qualquer coisa pudesse acontecer, algo como a Prim ser chamada para fazer parte dos Jogos, mas nunca passou pela minha cabeça algo como um Massacre Quaternário. Fiquei muito surpressa, mesmo. Me arrepiei inteira quando foi anunciado, e com a reação da Katniss. O trato dela e do Haymitch. Tudo me deixou de boca aberta.

"Quando você estiver na arena, lembre-se de quem é seu verdadeiro inimigo." - Haymitch

Confesso que fiquei tão confusa quanto ela ouvindo essa frase do Haymitch. Na Arena estava provalmente com mais dúvidas do que ela mesma, não entendia o que estava acontecendo, muito menos quem era o inimigo de fato, como o Haymitch havia dito. Gostei também do modo como Haymitch é exposto no livro. Explicando os motivos de ele beber tanto, e tirando aquela impressão de que ele não passava de um rico, bêbado, que não se preocupa com nada. Também fiquei cada vez mais chocada com a maldade que a Capital é capaz de fazer. Fiquei triste e muito chocada com o que acontece com o Cinna. E isso só fez com que o meu ódio pela Capital crescesse, me deixando apenas ansiando o próximo livro para saber se finalmente eles conseguiriam a vingança. Esse livro, como o Jogos Vorazes me prendeu do início ao fim, me fazendo sentir todas as emoções que a Katniss sentiu.

O final foi simplesmente impressionante! Também era algo que eu não esperava, e fiquei toda arrepiada quando li a última frase do livro. E acredito que todos que leram também ficaram.

Super indico. E se tornou meu livro favorito!

Confira mais dessa e de outras resenhas em meu blog.

site: http://inthevelvetlounge.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Claudio 16/01/2015

Em chamas!! Tá pegando fogo!
Leia o livro! Em chamas, na minha opinião, supera o 1º livro da trilogia. Há muitas coisas que não são faladas nos filmes. Ansiosíssimo para ler o último!
comentários(0)comente



Andréia 15/01/2015

Resenha Em Chamas - www.starbooks.com.br
E quando você pensa que Katniss finalmente terá um pouco de paz e viverá luxuosamente... pense de novo.

Em Chamas, segundo volume da aclamada série Jogos Vorazes, retrata as consequências do ato da jovem Katniss ao salvar seu amigo Peeta na arena.

Vemos o desfile dos vitoriosos, o qual consiste em levar o casal para todos os distritos de Panem e é quando nos deparamos com a pobreza e com a situação calamitosa na qual muitos distritos vivem e vemos o contraste do colorido da Capital com o cinza dos outros distritos. E enfim a rebelião contra o opressivo poder totalitário é iniciada.

Na sequência há os 75º jogos vorazes, o Massacre Quaternário, que é uma edição especial dos jogos realizada a cada 25 anos, e adivinhem como o nosso (não querido) presidente Snow resolve (punir) comemorar: um casal vencedor de cada distrito deverá ser enviado à arena, mas essa é uma arena mais do que especial; e o clima entre os personagens torna-se tenso pois mesmo que haja um certo companheirismo, a protagonista sabe que só um poderá sair vivo dali.

Conhecemos novos personagens, cada um com a sua singularidade e vemos que a união faz a força. Também é muito legal ver o amadurecimento de alguns personagens, como a Effie, por exemplo, que era super exótica e só se importava com a aparência, agora está mais humana e do seu modo demonstra apoio aos tributos do Distrito 12.

site: http://www.starbooks.com.br/2014/07/livro-filme-em-chamas.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gigi 12/01/2015

#ContinuaçãoDosJogosVorazes #SuperIndico#EmChamas
“Senhoras e Senhores os vencedores do 74º edição dos Jogos Vorazes"

Definirei o livro em apenas duas palavras: surpreendentemente revoltante. Ponto final. Mentira, claro. Como se eu fosse conseguir ficar quieta quando se trata de um dos meus livros favoritos. Vocês não sabem o quanto é difícil falar sobre um livro sem dar tantos detalhes e sem ser muito repetitiva. O segundo livro da trilogia começa exatamente onde acaba o primeiro, portanto, não é do tipo que deixa as coisas avulsas na história.

Katniss e Peeta, vencedores da 74° edição dos Jogos Vorazes, agora entram para a Turnê dos Vitoriosos, onde passam por todos os distritos para "agradecer" a vitória. O que é um tanto irônico. Enfim, a cada dia que se passa da turnê, fica mais evidente que aquele ato desafiador (que eu não falei na resenha do primeiro livro) que Katniss fez em seus últimos momentos na arena não seria esquecido tão facilmente pelo Presidente Snow, pois, depois daquele episódio, várias pessoas em alguns distritos começaram a encarar aquilo como um ato de rebelião contra o governo e não como um simples fato que ocorreu entre um casal completamente apaixonado. Neste livro, Katniss volta para sua casa e começa a desfrutar das recompensas por ter ganhado os Jogos Vorazes. Ao lado de sua irmã e sua mãe, se mudam de casa, indo morar perto de Peeta e de Haymitch em uma vila onde só vivem os campeões dos Jogos. Em meio a toda esse cenário, eis que surge a notícia do Massacre Quartenário, que é uma edição especial dos Jogos Vorazes, a qual acontece a cada 25 anos.
O clima desse livro é muito mais tenso que em Jogos Vorazes. Enquanto acontece o Massacre Quaternário, o bicho está pegando pra todos os lados. Uma revolução por completo. Fiquei agoniada do começo ao fim. Esqueça a arena dos Jogos Vorazes, e bem vindo ao Massacre Quartenário. A temática da série ganha um peso muito maior neste volume. Dá pra sentir a tensão das revoltas, de como tudo foge do controle, não só da Capital, mas dos próprios personagens. A arena é simplesmente fantástica! Não vou revelar muita coisa sobre o significado dessa arena, pra você que não quer saber de nada antes de começar a ler, mas ela é muito, muito melhor que a primeira. Tem uma lógica incrível por trás dela.

A autora explora muito bem o fator psicológico dos personagens, e como sua história de vida influencia suas atitudes e a personalidade que eles mostram publicamente. A transformação dos personagens pode ser exemplificada por Finnick e Johanna, ex-vencedores dos Jogos Vorazes que são apresentados no segundo livro. Aparentemente arrogantes e fúteis, vemos até o fim do terceiro livro o desenvolvimento de ambos, mostrando que nada é como parece, e o quanto esses jovens foram usados pela Capital e escondem segredos, traumas e experiências que nos permitem entender ainda mais a forma que o governo de Panem trabalha. Essas transformações também são muito claras em Katniss, Peeta e Gale. Katniss, antes uma sobrevivente, passa a símbolo de uma rebelião, tendo que lutar por toda uma nação além daqueles que ela ama.
Apesar de tratar de um mundo imaginário, o livro se encaixa perfeitamente na sociedade que vivemos hoje, como a distribuição desigual de rendas (vencedores do torneio tem direito a luxos que são negados ao restante da população), divisão de fronteiras (a capital é rica e os distritos mais afastados são pobres) e é claro, a fome (na capital eles tomam uma bebida para poder vomitar e comer mais). Além disso, a autora ainda aborda questões como a manipulação da informação e o controle de massas por meio de entretenimento barato, fatores também comumente vistos na nossa vida.
“Por causa dela, todos são uma ameaça. Por causa dela, todos se acham invensiveis.”
comentários(0)comente



liacms 08/01/2015

Avassalador
Em Chamas: O segundo livro da série. Nesse, nós somos apresentados a “vida pós-jogos” dos protagonistas. Somos apresentados a novos personagens e percebemos rumores de uma revolução.

site: https://liacmsilva.wordpress.com/2014/12/09/resenha-trilogia-jogos-vorazes/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Naty 25/12/2014

Excepcional!!
Mesmo eu já tendo assistido ao filme, esse livro foi muito melhor que o primeiro. Com muito mais ação e tramas mais bem estruturadas e legais. O início do livro até quase a metade narra Katniss e sua nova vida como vencedora destacando seus conflitos e da metade para o final narra o Quarter Quell.
Ainda não li a esperança, mas acho que esse é o melhor livro da triologia. Ele consegue fazer o leitor se enxergar na situação de Katniss e perceber as críticas sociais cada vez mais aderentes à história.
Realmente excepcional. Leiam!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



850 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |



logo skoob
"O sucesso do Skoob tem explicação. Além de ser uma ferramenta inédita em português, chamativa para leitores inveterados, o funcionamento do sistema é fácil."

A Notícia