Thoughtless

S. C. Stephens



Resenhas - Thoughtless


28 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Jéssica 05/01/2013

Thoughtless ~ S.C. Stephens
http://www.everylittlebook.com.br/

É difícil saber como começar a resenha desse livro, porque para mim é um daqueles tipos de livros que... apesar de eu ter absolutamente amado, eu também o odiei.

Yeah... Contraditório. Eu sei.

O livro fez com que eu me sentisse um pouco masoquista, sabe, sofrendo a cada página e ao mesmo tempo incapaz de largá-lo, incapaz de dormir até terminar o próximo capítulo. É perturbador. É arrebatador. Eu odeio. Eu amo.

Mas vamos ao enredo:

Kiera ama Denny. Seu namorado de longa data que acabou de conseguir um estágio ‘dos sonhos’ em uma cidade do outro lado do país. É, ela ama tanto ele ao ponto que deu adeus a sua cidade natal, a sua família e tudo que conhecia para se mudar com ele de Athens, Ohio para Seattle, Washington.

Os dois se mudam para a casa de um amigo de longa data de Denny.
Estejam preparadas para Kellan Kyle. O sexy e pegador vocalista da infame e popular banda de rock local D-Bags (diminutivo de Douchebags, que em inglês é gíria para Babacas!)

Chequem só:

“Aparentemente, ele preferia dormir apenas em cuecas boxer. Eu não podia evitar estar momentaneamente distraída pela visão dele. Uma noite de descanso não tinha afetado negativamente seu cabelo bagunçado de nenhuma maneira; parecia diretamente delicioso, indo para todos os lados. Seu corpo era aquilo que estava levando a maior parte da minha atenção, no entanto. Era tão fabuloso quanto eu tinha suspeitado. Onde Denny tinha um corpo ótimo, o de Kellan era simplesmente indignante. Ele era alto. Pelo menos 15 centímetros mais alto que Denny, e seus músculos eram longos e esguios, como os de um corredor, eu suponho. E eles eram claramente definidos. Eu poderia ter pego um marcador e delineado cada uma das linhas. Ele era, bem... gostoso. Seus olhos, de um impossível tom profundo de azul, brilhavam para mim, enquanto ele inclinava sua cabeça levemente para um lado de uma maneira distraidamente charmosa.”

Bem, se isso não deu a vocês uma ideia da enrascada que Kiera já se meteu só de ter que conviver na mesma casa que um homem desses quando ela já tem um namorado, saibam que a coisa fica pior.

Nem bem um mês se passa e Denny é forçado a ir para outra cidade a trabalho e vai ficar longe por dois meses.

Ah sim, não apenas ela tem que conviver com o gostosão, mas também completamente sozinha numa cidade estranha onde ela não conhece ninguém.

O que isso parece pra você?

PROBLEMAS.

Eu vejo isso. Você vê isso. Todo mundo vê isso. Com exceção, aparentemente, apenas dos personagens desse livro.

Ainda assim, não posso negar que Kiera e Kellan tentam. A atração esta ali. Esta óbvia. Mas os dois tentam. Eles realmente tentam manter a atração cada vez maior que sentem um pelo outro em um tipo de nível básico, porque ambos se importam com Denny.

Eles até permanecem numa falsa ilusão de que se não rolar contato carnal não há traição. Que não há nada de errado em dormir na mesma cama, cochilar abraçadinhos, passar cada instante do tempo livre juntos...

Até que uma noite depois de uma calorosa briga com Denny por telefone onde ela ‘termina’ com ele por ele estar negligenciando o relacionamento ao escolher o trabalho antes dela, Kiera e Kellan finalmente sucumbem a paixão.

As coisas ficam realmente difíceis no dia seguinte, quando Denny retorna imediatamente dizendo que é ela que ele ama, que largou o seu estágio ‘dos sonhos’ e que não ia mais deixá-la sozinha.

Culpada por tê-lo forçado a largar o emprego que ele sempre desejou. Arrependida por ter transado com o melhor amigo dele. Kiera não conta nada sobre o que ocorreu entre ela e Kellan. Continuando seu relacionamento com Denny, mesmo quando já não é mais capaz de negar que há algo além da mera atração entre ela e Kellan.

E a partir daí é uma verdadeira montanha russa de traição, drama, pegação, brigas, lágrimas...

Não posso me prolongar mais, porque não quero entregar o livro...
Vou concluir falando um pouco dos personagens...

Às vezes, tive vontade de bater em Kiera, ela conseguiu magoar os dois caras que fariam qualquer coisa por ela, mas no fim não dá realmente para culpá-la tanto, porque ela não fez por maldade e sim por inexperiência. Sei lá. Cada cabeça uma sentença, no fim das contas.

Eu gostei de Denny, me senti mal por ele.

Absolutamente amei Kellan, ele realmente se apaixonou pela Kiera, e acabou aceitando qualquer migalha que ela atirava para ele, sofrendo mais durante todo o livro do que Denny propriamente, já que Kellan foi aquele que teve que aguentar os altos e baixos de ter um relacionamento secreto com uma mulher que não sabe o que quer. E ainda assim ele não deixou de amar Kiera.

É isso. Kellan com certeza fez o livro valer a pena.

Há uma sequência para o livro que se chama Effortless, onde poderemos continuar de onde o primeiro parou. (Ou seja: mais Kellan, yeah, eba!)
Encerrando, Thoughtless, na minha opinião é um livro instigante (frustrante), com personagens humanos (péssimos exemplos), com uma história de amor dramática (distorcida e toda errada).... Que ainda assim eu simplesmente não pude deixar de lado até terminar!


Informações adicionais:

S.C. Stephens é uma autora independente que gosta de gastar cada momento livre que tem criando histórias cheias de emoção e pesadas no romance.
A primeira tentativa de escrever uma novela inteira foi Thoughtless. Ela escreveu o triângulo amoroso cheio de drama no início de 2009 e publico naquele mesmo verão no FictionPress. Surpresa e maravilhada com as respostas, mais histórias rapidamente se seguiram.
Em adição a escrita, Stephens gosta de ler novelas fabulosas de outras pessoas, carregar seu iPod com músicas que reduzem os bloqueios dos escritores, ir até o cinema, e passar tempo com suas crianças.

O livro foi originalmente publicado em 2009 no FictionPress e novamente publicado através da CreateSpace em 2011.
Até o momento não há informações sobre uma versão nacional, bem como sobre possíveis adaptações para o cinema/televisão.

Para esta ou mais resenhas acesse:
http://www.everylittlebook.com.br/
Renata 22/04/2013minha estante
Adorei sua resenha, vc expressou exatamente a sensação que tenho. Estou na metade do livro e me sinto tentada a deletá-lo, mas então penso em dar outra chance, etc. É como se os personagens estivessem em um veículo em movimento, derrapando diretamente para o abismo, e sequer cogitassem frear!


Georgea 13/09/2013minha estante
Muito boa resenha! Informativa, instigante, gostosa de ler. Eu tenho uma birra enorme de quem atira pedras na Kiera pela traição. Foi horrível, concordo. Mas estar no lugar dela e achar fácil escolher entre tudo o que vc sempre teve como seguro e certo na sua vida (Denny) ou o novo, o misterioso, o apaixonante mas perigoso (Kellan), bom isso é muita fleuma. ;) Amei o livro, mesmo longo demais, gostei da sequência um pouco menos e gostei bastante do último. Se vale a pena ler? Pode apostar.




Caroline 27/05/2013

Intenso, mas extremamente longo...
Posso dizer que odiei e amei Thoughtless. Amei porque a história me prendeu, me cativou, me fez vivenciar todos aqueles momentos. Odiei porque é muito longo sem necessidade e o que você acha que vai acontecer nas próximas 10 páginas só acontece nas próximas 50.

O livro é narrado por Keira, personagem confusa, cativante e irritante ao mesmo tempo, que larga tudo e cruza o país para acompanhar seu namorado Denny, que recebeu uma proposta de trabalho em Seattle. Logo nas primeiras páginas conhecemos o Pete's, um bar em Seattle onde Kellan, amigo de Denny e com quem irão dividir apartamento, se apresenta com sua banda. Kellan é o vocalista, um provável futuro deus do rock, que faz todas as mulheres suspirarem. Daí, você já viu tudo, não é? Não, você não viu! O que já parecia provável, torna-se praticamente inevitável quando Denny aceita passar dois meses em outra cidade a pedido da empresa e deixa sua linda namorada sozinha com um deus grego, em uma cidade nova para ela. E é aí que começa a história! Triângulo amoroso? Eu não chamaria assim, de jeito nenhum. Traição? Bom, não deixa de ser. Considero mais uma história de como se apaixonar e lutar por e contra isso ao mesmo tempo. Ou, talvez, como aceitar o amor verdadeiro.

As primeiras páginas foram um pouco cansativas, muito blablabla e nada de o enredo começar. Quando ele começa de verdade, pega fogo, queima, borbulha e te faz sentir a angústia e o medo que os personagens sentem. Alguns poucos livros tem esse poder (pelo menos comigo), independente de eu achar ele bom ou ruim, de me fazer ficar angustiada, desconfiada e até um pouco melancólica. Sentia a indecisão interminável de Keira, seu medo de sair da zona de conforto de um namoro, de seu primeiro amor e de sua fortaleza.

As sensações dos personagens são bem intensas, muito amor e muita raiva, nada é pouquinho ou, digamos, normal. Acho que a autora foi infeliz em alongar e mastigar demais os pensamentos e sentimentos de Keira, mas foi super feliz na veracidade de seu enredo. A história é completamente plausível, as cenas são extremamente reais, apesar de ter uma intensidade não tão comum assim.

Para os que gostam do gênero New adult, recomendo!, pois ele é "new adult" do começo ao fim. Mas para os que já não suportaram livros como Belo Desastre ou Entre o agora e o nunca, talvez essa não seja uma boa escolha.

Só mais uma observação: o que é isso com os 'new adult' e tatuagens? É obrigatório para se encaixar no gênero?

UPDATE: Trilogia MA-RA-VI-LHO-SA! O rumo que a história toma no 2º e no 3º livro é surpreendente, encantador e incrível. Te prende, te fascina, te devora. Que personagens são esses?! Profundamente ressacada, desejo um 4º livro desesperadamente. Got under my skin!


comentários(0)comente



Ynara 12/05/2013

Nem se atrevam a falar mal de Belo Desastre perto de mim novamente! (leiam Thoughtless primeiro)
O livro me enganou direitinho no início: leve, divertido, com um personagem masculino no melhor estilo bad-boy/astro do rock...Aí começaram os flertes "ingênuos" da personagem principal com o bonitão em questão, sem deixar de mencionar o fato dela ter um namorado perfeitão a tiracolo. Começa então uma sucessão de "...nos abraçamos na cozinha...", "...ele me puxou pela cintura...", "...ele olhou pra mim calorosamente...", "ele cantou olhando para mim...", "...eu corei..." (a frase preferida da mocinha), "...tenho o namorado perfeito, porquê me sinto assim perto do Kellan?" E quando percebi, já estava chegando na metade do livro, ainda faltando quase 300 páginas pra acabar (!!!!) e não saía desse lenga-lenga! Me vi quase abandonando esse livro, que é algo que a minha religião não permite, mas estava perdendo a fé totalmente por causa de tanta embromação! Tenho certeza de que se esse livro tivesse 1/3 da quantidade de páginas seria muito mais fluído e agradável de ler, a indecisão da Kiera não justifica tanto desperdício de papel!!!!! Já li alguns outros "new adult", que considero leitura despretensiosa e ligeira, mas esse livro estava mais pra novela mexicana. No fim o único personagem que se salvou foi o Kellan, e com ressalvas, pois no início parecia o mais autêntico dos personagens, lutando contra o fato de estar "amando loucamente a namoradinha de um amigo meu" mas mostrando que também não era nenhum santo. No fim a autora deu uma derrapada no rumo dele, transformando-o no manjadíssimo caso do "bonitão-com-um-passado-traumático", tão na moda nos "new adult" ultimamente. Mas, resumindo, sei que vou acabar lendo as continuações, pois meu TOC literário me impede de abandonar série (já estou sofrendo antecipadamente por ter que encarar o segundo livro da série Millenium...), mas uma lição muito importante foi aprendida hoje: não se pode pegar um livro com meia-dúzia de cenas hot e uma estória mais rasa que colher de sopa e chamar de "leitura despretensiosa", pois esse livro ainda precisava melhorar bastante pra alcançar esse título. E nessas horas sou obrigada a chamar Belo Desastre de obra-prima do gênero, se comparado a esse Thoughtless.
Michele 17/08/2013minha estante
Ynara vc disse tudo o que senti deste livro...consigo acabar com um livro em menos de um final de semana. Mas este em questão não dava para engolir...
Para mim esta mocinha só pode ser descrita como uma falsa inocente,indecisa e safada; e que em varias partes do livro parecia mais a vilã...Não se namora um cara legal como aquele e sai da cama dele e vai opara a cama do amigo, e se possa dizer que é uma boa pessoa. E o livro a todo momento tenta te vender a historia que ela é uma boa garota, o que de forma nenhuma se enquadra em meu ponto de vista como sendo, esta, uma qualidade dela...todos já fomos mto inocentes um dia, mas nao se justifica tentar vender uma falta de caráter como inocência...


Ynara 17/08/2013minha estante
Achei que só eu pensasse assim, Michele. Também acho que uma coisa é ter um momento de fraqueza, pois todos nós estamos sujeitos a isso, e outra coisa é deixar esse "momento de fraqueza" se repetir a todo momento. Ficou parecendo mesmo falha de caráter da personagem, na minha opinião. E vamos combinar também que ela não era mais nenhuma "adolescentezinha indecisa", né? Realmente não consegui engolir essa personagem. Obrigada pelo comentário!


Kelly 22/08/2014minha estante
Garota vc disse exatamente o que eu penso sobre esse livro!!!! ahhh que vontade de bater nessa Kiera!!!!


Ynara 23/08/2014minha estante
obrigada por ler a resenha, Kelly! Passei mal de tanta raiva desse livro, imagino que o oba-oba causado por ele seja só pelo fato do Kellan ser cantor de rock, eu acho. Não tem outra explicação. Se é pra ler sobre astro de rock, sou muito mais o "Forever my girl", que tem uma estória muito mais consistente. Abraços!




spoiler visualizar
Sonia 06/07/2013minha estante
também perdi a conta de quantas vezes li a palavra "corar"




Carol 02/06/2013

Intenso e apaixonante. Contraditório e revoltante
Thoughtless
S.C. Stephens - 544 páginas

Um livro que mexe com suas emoções, certamente, tem de ser um livro a nível amazing, e realmente neste caso é. Muito bom, ótimo na verdade. Leiam.

Este livro acabou comigo.

Emocionalmente envolveu de tal forma, que em um momento, queria cometer um crime o jogando pela janela, e em outro abraça-lo para diminuir o choro. Sim, emocionalmente, este livro é um caos.
Enfim, sabe aquele livro, que após a leitura você precisa de tempo, um bom tempo para se recuperar e partir para outro? Thoughtless, é bem esse.

Contraditório, é eu sei.

No primeiro livro da saga Thoughtless, somos apresentados a Kiera e seu namorado Denny. Denny, era o namorado perfeito, amável, a adorava,sensível, era educado, inteligente e muito ciente de tudo sendo extremamente responsável.
Uma grande promessa para o futuro de ambos, os levam para outra cidade, um emprego dos sonhos para Denny e uma Universidade de ponta para Kiera.


Mas, tudo muda ao chegarem a casa onde irão ficar hospedados, quando inicialmente Kiera conhece uma estrela do rock chamado Kellan, grande amigo de Denny, pelo qual devia sua vida. Vocalista da banda D-Bags, a qual toca no bar, onde futuramente Kiera trabalhará, hm, já podemos prever o que irá acontecer, não?

"Agora que eu estava olhando mais de perto, o seu meio sorriso era desconcertantemente sedutor. Seus olhos estavam praticamente despindo cada uma delas."

Sentido-se só, e desamparada -O que é psicótico- Depois de Denny ter de fazer uma viajem devido ao trabalho, a moça teve de ficar, devido a faculdade.
(Só+Kellan+Casa)

“É o meu trabalho, Kiera...Nosso futuro. Eu preciso fazer isso.”

Kiera então, se vê mais próxima de Kellan, uma proximidade perigosa e proibida. Uma paixão devastadora, que como uma chama se alastrou rapidamente, causando enormes consequências.
Bem, a química sempre esteve no ar, palpável a quem estivesse por perto, chegaria uma hora, que ficaria meio óbvio não acham?

Uma explosão de emoções ocorre, deixando Kiera entre os dois amores. Amores, Kiera? Ou será que você estava apenas se divertindo, tendo um cara super responsável, um porto seguro de um lado, e do outro um astro do rock intenso, sempre a sua disposição?
Thoughtless, é um dos poucos livros que li, onde a "mocinha", que desculpe minhas palavras, é sem-vergonha, sim, tudo bem que ela não saia se agarrando com qualquer personagem que vinha a aparacer pela trama, mas pior, pelos dois amigos. Usando do verdadeiro amor dos dois, alegando não saber qual escolher.

Definitivamente, este livro foi uma montanha russa de emoções,ao mesmo tempo que odiei, amei o livro. Ao mesmo tempo que recomendo, o alerto de tomar muito cuidado com suas emoções ao lê-lo.
Como um todo, a narrativa de Stephens é doce, e apaixonante, nos envolvendo em um turbilhão de emoções e sensações.

Thoughtless teve seus direito comprados pela editora Valentina, e certamente será lançado em 2014.
Caso você não queira esperar, o inglês ao meu ver era médio, mais devido ao fato de você ficar muito nervosa com o mesmo, do que pela linguagem usada.

Recomendo, mas com todos avisos que já citei hein.
Boa leitura :)

comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Paula 23/08/2013

É diferente dos romances convencionais onde a protagonista é uma santinha. Kiera é uma boa garota, insegura e apaixonada pelo namorado, só que tudo fica diferente quando eles se mudam para Sidney e vão morar na casa de Kellan, um cara lindo, vocalista de uma banda, melhor amigo do seu namorado Denny e bem sedutor. Denny precisa fazer uma viagem para o trabalho e fica dois meses fora e é durante esse tempo que Kellan e Kiera se aproximam, no início é só uma amizade aparentemente inocente, mas se torna cada dia mais intensa até chegar a um nível de atração onde as consequências são inevitáveis. Kiera mesmo amando Dellan se apaixona por Kellan e é aí que o drama começa. A gente fica com pena dos três personagens diversas vezes e sabe que aquilo não tem por onde acabar bem mas nada pode ser feito para evitar as consequências. A atração de Kiera e Kellan não pode ser ignorada e nem mesmo sufocada por seu amor por Denny. É um livro de sentimentos intensos...
comentários(0)comente



Fernanda 03/01/2014

"Love doesn't exactly come with an off switch."
Sabe aquele livro que depois que você termina de ler precisa de um bom tempo pra se recuperar emocionalmente? Pois é, Thoughtless é assim! Cada momento é tão intenso, tão significativo pra história de cada personagem, que você se envolve de tal maneira que o resultado é que, após a leitura, você precisa catar cada pedaço do seu coração que foi despedaçado, e tentar juntar e colar novamente. Vocês podem achar que é exagero da minha parte, mas quem ler, com certeza vai entender o que estou dizendo.

No livro, que é narrado em primeira pessoa pela protagonista feminina, Kiera, somos inicialmente apresentados a vida dela com Denny. O casal já está junto a um bom tempo e tem uma relação estável, quase perfeita. É um casal feliz, que se dedica, cuida e confia um no outro, e percebemos o quanto eles verdadeiramente se amam. Após se formar, Denny recebe a proposta de emprego dos seus sonhos, mas em Seattle. Kiera ainda vai se formar, então após conseguir entrar pra uma faculdade de ponta, ambos se mudam para a nova cidade e começam uma vida juntos. O casal se muda pro seu novo lar, onde eles vão dividir a casa com um velho amigo de Denny, Kellan, o vocalista de uma banda, que toca no bar onde Kiera logo arruma um emprego.

Tudo ia perfeitamente bem, até que Denny precisa passar um bom tempo fora por causa do seu trabalho, logo agora que eles acabaram de se mudar. E é nesse meio tempo que tudo muda na vida de Kiera. Quanto mais tempo Denny passa fora ocupado com o trabalho, menos ele liga pra casa e ela começa a se sentir sozinha, insegura e triste, nessa cidade em que ela não conhece nada e nem ninguém. Suas aulas na faculdade ainda não se iniciaram, então a única solução foi ela passar um tempo com seu colega de casa, e então nasce uma grande amizade entre eles, um laço forte rapidamente foi criado e que aos poucos começou a ficar cada vez mais intenso.

Kellan tem todo aquele jeito de astro do rock, irresistível e conquistador, mas suas mudanças foram claras assim que conheceu Kiera. Ela claramente ama Denny, sempre foi fiel, mas Kellan com certeza se tornou a sua fraqueza, e quando Denny tem uma atitude que a deixa extremamente desconsolada, e ela pensa que o relacionamento foi completamente destruído, é Kellan que está ao seu lado para segurá-la, e então vemos o triângulo amoroso mais doloroso do mundo se iniciar. Sim, doloroso! Porque quando pensamos que Kellan é realmente o cara perfeito pra Kiera, vem o Denny com atitudes que provam que o amor deles é realmente o mais lindo e forte do mundo. E após a atitude dele que nos deixa completamente com raiva, somos surpreendidos por sua atitude ao concertar o erro, de uma forma que é impossível não amá-lo!

A convivência fica extremamente complicada na casa, e muito dolorosa pra Kellan, Kiera e o Leitor. Porque Denny não sabe das mudanças e de tudo o que aconteceu enquanto ele estava fora, e continua sempre a provar o tempo inteiro que é o namorado perfeito e sempre faz tudo para vê-la feliz. Kiera sofre por não conseguir decidir entre os dois e pelos erros que comentou com Denny, e vemos Kellan sofrer por não poder ter a garota que realmente ama definitivamente ao seu lado. Sem contar que a traição nessa história, não só no quesito amor, mas também na parte amizade, é realmente muito triste e marcante pra cada personagem. É tudo muito intenso, os sentimentos de cada personagem são expostos de uma forma que atingem o coração do leitor, e conseguimos sentir até pena deles, sério, pessoalmente eu sofri demais, senti aquele aperto no coração e até chorei em algumas partes, porque você consegue captar cada detalhe e o quanto é difícil a situação ali, e que no final, de qualquer forma, alguém vai sair sofrendo.

Se você NÃO curte uma história que mexa com os seus sentimos, e um triângulo amoroso em que é praticamente impossível escolher quem você mais ama, você não deve ler esse livro! Foi realmente muito difícil ver cada personagem lutar contra seus sentimentos e sofrerem com as consequências de cada ato que cometeram. É intenso, sexy, romântico, te deixa surpreso, triste, feliz e com raiva ao mesmo tempo! E não pensem que a história fica parada somente nos três, temos partes divertidíssimas com outros personagens, principalmente com os amigos de banda de Kellan, e com a irmã de Kiera, que faz uma visita a ela em um final de semana. Preparem seus corações antes de iniciarem a leitura, e meninas... Preparem-se para se apaixonar perdidamente por Denny e Kellan! Leitura mais do que recomendada!!

site: http://viciosemtres.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Elisângela 11/01/2013

Sabe aquele livro que quando você termina de ler, você precisa de um tempinho para recuperar o fôlego? Thoughtless é um belo exemplo!

Ele disse que eu era seu coração, e você não deixa seu coração ir. Você não pode viver sem seu coração.
No primeiro livro da saga Thoughtless, por dois anos, o namorado de Kiera, Denny, tem sido tudo que ela sempre quis: amoroso, sensível e infinitamente dedicado a ela. Quando eles partem para uma nova cidade para começar sua nova vida juntos, Denny em seu emprego dos sonhos e Kiera em uma universidade de ponta, tudo parece perfeito. Então um compromisso imprevisto força a separação do feliz casal.


Sentido-se sozinha, confusa e precisando de conforto, Kiera volta sua atenção para uma fonte inesperada – uma estrela de rock local chamado Kellan Kyle. Primeiramente, ele é simplesmente um amigo que ela pode se apoiar, porém quanto mais sua solidão aumenta o mesmo acontece com relação deles. E então uma noite tudo muda… e nenhum deles nunca mais serão os mesmos.

Você realmente pensa que alguém nesse mundo se compara a você em meus olhos?

Thoughtless é uma montanha russa de emoções. O livro gira em torno de um triângulo amoroso e suas as consequências, mentiras, traições e paixão muita paixão! Kiera se vê tendo que escolher entre seu príncipe encantado e o roqueiro sexy que fez seu mundo virar de cabeça pra baixo.

Eu não quero mais isto. Eu não quero me sentir culpada. Eu não quero mentir. Eu não quero machucar as pessoas. Eu só nao sei como escolher.

A trama é maravilhosa e os personagens são adoráveis, até mesmo os secundários. As cenas de amor são extremamente quentes e intensas… Kiera testou e muuuuito a minha paciência, mas nada que tenha me feito gostar menos deste livro. Logo, não tem como não recomendar.

FONTE DA RESNHA: BLOG LIVROS E CITAÇÕES
comentários(0)comente



anaprii 20/04/2013

UAU
"UAU" Foi isso que me veio quando eu terminei o livro.
Achei o livro gostoso, agoniante, irritante em algumas partes e sem duvida apaixonante. Esse triangulo amoroso sem duvida foi um dos mais complexos que eu já encontrei por ai, a gente torce por um, mas fica querendo consolar o outro. Tinha vezes que eu sentia vontade de entrar no livro abraçar tanto Kellan como o Denny e dizer "Calma vai ficar tudo bem!". Os personagens são encantadores, ate os secundários nos conquistam.
Agora devem ta se perguntando "Se o livro é tao bom por que não deu 5 estrelas?", bom eu respondo essa fácil, por causa da Kiera, teve certos momentos que a gente sente vontade de dar uns tapas nela pela tamanha infantilidade da personagem, e alem de que ela passa o livro todo chorando, teve momentos que quando eu lia "lagrimas escorrendo pelo meu rosto" eu soltava o livro pela tamanha irritação que causava essa choradeira inteira......Mas apesar disso o livro se mantem otimo.

Resumindo eu indico esse livro sem duvida, você vai entrar numa tensão muitas vezes na leitura, pois sabe que o que esta acontecendo entre os personagens é errado, chega a ser bizarro o tanto que esse livro mexeu com o meu emocional.
comentários(0)comente



cinoca 12/09/2011

Amazing!
Esse livro foi uma montanha russa de emoções pra mim. A trama é incrível, todos os detalhes, emoções, toda a história por muito bem construída e todos os personagens são muito bem construidos e é impossível você não gostar deles todos.

Aliás, em alguns momentos do livro eu realmente odiei Keira, personagem principal. Eu conseguia entender o porquê de tanto drama e tantas dúvidas, mas ela conseguia me deixar tão frustrada por ser tão imatura em alguns aspectos e tão madura em outros. Por diversas vezes o dramalhão dela me lembrou muito a Bella Swan de Crepúsculo, mas obviamente não tão imatura e dependente do amor daqueles dois.

Não vou nem começar a falar de Kellan e Denny porque really, quem derá existissem na vida real hahaha

É MUITO dificil falar desse livro sem dar spoilers, mas eu recomendo MUITO para qualquer fã de romance/drama básico... ;D
Jade 18/12/2012minha estante
oii tudo bem? vc encontrou esse livro pra baixar onde? tem ele traduzido? se puder me manda o link. obrigada




Jess 04/07/2013

S.C. Stephens - Thoughtless
Normalmente eu sempre começo falando sobre a personagem que dá inicio a toda trama e sigo explicando um pouco da estória, nunca fui de descrever os personagens, sempre deixei que vocês descobrissem isto quando lessem o livro, porém desta vez achei importante mostrar a vocês um pouco de cada um deles.

Denny Haris é originalmente de uma pequena cidade em Queensland na Áustria, porém há 3 anos atrás sua tia aceitou um cargo na Universidade de Ohio e Denny acabou indo com ela para ajudá-la a se instalar foi assim que deu origem a seu amor aos Estados Unidos. É um homem bonito tem uma pele bronzeada e é atlético, tem estatura mediana, cabelos marrom escuros, estilo repicado, olhos quentes e profundos de um marrom escuro. Denny tem uma personalidade mais séria, culta, porém tem seus momentos de piadinhas.

Kellan Kyle (suspira) é vocalista de uma banda de rock extremamente sexy, o tipo de roqueiro que você olha e vê perigo escrito em sua testa e isto totalmente te seduz, quem gosta de um homem que aparenta ser um bad boy (mas tem um coração lindo) vai amar o Kellan. Ele é alto, olhos intensos azuis, cabelos loiro-castanhos, com fios bagunçados, grossos e selvagem, eles são mais longos na parte superior com camadas desgrenhadas em baixo e tem um corpo bem definido. Diferentemente de alguns roqueiros que usam roubas completamente pretas Kellan usa algo mais básico com um pouco de cor, afinal de contas, sua aparência divina já faz todo o trabalho de chamar a atenção das mulheres. Kellan é um homem mulherengo, com uma boa lábia e engraçado.

Bem, agora que vocês têm uma idéia do quanto os dois caras, que vão dar tudo o que podem para conquistar o coração de uma garota indecisa neste livro, são extremamente lindo e cada um tem sua personalidade marcantes, vamos ao que nos interessa...

A principio os planos era para que Kiera estudasse na Universidade de Ohio, porém durante o seu segundo ano na faculdade ela termino transferindo para seguir seu namorado, este havia se formado há pouco tempo na faculdade de Ohio na área de Economia Empresarial e Marketing e estava em busca de um emprego, ele recebera várias cartas de recomendação dos professores, e isto ajudou a conseguir o seu emprego dos sonhos em Seattle (uma empresa que era uma das principais agências de publicidades do mundo), claro que o fato dele ser um homem extremamente inteligente contribuiu muito. Normalmente a busca para um primeiro emprego é difícil, mas se você tem boas recomendações e sabe desenrolar bem até pegar o pique então está garantido. O mercado de trabalho sempre fica meio temeroso de ser seu primeiro empregador, pelo anseio de que se faça uma grande burrada.

Por amar muito o namorado Kiera achou insuportável ter que se separar dele, nem que fosse por apenas 2 anos até se formar na Universidade de Ohio, sendo assim ela procurou Universidade e Faculdades por todos os lugares que Denny havia se candidatado a um emprego ou estágio. E ganhara uma bolsa que pagava por quase todas as suas despesas para a Universidade que desejava (claro que ela se tornou desejada depois que descobriu que Denny fora contratado para trabalhar em Seattle) e agora ela estava indo para a Universidade de Washington em Seattle. Eles ficariam morando com Kellan o amigo de Denny, Kiera nada conhecia o cara, tudo o que ela sabia era que ele tocava em uma banda e que quando Denny foi fazer seu primeiro ano no ensino médio no exterior ele tinha ficado na casa de Kellan

Mas nem tudo que é bom, dura pouco... A felicidade do jovem casal começa a desmoronar quando Denny tem que ir a Tucson com seus chefes para definir o novo escritório, ele está feliz com isto, pois é um passo de confiança que está dando, mas Kiera se sente arrasada principalmente ao descobrir que ele ficará lá por 2 meses. Kellan ao ver seu estado vai consolá-la da melhor forma que pode; abraçando-a e esperando que ela desabafasse, além é claro, de sair com ela para animá-la. Este é o ponto principal da estória quando ela toma o rumo que todos nós esperávamos – ou pelo menos eu – desde o momento em que o casal se muda para viver com Kellan.

Com o distanciamento de Denny e as ligações raras; Kellan e Kiera começam a se aproximar mais do que deveria, no começo realmente parecia apenas uma amizade, mas depois as coisas se tornaram muito intimas, a forma como andavam de mãos dadas ou Kiera se aconchegava perto dele no sofá para assistir televisão. É quando tudo desmorona e em um momento de fraqueza, após ter uma discussão muito séria com Denny, ela acaba sucumbindo seu desejo secreto por Kellan.

Tudo complica ao seu redor, principalmente depois que ela acorda da bebedeira do dia anterior e lembra de tudo o que aconteceu. As coisas mudam na casa desde sua amizade com Kellan – que se torna distante – até o relacionamento do rapaz com Denny.

O livro é realmente muito bom, mesmo sendo grandinho você consegue lê-lo tão rápido – por está preso tentando descobrir com quem Kiera vai ficar e quando finalmente Denny vai descobrir a traição – que nem perceber o tempo passar, logo está virando a última página.


site: http://worldbehindmywall.fanzoom.net
comentários(0)comente



Mi 02/05/2013

The word to describe it: intense.
Real drama.
I went to work this week sleepy because I couldn't let go this great story about Kiera and Kellan. I felt a lot like I should go there and punch Kiera in her face to have some atittute, but in real life probably people that are in that situation - in love with 2 guys - take to long to really know what they want, and not been scare to make the choice. I never been in this situation (And don´t wanna) but if it's not just a fling, is real love, I think it must be hard to choose between the confort and the rollercoaster romance.
Kellan is lovely, that's for sure. I fell for him the minute he started to being such a cute guy with Kiera helping her, taking her everywhere...
I just got the 2 other books from this trilogy and I hope it's as good as the first one.
----
Uma palavra para descrever: intenso.
Puro drama.
Fui trabalhar essa semana com muito sono porque não consegui largar essa ótima história sobre Kiera e Kellan. Senti como se tivesse que ir lá e dar um soco na cara da Kiera para que ela tivesse alguma atitude, mas na vida real provavelmente as pessoas nesta situação - amando dois caras - demoram para deixar cair a ficha sobre o que realmente querem, e não ter medo de fazer a escolha. Nunca estive nesta situação (e nem quero), mas se não é apenas uma atração, se é amor de verdade, acho que deve ser difícil escolher entre o conforto e um romance estilo montanha russa.
O Kellan é um amor, com certeza. Me apaixonei por ele no minuto que ele começou a ser fofo com a Kiera ajudando, levando ela pra tudo quanto é lugar...
Já estou com os outros 2 livros e espero que sejam tão bons quando o primeiro.
comentários(0)comente



Paula Juliana 30/10/2013

Nota sobre a Série:
O Grande destaque dessa Série para mim é o primeiro livro IMPRUDENTE. Gente eu amo o primeiro livro ( Tanto que já reli ele umas duas vezes!!). Os dois seguintes são bons, mas o primeiro é o melhor dos melhores. E quase um crime não lê-lo. Ele tem emoção o tempo todo, é muito intenso, você torce, sofre, ri, chora,tem horas que quer matar o mocinho, no minuto seguinte quer pegar ele no colo, tem horas que quer sacudir a Kiera para ela deixar de ser tansa(ahhhh!!), logo depois a agente se desespera com ela, é muito, muito bom.

O que falar de Kellan? Ai meu Deus!!!! Que Homem! Sem palavras para Kellan Kyle.

Não deixem de ler!

site: http://overdoselite.blogspot.com.br/2013/10/compartilhando-pdfs-serie-thoughtless.html
comentários(0)comente



28 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2



logo skoob
"O contato direto com outros leitores incentiva a ler e adquirir livros que nem imaginávamos existir."

Revista Época