Faça seu login para ter acesso a todo conteúdo, participe também do sorteio de cortesias diárias. É rápido e gratuito! :) Entrar
Login
Livros | Autores | Editoras | Grupos | Trocas | Cortesias

Cidade do Fogo Celestial

Os Instrumentos Mortais - Vol. 6

Cassandra Clare
Resenhas
Recentes
35 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Blog D.i.B 27/07/2014

Ave atque vale, Instrumentos Mortais
O livro já começa contando a historia de sob o ponto de vista de uma nova personagem, Emma Carstairs. E pra quem não sabe, Cassandra Clare está escrevendo uma nova saga, que será a história após Os Instrumentos Mortais, assim como a trilogia As Peças Infernais é a história antes. Nessa nova série, "The Dark Artifices", a personagem principal será Emma, então foi ótimo conhecer a personagem agora e me acostumar com ela.
Sebastian está invadindo Institutos, com o intuito de transformar novos Crepusculares (Caçadores de Sombras que beberam do Cálice Infernal), para uma guerra que se aproxima. Muitas pessoas estão morrendo ou sendo transformadas, então a Clave toma uma decisão: todos devem ir para Idris, onde estarão "protegidos".

"- Mãe - saudou.
- O que está fazendo aqui, Jonathan? - disse Jocelyn
Ele balançou a cabeça, ainda sorrindo (...) e tirou a adaga do cinto.
- Se me chamar assim outra vez, arranco seus olhos com isto."
(Minha reação ao ler isso: nooossa, nooossa, noooooooooossa!)

Jace permanece com o Fogo Celestial em suas veias, que insiste em não sair de forma alguma. Mas talvez não seja pra esse fogo sair, pois pode ser a maior arma para resolver essa batalha.
Muitas cenas se passam na Clave, em reuniões, e eu achei isso um pouco cansativo.
Até mais ou menos a página 250, o livro é bom, mas depois disso, vira espetacular. É como se a primeira parte do livro fosse mais baseada em explicações, e o que vai acontecer depois disso. Uma preparação para a bomba final. A parte 2, já começa nos emocionando e ao mesmo tempo levando a outro patamar da história. Um patamar muito mais legal!

" - Sei que acha que está nos enviando para a morte. - disse ele - Mas não vamos morrer assim tão facilmente. Não vamos perder essa guerra. E quando formos vitoriosos, faremos você e o seu povo sangrarem pelo que fizeram.
-Jace "

Como eu já li o desfecho de uma série escrita por Cassandra, sabia que ela não escreve apenas pra dar um fim à história, e sim, pra deixar marcado e lembrado.
Não é apenas um final simples, é aquele final, muito melhor do que imaginávamos que seria.
Ahhhh meu Deus! Não acredito que acabei essa série! Temia esse momento desde Cidade das Cinzas.
Já li vários livros, amei vários deles, mas nunca, nenhum me fez sentir isso. Esse amor e vício nos Instrumentos Mortais. Só espero encontrar outro livro que me faça sentir assim de novo.
Tão bem escrito, uma história incrível e revelações bombásticas. E a série toda, pois nenhum é sequer bom, pois todos são perfeitos.

Ave atque vale, Instrumentos Mortais

site: http://dreams-in-books.blogspot.com.br/2014/07/resenha-cidade-do-fogo-celestial-os.html
comentários(0)comente



renataah 26/07/2014

Não poderia haver um final melhor!!
Aí chegamos em Cidade do Fogo Celestial. A gente tem um mistério em relação ao Jace e quanto ao nome do livro que sinceramente não me empolgou muito. Começamos o livro já levando na cara com ataques a Institutos e mortes. Tem morte pra tudo quanto é canto – beijo JK Rowling – e tem UMA MORTE COMPLETAMENTE DESNECESSÁRIA! Sério, a pobre criatura não fez nada pra merecer isso. Cassie, bad girl! A trama do sexto livro é pra prender, porque a cada capítulo tem uma coisa acontecendo e não deixando nossa turminha em paz.

MINHA RESENHA POSSUI MUITOS SPOILERS, POR ISSO, ACOMPANHE O RESTO NO BLOG!!

site: http://dizairenas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Monica 24/07/2014

"Livremente servimos
Porque livremente amamos, conforme nosso arbítrio
De amar ou não; assim nos erguemos ou caímos."
comentários(0)comente



"Ana Paula" 24/07/2014

"Somos todos partes do que nos lembramos. Guardamos em nós as esperanças e os medos daqueles que nos amam. Contanto que exista amor e lembrança, não existe perda de fato."

Foi muito difícil para mim ler este livro. Adoro a série e pensar que este é o último volume me deixou triste e saudosa. Mas valeu a pena esperar tanto. Cassandra brinda os leitores com um livro cheio de reviravoltas e com um final digno de ser chamado de maravilhoso.

"Aquele era ele então, Jonathan Morgenstern, a quem todos chamavam Sebastian - uma figura saída de contos de fadas, uma história contada para assustar crianças ganhava vida. O filho de Valentim."

Com tantos autores matando personagens a esmo por ai, finalmente chego ao final desta série com um sentimento de completa compreensão. Sim, teremos mortes neste livro, afinal, os Caçadores de Sombras estão em guerra, Sebastian vem com tudo, criando seres demoníacos e matando quem quer que fique no seu caminho, mas todas as mortes foram muito bem criadas, deixará saudades dos personagens perdidos, que serão lembrados com carinho pelos fãs da série.

"Preto para caçar de noite e dar sorte
Pois o branco é a cor da morte (...)"

Cassandra sempre me surpreende com sua narrativa: Logo no começo do livro, acompanhamos um ataque de Sebastian ao Instituto de Los Angeles, e nesta parte, Cassandra narra com perfeição a sobrevivência das crianças Blackthorn e de Emma Carstairs. A narrativa continua em terceira pessoa, abrangendo todos os Caçadores de Sombras e alguns personagens do Submundo. As descrições dos lugares e paisagens também são perfeitas: O leitor consegue imaginar e ver os personagens ali, sentem seus medos e alegrias, lutam junto... Incrível mesmo! Gosto muito quando um livro consegue me prender e desejar um final plausível, mas juro, em momento nenhum, pensei em um desfecho tão perfeito!
Já comentei em outras resenhas da série, que a autora usa e abusa de citações bíblicas, é a base para esta série, neste volume, ela segue o mesmo ritmo, com muitas citações elaboradas e que deixam o leitor pensativo.

"Heróis nem sempre são os que vencem. Algumas vezes, são os que perdem. Mas eles continuam lutando, continuam voltando. Não desistem. É isso que faz deles heróis."

Os personagens principais cresceram muito em comparação ao primeiro livro - Cidade dos Ossos - lembro-me que não gostava de Clary, mas nos últimos volumes, passei a gostar mais desta protagonista, principalmente em Cidade das Almas Perdidas e Cidade do Fogo Celestial. Ela cresceu, se tornou uma Caçadora de Sombras, luta e protege quem ama; sabe do seu destino e fará o possível para deter seu irmão. Jace também teve algumas mudanças... de um garoto que se fechava para qualquer sentimento, a um homem com coração puro e força de vontade; seu jeito "Jace" de ser está ali, só que agora ele consegue falar sobre seus sentimentos.
Neste volume, há muitas menções ao passado, e também a série As Peças Infernais. Como li o primeiro livro desta série, consegui entender o que se passava, mas para aqueles que ainda não leram, não resta dúvida: Leia e também se apaixone. Muitas respostas serão dadas e algumas ainda ficaram em aberto, acho que a autora ainda nos dará pelo menos um conto sobre Emma Carstairs. Nós merecemos saber o que acontece com essa menina corajosa e encantadora.

A capa está perfeita! Dá um spoiller danado do que acontecerá no livro, mas mesmo assim, não deixa de ser linda! Muinha edição é a primeira, *edição de Colecionador* e só tenho a agradecer a Fernanda por ter me dado essa oportunidade. Infelizmente a edição deixou a desejar, desta vez não encontrei nenhum erro de revisão, mas algumas páginas estão apagadas em certos pontos e no final, uma folha inteira esta com a impressão torta. Uma lástima! Pois o livro é perfeito, deveria em em todos os sentidos.
Mas mesmo assim, arrebatou meu coração e merece 5 estrelas. Super recomendado!

"Livremente servimos
Porque livremente amamos, conforme nosso arbítrio
De amar ou não; assim nos erguemos ou caímos."

site: http://www.lendoeesmaltando.com/
comentários(0)comente



35 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7



Publicidade


logo skoob beta
"o Skoob oferece um espaço com comentários e críticas que lhe servirá de amparo antes de qualquer leitura."

Outro Lado