Presentes da Vida

Emily Giffin



Resenhas - Presentes da Vida


269 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Thaís 20/02/2012

E que "presentes" da vida! ♥

Presentes da Vida é a tradução da Editora Novo Conceito para o livro Something Blue sucesso da autora Emily Giffin de quem sou muito fã! Emily Giffin escreve com emoção, pureza e toca profundamente o leitor, diferente de Nicholas Sparks, seus livros nos fazem chorar de felicidade (amo finais felizes!). Esse livro é também a continuação de O Noivo da Minha Melhor Amiga. Não é obrigatório ter lido antes, mas a leitura do livro anterior é imprescindível para o melhor compreendimento da história de Darcy e o que a levou à situação atual.


Confesso que odiava a Darcy desde o livro O Noivo da Minha Melhor Amiga. Ela é o oposto de Rachel, além de indiferente, arrogante e egoísta. Mas em "Presentes da Vida" ela nos conta sua versão dos fatos, e podemos conhecer tudo o que aconteceu com Rachel e Dexter (ex-noivo de Darcy). Não entendeu? Antes de continuar a leitura desta resenha, pode ler (sem spoilers) a resenha de O Noivo da Minha Melhor Amiga.

Agora podemos continuar e você irá compreender o que quero dizer! A Darcy teve sua vida totalmente arruinada, sua melhor amiga roubou seu noivo, ela não vê que também traiu e se sente a única vítima de tudo que ocorreu em sua vida, um desastre. Mas ela está grávida de um cara (Marcus, um amigo de Dexter, que inclusive ia ser padrinho em seu casamento) que é despojado em demasia e "compromisso" não faz parte do vocabulário dele. Agora ela percebe que ele podia até ser um pouco sexy, mas não era bonito, nem rico e nem inteligente, o que ela viu nele?

O que Darcy não percebe é que Dex (que era seu noivo e ficou com sua melhor amiga) podia ser lindo, inteligente e rico, mas que seriam infelizes juntos. Ele não a amava e nem ela sentia algo mais que admiração por ele. Mas como eu disse ela é extremamente egoísta e se inconsciente ou não, ela sempre competiu com Rachel, e não suportava o fato de sua agora ex-melhor-amiga ter tirado Dex dela, debaixo de seus olhos. Ela jamais suportou uma derrota e como sempre teve tudo o que quis e um pouco mais, e por isso estava despreparada para a vida, para tudo o que aconteceu em seu castelo que desmoronou.

Isso é com certeza o mais emocionante em toda esta linda história: A capacidade do ser humano de reconhecer ainda que tarde seus erros e prosseguir rumo ao desconhecido, mas com a qualidade indescrítivel de se auto-avaliar, reconhecendo assim que também foi parte de sua própria tragédia amorosa, a autora acerta em cheio neste quesito, mostrando aos leitores a antiga Darcy, seus caminhos errôneos e a reviravolta que tem em sua vida. Indelével. Surreal.

Cansada de tudo e de todos, ela vai para Londres, viver temporariamente com Ethan (amigo dela e de Rachel desde o quinto ano do colégio) pensando em compras, em dar a volta por cima e odiar ainda mais seus ex-amigos (agora inimigos pois, todos se viraram contra ela) ela se descobre grávida de algo maravilhoso e surpreendente e que tem efeito positivo em sua vida (mesmo que no momento ela queira desistir) chegando ao título deste livro em português: Presentes da Vida "Nem sempre o queremos é o que realmente precisamos". Concordo e assino em baixo, o que precisamos realmente nesta vida está longe de ser algo que queiramos, mas que aliado a forças supremas é tudo e mais do que precisamos nesta incrível jornada. Gravidez não planejada, sem amigos, sem emprego e sozinha ela descobre que a vida é muito mais do que beleza e roupas de grife.

Não posso deixar de mencionar o humor impressionante nesta leitura, ri demais em diversos trechos e chorei copiosamente em outros. Emily Giffin é uma das autoras que mais admiro, por sua capacidade de fazer-nos rir e no mesmo instante nos levar à lágrimas. Posso dizer que encontro semelhanças com seus outros títulos como : Ame o que é Seu e Questões do Coração (também amo esse!). Mas de um modo ou de outro, estou mais do que surpresa e senti-me feliz com a leitura deste livro que além de extremamente agradável me surpreendeu positivamente e fez com que Darcy se tornasse outra pessoa diante de meus olhos. Um livro tocante e profundo, narrativa concisa e fluente e tem tudo para se tornar best-seller aqui no Brasil, tanto como já é lá fora.

Se está cansado de leituras cansativas, repetitivas e sem motivação, pegue um exemplar deste maravilhoso livro e não se arrependerá, só não esqueça de me convidar para um clube do livro on-line depois, adoraria compartilhar meus trechos prediletos e minhas impressões com você. Uma perfeita história de recomeços e amizade, amor e descobrimento, sinceridade e perdão. Recomendadíssimo!

Resenha completa >>> http://www.viajenaleitura.com.br/2012/02/presentes-da-vida-emily-giffin.html
Vanessa 01/05/2012minha estante
Tbm sou muito fã da autora Emilly Giffin. Comprei este livro sem saber que era continuação do O Noivi da Minha Melhor Amiga... tomara que não prejudique a minha leitura de Presentes da Vida...


Maria Sena 06/05/2012minha estante
Eu já li "Questões do coração" e adorei a forma como ela abordou o assunto, então virei fã e comprei esse livro sem saber que era a continuação do "O Noivo da minha melhor amiga". Eu assisti o filme e quando comecei a ler "Presentes da vida" pensei "poxa é a estória daquele filme, que chato!", mas depois de pouco tempo de leitura vi que era o lado da Darcy na estória, bem Questões do coração, você já leu?, eu não suportava a Darcy, aquele jeito esnobe, competitivo, sufocando a Rachel e tudo mais, mas com a leitura deste livro, tenho pena dela, ela não pensa nas consequências de seus atos, foi educada assim e agi como se fosse o correto. Estou no meio do livro e estou adorando, leitura leve, agradável. Adorei sua Resenha. Bjus!!!!


Maria Sena 09/05/2012minha estante
Terminei Thaís, confesso que me emocionei em vários momentos, como no nascimento dos gêmeos quando Ethan diz que os ama, na ligação de Darcy para sua mãe e para Rachel, foi lindo ver como ela conseguiu perdoar sua amiga naquele momento de tanta felicidade, quando Ethan lhe pede em casamento....ahhhh...a Emily é incrível, ela consegue de forma leve e ao mesmo tempo profunda te emocionar e te ensinar muitos valores. Maravilhoso!!!!


Jacque 22/05/2012minha estante
Pô Maria Sena, que spoiler vc soltou aí ein...brochei com minha leitura agora...ahhaha
Vou até esperar mais tempo pra começar a ler esse pra ver se "esqueço" desse "detalhe"..humpf...sacanagem!!!...rsrs


Gabriela 17/11/2012minha estante
Comecei a ler o livro em inglês - Something Blue - mas acabei desistindo, visto que não simpatizava nem um pouco com a arrogante Darcy.
Lembro que, quando li 'O noivo da minha melhor amiga', me apaixonei e me envolvi emocionalmente com os personagens, não conseguindo largá-lo nem por 1 segundo. Então, veio o filme, desastroso. Uma decepção total...e, na semana passada, por curiosidade e um desejo inexplicável, comprei 'Presentes da vida'. E, assim como aconteceu com o primeiro livro, me envolvi denovo com os personagens. Especialmente Darcy, e o amadurecimento que ela teve durante o andamento da história. Como sou curiosa, li spoilers antes mesmo de adquirir o livro, e já sabia o final da história. Mesmo assim, me surpreendi com o livro, com a história leve e envolvente, e com a maneira com que Emily Giffin consegue nos deixar apaixonados e vidrados em seus livros. Ótimo livro, que nos faz querer 'devorar' suas quase 400 páginas em 2 dias.


Gabriela 17/11/2012minha estante
Comecei a ler o livro em inglês - Something Blue - mas acabei desistindo, visto que não simpatizava nem um pouco com a arrogante Darcy.
Lembro que, quando li 'O noivo da minha melhor amiga', me apaixonei e me envolvi emocionalmente com os personagens, não conseguindo largá-lo nem por 1 segundo. Então, veio o filme, desastroso. Uma decepção total...e, na semana passada, por curiosidade e um desejo inexplicável, comprei 'Presentes da vida'. E, assim como aconteceu com o primeiro livro, me envolvi denovo com os personagens. Especialmente Darcy, e o amadurecimento que ela teve durante o andamento da história. Como sou curiosa, li spoilers antes mesmo de adquirir o livro, e já sabia o final da história. Mesmo assim, me surpreendi com o livro, com a história leve e envolvente, e com a maneira com que Emily Giffin consegue nos deixar apaixonados e vidrados em seus livros. Ótimo livro, que nos faz querer 'devorar' suas quase 400 páginas em 2 dias.


Gabriela 17/11/2012minha estante
Comecei a ler o livro em inglês - Something Blue - mas acabei desistindo, visto que não simpatizava nem um pouco com a arrogante Darcy.
Lembro que, quando li 'O noivo da minha melhor amiga', me apaixonei e me envolvi emocionalmente com os personagens, não conseguindo largá-lo nem por 1 segundo. Então, veio o filme, desastroso. Uma decepção total...e, na semana passada, por curiosidade e um desejo inexplicável, comprei 'Presentes da vida'. E, assim como aconteceu com o primeiro livro, me envolvi denovo com os personagens. Especialmente Darcy, e o amadurecimento que ela teve durante o andamento da história. Como sou curiosa, li spoilers antes mesmo de adquirir o livro, e já sabia o final da história. Mesmo assim, me surpreendi com o livro, com a história leve e envolvente, e com a maneira com que Emily Giffin consegue nos deixar apaixonados e vidrados em seus livros. Ótimo livro, que nos faz querer 'devorar' suas quase 400 páginas em 2 dias.


Michelli Prado 06/06/2013minha estante
Gostei do livro, mas houve momentos que realmente pensei em abandonar a leitura ( mesmo), tinha raiva de Darcy em alguns momentos do livro. Mas depois realmente comecei a gostar do livro. Ótima resenha!!


Olga 30/07/2013minha estante
Confesso que nunca tinha me interessado por livros dessa autora, e comprei esse livro porque estava numa promoção. Bom, no fim eu simplesmente amei a historia, não tinha noção que era uma continuação de outro livro rs e isso não atrapalhou na leitura. Enfim eu recomendo, mesmo tendo um final bem previsível.




House of Chick 16/11/2012

“Presentes da Vida” é um spin-off de “O Noivo da minha melhor amiga”, que é quando uma história é criada a partir de outra, e nesse caso uma personagem presente no primeiro livro é a protagonista do segundo, que ocorre após o término do anterior. Não é uma continuação, ou seja, você pode ler um e não ler o outro e vai entender a história completamente, inclusive ambas tem um final. Só aconselho que se for ler os dois, comece pelo “O Noivo da minha melhor amiga”, já que em “Presentes da vida” podemos acabar encontrando alguns spoilers do anterior.

Nesse título, conhecemos Darcy Rhone, uma patricinha que sempre teve tudo o que quis e todos os homens a seus pés. Ela tinha orgulho da vida espetacular que vivia, com um emprego super desejado, um círculo grande de amizades incríveis, um noivo perfeito e um ótimo namorado. Até que algumas reviravoltas ocorrem e ela se vê sozinha, de licença do emprego, e sem nenhuma amizade por perto. Mimada, ela não se conforma em aceitar as coisas como estão, além de achar que não tem culpa na maioria delas, e cria diversas intrigas e apronta várias situações para tentar se dar bem de novo, custe o que custar.

Falando assim dá pra perceber que Darcy desperta diversos sentimentos negativos na gente até certo ponto da leitura, e isso é mais do que verdade, mas ao mesmo tempo começamos a nos envolver de uma forma muito positiva, despertando um sentimento de apoio e torcida por ela.

Depois de perceber que sua vida não é mais a mesma e que não adianta tentar estragar a vida dos próximos também, Darcy vê que precisa mudar de atitude e de ares, e é por isso que resolve pedir a Ethan, um de seus amigos de infância, para morar com ele em Londres por algum tempo e, assim, se afastar de tudo e todos. Ethan fica relutante com a possibilidade de dividir seu apartamento com outra pessoa, já que gosta de solidão, mas acaba cedendo e Darcy, então, se muda para lá.

Claro que nem tudo são flores e ela ainda vai enfrentar dificuldades quando chega à Inglaterra, afinal o mundo não gira a seu redor, muito menos a vida dos outros e ela só passa a perceber isso agora. Até que uma certa pessoa joga muitas verdades em sua cara e ela passa a se encarar de uma outra forma, vendo que na verdade tem sim defeitos e que não pode ficar culpando todo mundo, menos ela mesma, do rumo ruim que sua vida tomou, então ela passa por mudanças difíceis, mas necessárias. É aí que ela passa a mudar gradativamente, e acaba se transformando em uma nova pessoa e encontra o verdadeiro amor.

Continuação: http://www.houseofchick.com/2012/11/presentes-da-vida-emily-giffin.html
Leila 16/11/2012minha estante
Tenho esse livro e ainda não li, sua resenha me fez ficar com vontade de lê-lo. Vai ser o próximo da minha lista de leituras! leilaschmitz@yahoo.com.br


Nessa 16/11/2012minha estante
Adorei a resenha! Vou começar a leitura quando tiver um tempinho. Vai para a lista de prioridades! Nunca li nada dela e como você disse na resenha que ele é bom, vou abrir com chave de ouro! =)

@nessa_002


Bruna Costenaro 17/11/2012minha estante
O que mais me chamou atenção nessa série foi o conceito por trás, das coisas que dão sorte para o casamento... Devíamos ter mais tradições aqui hehehe...

Miquilis: Bruna Costenaro- bruheadbanger@hotmail.com


DomDom 17/11/2012minha estante
Ainda não li "O Noivo da Minha Melhor Amiga", e também não li "Presentes da Vida". Pelas notícias e resenhas que li, inclusive essa, percebi que o "presentes" é mais interessante do que "O Noivo". Gosto muito de histórias em que as personagens evoluem, mesmo que na marra, com o decorrer da narrativa.

n_alves4@hotmail.com
@_Dom_Dom


Mayara 17/11/2012minha estante
O ultimo chick-lit que li foi Bergdorf Blondes, eu adorei o livro, agora da Emily ainda não li nenhum, eu tenho Questões do Coração que o House me deu, mas ainda não tive tempo de ler, mas enfim todo mundo fala bem demais da autora, mesmo não tendo lido nada dela, chega a ser contagiante, e as vezes me pego dizendo que adoro o que ela escreve sem nem ter lido!
Quando Presentes da Vida foi lançado, não me interessei muito, mas quando li o primeiro capitulo queria mais!
E sobre questões do coração, quando saiu a promoção de um ano, e ele era um dos prêmios ficou louca da vida, pois já fazia um tempão que eu queria ler, ai participei com tudo!
Bem, a resenha está ótima, não sei como vocês conseguem escrever assim!
abraços

yarasp71@hotmail.com


Khrys Anjos 17/11/2012minha estante
Concordo com você com relação ao ?O Noivo da minha melhor amiga?. Não li o livro mais assisti ao filme e detestei.
Como uma pessoa que se diz sua melhor amiga, aquela a quem você compara a uma irmã pode te trair como a Rachel fez e ainda achar que está certa? E o pior as pessoas que comentam sobre o livro/filme dizem que adoraram.Não consigo entender essa mentalidade humana.

Com relação ao "Presentes da vida" eu li o livro e confesso que esperava mais dessa história. Também não entendo como uma pessoa pode dizer que gosta de uma e dorme com outra. Isso não é lógico, pelo menos não para mim.
Tá certo que a Darcy evoluiu muito no decorrer da história e no final conseguiu finalmente entender o que é amar de verdade mas acho que ela se envolver com outro e o Ethan também se envolver com outra acabou repetindo o mesmo contexto do primeiro livro.A diferença é que não houve a traição física.

Fico com receio de ler outro livro da Emily e me deparar com a mesma história.

Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!


Vanilda 17/11/2012minha estante
Eu tenho Presentes da Vida, mas ainda não li. Por um motivo ou outro sempre fui adiando a leitura. Achei muito pertinente você ter explicado sobre o "spin-off" porque eu achava que Presentes da Vida era a continuação de O noivo da minha melhor amiga e pensei que, se lesse Presentes da Vida sem ter lido o outro, ficaria perdida na história. Que bom que você esclarece isso. Achei a resenha muito clara e bem fundamentada, principalmente com relação à sensação de ódio e amor pela personagem principal. Gosto de histórias assim, que mostram o amadurecimento da pessoa gradativamente, mesmo tendo sido forçado por uma situação. Ao que parece, o estilo de escrita da autora é muito bom de ler e a narrativa flui de forma agradável. Acho que colocarei "Presentes da vida" na frente de alguns outros aqui na minha fila.

vanildarm@hotmail.com
@VanildaP


Thai 17/11/2012minha estante
esse foi o primeiro livro que li da Emily apesar de sempre ter tido vontade de ler seus livros, eu adorei a historia e acho lindo o jeito com que ela construiu personagens tão proximos da realidade, creio que todos temos um pouquinho de Darcy,ou um pouquinho de Rachel e aceitar que nós não somos perfeitos é dificil e um caminho doloroso como o livro conta, no começo temos uma Darcy e no final uma outra Darcy a qual me senti muito bem de ter conhecido e de certa forma participado da historia, ja que as emoções de Darcy me deixaram com a sensação de o que eu faria se fosse comigo? e claro que todas nós adorariamos cruzar com um Ethan por ai:)
@thailadesouza
thailikasouza_candy@hotmail.com


Brunna 18/11/2012minha estante
Nunca li nada da Giffin, mas morro de vontade, pois, esse livro em especial, só já vi resenhas positivas, e a sua foi mais uma só para aumentar minha vontade! Agora, na hora em que encontrá-lo por aí, vou comprar com certeza! Mas ainda não li O Noivo da minha melhor amiga e nem assisti ao filme, será se tem problema?

brunna_plutao@hotmail.com
myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br


Jéssica R. 18/11/2012minha estante
Eu ainda não li nada da Giffin,mas eu assisti o filme ''O Noivo da minha melhor amiga''.Pelo que percebi da resenha Darcy ao longo da trama se transforma.Se torna uma pessoa melhor, e tudo que ela passou,todos os problemas ela pode melhorar.E isso é tão bacana,quando alguém depois de sofrer,tanto com a vida quanto com as atitudes que toma,e depois disso se torna em uma pessoa melhor ,se torna uma pessoa que ao longo do tempo pode sorrir e olhar para o passado e vê que a vida fez com que ela mudasse,pra melhor, e no futuro ter orgulho da pessoa que se transformou.
Parabéns pela resenha.
Em breve quero ler mais dessa autora

Jéssica Rodrigues
jeskinha_416@hotmail.com
http://leitorasempre.blogspot.com.br/


Thais 20/11/2012minha estante
Já assisti o Filme O Noivo da Minha Melhor Amiga e confesso que terminei o livro com uma sensação de Ahm?! Como assim?
Não gostei muito. Não sei se gostarei mais do livro, mas sinceramente não tenho vontade de ler nem ele nem Presentes da Vida. Posso estar comentendo uma grande injustiça, mas pelo menos por um momento, não me interessa.

Thais Vianna
@dathais


Joyce 21/11/2012minha estante
Nunca li Emily Giffin mas morro de vontade de tantas resenhas legais que já li sobre os livros dela inclusive a sua agora :). Gosto de Chick lit e parece que esse título é bem do jeito que gosto.

Eu assisti o filme O noivo da minha melhor amiga e gostei bastante, vou dar uma chance para o livro também.

joycegadiolli@ig.com.br
http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/


Anne 17/01/2013minha estante
Bom eu estou lendo a historia de Darcy. apesar dela ser do jeito que é ,não entendi o pq ela foi traida pela sua melhor amiga Rachel .

Vou ler something Blue ,ou o noivo da minha melhor amiga




Cris-SC 14/02/2012

Emocionante!
Em primeiro lugar, amei o primeiro livro da história, o "Something Borrowed". Foi lá que a história toda começou e acho que a leitura do primeiro livro é essencial para que se compreenda toda a beleza desta história.

O que se lê no primeiro livro é narrado pela visāo de Rachel, melhor amiga de Darcy. Entāo em "Something Blue" enxergamos o outro lado, o que se passou pela cabeça da mimada Darcy.

O desenrolar da história é realmente comovente! Passando por uma gravidez inesperada, Darcy se vê diante de uma situaçāo complicada... Antes rodeada de supostas "amigas", se vê agora abandonada no momento de maior necessidade.

Afastada de Rachel e remoendo doentiamente a traiçāo da amiga, Darcy tem que aprender a lidar com a nova situaçāo e principalmente a enxergar a si mesma com olhos sinceros. E acho que aí está a beleza da história... Na capacidade de se adaptar a nova vida e mais ainda; saber reconhecer os erros e mudar o próprio futuro!
comentários(0)comente



Nina 31/05/2012

Presentes da Vida - Emily Giffin
"Mas rapidamente eu observava as inesperadas ondas no cabelo castanho de Rachel e me convencia de que eu estava muito bem. Não sabia localizar o Paquistão e o Peru no mapa e não sabia converter fração em porcentagem, mas minha beleza iria me lançar no mundo do Jaguar, das mansões e dos jantares com três garfos ao lado de um parto de porcelana de ossos. Eu só precisava fazer um bom casamento, assim como minha mãe." (p. 11)

Leram a citação acima?
Não? Então peço a vocês que voltem no topo de leiam a citação. Sei que tem muita gente que não curte e sempre pula as citações, mas garanto que essa é essencial para o desenrolar da resenha.

Leu?
Então acredite: você não leu errado. Essa é uma típica frase de Darcy Rhone. Ela simplesmente se acha a criatura mais perfeita, maravilhosa e única e do mundo. Uma mulher decidida, que luta pelo que quer e sempre ganha, mesmo que para isso tenha que usar meios nem sempre muito éticos.
Ela é linda, tem um emprego glamuroso como relações públicas e um apartamento chiquérrimo. Namora há sete anos com Dexter Thaler, um advogado bem sucedido e muito bonito. Eles estão noivos e vão se casar em poucos dias, mas todos os seus planos escorrem pelo ralo quando ela encontra Dex de cuecas dentro do armário de sua melhor amiga e madrinha de casamento Rachel White.

Darcy sente-se traída, humilhada e enganada pelas duas pessoas que ela mais confiava no mundo. Não importa que ela foi ao apartamento de Rachel para contar que queria por fim ao casamento, que estava tendo um caso com Marcus (que era amigo e padrinho de Dex) e que estava grávida dele. Isso realmente não importa, são apenas detalhes. O que importa é que pela primeira vez Darcy perdeu. E pior, perdeu para Rachel. A paranoia de Darcy é tão grande que nem mesmo Marcus, o pai de seu filho, consegue ficar ao seu lado. Ela só consegue recitar as mesma ladainha sempre: a traição de Rachel e Dex.

Grávida, sozinha e incapaz de enfrentar suas responsabilidades, ela decide se mudar para Londres, alegando que iria "passar uma pequena temporada" com seu amigo de infância Ethan Ainsley. Ela se aloja no pequeno apartamento do rapaz acreditando que lá ela poderia mudar de vida. Ela frequenta todas as badaladas lojas londrinas, gastando suas economias em roupas que em poucas semanas não lhe servirão mais, e só pensa no belo homem inglês que conhecerá. Gentil, elegante, lindo e obviamente muito rico, ele não importará com a gravidez de Darcy. Eles se casarão e se mudarão para uma elegante mansão e serão vizinhos de Gwynetn Paltow e Madonna. Acompanha só os delírios da maluca:

"Ele se chama Alistair e é muito inteligente, sofisticado e preocupado com a saúde. Ele deve ser duque ou conde. Ele supera Dex em todas as categorias. E ele é mais sexy do Marcus. É claro ele se apaixonará por mim à primeira vista. A minha gravidez não será um problema para ele. Na verdade ela o deixará mais apaixonado, como ouvi falar que acontece com alguns homens." (p. 185) Será que existe homem assim? rsrs

Em momento algum passa pela cabeça oca de Darcy que todos os problemas que ela está enfrentando são decorrentes de seu comportamento egoísta e mesquinho. Que ela mesma afastou Dex com sua falta carinho e interesse pelos assuntos dele, e que suas futilidades levaram Rachel a trair sua amizade, mesmo sofrendo com isso. E pior, que ela está sendo uma péssima visita para Ethan. Mas ele não hesita e dar uma boa sacudida na garota e fazê-la enxergar quem é verdadeira vilã nessa história.

"Você sempre gostou de competir com a Rachel e o que está sendo pior para você é o fato de que Dex escolheu a Rachel. Ele escolheu-a em vez de escolher você. Não importa que você o tivesse traído também. Não importa que estava claro que vocês não eram feitos um para o outro e que os dois tenham se salvado de um divórcio, terminando tudo. Você só consegue pensar em uma coisa: Rachel ganhou de você." (p. 237)

Nesse momento, fica claro para Darcy que ela precisa aprender muito sobre a vida se quiser se refazer do tombo e conseguir sobreviver em Londres. Lá seus truques de sedução não funcionam além de um grande detalhe que ela precisa considerar: sua gravidez.

O livro é lindíssimo. Muito gostoso de ler, passei muito raiva, dei muita risada e também chorei com a Darcy. Com o desenrolar da história, ela vai amadurecendo e deixando de ser a personagem mais detestável que já conheci para se tornar uma pessoa centrada, coerente e mãe!

A Emily Giffin é realmente muito boa. Nunca tinha lido nada dela, sempre via elogios mas não conhecia sua escrita. Mas agora tenho que assumir: encontrei minha mais nova queridinha! E estou doida por todos os livros dela, principalmente o Noivo da Minha Melhor Amiga, que conta a história na versão da Rachel.
Mas o melhor de tudo são os personagens. Giffin os descreve com tanto realismo que parece que eles realmente existem, que você pode cruzar com eles no supermercado ou na padaria. E de todos eles, é claro que quem me ganhou foi o Ethan, principalmente por ter sido ele o responsável por puxar a orelha da Darcy e fazer com ela iniciasse sua mudança.

Leitura mais que recomendada, pois garanto que todos vocês vão gostar.
B-jusssss! ♥
;-p

Resenha postada no meu blog Pronto.Falei!
http://ninattavares.blogspot.com.br/2012/05/presentes-da-vida-emily-giffin.html
Carol 02/06/2012minha estante
Bela resenha!!!


André 03/06/2012minha estante
Excelente resenha, gostei muito!


André 03/06/2012minha estante
Excelente resenha, gostei muito!


Gabriela 17/11/2012minha estante
Comecei a ler o livro em inglês - Something Blue - mas acabei desistindo, visto que não simpatizava nem um pouco com a arrogante Darcy.
Lembro que, quando li 'O noivo da minha melhor amiga', me apaixonei e me envolvi emocionalmente com os personagens, não conseguindo largá-lo nem por 1 segundo. Então, veio o filme, desastroso. Uma decepção total...e, na semana passada, por curiosidade e um desejo inexplicável, comprei 'Presentes da vida'. E, assim como aconteceu com o primeiro livro, me envolvi denovo com os personagens. Especialmente Darcy, e o amadurecimento que ela teve durante o andamento da história. Como sou curiosa, li spoilers antes mesmo de adquirir o livro, e já sabia o final da história. Mesmo assim, me surpreendi com o livro, com a história leve e envolvente, e com a maneira com que Emily Giffin consegue nos deixar apaixonados e vidrados em seus livros. Ótimo livro, que nos faz querer 'devorar' suas quase 400 páginas em 2 dias.




Ju 09/10/2012

Presentes da Vida
"Foi quando descobri que há uma estrutura de poder na vida, e que as aparências contam muito nessa hierarquia. Em outras palavras, compreendi, com apenas 3 anos, que a beleza atrai regalias e poder."

Fazia um bom tempo que eu não encontrava uma personagem tão antipática. A Darcy é mimada, folgada, fútil, egoísta e não tem um pingo de respeito pelos seus relacionamentos amorosos (isso é uma forma delicada de dizer que ela é uma galinha, que ainda é uma forma delicada de chamá-la). Isso tudo porque ela é linda, e acha que isso faz dela uma pessoa que merece ser mais bem tratada que o resto do mundo. Ela não é do mal, só é completamente sem noção.

Presentes da Vida trata da história do amadurecimento de Darcy, eu passei do ódio total e absoluto ao amor por ela. No início do livro eu queria mais é que ela quebrasse a cara, mas depois comecei a torcer para que ela conseguisse ser feliz.

Eu não conhecia a tão falada Emily Giffin. Gostei muito do que li. A autora conseguiu me incluir na história, fazendo com que eu não ficasse indiferente a nenhuma de suas personagens, causando um sentimento, qualquer que fosse, por causa uma delas.

Eu ri, eu chorei. Eu quis dar um soco em algumas pessoas e uma grande sacudida em outras. Mas no fim tudo se resolveu bem, de um jeito que me deixou satisfeita... rs...

O livro fala de coisas bem importantes, como o amor em suas várias manifestações; a amizade; o estrago que o orgulho e a ausência da capacidade de perdoar podem fazer. Vale a pena a leitura e eu espero que vocês permitam que ele os conquiste.

"Amor e amizade. São eles que nos fazem ser quem somos e podem nos mudar, se deixarmos."
Manuella 10/10/2012minha estante
Engraçado como vc conseguiu passar seus sentimentos sobre o livro... acho difícil me acostumar a uma protagonista tão fútil e mimada, bem diferente de mim. Mas o encanto do autor é exatamente esse: fazer a história fluir através dos conflitos dos personagens e conseguir nos aproximar de seus sentimentos.


Renata Lopes 17/11/2012minha estante
Gostei muito da historia, parecer se um otimo livro.


Leilane 14/02/2013minha estante
Ju! Eu também li Presentes da Vida, gostei muito do final, mas eu já sabia como a Darcy era, pois há um livro, que é anterior a esse, chamado "O Noivo da Minha Melhor Amiga" da editora Agir, que conta a história daquela amiga que é muito mencionada no livro, a Rachel. Recomendo muito que as pessoas leiam este antes de Presentes da Vida, pois dá uma visão ainda mais ampla da história. Também tem o filme "O Noivo da Minha Melhor Amiga", recomendo muito! Há um projeto para que o filme de Presentes da Vida seja feito, mas ainda não deram andamento e, pelo que vi no facebook da Emily Giffin, o futuro do filme é incerto.
Como sempre adorei sua resenha e posso dizer que senti o mesmo.
Beijo!


Lua 23/03/2013minha estante
1ª sinopse que leio e já tenho um profundo ódio da personagem principal, que idiota (na verdade odeio qualquer pessoa que se sente a última bolacha do pacote)porém deve ser interessante vê-la amadurecendo e aprendendo qual o valor real das coisas e pessoas.


Adriane Rod 30/03/2013minha estante
Gostei da premissa e a capa é mto bonita. Sua resenha ficou muito boa. ;)


Thaís 11/04/2013minha estante
Ainda não o li mas amei a resenha, a capa dele tbm é muito fofa! é muito bom quando o livro consegue fazer você se sentir nele, e é incrivel como uma folha de papel consegue te fazer rir e chorar, se apaixonar e odiar esse é o poder que as palavras tem...


Baah 14/04/2013minha estante
um dos livros que eu mais adorei, achei a tematica incrivel e emocionante


Dani 15/04/2013minha estante
Eu estou lendo esse livro *-*
Estou bem no comecinho... mas como não li o livro anterior... tem um livro anterior né?... estou gostando da Darcy xD




Ana 25/04/2012

Em Presentes da Vida, conhecemos Darcy Rhone. Uma mulher linda e que é totalmente ciente disso, já que em diversas vezes é com a beleza que ela consegue o que quer.
Ela vê sua vida ruir, quando poe por água à baixo seu futuro casamento, traindo seu noivo com o melhor amigo, depois descobre que Dex (seu noivo) também a traiu, e com ninguém menos que sua melhor amiga e como se não bastasse ela está grávida de um homem que não quer nada sério com ela.
Incapaz de assumir as responsabilidades, Darcy larga seus amigos, seu emprego glamouroso e parte para a linda Londres, decidida a recomeçar sua vida. O único ponto cego desse plano da Darcy é que ela continua a mesma e mesmo se fosse ao fim do mundo, lá estariam seus problemas e mais alguns que ela com certeza arrumaria.
Ethan, seu amigo de infância mora em Londres e, concorda em hospedá-la por alguns meses, mesmo suspeitando que esta não era a intenção de Darcy.
Os meses se passam e como era de se esperar, Darcy não mudou em nada, gasta toda sua poupança com roupas, sapatos e bolsas, esquecendo muitas vezes até do filho que carregava dentro si.
É por isso, creio eu, que muitos leitores desgostaram da Darcy. A autora conseguiu colocar em uma só personagem tudo que odiamos em uma pessoa e isso inclui a beleza estonteante não merecida. Mesmo com todos os seus defeitos Ethan lhe dá suporte e até uns puxões de orelhas quando necessário.

CITAÇÃO
- Você precisa se olhar longamente no espelho, Darcy. Você precisa entender as consequências de de viver uma vida tão superficial.
- Eu não sou superficial. – eu disse, com apenas a metade de mim acreditando nisso.
- Você é superficial. Você é extremamente egoísta e equivocada, com valores totalmente distorcidos. (Ethan e Darcy – Pág. 238)

É daí que você começa a acompanhar a mudança de uma pessoa, de uma personalidade. Eu particularmente achei bem sútil a forma que a autora conseguiu fazer, mesmo que tenha sido clichê, mas se o clichê não fosse bom, não seria clichê não é?
As opiniões sobre o livro tem sido muito contraditórias entre os fãs, enquanto uns se derretem pelo romance singelo do livro (como eu), outros partem para critica direto a autora, dizendo que esperavam mais e que é um chick lit vazio e sem emoção.
E é por isso que existem tantos e tantos livros abordando o mesmo tema de formas diferentes. #Viva
May 20/05/2012minha estante
Adorei a resenha, muito boa!


20/05/2012minha estante
Tenho uma amiga q fala muito desse livro, descofio q ela se identifique com ele em alguns pontos rs.
Gostei da resenha...me deu mais vontade de ler =)


Bru 20/05/2012minha estante
Eu acho bastante interessante histórias que mostram a mudança da personalidade de alguém (para melhor, é claro). E quando o(a) autor(a) faz isso com sutileza, é algo que realmente chama mais ainda a minha intenção. Me interessei pela história, espero poder ler em breve




Steh 27/12/2012

Eu pensei que era ruim, mais depois de ler o livro inteiro mudei de ideia.
Darcy é uma mulher descontrolada, egoísta e neurótica. Uma personagem que você vai odiar no começo do livro com certeza! Ela traí seu noivo Dex com Marcus e logo após descobre que Dex e Rachel (sua melhor amiga) estão juntos. Darcy também descobre que está gravida de Marcus, e tenta ser feliz com ele. Mais após um tempo, ela percebe que Marcus não é nada daquilo que ela sonhou, e resolve se mudar pra Londres, pra casa de seu amigo de infância Ethan, onde Darcy descobre que seus truques não funcionam mais. E aí começa sua jornada ao crescimento e ao amor. Ela se torna uma pessoa totalmente diferente, cresce mentalmente, e se apaixonada de verdade... É uma história muito bonita, e adorei o final.
comentários(0)comente



Yasmin 02/04/2012

Uma surpresa diante do que eu esperava

Sexto livro que recebi através da parceria com a editora Novo Conceito e um daqueles livros que me pegou desprevenida. Os livros de Emily Giffin nunca estiveram na minha lista de leitura porque sendo muito sincera sempre achei que seus livros seriam romances muito melosos e clichês, contudo mordi a língua ao perceber que não só ri muito durante a leitura como também estava grudada no livro. “Presentes da Vida” é um livro começa como quem não quer nada, sem uma história muito encorpada, mas ao passar dos capítulos já estamos ligados a Darcy, tanto pelas loucuras dela, como pelos absurdos que ela fala e faz. Foi uma boa surpresa gostar do livro.

Eu não li “O Noivo da Minha Melhor Amiga”, portanto não acompanhei a história de Darcy antes de terminar o noivado, mas conhecia a história então não senti falta de nada. Para aqueles que não conhecem Darcy Rhone foi noiva de Dexter Thaler por sete anos. Ela conheceu Dexter através da sua melhor amiga Rachel, as duas eram amigas inseparáveis desde crianças mesmo sendo completamente opostas. Darcy é uma mulher superficial, egoísta, competitiva, sempre se considerou mais bonita e mais esperta que Rachel. Por isso mesmo sempre teve certeza que tudo daria certo em sua vida, a começar pelo casamento dos sonhos com Dexter. As vésperas do casamento Darcy pega Dexter só de cueca dentro do guarda-roupa da amiga. A mesma Rachel que ela considerava sem graça, sonsa e sem beleza. A cena termina em barraco, ela arma o maior escândalo e fica com ódio de Rachel. O que ela não leva em conta é que também estava tendo um caso com Marcus, amigo e padrinho de Dexter. O ponto de partida do livro é esse. A história de Darcy após o escândalo.

Darcy está histérica por ter sido trocada e não para de se colocar no papel de vítima traída e abandonada. Não acredita que Dexter a trocou por uma mulher daquelas e começa a bolar teorias de que foi só uma noite e que logo Dexter vai voltar pedindo perdão, implorando para reatar com ela. Os dias passam e Darcy já planeja um novo casamento, uma nova vida de sonhos ao lado de Marcus. O problema é que ele não está entusiasmado com essa história de bebê e casamento. Depois de alguns fiascos o namoro começa a ficar insustentável e Darcy é largada pela segunda vez, só que desta vez ela está grávida. A fofoca começa a circular na sociedade de NY e a única saída que ela encontra é recorrer a Ethan, um velho amigo que mora em Londres.

A partir a história se desenrola de forma gradual e muito mais agradável. Darcy continua a mesma arrogante, mas a história ganha forma e compreendemos melhor a personagem. A primeira metade do livro é um pouco irritante para quem não curte personagens fúteis, aquele tipo de mulher que preza beleza, roupas de marca e que jamais quer envelhecer, mas sendo justa a segunda metade do livro é muito boa e conquista o leitor a cada página. Antes de ler esse livro você precisa entender que realmente existe muita Darcy pelo mundo e que a mudança que ela sofre é gradual como em todo mundo. Não adianta julgar o livro nas primeiras páginas e empurrar a leitura com aquele mesmo conceito. Permita-se entender a personagem.

A narração da autora é leve e bem-humorada sem ser clichê. Não há exageros na personalidade de Darcy e ao contrário do que possa parecer ela não mudou da rainha da futilidade para a mais desprendida das mulheres. O que mudou foi a forma de entender as pessoas e os sentimentos. Os pontos fortes do livro são o cenário e Ethan. Não sei se já perceberam, mas uma das coisas que mais considero ao ler um livro são as descrições. Não existe nada melhor do que um livro bem ambientado. O poder que cada detalhe tem é incrível. E nesse ponto posso dizer que Emily Giffin foi muito bem, ela conseguiu colocar cada mínimo detalhe da paisagem londrina. É um livro que você sente o lugar com os personagens. Já Ethan é um personagem perfeito, o jeito que ele cuidou de Darcy, o jeito que ele se preocupava com ela e o bom amigo que foi durante todo livro valeu pelos primeiros capítulos complicados. Ele roubou a cena nas últimas cem páginas do livro e ajudou em um final que apesar de deduzível, foi compensatório.

A narrativa em primeira pessoa casa muito bem quando temos uma personagem que (...)

Termine o último parágrafo em: http://cultivandoaleitura.blogspot.com/2012/03/resenha-presentes-da-vida.html

comentários(0)comente



May 08/05/2013

Uma história muito envolvente, nunca havia conhecido uma personagem assim como Darcy, uma mulher linda, sedutora e materialista tem e consegue tudo com seu charme e "glamour", mas a história inverteu e ela está passando por sérias dificuldades, após trair seu futuro ex-noivo (Dex) com um amigo dele (Marcus), Darcy descobre que também foi traída por ele e por sua melhor amiga (Rachel), e descobre ainda que está grávida de seu amante (Marcus) que a abandona. Darcy decide se mudar para Londres e morar com um amigo de infância para recomeçar sua vida, e muitas coisas inesperadas acontecem a partir daí... #SUPER RECOMENDO!
Rodrigo Soares 15/08/2013minha estante
Que bom que tenha gostado do livro! Fico feliz! =D


May 17/08/2013minha estante
Acertou em cheio na escola, super amei c:


Rodrigo Soares 17/08/2013minha estante
Haha espero acertar ano que vem denovo! =D


May 24/08/2013minha estante
*escolha kk




Rose 30/04/2014

Este é o segundo livro que leio desta autora, e assim como o primeiro, fiquei encantada com a capa e título e não via a hora de ler. Neste livro conhecemos a história de Darcy Rhone, uma mulher que sempre teve tudo e todos aos seus pés. Dos amigos aos homens. Tudo era sempre como ela imaginava e queria. Era paparicada pelos pais e amigos, principalmente por sua amiga de infância Rachel. Ambas cresceram juntas e inseparáveis, assim era mais do que natural que dividissem todos os segredos e que uma amparasse a outra. Sim, isso é mais do que natural, mas não para Darcy que sempre se achou o centro do universo e onde as opiniões e sentimentos dos outros só valeriam depois dos dela. Com todo o “oba-oba” feito em cima dela, Darcy não aprendeu, ou não precisou aprender itens como humildade, generosidade, lealdade, companheirismo, caráter, amizade e amor. Mas como a vida é uma só e se não aprendemos por bem, ela mesma se encarrega em nos ensinar. Foi o que aconteceu com Darcy. Tudo ia às mil maravilhas (como sempre) na vida de Darcy. Seu casamento perfeito com o homem perfeito que lhe daria uma vida perfeita estava chegando. Os preparativos estavam do jeito que ela queria. Vivia e trabalhava onde e como queria. Mas quis o destino que em sua vida aparecesse Marcus, o melhor amigo de seu noivo e que seria o padrinho de casamento. Darcy acaba tendo um caso com Marcus e ficando grávida. Mas mesmo diante desta traição, ela fica indignada com o fato de antes de poder terminar o noivado, seu noivo Dexter Thaler acabe o noivado primeiro, mesmo sem saber da traição do amigo e da noiva. Para piorar a situação e a raiva de Darcy, ela acaba descobrindo que seu ex-noivo e sua melhor amiga estão juntos. Inconformada com a dupla traição, como se ela mesma não tivesse feito isso, pois antes de se envolver com Marcus, ela sabia que a Rachel estava interessada nele e virse e versa, ela acaba caindo em si do erro que cometeu ao trocar seu noivo perfeito por Marcus. Com o fim do relacionamento, sem amigos e sem o apoio dos pais, Darcy decide começar vida nova em outro lugar e decide se mudar para Londres. Mas mesmo em Londres, a velha Darcy ainda dá sinais de vida, pelo menos até que seu único amigo restante, Ethan lhe diz poucas e boas e deixa bem claro como todos a encaram, pelo menos todos que realmente gostam dela.
Darcy decide então realmente mudar e provar para Ethan que ela é sim uma pessoa digna. Com isso pequenas mudanças começam a acontecer e com a evolução da gravidez, Darcy acaba evoluindo junto. Mas uma vez o destino de Darcy está em suas mãos e a felicidade verdadeira depende apenas dela tomar as decisões certas.
Uma história linda e maravilhosa, onde desde as primeiras páginas eu queria não só dar uns tapas na Darcy como também falar tudo o que Ethan falou para ela e que eu a-m-e-i! O envolvimento foi imediato e ir notando as mudanças que a vida fez em Darcy foi ótimo. Presentes da Vida é um daqueles livros que lemos e não esquecemos, não só por conta da história, mas pelo ensinamento que tiramos de suas páginas e o questionamento sobre nossas próprias ações. Vale lembrar que este livro tem um anterior a ele chamado “O Noivo de Minha Melhor Amiga” que também virou filme. Este eu não li e nem assisti, e se baseia na história de Rachel e que se antes não me interessava, agora está me interessando.

site: http://www.fabricadosconvites.blogspot.com.br/p/minhas-resenhas.html
Monica 01/05/2014minha estante
Oi, tudo bem?
Adoro a Emily Giffin. Esse livro ainda não li, mas adorei a sua opinião. Com certeza vai para a minha lista de leitura


Michelli Prado 05/06/2014minha estante
Olá flor...Li este livro já algum tempo e tive uma relaç~~ao de amor e muito ódio com Darcy, mas a leitura foi me conquistando aos poucos e vemos toda a evolução da personagem e seu crescimento como pessoa e isto me fez no final amar demais o livro!Ó resenha!


Beth 22/07/2014minha estante
Ta aí um romance que gostaria de ler. Emocionante. Beijos.




raissasilva 18/02/2012

- Something Blue é a continuação do livro Something Borroewd mais conhecido como o ( O noivo da minha melhor amiga ). Quando eu soube que Something Borrowed tinha continuação e que a personagem principal seria a Darcy. Logo pensei: Como que a continuação de um livro tão bom vai relatar a história da fútil e mimada Darcy? ~ Confesso que só Li o livro pa saber dos personagens Dex e Rachel ( saber se eles tinham se casado, como estavam.. ) Mais para minha surpresa, eu me apaixonei pela personagem da Darcy! E na minha opinião Something Blue é um Livro Maravilhoso. Mostra as mudanças da mimada Darcy para uma mulher com valores. Mostra as dificuldades e falta da amizade de Rachel. Me emocionei lendo o livro..principalmente na parte do bilhete. ( um bilhete muito antigo citado no livro 1). Impossivel não se apaixonar pelo Romance. Eu já li várias vezes.


Filme:

Quando soube que teria o filme Something Borrewed.. só pensava em uma atriz que pudesse interpretar a Darcy: Kate Hudson .. e por mais incrivel que pareça ela foi a atriz escolhida!! *_* Não vejo a hora para que lancem logo a continuação do filme.

comentários(0)comente



Dani Fuller 19/02/2012

Presente de Livro...
Li pela primeira vez em 2009, assim que terminei O Noivo da Minha Melhor Amiga. Estava com receio visto que a Darcy é daquelas que amamos odiar... como seria acompanhar um livro só dela?? Até o meio do livro temos a mesma impressão e mesma raiva.... apesar de divertida, Darcy é extremamente irritante... você chega até a comemorar que algo dê errado, pois ela vai plantando tudo aquilo a cada momento.

Mas o livro vira uma armadilha e quando percebe foi fisgado, está envolvido demais com tudo e com a própria Darcy e não consegue não sentir uma simpatia...carinho e fica apreensiva com os acontecimentos. Desejando que ela tome um jeito ou um milagra aconteça.

A primeira metade do livro é meio enrolada, mas muito importante para termos o comparativo e a visão de amadurecimento da Darcy.. e ainda uma incrível aprendizado para o leitor... nós também estamos longe de ser perfeitos. Podemos não agir 100% como ela, mas temos nossa dose, né?

O mais interessante é que eu havia esquecido o que acontecia... lembrava do início e não do final... proporcionando uma leitura ainda mais agradável dessa vez... pois estava com a leitura de O Noivo da Minha melhor Amiga + filme mais frescos na memória.... e não larguei mais o livro até que chegasse ao final... com as lágrimas não parando de cair e todos os sentimentos fazendo movimentos engraçados dentro de mim...

Presentes da Vida manteve seu papel e se firmou como um de meus favoritos... é incrível e emocionante.. faz você repensar suas atitudes.. amar e admirar a personagem que você odiava provando que Emilly Giffin é uma grande autora (não que ela precisasse provar mais nada ehehe).

Não esqueça de ler 'O Noivo da Minha Melhor' antes... tornará muito mais interessante e coerente ;)
comentários(0)comente



Jana 26/09/2012

Começo difícil, mas o final compensou!
Fazia um tempo que queria ler Presentes da vida. Logo que saiu a notícia da publicação, a minha revolta ficou por conta do nome, que nada tem a ver com o título original.

Esquecendo essa "picuinha", vamos ao conteúdo do livro. Pra mim, Emily escreveu um livro para leitores persistente e pacientes! Quem chegou a ler "O noivo da minha melhor amiga" sabe bem como Darcy é. Inconsequente, convencida, insuportável! x_x Porém, foi quase fácil aguentá-la no livro anterior, já que a história contava com a participação bem ativa de Marcus, Dex e Rachel. Não posso falar que o mesmo aconteceu em Presentes da vida...

Imagine entrar na cabeça de alguém que você não suporta nem entende... Pois foi assim que me senti. Foi muito difícil aguentar o mimimi eterno da Darcy até a metade do livro! Ela desce baixo, muito baixo, antes de decidir mudar de ares.

Entretanto, nem só de espinhos vive a história. rs No meio do caminho, a vida de Darcy dá uma guinada! Ela larga seu emprego "todo trabalhado na riqueza" e muda-se para Londres, onde vai morar no "apertamento" de um amigo de infância — e namorado de adolescência —, Ethan. ♥ Ah, Ethan! Quem gostou desse moço em ONDMMA, vai amar o destaque (super merecido!) que ele recebeu nesse livro! Ele é correto, centrado, amigo e gentil, mas não aguenta as reclamações nem acata aos caprichos de Darcy. Isso garantiu boas risadas e, não nego, me diverti MESMO vendo-a sofrer um pouquinho! haha

Ethan foi o ponto chave do livro. A partir das atitudes dele, Darcy percebe que vai ser obrigada a mudar. Sobre isso, não posso deixar de dizer que a autora escreve mesmo muito bem! Simplesmente não acredito em como ela conseguiu manipular minha opinião... Cheguei a chorar de pena de uma personagem que sempre achei detestável! Mas, as mudanças foram acontecendo de forma natural, então, não foi difícil aceitar a solução dos problemas e, de certa forma, até consegui compreender o motivo de Darcy sempre ter agido com agiu.
comentários(0)comente



Bianca 30/07/2012

Mais uma resenha do http://www.biancabriones.com.br/blog/
Sabe quando você lê um livro esperando odiar e termina dando cinco estrelas e favoritando?

Foi exatamente o que aconteceu comigo. "Presentes da Vida", de Emily Giffin, foi uma grata surpresa. Só de pensar no que senti lendo, um sorriso surge em meus lábios.

Para quem não sabe, os personagens dessa história já apareceram em "O Noivo da Minha Melhor Amiga", como secundários. Darcy foi a “amiga” traída e Ethan era um dos grandes amigos de Rachel, apesar de também conhecer a outra desde pequeno. Darcy termina o outro livro e inicia este bastante insuportável, por isso comecei a ler com um pé atrás e desgostando.

Ethan mora em Londres há alguns anos e Darcy resolve aparecer por lá para não ter que enfrentar a realidade em seu país e com sua família por perto. Ela está grávida de Marcus (com quem traiu seu noivo) e parece não se dar conta disso, já que vive como se não estivesse.

Sinto como se Darcy fosse impondo sua presença e visão distorcida da vida a Ethan e, ao mesmo tempo, ao leitor. É extremamente irritante no início, mas, aos poucos, e muito graças a Ethan, ela vai amadurecendo e nos fazendo amá-la ainda mais que Rachel (pelo menos para mim). É interessante observar a incapacidade dela de se colocar no lugar das pessoas e a dificuldade que sente em ver além do próprio nariz. Pode parecer estranho gostar de alguém assim, mas ela convence o leitor e faz com que ele se envolva e seus dramas, aguardando ansiosamente por uma mudança em seu modo de vida.

Ethan é o personagem da literatura que mais amo. Ele é amigo, honesto, carinhoso. Eu me derretia em toda cena que ele aparecia. Leria mais mil livros que contassem sua história. Queria que o livro fosse em terceira pessoa, e não primeira, só para me encantar mais com ele.

Sei que Darcy errou muito em seu passado e boa parte do presente, mas Presentes da Vida é uma história sobre perdão, recomeços e novos horizontes.

É um romance bastante açucarado, que me fez suspirar por dias. A narrativa é superenvolvente e os personagens bem-construídos, que amadurecem e aprendem com seus erros. Emily sabe desenvolver assuntos polêmicos e relações complicadas como ninguém.

Devorei e fiquei querendo mais.

Super-recomendo!

"Amor e amizade. São eles que nos fazem ser quem somos e podem nos mudar, se deixarmos." – pág. 383
comentários(0)comente



Mandi 10/11/2012

Darcy Rhone é uma mulher linda, sexy e rica, que tem todo e qualquer homem aos seus pés. Mas mesmo sendo tão linda perdeu o seu noivo Dexter para sua melhor amiga não tão linda assim, Rachel. Porém, eles não são os únicos culpados na história, Darcy também trai seu noivo com o melhor amigo dele, Marcus e ainda por cima fica grávida.
Perdeu o noivo, a melhor amiga... Mas ganhou um novo namorado e um filho na barriga. Como nada é perfeito, seu namoro não anda bem, Marcus não aguenta mais Darcy, digamos que ela é muito chata e fútil.
Quando ela é rejeitada por todos, decide ir para Londres, encontrar talvez a única pessoa que não a rejeitaria, Ethan, amigo de infância e ex-namorado do quinto ano. De início sua vida é uma bagunça, Londres é um lugar estranho - exceto as lojas de roupas e sapatos -, mas depois sua vida começa a tomar um rumo.

"Olhei a triste manhã londrina pelas barras da janela e jurei que este dia, o dia em que eu senti o meu bebê mexer pela primeira vez, seria o ponto de partida para as mudanças que deveriam acontecer na minha vida. Eu provaria a Ethan que não era aquela pessoa que ele descreveu na noite anterior. "

Continua: http://bookandcupcake.blogspot.com
comentários(0)comente



269 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |



logo skoob
"o Skoob oferece um espaço com comentários e críticas que lhe servirá de amparo antes de qualquer leitura."

Outro Lado