Nietzsche Para Estressados

Allan Percy



Resenhas - Nietzsche para Estressados


45 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


sonia 16/10/2014

aviso aos navegantes
Quando quero saber o que um autor disse, foi direto à fonte. Leio o autor e uso meu cérebro.
Li muitos livros do Nistzsche, fiz curso de filosofia, e neste livro só encontrei de Nietzsche o nome na capa.

Aliás, Nietzsche morreu louco, sofria de dores de cabeça horríveis e não creio que a vida dele seja exemplo de tranquilidade para ninguém.

O estudo da filosofia é maravilhoso para abrir a mente a novas possibilidades e esclarecer assuntos existenciais.
Vá direto ao pote, e leia os filósofos sem intermediários.
É a minha opinião, claro.
comentários(0)comente



Tuanny 10/10/2014

Resenha Livro:Nietzsche para estressados
É um livro que baseia-se em 99 frases celebres de Nietzsche,onde o autor propõe uma "reflexão" sobre o assunto.Nada mais é que, uma interpretação 'adocicada' das ideias de um dos mais controversos nome da literatura mundial.
Considero um livro de 'Autoajuda'.Ao que se propõe, desestressar a mente, é bem eficaz, utiliza uma linguagem perspicaz, leve e assertiva. Identifico um apreço do autor pela Cultura Oriental, principalmente o Budismo.Para os leigos ou iniciantes nesse universo filosófico é um bom começo,Allan Percy busca justificar seu ponto de vista colocando pensamentos de outros filosófos como exemplo.
Para os amantes de Nietzsche este livro talvez não seja tão apreciado assim, pois, tenta 'popularizar' ideias e
contextos? que, requer um 'preparo intelectual e emocional" para admirar e entender.
E como dizia Nietzsche "são muitas as verdades e, por esse motivo,não existe verdade alguma".
Tuanny Marques

site: http://culturalivreblog.blogspot.com.br/2014/10/nietzsche-para-estressados.html
comentários(0)comente



Alice 18/07/2014

Não indico
Livro de auto ajuda é basicamente sempre a mesma coisa. Li por indicação. Ganha umas duas estrelas, e só. Da pra ler em menos de um dia.
comentários(0)comente



Luisa 04/06/2014

O livro realmente cita Niet?
Me soou um "não".
Todas as (poucas) frases de Niet citadas me foram muito mal interpretadas pelo autor.
Sem contar a quantidade de frases de outros pensadores, a repetição de mesmas coisas escritas de modos diferentes e assuntos mal encaixados com o tema do livro.
Tive a impressão de que até eu interpreto melhor, mesmo.
Não acredito que esse livro vendeu tanto, e que os do mesmo autor continuam vendendo tanto.
Só aumentou meu preconceito com auto-ajudas.

Porém/contudo/entretanto/todavia...
algumas coisas como princípios de meditação e dicas óbvias mas sempre bem-vindas para serem relidas e nos lembrar, fazem do livro não ser de todo mal.
Muito bom para se ler no trem, etc.
comentários(0)comente



thai 13/05/2014

Muito bom!
Para cada pensamento de Nietzsche, Allan Percy faz uma reflexão.
O livro me ajudou muito a ter um novo olhar sobre as coisas. Apesar de ser um livro pra ser lido aos poucos e eu ter lido em apenas três dias... Achei o conteúdo maravilhoso e pretendo reler.
Eu estive realmente decepcionada comigo mesma no último mês e esta leitura me fez despertar e pensar "Por quê?".
Allan faz ótimas observações sobre coisas que podemos evitar no nosso dia-dia para que tudo ocorra bem.
É basicamente um auto-ajuda. Porém maravilhoso.
comentários(0)comente



Alex 24/04/2014

Vida
Resumi a vida em poucas páginas.
É aquele empurrãozinho que todo filósofo te dá.
Aconselho a todos a leitura.
comentários(0)comente



Paty ;D 24/03/2014

Trata-se de um típico livro de autoajuda. Após cada frase, Percy lança uma análise, a fim de ajudar o leitor a superar seu estresse. Contudo, a abordagem é totalmente contraditória, pois, além de se fazer uma interpretação rasa das frases do filósofo alemão, oferece uma análise dos aforismos às vezes totalmente fora de contexto em relação com o que, talvez, Nietzsche tenha querido dizer. A obra ensina, superficialmente, a meditar, a calar e a falar: daí a contradição.
Recomendo para aqueles que estejam esperando o avião no caos aéreo ou que passem horas num consultório médico ou odontológico, esperando o atendimento.
Pedrinho 30/03/2014minha estante
Sério? Imaginava ser uma leitura totalmente diferente. Valeu pela dica!




Isa' 22/01/2014

Muito Interessante
Um Livro bem calmo para uma leitura mais pausada, se trata de alguns conflitos do cotidianos que nos deparamos no decorrer dos dias e utiliza as frases marcantes de Nietzsche como trunfo para poder resolver as divergências do cotidiano. Com uma linguagem simplista a qual qualquer leitor consegue interpretar a mensagem que o autor gostaria de repassar é mais tranquila e interessante. No mais, trata alguns quesitos sobre frustrações e preocupações, além de retratar diversos assuntos que de uma maneira ou de outra o leitor já viveu uma situação semelhante ou a mesma situação em que o autor Allan Percy retrata através das ilustres frases do filosofo Nietzsche.
No mais, vale a pena ler.'
comentários(0)comente



Caroline 10/01/2014

Quando vi a capa do livro, a primeira coisa que pensei foi que deveria ser reflexões de Nietzsche sobre a vida.

Mas ao longo da leitura fiquei frustada por perceber que era "mais" um livro clichê de auto - ajuda com uma miscelânea de conceitos, ideias e pensamentos de vários filósofos e pensadores e pouquíssima de Nietzsche.

comentários(0)comente



adebaudelaire 17/10/2013

Timing is everything
Fui assim, lendo bem devagar e aos poucos ligando alguns pontos filosóficos aos momentos que estava vivenciando. Criei um vínculo muito importante para mim com esse livro justamente por ter lido num momento de desespero mental e ele me ajudou a enxergar muitas vezes o óbvio que passava despercebido.
E como é bastante difícil eu gostar de um livro de autoajuda (geralmente me irritam) eu dei cinco estrelas.
Foi o ponto que eu precisava para voltar a me interessar por questões filosóficas, pensamento, meditação e a busca pela paz. Era o que estava precisando no exato momento.
Obrigada, Allan Percy. Para mim, foi a leitura certa para o momento adequado no tempo que lhe cabia.
comentários(0)comente



Jacqueline 07/08/2013

"A felicidade vem em lampejos e que tentar fazer com que ela dure para sempre é aniquilar esses lampejos que nos ajudam a seguir em frente no longo e tortuoso caminho da vida. " - PÁG 8

Se você é uma pessoa que espera que este livro fale sobre Nietzsche, esqueça isso. O livro não vai falar quase nada sobre ele e sim sobre alguns pensamentos dele, e com uma breve explicação sobre ele.
São 99 pensamentos, 99 dicas para você se tornar alguém melhor, se tornar uma pessoa mais calma, mais pensativa, mais relaxada, por assim dizer.
O nome do livro (Nietzsche para Estressados), não vai ter quase nenhuma relação ao meu ver, afinal ninguém vai deixar de ser como é por causa de um livro, ele apenas vai dar algumas dicas, assim como eu já disse anteriormente.

"Amizade é um contato tácito entre duas pessoas sensíveis e virtuosas. Sensíveis porque um monge ou um solitário podem ser pessoas de bem e mesmo assim não reconhecer a amizade. E virtuosas porque os malvados só têm cúmplices ; os festeiros, companheiros de farra; oS ambiciosos, sócios.; os políticos reúnem os partidários ao seu redor; os vagabundos tê contatos; e os príncipes, cortesãos - mas só pessoas virtuosas têm amigos." - PÁG 19

Outro ponto que achei legal neste livro, é que ele cita diversos autores e diversas obras, diversas vezes até coloca trechos dos livros, e a opinião de seus autores. Acredito que para mim esse tenha sido o ponto forte do livro, pois conheci várias obras.
O segundo ponto forte do livro, foram as dicas numeradas. Acho que deixou tudo mais simples, do que simplesmente fazer um texto explicando o que ele queria dizer sobre aquela frase.
Dei 3 estrelas para este livro.
Sua escrita é bem fácil, o que deixa a leitura ainda melhor e mais rápida.
O livro é bem curtinho (mesmo tendo 99 dicas), mas acredito que eu teria aproveitado um pouco melhor a leitura se eu tivesse pausado ela e não lido tudo de uma vez como eu fiz. Talvez algum dia eu tente ir lendo 20 páginas por dia e refletir sobre aquilo que eu li.

"Para o ser humano, é muito mais fácil concluir que os outros estão errados do que aceitar o próprio erro." - PÁG 42

"Liberdade e amar andam juntos. Amor não é reação. Se eu o amo porque você me ama, trata-se de mero comércio, algo que pode ser comprado no mercado. Amar é não pedir nada em troca, e nem mesmo sentir que se está oferecendo algo. Somente um amor assim pode conhecer a liberdade (...)" - PÁG 48
comentários(0)comente



Deda 18/06/2013

Compilação de grandes citações de Nietzsche comentadas pelo autor Allan Percy
comentários(0)comente



Alessandra 25/05/2013

Mais do mesmo.
Não se enganem, a obra de Nietzsche passa longe desse livro.
Minhas expectativas foram por água abaixo nas primeiras cinquenta páginas desse livro.
Devo confessar, ele começa bem, com discussões até bem fundamentadas, mas depois segue com a mesmice de livros de auto-ajuda, cheio de clichês, frases repetitivas, dicas sem nexo, e leitura enfadonha.
O ponto positivo do livro é a indicação de obras de autores conhecidos da filosofia e a forma como é escrito: cada dica é escrita em uma página.

comentários(0)comente



BrunoM 10/05/2013

Inspiracional para todos... Bom, apenas.
Para começar já digo que não sou fã de autoajuda e não gosto nenhum pouco do gênero, mas tive que ler esse livro. Primeiro porque gosto muito de Nietzsche e segundo porque tenho uma paixãozinha por filosofia e psicologia.

Julgando por esse critério, o livro é bom pra quem gosta do gênero e gosta de palavras de encorajamento, de filosofias de vida e etc. Mas não espere um aprofundamento nas máximas do grande Nietzsche. O autor joga uma, comenta algo mais ou menos relacionado a ela e pronto. Em alguns momentos senti que destoou um pouco da proposta, mas acho que valeu.

O mais interessante é ver a filosofia sendo usada como 'remédio'. O livro de um modo geral mostra que o pensamento pode transformar. Tudo depende da forma como o usamos e se o usamos.

Vale a pena uma lida rápida, como fiz em dois dias no máximo.
comentários(0)comente



rafa moreno 05/05/2013

Auto-ajuda!
O livro quase não fala de Nietzsche, usa frases de coerência duvidosa e cita muitos autores diferentes. cada página é uma contextualização da uma frase de Nietzsche, mas nem sempre tem fundamento com o contexto. Não gostei.

O autor termina dizendo que psicoterapia não funciona na maioria das vezes, mas que os problemas poderiam se resolver usando filosofia. Muito provavelmente o autor não conhece a psicoterapia fenomenológica existencial, baseada... olha só! na Filosofia!
comentários(0)comente



45 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3



logo skoob
"É maravilhoso fazer amigos por meio dos livros, sejam eles Harry Potter, Zibia Gasparetto ou Cortázar."

JB Online