Faça seu login para ter acesso a todo conteúdo, participe também do sorteio de cortesias diárias. É rápido e gratuito! :) Entrar
Login
Livros | Autores | Editoras | Grupos | Trocas | Cortesias

No Mundo dos Livros

Jose Mindlin
Resenhas
Mais Gostaram
8 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2


Suzi Hay 03/01/2010

No mundo dos livros
"No mundo dos livros" faz com que a gente tome gosto pela leitura. Conhecer um pouco de como José Mindlin formou sua maravilhosa biblioteca particular, desde o primeiro livro até a conquista de exemplares raros, é uma viagem !
A leitura é muito fácil, linguagem simples, e parece que estamos sentados em poltronas confortáveis, batendo um papo sobre um assunto tão interessante quanto os livros.
Em todos os capítulos, Mindlin cita algum livro que o marcou, ou que recomenda para leitura. Com certeza, muitas destes agora compõem a minha lista particular !
Ricardo 27/02/2011minha estante
Suzi, sua resenha incentivou-me a adquirir o livro, que já me parecia interessante por ser de autoria de Mindlin. Obrigado!




OVendedordeL 10/10/2010

Todo amante dos livros deveria ler esta obra de José Mindlin, que era chamado carinhosamente de "o maior amigo dos livros.

Leiam, viagem e se emocionem!!!
comentários(0)comente



Carol 11/07/2010

Inspirador
O livro basicamente nos dá água na boca durante a leitura. José Mindlin comenta cada livro exaltando sua particularidade ou sobre o que se trata. Me deixou com vontade de ler muitos livros e me deu saudades de alguns que eu já li os de como Saramago e José de Alencar.
Desde "A Menina Que Roubava Livros" não tinha uma leitura tão prazeirosa como de "No Mundo dos Livros". Fora sua paixão pela leitura, Mindlin também nos conta sobre sua infância e a juventude e como iniciou sua famosa biblioteca (que invejaa!). E fala também sobre livros raros que ele já leu e possui, como autografados pelo autor, Machado de Assis por exemplo.
O único problema do livro é o seu tamanho! Pequeno demais! Levei 2 horas lendo! É frustrante chegar ao final do livro.. Mas vale muito a pena!
comentários(0)comente



Coruja 01/09/2013

Sabe aqueles livros que você tem a impressão de estar sentado num alpendre, conversando com o autor tomando um café com bolinhos ou, melhor ainda, um pão de queijo da hora? Essa foi a sensação que No Mundo dos Livros me deu, comendo pão de queijo, cheirando café da hora e balançando-se numa cadeira de balanço daquelas de madeira antiga, como as que minha avó tinha antigamente, trocando notas sobre nossos livros favoritos.

José Mindlin é um bibliófilo, um leitor e colecionador praticamente desde criança – e se esse é um volume bem curto (são pouco mais de cem páginas), do que tipo que terminamos rápido, quase que no intervalo do café, é também rico em experiências, uma conversa afetuosa sobre a leitura.

Ao longo de suas páginas, desfilam uma série de títulos clássicos que reconhece o autor, fizeram parte de sua formação, de seu crescimento individual. Ele compartilha conosco suas memórias, seus amores literários, suas aventuras garimpando volumes por sebos ao redor do mundo, ao mesmo tempo que nos pergunta sobre as nossas próprias reminiscências.

E talvez seja por isso que No Mundo dos Livros é tão gostoso de ler: mais que uma lista de recomendações, Mindlin aqui nos convida a uma conversa, a um partilhar de experiências em torno da leitura.

"Espero que esta prosa tenha interessado tanto a você, leitor 'privilegiado', que já faz parte do mundo da leitura, como também tenha agradado a você, caro leitor iniciante, que ainda não teve a oportunidade de penetrar no mundo encantado dos livros e da leitura, que, como já disse, é vasto, mas encantado: um mundo de sabedoria, de prazer e de liberdade. Espero que nos encontremos lá, em outra conversa."


site: http://owlsroof.blogspot.com.br/2013/08/para-ler-no-mundo-dos-livros.html
comentários(0)comente



rogerbeier 31/08/2009

Abaixo das espectativas.
Esperava muito mais deste livro, uma vez que não tinha lido nada sobre ele e comprei-o por impulso ao ver a capa e o nome do Mindlin nela. Desapontei-me com o fato de ele dirigir-se quase que exclusivamente ao público não leitor (ou praticamente não leitor) de modo muito infantil e impróprio para quem já está habituado a leitura. Creio que haveria espaço para falar a todos os publicos.

Apesar disso tudo, o livro é bom (quando não se tem espectativas), por revelar-nos detalhes de como se inicia a vida de um bibliófilo; como eles abastecem suas bibliotecas; o contato íntimo que se cria com livreiros de sebo e por ter várias indicações de leituras e um índice remissivo das obras citadas no final.
Raphaella 25/06/2012minha estante
O certo é "expectativas" :)




8 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2



Publicidade


logo skoob beta
"O contato direto com outros leitores incentiva a ler e adquirir livros que nem imaginávamos existir."

Revista Época