Faça seu login para ter acesso a todo conteúdo, participe também do sorteio de cortesias diárias. É rápido e gratuito! :) Entrar
Login
Livros | Autores | Editoras | Grupos | Trocas | Cortesias

O Pássaro

Samanta Holtz
Resenhas
Mais Gostaram
80 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |


Fernanda 21/01/2014

Resenha: O Pássaro
Resenha: “O Pássaro” de Samanta Holtz, apresenta uma história tão intensa e significativa que é impossível não tentar entrar no ritmo da trama e entender os ideais de cada personagem. A premissa é complexa e remete o leitor a perceber os detalhes das diferenças e semelhanças de cada um, questionar sobre regras e o tempo exposto. Claro que o título desta obra tem tudo a ver com as ações descritas e induz reflexões interessantes sobre a liberdade, para seguir os objetivos/sonhos com afinco e esperança, além de outros assuntos relacionados.

Caroline Mondevideu é uma protagonista forte, totalmente feminina e decidida. Filha de um barão rígido – Enézio Mondevieu é um homem amargurado, maldoso e controlado – a menina, sendo ingênua e infantil, pensou que todos viviam sob os mesmos preceitos que ela. Porém, ao se deparar com o filho do domador de cavalos, Bernardo, ela começa a entender algumas atitudes erradas por parte do seu pai e a importância sobre as classes sociais.

CONFIRA A RESENHA COMPLETA NO BLOG SEGREDOS EM LIVROS:


site: http://www.segredosemlivros.com/2014/01/resenha-o-passaro-samantaholtz.html
Samanta 21/01/2014minha estante
Oooooi!! :)

Acabei de comentar na resenha do blog, mas comento aqui novamente para agradecer por ter compartilhado suas impressões sobre o livro com os seus leitores!

Muuuito obrigada!

Beijos carinhosos,
Sam




Adriana 22/02/2012

É provável que os pássaros me lembrarão esse livro
No ano de 1227, na fazenda do poderoso Barão Enézio Mondevieu, um grande senhor feudal, é que a história ganha vida. Um homem de muitas posses, casado com a submissa Antonelle. Barão é mau e autoritário, que não conhece a piedade ou a bondade. Pai de duas filhas, Elisabeth e Caroline
Caroline é nossa protagonista, uma menina de sete anos de idade já questionava as regras ditadas pela sociedade naquela época, e com sua alegria pela vida, desejava viver em liberdade, de acordo com suas próprias emoções.
Certo dia, ela encontra o filho de um dos empregados da fazenda, e tem, pela primeira vez, seus olhos abertos para a realidade que sempre a cercou.

"Na verdade, milady, a maior diferença entre nós é que meu pai sempre trabalhou e sempre foi pobre. Já o seu, nunca fez nada, e tem isso tudo..." Pg.17

Aquele encontro fez um rebuliço no interior da menina. Com seu questionamento diante do pai, ela recebeu como resposta uma surra, que nunca mais se esqueceria.

O tempo passou e Caroline se torna uma jovem ainda mais determinada do que antes. Ela tem apenas um ideal: ser livre. Mas o impiedoso Barão acha que pode controlar a vida da filha e isso rende vários momentos de rebeldia da menina. Como fugir no dia do casamento da sua irmã, quando o pai anuncia o casamento dela, sem lhe comunicar. Embora ser com o charmoso Filip, um amigo de infância, Caroline, quer ter o direito de escolha do seu próprio futuro.

"Há tanto tempo, eu a admiro em silêncio..." Pg.49

A menina ferve em revolta, e naquela noite tem um encontro inusitado com um dos empregados do pai, ele faz o tempo voltar quando diz:

"-O que pensou...Que estava... Fazendo? - perguntou ele, com a voz cortada pela respiração exausta.
Ela ergueu os ombros, como criança flagrada em sua traquinagem.
-Fugindo...
-Milady! Perdeu o juízo?
Ela parou de ofegar por um instante e ergueu os olhos para ele.
- Do que me chamou?
...
- Você é o menino... O menino da cerca!"

Bernardo é o filho mais moço de Gerson, o domador de cavalos da fazenda do Barão. O rapaz, assim como Caroline, é bastante rebelde e não consegue ser domado. E também busca, a desejada liberdade.

"Talvez o que eu precise, não seja alçar voo, mas parar de insistir em me manter nos ares". Pg.76

No início, tudo que o rapaz faz parece irritar Caroline, mas o que eles não imaginavam, era que o destino os trariam ainda muitas surpresas, entre elas, que iriam se apaixonar.
O mundo estará contra eles, e o amor precisará ser forte para ir contra todas as regras da sociedade. Mas será que será forte o suficiente para resistir as muitas verdades que ainda virão?

O Pássaro foi uma agradável surpresa. Primeiro, por ser o primeiro romance de época que leio, segundo por ter me revelado mais uma talentosa escritora nacional, Samanta Holtz. Samanta escreve de uma forma encantadora, e nos prende até o fim, com um livro carregado de mistérios e reviravoltas inesperadas.

Caroline foi a personagem que eu mais gostei, forte, determinada, sonhadora e inesquecível! Me emocionei com sua ousadia em conquistar seu sonho de ser livre, demais! Bernardo, confesso que demorou a conquistar minha simpatia, é aqueles homens mal-educados, indelicados, que só vi em filmes de cawboys, que se acham. E por gostar mais dos mocinhos românticos, carinhosos, demorei a me simpatizar por esse mocinho, porém, bem sei, que muitas mulheres adoram esse tipo de personagem. Enfim, com o tempo ele ganhou minha admiração quando começou a perceber que Caroline era a mulher da sua vida.

Enquanto escrevia a resenha, fiquei buscando palavras que descrevessem o romance O Pássaro, e a que mais saltou nos pensamentos foi: inesquecível. Um romance maravilhoso que levará o leitor a sentir uma mistura louca de emoções. É uma linda história, com um final surpreendente, que na hora me assustou, mas depois concluí que fez jus a todo o enredo.

O Pássaro é um grito de liberdade, e tenho certeza que muitos serão tocados por essa linda lição! Ainda estou encantada e não encontrei as palavras certas para descrevê-lo. É muito forte e cheio de peculiaridades que o torna O Livro, entendem?
Leitura mais que recomendada!

Parabéns a querida Samanta Holtz, por ter escrito um livro tão lindo, e ter me presenteado com sua escrita admirável!

Veja mais em: http://www.adrianabrazil.com/2012/02/resenha-o-passaro-samanta-holtz.html PROIBIDO reproduzir esta resenha sem autorização!
Samara 28/02/2013minha estante
Realmente um grito de liberdade, me prendeu desde o começo...amei os personagens me envolvi em cada louca atitude de Caroline...mas gente queria um final diferente...sinf...mas mesmo assim parabéns Samanta Holtz pelo belo livro.


Renata 15/10/2012minha estante
Não conhecia o livro e pela resenha vou me arriscar a lê-lo.


Cris Cullen 13/09/2012minha estante
muito lindo esse livro,adorei!!!!


Adriana 22/02/2012minha estante
A resenha é sua Sam! Use a abuse! Mais uma vez parabéns pelo seu livro tão lindo! Eu amei e ainda estou pensando nele!!
Parabéns pelo seu talento! Virei sua fã!
SUCESSO!!!


Samanta 22/02/2012minha estante
Preciso repetir o quanto amei sua resenha??? :)

Dri, colei alguns trechos da sua resenha (com link para seu blog) aqui no meu: http://samantaholtz.blogspot.com/p/mural-dos-leitores.html

Tudo bem???

Se tiver algum problema, por favor, me diga ^^


Beijokas!




spoiler visualizar
Cih 16/08/2012minha estante
Tks ;)


Samanta 16/08/2012minha estante
Obrigada, Cih!!

Também desejo que alcance todos os seus sonhos ^^
Muito obrigada pelas palavras!

E que bom que gostou da Beth Levitt! Espero que goste do desenrolar como gostou de O Pássaro, mas que, dessa vez, o final também a agrade ;) rs


Um beijoooo!!


Cih 16/08/2012minha estante
Eu li a sua bio e achei o a data do do seu nascimento super interessante. Tb considero um dom.

E o que falei é verdade, vc escreve muito bem e espero que consiga ir muito além do que espera.

Já adicionei seu novo livro e devo dizer que amei a capa. Assim com a d'O Pássaro, é linda.

Super sorte nesse próximo que, pela sinopse, eu acho q vou adorar. Realmente prefiro os contos de fadas.

Beijo grande.


Samanta 16/08/2012minha estante
Olá!! :)

Imagine, eu entendo totalmente seu ponto de vista a respeito do final!!! Não fiquei chateada - pelo contrário; fiquei feliz em saber que a qualidade da minha escrita tenha superado essa questão ^^

Estou lisonjeada com seu comentário, de que pareço ser uma autora com vários livros publicados!! "O Pássaro" é o primeiro que publiquei, mas já escrevi outros três livros (dois antes dele e um mais recentemente). Escrever é algo que simplesmente mora em mim desde a infância (para ajudar, nasci no "Dia do Livro" rs), acredito que seja um Dom que Deus me deu... muito bom saber que é reconhecido!! Obrigada :)


Meu próximo trabalho (espero que saia em breve!) é o romance "Quero ser Beth Levitt", que, ao contrário de "O Pássaro", é menos dramático e mais "contos de fadas" rs... talvez seja mais o seu estilo de leitura ^^

Até já o publiquei aqui no Skoob! Se quiser adicioná-lo à sua estante, fique à vontade!!

http://www.skoob.com.br/livro/241622


Um beijo!!!


Cih 16/08/2012minha estante
Oi Samanta!!!
Como disse, eu gostei do livro num todo. Não sei quantos livros vc já escreveu, mas parecia que eu estava lendo o livro de uma autora de dezenas e dezenas de livros publicados. Ele é realmente ótimo, fluído e interessante, meu problema foi realmente com o final.

Acho que o maior problema, na verdade, foi esse: se eu não tivesse gostado tando do livro durante a leitura, não teria criado tantas expectativas, entende? rs

Espero ler seus próximos livros.

Beijos


Samanta 16/08/2012minha estante
Olá, Cih!!

Respeito muito sua opinião e agradeço por ter colocado seu ponto de vista! É realmente difícil os acontecimentos agradarem a todos os leitores rs rs... muitos amam o livro exatamente por causa do final, outros, como você, prefeririam que fosse diferente!!

De todo modo, fico muito feliz que você tenha gostado da minha escrita!!

AH!! Obrigada, também, por ter marcado a resenha como "spoiler", para que aqueles que não desejam saber o final não leiam sem querer :))


Um grande beijo!!




Marcia-Rios 26/02/2012

O voo do pássaro
ONDE, QUANDO E COMO…
Europa, século XIII. época dos vestidos pomposos, das charretes elegantes e das extensas propriedade de terra com seus castelos, onde perambulavam serviçais, condes, duquess, barões e segredos.


Um sociedade cujos conhecidos como vassalos e suseranos, que conviviam no sistema feudal. Uma cerimônia simples, um puhado de terra despejado, mais um vassalo a servir. Esse se intalava com mulher e filhos nas terras do seu senhor, nas quais viviriam a troco do trabalho, suor e tributos dos mais incabivéis. Uma vida difícil, porém, para os menos afortunados, era a condição mais aceitável para se viver com dignidade.


Do outro lado, estavam os senhores das terras e suas famílias. Esposas caladas, filhas obedientes, homens rídigos. A imagem perfeita para se passar à sociedade – muito embora ninguém imaginasse que aventuras e amores proibidos se escondiam por trás daqueles olhos baixos, submissos a uma vida de regras, castigos, imposição do certo e proibição do errado. Uma vida resumida a aceitar sem argumentos ou contestação.


Mas havia uma jovem determinada a quebrar essas convenções.


Essa introdução não é spoiler, a autora liberou para seus leitores conhecerem e, sentirem o sabor dessa linda história o primeiro capítulo que poderão ler no blog da autora.

Utilizei-a justamente porque a partir desse ponto, somos levados diretamente ao ano de 1227 e, a voar em cada uma das suas páginas conhecendo a história da pequena Caroline que tem uma forma muito peculiar e diferente de ver e aceitar a vida do jeito que lhe era imposta e, a torcer em cada uma delas que consiga abrir a porta da sua “gaiola” de ouro e alçar voo.


Os personagens:
- Dinamene = serva pessoal e fiel das damas da mansão dos Mondevieu.
- Gerson Rachclev = domador de cavalos, assim como seus dois filhos William e Bernardo.
- William = calmo e resignado como a imposição de sua condição.
- Bernardo = hostil e desafiador, desde criança já demonstra sua insatisfação em conviver com a brutal diferença de classes.
- Barão Enézio Mondevieu = frio, cruel, impiedoso e temido.
- Baronesa Antonelle = “serena”, “tranquila”, indefesa e subordinada às ordens do barão, assim como suas filhas Elizabeth e Caroline.
- Elizabeth = meiga, silenciosa, obediente.
- Caroline = curiosa, risonha, falante, contestadora e desafiadora, atitudes que lhe rendiam marcas físicas e emocionais.
- Duque Fernão de La Frièt = amigo da família Mondevieu e pai de Filip.
- Filip = um rapaz que cresceu alimentando uma forte e cativante afeição por Caroline.
- Jéan Delcour = noivo e futuro marido de Elizabeth que aprendeu com seu pai que amar era uma fraqueza e deveria prevenir-se desse mal.


Durante os acontecimentos, a história desses personagens se misturam, revelando: o amor puro, singelo, emocionante; o ódio devastador que aprisiona e mata; a magia que encanta e apaixona; mistérios e segredos que no seu final (surpreendente e inesperado), mudariam para sempre suas vidas.


Parafraseando a biografia da linda autora: Com uma história romântica e cheia de surpresas, Samanta nos leva em uma deliciosa viagem onde, vamos das lágrimas ao riso e do riso as lágrimas em questão de capítulos.
Samanta 27/02/2012minha estante
AMEI sua resenha, Marcia! E fiquei muito feliz por saber que você gostou tanto da história ^^

Um beijo enorme!




"Ana Paula" 21/02/2012

Um livro maravilhoso!!!!

A história de Caroline Mondevieu se passa na Europa, no século XIII. Caroline é uma jovem que tem o desejo enorme de ser livre, de escolher o que quer para sua vida, sem ninguem para impedi-la. Mas como as coisas não são como queremos, Caroline sofre com o comportamento de seu pai, o poderoso Barão Mondevieu, que não é um pai amoroso, ao contrario, sempre a trata com despreso e até bate nela. Não é só Caroline que sofre com as atitudes do pai, sua mãe e sua irmã tbm, que sempre são submissas a ele, despertando em Caroline um pensamento de que é muito diferente delas.

Mas tudo parece mudar, quando Caroline foge com Bernardo, um domador de cavalos, para procurar seu destino e se ver livre das garras do Barão. Bernado aceita fugir com Caroline em troca de um cavalo, o mais rapido do Barão, e assim eles se emprenham na mata e começa ali um amor que nem o tempo poderá romper.

Os dois são uma graça, Caroline é mimada e Bernado, insuportavel... Ambos se irritam facilmente, mas são lindos juntos.

Adorei todos os personagens, inclusive Filip que eu queria muito que tivesse um final feliz!!!!! O Livro é incrivel, foi dificil parar de ler, até sonhei com ele... A leitura é leve e acontece tanta coisa... Uma atitude leva a outra e segredos que vc nem imagina são descobertos em pouco tempo. Adorei de verdade o livro e recomendo com toda certeza!
Carolina Lopes 22/02/2012minha estante
Adorei a resenha!!!
Tenho que ler esse livro urgente!!!


Samanta 21/02/2012minha estante
Ana Paula querida!

Sem palavras... ler uma opinião tão positiva e tão linda sobre meu livro é, definitivamente, a maior recompensa para uma escritora!!!

É lindo ver que palavras que saíram do fundo do meu coração e foram lapidadas com tanto cuidado tocaram tanto o coração de outras pessoas :)


Muito obrigada! De coração!


Um beijo

Samanta Holtz
autora de "O Pássaro"
www.samantaholtz.blogspot.com
@SamantaHoltz




80 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |



Publicidade


logo skoob beta
"Faltava uma rede social voltada apenas para os amantes de livros... Bem, não mais."

IG Tecnologia