Cidade do Fogo Celestial

Cidade do Fogo Celestial
4.6786 6621



Resenhas - Cidade do Fogo Celestial


100 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ju 22/01/2016

Cidade do Fogo Celestial - Cassandra Clare
"Existem cem trilhões de células no corpo humano. E cada uma das minhas células te ama. Nossas células morrrem, e novas células nascem, e minhas células novas te amam mais que as antigas, e por isso te amo cada dia mais. É ciência. E quando eu morrer e cremarem meu corpo, e eu virar cinzas que se misturam ao ar, parte da terra, das árvores e das estrelas, todos que respirarem esse ar ou enxergarem as flores que crescerem do chão ou olharem para as estrelas vão se lembrar de você e amar você, por que esse é o quanto eu te amo."

Adeus Alec, Magnus, Isabelle, Simon, Jace e Clary. :'(
comentários(0)comente



GeL 13/01/2016

Resenha do blog Garotas entre Livros
“Heróis não são os que sempre vencem,” disse ela.
“Algumas vezes, eles são os que perdem. Mas eles continuam
lutando, continuam voltando. Eles não desistem.
Isso é o que os torna heróis.”

“Você já sentiu como se seu coração estivesse tão cheio que, com certeza, ele iria partir?”

Não poderia começar essa resenha/declaração de amor de forma melhor, do que com uma citação do próprio livro. É exatamente assim que a leitura desse livro nos faz sentir, e agora, após o termino, tudo que eu sinto é um vazio. Lembro que assim que terminei o livro, pude sentir meu coração partindo.


City of Heavenly Fire traz de volta Jace, Clary, Magnus, Simon, Isabelle e tantos outros velhos amigos, de quem sentimos tanta saudade. Traz também personagens novos, que nos conquistam logo de cara. Aqui vemos Sebastian tocando o terror na vida dos Caçadores de Sombra, e o esforço e sacrifício que nossos queridos personagens são obrigados a fazer para salvar o mundo.

Cassandra Clare, pelo que percebi, tem um jeito bem peculiar de terminar suas séries. O mesmo sentimento que tive quando terminei As Peças Infernais me consumiu neste livro. Você será surpreendido várias vezes, irá derramar infinitas lágrimas, irá gargalhar com o Jace, com Alec (que eu comecei a gostar mais nesse livro). Podemos compreender o que é realmente amar, ser amado, ser um verdadeiro HERÓI. Aqui você verá mais uma vez uma lição de amizade verdadeira.

Sim, eu sei, você está se perguntando: “E A HISTÓRIA?”. Meu caro amigo, acho melhor deixar você desfrutá-la sem a minha ajuda, porque os detalhes são irrelevantes nesta resenha. Tudo o que importa é que quem já é apaixonado pela série, irá ficar completa e desesperadamente apaixonado por esse final. Quem ainda não leu a série: O QUE VOCÊ ESTÁ ESPERANDO? Corra e leia, vale muito a pena. Quem leu e achou milhões de defeitos, eu tenho duas opções: LEIA NOVAMENTE e dê uma chance para o seu coração se apaixonar por esses livros, ou NÃO ATRAPALHE ou ESTRAGUE a diversão de quem os ama.


site: http://livrosentregarotas.blogspot.com.br/2014/06/resenha-30-city-of-heavenly-fire-serie.html
comentários(0)comente



Lutt 20/12/2015

Classificação: 4,5 estrelas
Que maneira incrível de terminar uma série! Sou apaixonada por esses personagens desde a primeira página de Cidade dos Ossos, e por mais que não queira me despedir, não posso deixar de admitir que foi uma linda despedida dos Caçadores de Sombras e membros do Submundo que me fizeram rir, chorar e amá-los com todo o amor de leitora que tenho a dar
comentários(0)comente



kleytinho 19/12/2015

cidade do fogo celestial,COHF
nesse livro a aventura de clary chega ao fim,quem ja viu as pecas infernais percebera algunlmas ligacoes,nossos herois viajam para um lugar onde nenhum shadowhunter esteve antes.
comentários(0)comente



kleytinho 19/12/2015

incrivel
sim,livro espetacular,perfeito e top,recomendado.
comentários(0)comente



Mateus 15/12/2015

Calem meus dedos se não eu nunca pararei de falar dessa saga
Finalmente chegamos ao desfecho de uma saga cheia de aventuras e laços que não serão esquecidos por nós de forma alguma, os Instrumentos Mortais. Comecei a ler o livro com muitas expectativas e bem apreensivo para saber como a autora iria fazer os desfechos dos personagens, porque nós acabamos nos envolvendo mais com os personagens do que com a situação-problema em si que acontece ao longo da saga, né? Mas fiquei muito satisfeito e ainda fraquejei um pouco no epílogo, até porque, quem nunca?

Todos sabem que desde “Cidade dos Anjos Caídos” o problema que assoma o mundo é o filho de Valentim que tem sangue demoníaco correndo em suas veias, conhecido como Sebastian. Assim como o pai, Sebastian tem um desejo de governar o mundo de acordo com o que acha certo, e tudo aquilo que vá contra isso deve ser erradicado. No livro anterior vemos que ele tenta fazer a irmã, Clary, amá-lo a força mesmo tendo em vista que todas as suas condutas só enojam a garota. E nesse não vai ser diferente, ao contrário de Valentim, Sebastian deseja governar esse “novo mundo” idealizado por ele com mais uma pessoa, a quem ama muito, Clary. E ele vai fazer de tudo para que isso se concretize. (Um pouco estranho esses desejos incestuosos da autora na saga, né?).

Sebastian tem algumas alianças que passaram despercebidas por todos e isso irá fazer com que Sebastian seja bem discreto em seus ataques aos Caçadores de Sombras que vão se ver encurralados depois de ter membros do Conselho desaparecidos. Mas como a Clave sempre foca na vertente errada do problema para quem sobra tomar as atitudes mais precipitadas, porém eficazes? Eles mesmos, os nossos jovens.

Numa aventura absurda, cheia de revelações, lembranças, sentimentos e esperanças de um futuro melhor para todos, “Cidade do Fogo Celestial” vai se desenrolando - em um ritmo não tão rápido como eu esperava – e dando forma a conclusão dessa série maravilhosa.

Antes de tudo queria dizer o quão amei essa introdução aos personagens da próxima saga da Cassandra Clare, The Dark Artifices, que irá contar a história da Emma e do Jules. Fiquei muito empolgado com a descrição deles, acredita? O fato de ser uma família grande de Caçadores de Sombras (Blackthorn) me prendeu muito de uma forma que nem sei explicar, só sei que estou muito ansioso para Lady Midnight e o resto da saga.

Enfim, não sou muito fã de romances, mas nessa saga me vi shippando todo mundo (não muito Clary e Jace, mas nem me perguntem o porquê porque eu também não sei). Vulnerabilidade, é o que todos aos poucos conseguem alcançar ao se envolver com seu par. E é maravilhoso ver eles deixando de lado aquela ‘carcaça’ de orgulho, sarcasmo e autossuficiência para serem mais receptivos ao outro. Eu realmente amo muito os personagens dessa saga, é surreal.

Não sei vocês, mas quando um livro tem um epílogo é comprovado que tem 98% de chances de eu me acabar e espernear até me socorrerem. Eu não sei, é como se a autora tivesse te dando uma chance de ver como tudo tá indo bem com eles, como apesar de todo o caos de 6 livros, eles estão bem (apesar de uns imprevistos aí). E foi chegando na última página e me dando um aperto no coração de que “Meu Deus, é isso. Acabou.”.

A saga dos Instrumentos Mortais, para mim, teve seus altos e baixos e isso é refletido nas notas que dei para os livros aqui no skoob, mas que independente disso foi uma saga que não me arrependo nunca de ter lido. Eu acho que a Cassandra consegue te abraçar na história e fazer você se ver em pelo menos algum dos personagens e te convida a entrar na cabeça não só dele, como na de todos os outros. É claro que o foco da série em si é no combate clichê de bem vs. mal, mas o que nós levamos da saga é do amadurecimento de cada personagem, de como ele cresceu ao longo de seis livros e de como nós fizemos parte disso. Eu falaria por muito e muito mais tempo sobre como eu amo esse cast, mas acho que já ultrapassei a coisa chamada limite, né? Só uma última coisa: leiam e releiam, porque isso aqui é maravilhoso!
comentários(0)comente



Bruna 18/10/2015

Vou sentir saudades
Minha primeira resenha, acabo de terminar esse livro e não sei como posso transmitir o que eu estou sentindo, sei que muitos vieram ler as resenhas quando terminaram de ler para ver se alguém mais sentiu o que tinha sentido após terminar o livro. O livro é incrível, instrumentos mortais são incríveis, eu apenas por ler me senti incrível. A muito tempo eu tinha comprado os quatro primeiro livros da coleção e não tinha começado de ler. Agora que terminei me arrependo por não ter lido antes.
Quero dizer que gostei do final mas (sem spoiler) queria mesmo que o sonho da Clary quando chegou NAQUELE lugar em certas partes fossem verdade. Enfim, quem leu ira saber que lugar e que sonho.
Amei os livros, me prenderam muito. Li todos em 15 dias, mal posso esperar para ler as peças infernais.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Nick 15/09/2015

O Melhor livro de toda a saga!
Escrevo esse título não por não ter amado todos os 6 livros que completam essa série M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A que é Instrumentos Mortais, mas sim porque o sexto livro conseguiu me surpreender de uma maneira inexplicável. Ele partiu meu coração de um jeito que achei que seria irreparável, e depois o conserta de uma maneira que não achei que seria possível.
Ao fechar o livro, tudo que eu conseguia fazer era olhar pra ele com uma mistura de tristeza por ter terminado, surpresa pelo final e uma felicidade estrondosa por ter conhecido essa série.
Todos os livros são ricos nos seus personagens, nas suas citações e em tudo em que ele poderia ser rico, inclusive nos romances e no seu enredo. Porém o sexto livro nos apresenta personagens que não conhecíamos, e também deixa de ser algo pessoal entre Clary e Jace e passa a ser algo sobre o mundo, sobre como as consequências e sobre liberdade.
Só posso ser grata à Cassandra Clare pela saga e por tudo que ela representou nesses anos que venho lendo. Sem dúvida, meus favoritos
comentários(0)comente



Jubs 09/09/2015

São poucos os livros que, quando terminamos, deixam um vazio no nosso peito. Cidade do Fogo Celestial teve esse efeito em mim.
O último livro da série nos conduz a situações inusitadas, nos apresenta a personagens novos, nos faz lidar com perdas que eu tenho certeza que nunca irei superar e ainda deixa espaço para continuação em outras séries. Mal posso esperar para ler mais sobre o mundo dos Caçadores de Sombras, e eles sempre terão um espaço muito especial no meu coração.
comentários(0)comente



Palloma 08/09/2015

Triste porque acabou...
Melhor Saga que ja li. Agora que acabei parece que ta faltando algo em mim.(Desolada). Seis livros surpreendentemente maravilhosos.
comentários(0)comente



Rosi 05/09/2015

Adorei a capa
A capa do livro está Clary Morgenstern acompanhada com o seu terrível irmão Jonathan Christopher (Sebastian).

Em Cidade do fogo celestial, Clary, Jace, Simon e toda a companhia se unem no meio do caos para enfrentar Sebastian, cujos poderes colocam tudo em risco. E agora, terão que viajar para outra dimensão para conseguir ter uma chance de impedi-lo. Vidas serão perdidas e sangue será derramado nesse último volume, onde o próprio destino do mundo pode ser mudado.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Anita 30/08/2015

Confesso que fiquei meio decepcionada com o final. depois de 5 livros acho que o merecia ser melhor não? o último livro também não foi dos melhores...personagens novos que apareceram e eu me perguntando o que eles estariam fazendo ali, qual a relevância deles para história? e sinceramente não vi relevância para aquelas crianças novas na história. pareceu apenas uma forma de enrolar mais. e no final foi aquela batalha que tivemos...nem podemos chamar de fato de batalha né. =/
comentários(0)comente



100 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7