Formaturas Infernais

Meg Cabot...



Resenhas - Formaturas Infernais


404 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Jana 25/11/2011

Terror? Ha-ha.
Sabe, eu amo terror. Seja em livros, filmes, histórias em quadrinhos, whatever. Eu simplesmente amo! Por isso, me senti irresistivelmente atraída quando vi "Formaturas Infernais" na livraria. Claro, fiquei desmotivada, afinal, Cabot e Meyer (as duas únicas que conheço) são autoras mais do que açucaradas.

Mesmo assim, eu li. Não o comprei mas, logo que minha amiga terminou de lê-lo, pedi para que me emprestasse. E o li numa tarde.

Mas calma! Não se engane. Não o li rapidamente porque fiquei ávida pelas histórias ali contadas. Mas sim, porque a cada conto que eu terminava, eu me desesperava e começava o próximo, porque não conseguia acreditar que aquele livro pudesse ser tão ruim.

A filha da exterminadora - Meg Cabot:

Uma palavra descreve esse livro: clichê. Os personagens, suas personalidades, o enredo. Nada ali consegue ser original. Mesmo sendo uma simples aspirante a escritora, tenho auto estima suficiente para afirmar que sim, até mesmo eu conseguiria escrever algo melhor. Fãs de Cabot, não se ofendam. Eu não tenho nada contra a escritora, até porque, só li um livro dela até agora e não tenho muito conhecimento de causa para criticá-la de uma forma geral (li o "Garoto encontra garota" e ri muito :D Um bom livro). Mas sinceramente, eu acho que ela deveria permanecer na literatura de mulherzinha e desse genêro, não sair jamais.

O buquê - Lauren Myracle

De todos os contos, é o único que se aproxima um pouco da proposta de terror. E mesmo assim, passa longe...mas isso não significa que eu não tenha gostado. É uma boa história. Gostei do desenrolar e especialmente, do fim. Se você é mais sensível, recomendo que o leia de madrugada e sozinha. Assim, quem sabe, haverá possibilidades de um ou dois sustos.

Madison Avery e a Morte - Kim Harrison

O melhor de todos, disparado, mesmo não sendo terror. Não levei muita fé no começo, porque achei que seria clichê como os outros. Mas como me enganei! Amei os personagens e toda a história. Ao chegar na última página, amaldiçoei o texto por ser somente um conto e não ocupar mais páginas.Uma história sobrenatural que consegue prender e deixa um intenso gosto de quero muuuuito mais. Muito bom!

Salada mista - Michele Jaffe

Não sei fui só eu, mas achei o conto confuso. Não exatamente ruim, mas não consegui me concentrar na leitura. E tudo terminou antes que eu conseguisse de fato me concentrar, então não há muito o que dizer. Pode ser que, se ele fosse desenvolvido, eu iria gostar. Ou não.

Inferno na Terra - Stephenie Meyer

O mais decepcionante. Extremamente clichê! O rei do clichês. Caraca, é clichê, clichê, clichê! Sério, eu fiquei impressionada pela podridão do conto. Ele me fez pensar em como uma autora que consegue produzir um troço desses consegue se tornar mundialmente famosa. E olha que eu fui com a cara de Crepúsculo (me refiro ao primeiro livro, não á saga. E para "ir com a cara" desse livro é necessário desligar qualquer senso crítico e ignorar todos os conhecimentos que se tem sobre vampiros. ).

Levando em conta as avalições dos contos,o que mais me espantou no "Formaturas Infernais" foi a precariedade das duas autoras estrelas, Cabot e Meyer. As outras três , mesmo desconhecidas para nós, conseguiram dar de 10 x 0, mesmo que não tenham feito textos brilhantes. Isso é para eu aprender que fama não equivale a talento.

Enfim, a não ser pelo "Buquê" e "Madison Avery e a Morte", eu não recomendo. Prefira Stephen King ou leia "O Exorcista", porque de terror, "Formturas" não tem absolutamente nada.

Arthur 15/12/2009minha estante
não posso dar opinião sobre sua qualidade como escritora/romancista, mas perspicácia enquanto crítica literária é admirável. :)



críticas objetivas, direcionadas no cerne das questões, me poupam de tempo e esforço gastos frustradamente. além de um texto leve e agradável.

parabéns


Karlitos 15/12/2009minha estante
Oi Janaina. Após ler sua resenha, verifiquei que você escreve/escreveu(?) uma obra com o nome Anjos do Apocalipse - O Sétimo Selo. É verdade? Trabalho com produção e publicação de livros e caso fosse possível, gostaria que enviasse seu original para análise. O que acha?

Como não achei e-mail de contato em seu perfil, peço que me mande um e-mail no endereço: karlo.br@gmail.com, com o original, dúvidas e etc.

Obrigado!

Karlo Gabriel


Mary-chan 25/05/2011minha estante
Oi Janaina!
Eu notei que você gostou de Madison Avery e a Morte... Que bom!
Tenho uma noticia para você! O conto virou um livro: Once Dead, Twince Shy.
Eu estou lendo, mas eu acho que o conto continua melhor.
bjos


Anne 26/08/2011minha estante
Ridículo esse livro e foi caro ainda por cima! HSauihasuihas. Muito mal escrito, sem suspense! Horrível!


Jonathan R. 25/09/2011minha estante
"Não o li rapidamente porque fiquei ávida pelas histórias ali contadas. Mas sim, porque a cada conto que eu terminava, eu me desesperava e começava o próximo, porque não conseguia acreditar que aquele livro pudesse ser tão ruim." - Isso descreve tudo que senti enquanto lia essa porcaria. Maldito cara empregado da livraria que me sugeriu esse lixo!


Manu 21/10/2011minha estante
Concordo plenamente com você. Pelo título eu esperava realmente terror. Fiquei decepcionada.


T. Cardoso 16/11/2011minha estante
aai meu Deus, sério ? pqe eu comprei ele hj ¬¬


Naldinho 25/11/2011minha estante
eu também comprei a pouco tempo, já li alguns contos e realmente é muuuito fraco, não corresponde ao que diz a sinopse, cinco contos de terror, não mesmo.
eu achei o começo de Madison Avery e a Morte interessante, mas o final... pra falar a verdade nem final tem, acaba sem + nem -, não se resolveu nada na história.
os q já li são bem fraquinhos, vamos ver os outro q ainda faltam, mas tenho certeza que será a mesma coisa.


Jana 28/11/2011minha estante
Que o bom que o pessoal tá gostando da minha resenha :) E eu estou percebendo que, pelos comentários, todo mundo teve uma decepção semelhante: esperávamos terror e encontramos... Não sei bem o que encontramos, na verdade. Creio que a melhor forma de descrever esse livro seja "propaganda enganosa".


robot girl. 30/12/2011minha estante
Também só gostei do "Buquê" e de "Madison Avery e a Morte", as outras são confusas demais... Não é o tipo de leitura que a faz ficar presa, interessada, ávida por saber como a história vai acabar ;S Eu esperava terror, e definitivamente não foi o que encontrei... Se eu tivesse lido sua resenha (que aliás, está ótima :D) antes de comprar o livro, não o compraria, pois minha opinião foi basicamente a mesma que a sua, rs.


Iago 24/01/2012minha estante
esse livro é uma merda mesmo


Marina 19/02/2012minha estante
O que eu mais gostei foi do buque. Quase morri de tedio quando li o ultimo, chama demais. Fiquei sabendo que tem agora casamentos infernais e beijos infernais, estao na minha lista de "livros pra nunca ler."


Helo Drugue 10/04/2012minha estante
Li os outros da serie, " beijos infernais" e "Amores infernais", e particularmente gostei dos livros. Formaturas era o proximo mas pelo que vi é horrivel! Pena que já comprei e está para chegar. :/


Ana 19/04/2012minha estante
concordo plenamente. :)


Mai 20/05/2012minha estante
Concordo. Acabei de ler o livro, nesse instante. To decepcionada com o livro.


Carol Siq Kira 30/05/2012minha estante
Jana, concordo plenamente com vc e tb só gostei desses dois contos. Mas "o buque" nem é tão inovador porque tem muito da lenda urbana da "Pata do macaco"


Jana 30/05/2012minha estante
Inovador ele não é mesmo. Já ouvi diversas versões dessa história e uma delas foi, inclusive, "a pata do macaco". Mas no quesito terror, continuo achando que é o único que tentou :D


Juliana 30/06/2012minha estante
Eu li O Buquê de madrugada e sozinha e realmente deu um pequeno susto, mas só isso, NO LIVRO TODO. Decepcionante. Além de O Buquê, para mim, só Salada Mista prestou, mas só pela história, por que terror mesmo, nem se fizesse um esforcinho...


Caroline M. 26/08/2012minha estante
Madison Avery E a Morte acabou virando trilogia. (:


Lara 14/10/2012minha estante
Amei esse livro, quase todas as resenhas que li ninguém gostou , aprovei e recomendo :)


Ananda 01/12/2012minha estante
Li quando tinha uns 12 anos. Gostei e até fiquei um pouco assustada. Fui reler ano passado, com 15, e sinceramente não achei a mínima graça, especialmente no conto da Meyer!


Thainá 09/12/2012minha estante
Stephenie Meyer clichê, puto pleonasmo, hahaha. Adorei a resenha, senti exatamente o mesmo quando li.


Luciano 11/12/2012minha estante
Não vou nem tentar ler o livro, só passei por aqui para agradecer pela parte: "... E para "ir com a cara" desse livro é necessário desligar qualquer senso crítico e ignorar todos os conhecimentos que se tem sobre vampiros.)".


Luciano 11/12/2012minha estante
Não vou nem tentar ler o livro, só passei por aqui para agradecer pela parte: "... E para "ir com a cara" desse livro é necessário desligar qualquer senso crítico e ignorar todos os conhecimentos que se tem sobre vampiros.)".


Delêy 18/01/2013minha estante
Não gostei muito desse livro, no inicio eu até que estava achando interessante,mas no decorrer da trama!Não vi ser um livro que me desce vontade de continuar lendo,mas terminei,afinal de contas dinheiro foi jogado fora. -Q


Gaby 28/01/2013minha estante
Concordo plenamente em tudo, foi uma decepção geral, por causa da Stephanie Meyer estava esperando algo melhor, não recomendo de forma alguma tb.


Karine 04/02/2013minha estante
Cara. Eu simplesmente A-M-E-I essa resenha.

Entre a resenha e o livro, fico com a resenha. Hoaiuhaoaiuhaoaiuh


Heloisa 14/03/2013minha estante
Adorei a resenha! Foi exatamente o que pensei quando li! "Buquê" só é o melhorzinho, porque foi inspirado no "A pata do macaco", que é um conto muito bom. (:


Ana Paula B. 16/07/2013minha estante
Só de saber que a é a Stephenie Meyer que escreveu também, já desisti de comprar.


Larissa M. 05/09/2013minha estante
Indico 13 Histórias de Medo. Tem mais terror que esse livro!!


Vic 04/03/2014minha estante
Concordo plenamente! Comprei por vários motivos, a capa era linda, o título era de certa forma interessante e não havia tido nenhum contato com nenhuma das autoras e acabei me decepicionando completamente, histórias fracas, desinteressantes e totalmente clichês!


Dany 16/04/2014minha estante
Gostei da capa, e quando vi os escritores achei que poderia ser interessante, mas depois que vi sua resenha, preferir não me arriscar a perde tempo.


Dalila 13/05/2014minha estante
Eu comprei o livro, pelo menos paguei barato kkk, eu não entendi o final, vou ler todos só por que eu comprei, ele foi o único que achei para comprar que era de terror




Fabricio~Raito 04/12/2009

Formaturas Entediantes
Formaturas Infernais, à primeira instância, cai no paradigma "Capa legal, história deve ser legal". Porém, à cada história lida, Formaturas Infernais vai provando ser o contrário.

O livro possui 5 histórias independentes entre si, mas todas com um tema em comum (tal qual o nome do livro): formaturas. A leitura é rápida e de fácil entendimento. Mas deixa a desejar no quesito "qualidade".

Me pergunto como Stephenie Meyer alcançou tão grande sucesso, tendo uma escrita pobre e simplista ao extremo. Não é por menos que Stephen King chegou a dizer que Meyer "Não escreve nada que preste". E dentre as outras autoras, nenhuma conseguiu sair deste mesmo patamar. Alguns finais chegam a ser previsíveis, e outros terminam subitamente, desperdiçando uma oportunidade de torná-los um pouco mais interessantes.

Formaturas Infernais é entediante, e não muito diferente das minhas leituras de revistas em quadrinhos.

Para os que procuram o "terror" prometido por Formaturas Infernais, aconselho ler o bom e velho H.P. Lovecraft.
Jonathan R. 25/09/2011minha estante
Ufa! Pensei que eu tinha sido o único a odiar o livro.


Vânia Raquel 19/06/2012minha estante
Eu não exatamente odiei, mas fiquei com preguiça de terminar...




Giulia S. 21/11/2009

Fraco e entediante. Os contos não prendem atenção e, acima de tudo, não passam mensagem alguma. Aliás, ainda não entendo o que viram de horror em um livro completamente desprovido disto. Não recomendo nem para passar o tempo.
Jonathan R. 25/09/2011minha estante
Eu recomendo pra torturas.




Blair Boo 17/04/2010

Capa bonitinha. Conteúdo zero.
Esperava contos de verdade.
Fabricio~Raito 10/09/2010minha estante
Concordo plenamente com você. Mas ao invés de dar 3, dei 1 estrela :D


'Vikaa 14/01/2013minha estante
Nao achei ruuim naao... Curti (yn'




Lia 10/12/2009

É interessante o modo como a gente se deixa levar por ter familiaridade com um nome. A maioria das pessoas se interessou pelo livro por causa da Meg Cabot e/ou da Stephenie Meyer. E elas meio que falharam em Formaturas Infernais.

A filha da exterminadora:
O que foi isso? A Meg deve ter escrito entre um livro e outro, porque foi muito sem graça. Foi o pior conto do livro. Chatinho, bobo, quase irritante.

O buquê:
Nunca tinha ouvido falar antes de Lauren Myracle, mas ela me manteve acordada durante toda a noite. É realmente impossível parar de ler este conto até o final. É muito interessante e é o que chega mais perto de assustador. Excelente!

Madison Avery e a Morte:
Kim Harrison também parece ser uma escritora que merece ser divulgada no Brasil, embora seu conto seja um tanto quanto exagerado.

Salada Mista:
Michelle Jaffe não conseguiu desenvolver da mesma forma que Lauren Myracle, não foi sinistro, mas foi o conto mais dinâmico do livro. Inteligente e instigante.

Inferno na Terra:
Depois desse conto tive a sensação de que não importa o que a Stephenie escreva todo mundo vai amar. A história não cativa, parece que falta alguma coisa, que ela esqueceu de falar sobre determinado assunto e que isso fez toda a diferença, mas o final é realmente muito bom.

Em resumo: "Formaturas Infernais" é bom livro, rende uma leitura prazerosa - ainda que não muito em alguns contos - de modo geral. Não é uma grande decepção - a não ser que você se iluda e espere dele um terror, coisa que você provavelmente nunca vai encontrar em livros da Stephenie e da Meg -, sua leitura suave é bom passatempo.
Louise 20/12/2009minha estante
Concordo com tudo! ^^


Kellmsa 11/08/2011minha estante
ainda bem,pensei que apens eu, achei o livro horrivel.

Não valeu o dinheiro que gastei.


Cara, eu com certeza dei mais risadas da historias ridiculas, do que com livros de comedia.

por favor!
e ssas autoras ainda se intitulam de ATUROAS

aff


Nata 07/08/2012minha estante
achei sua descrição de Salada Mista corretissima!
a historia terminou rapido, mas dá um gostinho de quero mais que me deixou fascinada.

O conto da Stephenie Meyer foi de longe o mais decepcionante!




Sandra 15/08/2010

Formaturas Infernais é um livro de contos curtos. Nasceu do terror. Mas consegue apenas fazer você rir do improvável, impensável, tosco e bizarro.

Sim! nada de esperar contos assustadores no melhor estilo Stephen King. Aqui você só vai dar pequenas risadinhas nervosas diante de situações surreais e as vezes até ridículas.

Quando resolvi ler esse livro, tinha já uma ideia de que nada aqui seria levado a sério. Acertei em cheio.

5 contos de diferentes autoras, Formaturas Infernais começa sem graça e até bem chato, com a primeira história, A filha da exterminadora, de Meg Cabot. É de longe o mais fraco, em termos de narrativa, pois parece ser escrito por um pré adolescente de 12 anos, com uma linguagem que beira o vexame total e que faz você pensar em largar o livro e desistir da leitura. A história da exterminadora de vampiros que quer se vingar a qualquer preço não convence em nenhuma linha. Nunca tinha lido nada de Cabot, e agradeço a ela por me fazer ver nesse conto o quanto ela escreve mal, pois não pretendo ler mais nada que carregue sua assinatura.

Mas, persistir é preciso, chegamos ao segundo conto, O Buquê, de Lauren Myracle. A mudança na narrativa da história é gritante. Para melhor. Foi o conto mais interessante, que realmente assusta um pouco e o que mais gostei em todo o livro. Um buquê amaldiçoado e um pedido impensado alertam o leitor: cuidado com o que você deseja. Esse foi um conto inspirado numa história de 1902, A pata do macaco, de W.W. Jacobs, o que confere mais medo e qualidade.

Madison Avery e a morte, de Kim Harrison é triste mas ao mesmo tempo bobinho. A menina que ressurge dos mortos e ganha uma nova chance entre os vivos é mediana e razoável, mas nunca chega a empolgar.

Salada Mista ( sim, é esse o nome, eu sei, totalmente vergonha alheia), de Michele Jaffe é o conto mais fora do lugar no livro. Até agora não entendi porque figurou entre os outros, já que não acrescenta nem mesmo o tosco ao livro no geral. Uma menina com alguns poderes fora do comum. Mas e aí? Onde mora o mínimo de terror nisso talvez só a autora consiga explicar. Mas, não queremos explicações, certo?!

Por fim, Inferno na Terra, de Stephenie Meyer fecha o livro. E bem. Quem diria que nossa amiga Steph conta histórias que vão além de vampiros que brilham e que essas histórias são, sim, muito boas. Foi o conto que mais gostei, depois de O Buquê, e que me surpreendeu também. A história de dêmonios disfarçados de humanos numa festa de formatura e o encontro com um semi-anjo (!!!) é divertida e diferente que só. Preciso confessar, que lá pelo final, percebe-se aquele draminha by Twilight, que confere ao conto a marca de Stephenie Meyer. Você sabe que ela escreveu só de ler alguns trechinhos.

Formaturas Infernais é uma leitura para ser feita por diversão. Não acrescenta nada. Mas é engraçada pelas situações surreais e por conferir um toque ao melhor estilo Lendas Urbanas. A cada conto você acha que já ouviu algo parecido contado por alguém. Como são as lendas. E que elas são absurdas, isso são. E como divertem.

Rebeca 02/09/2010minha estante
Tu sabe o que diz :) Boa resenha. hehe


Bianca Nami 29/11/2010minha estante
Nossa, gostei muito da resenha!!! Comentando conto a conto, vc conseguiu escrever o que eu pensei ao ler!!!

Só abro um parêntese pro Salada mista, que eu nem achei tão péssimo e deslocado assim, mas continua NÃO sendo o melhor conto.




Bruno 12/05/2010

Gostei desse livro, alguns contos eram tão bons que eu queria que tivesse um livro só dele. Mas outros contos era confusos e histórias bem chainhas. Mas todos os contos são em parte iguais (A garota que se apaixona, e coisa e tal), eu recomendo.
Tiago 06/12/2010minha estante
Oi Bruno. Li sua resenha e me identifiquei com a sua opinião. Quais os contos que você não gostou?


Juninho 13/03/2011minha estante
Não gostei muito deste livro, achei os contos muito sem lógica sem começo nem fim, me arrependo de ter comprado...
Desculpe, pode ser que não faça meu genero, só isso.
(Não me cruscifiquem)

OMNIA VINCIT




Nii. 25/08/2010

Até hoje eu estou procurando o terror e tal formatura infernal... ¬¬

A minha estória preferida foi a da Meg,"A filha da exterminadora" e o conto "Salada Mista" (a menininha era engraçada).

"Madison Avery e a Morte"... Eu achei interessante.Vou ler o livro inspirado no conto para ver o desenrolar.

Não conseguir ler o da Stephenne."Inferno na terra"

A do buquê foi muito estranho e acho que foi o que chegou mais perto do próposito do livro.

Enfim,

Não recomendo!


Lu 03/09/2010minha estante
Esse livro é uma tremenda roubada. Mas o problema foi a proposta dele. Anunciaram uma série de contos de terros escritos por autoras que escreve... teen chicklit sobrenatural. E foi isso o que elas escreveram.


Fabricio~Raito 10/09/2010minha estante
Este livro é infernal sim. No sentido de "muito ruim".




Lucas Geraldo 12/01/2010

decepção
É a palavra que mais caracteriza meu sentimento por esse livro: Decepção. Comprei ele achando que por vir de Stephenie Meyer iria ser tão bom quanto Crepúsculo. Comecei a ler e não só o conto de Stephenie Meyer, mas de todas (que são autoras famosas e consagradas) são tediosos, e fúteis. Abandonei no segundo conto, e não li nunca mais. Nem sei onde esse livro ta.
comentários(0)comente



Tielle 06/01/2010

Decepção...
Um livro fraco...
Esperava muito + dele e principalmente das autoras que tem + fama: Stephenie Meyer e Meg Cabot!! Os contos deveriam ser muito melhores, das duas.
O conto que + gostei é "O Buquê" pois é o mais bem elaborado e tem um suspensisinho!! A autora me surpreendeu!!

Por fim... eu nao indico, nem pra passar o tempo! sem duvida há livros muito melhores para isso!
~♥~
comentários(0)comente

Mih Del Debbio 08/01/2010minha estante
Sou completamente da mesma opiniao rsrsrs, nao vale a pena!


Luísa Zardo 16/01/2010minha estante
é, realmente tem umas histórias que não valem a pena,

mas acho que, pelo menos pra mim, foi um ótimo livro pra passar o tempo :)


Renata 22/01/2010minha estante
Concordo!! Não recomendo de jeito nenhum!!!


Bia~* 23/01/2010minha estante
Eu não gostei muito desse livro...

As histórias até são um pouco boas (mas poderiam ser bem melhores, ainda mais contando com escritoras de fama como essas) mas elas não tem um fim.



Bianca Boonen 02/05/2010minha estante
Bia~*: histórias de terror geralmente não tem fim mesmo :) rs

E concordo que foi um livro fraco, mas acho que é bom só pra passar o tempo...




15/07/2010

Um livro chato. Cadê o sangue? Ok, sem sangue. Mas cadê o medo? O clima? O único conto que salvou isto aqui, com toda a certeza, foi o da Lauren Myracle. O conto dela foi um milagre em meio a tanta porcaria e se há uma estrelinha ali é graças a ela. Porque, de fato, ela é a única a brilhar nesse livreto. Não foi o melhor conto que eu já li, mas foi o que eu senti mais no clima do livro. Aliás, a capa é legal demais para os contos que estão dentro. :D
Falando individualmente:

Meg Cabot - Interessante, mas não é nem de longe o que eu pensei que poderia ser. Parece uma Fanfiction mal estruturada em que os pontos de vista ficam se alternando, enquanto poderiam ser englobados em 3ª pessoa com um narrador observador. Achei muito fraco isso, eu particularmente acho que ficar alternando os pontos de vista é horrível. Principalmente se você já for um escritor há tempos. E, putz, o cara se apaixonou pela Mary assim, do nada? E ele aceitou o negócio de vampiros muito fácil, não? Isso foi estranho e corrido, tudo rápido demais, achei mal desenvolvido. Fora que algumas passagens ficaram confusas. Esperava muito mais de Meg Cabot, sinceramentem muito mais. Não houve nada de aterrorizante na história, apenas um romancezinho clichê para adolescentes envolvendo caçadores e vampiros. Aliás, que foram muito mal aproveitados, devo acrescentar.

Lauren Myracle - Ah! Bem melhor que o conto anterior, apesar da protagonista ser uma retardada e tal, pelo menos este criou um certo clima de tensão. Talvez tenha sido elementos como a vidente e a tempestade que temperaram este conto. Este, de certo, deu de dez a zero no conto da Meg Cabot. Talvez eu tenha gostado mais porque estou interessada a ir em uma cartomante (qual é? eu tenho que ter alguma experiência do tipo). A única coisa que achei meio insossa foi o final. Ficou em aberto demais e meio esquisito. Foi rápido, é difícil explicar. Foi um movimento ágil da personagem e eu meio que não acompanhei isso. Minha sensação foi que ela desejou que o desejo anterior se desfazesse. Sei lá. De qualquer forma, foi interessante e a leitura foi agradável.

Kim Harrison - Bem, achei interessante o modo como ela criou o enredo. Lembrou-me um pouco das histórias japonesas em mangás shoujo e tal, mas é relativamente divertido. A briga entre os dois ceifadores brancos (Barnabas e Lucy) me lembrou um pouco um mangá chamado "Full Moon wo Sagashite", enfim...Talvez por isso eu não tenha achado tão original, e, putz! Entrar num carro de um estranho, ela é doida, estúpida ou o quê? Ela tinha acabado de fazer 17 anos. "Olá! Você já deveria ter um cérebro, não?" foi o que eu repeti para a Madison várias vezes mentalmente. Aliás, o que achei interessante, foi o nome do ceifador negro ser Seth, que é o nome do deus egipcio do caos, da inveja, etc. Um conto interessante, porém longo demais para um final tão em aberto.

Michele Jaffe - Bem, cadê o infernal? Pra mim não passou de um continho besta adolescente. Quase larguei no ínicio, sério. A repetição dos pronomes é um suplício (ou a tradução que estou lendo é uma grande merda, perdão pela palavra).

"Ele sorriu para ela, diretamente nos olhos dela, e os joelhos dela ficaram fracos e a mente dela começou a montar situações envolvendo ele sem sua camisa mas com um jarro de xarope de bordo e uma grande – “Bem, lá está a minha senhora,” ele disse. “Te vejo por aí.” E então foi embora."

Vai dizer que isso não é uma ofensa visual? É cansativo. Bem, eu tentei ir até o fim, juro que tentei. Mas não dá. Sinto muito mais pulei esse conto, chato e confuso demais. D-E-M-A-I-S.

Stephenie Meyer - Calafrio. Juro. Não por causa de medo algum, eu senti o calafrio antes de ler. Juro que se aparecesse alguma coisa brilhante eu desistiria desse conto. Mas, bah, eu nem cheguei realmente ao final. As descrições da Meyer me repeliram.

Achei o livro muito cansativo, alguns contos são exageradamente longos. Pelo menos me pareceram assim. O único conto que valeu realmente ler foi o do Buquê (Lauren). Porque o resto... Apenas cansativo e repetitivo. SE eu terminar de ler os dois últimos algum dia, eu reedito a legenda e falo algo mais sobre eles.
comentários(0)comente



Crislaini 24/02/2010

O único conto que vale realmente a pena é o da Lauren Myracle, de "O Buquê". Porque os outros contos não são nada animadores.
comentários(0)comente

Tielle 27/02/2010minha estante
Concordo plenamente!! O Buque tbm foi o meu preferido...




Chefa 09/11/2009

medo nenhum
Bom, não tem porque dizer que dá medo, são contos bonitinhos... Não sou muito chegada em contos porque gosto mesmo é de aprofundamento na história, então é meio complicado dizer que gostei demais... todas parecem demos de histórias que se forem esticadas iam ser livros bem legais, mas na maioria das vezes só tem muito mistério e fica aquele gosto de quero saber mais... :/ o do buque achei triste, mas não me deu medo. O da Stephanie não gostei muito não...achei meio bobinho...o do da dança com a morte ficou mistério demais no ar, se virar um livro vai ficar bem legal. O da Meg foi fofo, mas queria mais aprofundamento na história. Enfim, parecem demos, mas é legal de ler!
comentários(0)comente



Vi 28/10/2009

Histórias fracas, banais que não te prendem.
ODEIOOOOO história sem final, TODAS elas são assim!

Não comprem!
comentários(0)comente



Yukari 18/07/2011

Vergonha alheia
Eu comprei esse livro achando que ele ia ser ótimo, "contos de meg cabot e stephenie meyer? oooh :O"

Well, não foi bem assim que aconteceu. Estes contos são muito infantilizados, dos 5 que tem, um realmente presta, um é bonzinho, e os outros três não valem a pena.

Ele não chega a ser ruim, só leia quem estiver muito interessado, porém, com expectativa baixa, e não comprem, só comprem depois de ler se gostaram, eu comprei pra ler e foi um péssimo negócio.

comentários(0)comente



404 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |



logo skoob
"É maravilhoso fazer amigos por meio dos livros, sejam eles Harry Potter, Zibia Gasparetto ou Cortázar."

JB Online