30 dias com Camila

Silvia Fernanda



Resenhas - 30 dias com Camila


26 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Fernanda 26/05/2014

Fraco
A escrita da autora é até legal,mas encontrei muitosssss erros de revisão,não sei se o erro foi da editora,ou da autora.
Mas enfim, a historia me pareceu repetitiva, e um tanto vulgar.De pouco enredo.Infelizmente na sua maioria,esse tema erotico é pouco explorado e de pouca trama exceto pelas intimidades do casal há quatro paredes.Mas claro, existem aqueles que gostem do genero, eu até gosto.No entanto esse não me cativou,exceto pelo Edgar que é um tesouro.
comentários(0)comente



Lily 18/02/2013

30 dias com Camila é o livro de estréia da autora Silvia Fernanda que se destacou virtualmente escrevendo fanfictions, especialmente fanfics da saga Crepúsculo da escritora americana Stephenie Meyer. Geralmente, logo após o lançamento de 50 tons de cinza que também foi inspirado na saga de vampiros houve muito preconceito relacionado com livros baseados em fanfictions de Crepúsculo. Para quem ainda está com o pé atrás em ler 30 dias digo-lhe que o livro foge totalmente desse estereótipo preconceituoso e em nenhum momento enquanto eu lia vi qualquer semelhança com os personagens de Meyer, pelo contrário o livro tem uma característica própria com uma história inovadora e cativante.

Camila é uma mulher com uma vida complicada, muito diferente de algumas protagonistas que vivem na mais pura perfeição até conhecer o homem de seus sonhos e isso foi o que mais me chamou atenção no livro. Ela acabou de completar 30 anos de idade, perdeu a mãe há um ano e está afastada de sua melhor amiga. Sua vida está tão dificil e problemática que chega um momento que ela decide chutar o pau da barraca e fazer uma loucura das grandes: Sequestrar o filho de seu chefe - o homem por quem é apaixonada - para fins prontamente sexuais.

A vítima da insanidade de Camila é Edgar Bolivatto, um arquiteto filho de Carlos Bolivatto, dono da empresa onde Camila trabalha como secretária. Edgar assim como a protagonista têm enfrentado muitos problemas ao longo da vida e é um homem atormentado por um fantasma do passado. Apesar de estar noivo de Dulce que é bonita e sensual o rapaz sente um desejo avassalador por outra mulher que lhe domina os pensamentos desde a adolescência causando-lhe danos terríveis na vida amorosa. Um dia a consequência desse desejo incumbido se torna grave demais e Edgar de repente têm seu mundinho aparentemente perfeito virado de cabeça para baixo. Primeiro sua noiva o abandona e foge com outro cara e no dia seguinte ao acordar descobre que está vendado e algemado numa cama.

“A cabeça latejava. Seus braços e pernas estavam pesados, imóveis [...] Preso a uma cama. Algemado. Nu. A consciência o assaltou.”


A partir daí Edgar descobre que foi sequestrado por Camila Torres que parece estar completamente maluca, pois além de fazer loucuras com seu corpo indefeso ainda lhe faz uma proposta indecorosa de 30 dias de sexo, sem regras e sem compromissos. No primeiro momento Edgar se nega veemente a ceder a essa insanidade, mas Camila não está disposta a negociar e sabe muito bem o que faz, não tarda muito e o rapaz se vê concordando com a proposta, afinal que homem não gostaria de transar por um mês inteiro sem nenhuma responsabilidade?

“Ela a princípio, não entendeu o que ele queria dizer. Mas logo o rapaz tratou de esclarecer. – Seus 30 dias eu aceito.”


A partir daí começa uma parceria envolvente e sensual. Numa cabana no meio do nada Camila e Edgar passam a viver momentos intensos de paixão e luxúria, sem nenhuma regra, com o único objetivo de se satisfazerem, entregues um ao outro de corpo e alma.

“O rosto da mulher foi prensado contra a parede a cada impulso o corpo masculino dentro de si. Sobre si. Mais isso não o tornou mais delicado. Pegando-a pelos cabelos para um beijo devastador, impregnado de desejo. Continuou bombeando em seus quadris até que o orgasmo veio”


E aos poucos foram percebendo que mesmo com todos aqueles anos de convivência eles de fato nunca conhecerem um ao outro. Então Edgar é tragado para o sombrio mundo de Camila, envolvendo-se com seus medos, incertezas e inseguranças até despertar em si um desejo avassalador de salvá-la, protegê-la. Camila também se torna um bálsamo para as feridas de Edgar e juntos percebem que o que antes era apenas sexo tornou-se muito mais.

“...Quando alcançaram o pico do prazer se olhavam nos olhos. Os de Camila estavam marejados. E os dele também. Era perfeito demais aquele momento [...] Após o clímax não se afastaram. O beijo que se seguiu foi intenso. Edgar fechou os olhos com força.”


Entretanto poderia um casal com tantos fantasmas atormentando-os dar certo? Esse é um dos charmes do livro, a incerteza de saber se no final tudo vai ficar bem ou se os empecilhos atrapalharão o futuro do casal, e isso nos faz ficar na torcida pela felicidade de ambos.

30 dias com Camila proporciona uma montanha russa de emoções. Em alguns momentos suspiramos com a evolução do sentimento entre o casal, damos risada dos momentos cômicos e principalmente ficamos ofegantes nas cenas quentes e sensuais.

A Silvia conseguiu criar uma narrativa que flui tão naturalmente que quando nos damos conta já estamos quase acabando de ler o livro. O enredo é bastante criativo, uma história totalmente inusitada, os personagens são bem desenvolvidos, a linguagem é simples tornando a leitura mais fluente e compreensível e de uma maneira única ela conseguiu tornar o erótico algo meio que subliminar e assim o texto não ficou nem um pouco vulgar.

Indico o livro para as pessoas de mente aberta, dispostas a encarar um novo tipo de enredo que está ganhando espaço no meio social. 30 dias vai muito além do romance tradicional e dramático, mostra o quanto a vida pode ser generosa com aqueles que não tem medo de lutar pelo que quer, ensina o poder do amor no sexo e o valor do respeito e da confiança. Nos inspiramos na coragem de Camila, admiramos o caráter de Edgar, nos simpatizamos com Carlos, Raquel, Beth e damos muita risada com o Marcelo. 30 dias com Camila é um livro cativante e viciante e mesmo após um final emocionante você descobre que depois de 303 páginas ainda quer muito mais de Camila e Edgar. Recomendo a leitura, vocês não vão se arrepender!
Silvia 25/02/2013minha estante
OBRIGADA LINDONA!!




kekell 13/02/2013

Não faço a menor ideia de como se escreve uma resenha e nem tenho a menor pretensão de escrever uma crítica literária. Mas resolvi fazer um texto dizendo o quanto fiquei feliz pela conquista da autora Silvia Fernanda.
Sou suspeita para falar deste texto especificamente, pois conheço ele há pelo menos 4 anos. Claro que foram feitas algumas modificações, mas posso dizer que me sinto uma pessoa muito sortuda por possuir tanto o texto original como o livro lançado. Este texto é muito especial pois me ajudar a passar por um momento muito turbulento em minha vida.
O livro é ótimo e de uma leitura muito fácil. O leitor ri, sofre, se emociona e torce por seus personagens o tempo todo.
O que mais gostei no livro é que a mocinha não é nem um pouquinho parecida com as mocinhas que se vê por aí. Pelo contrário, ela é completamente maluca e cheia de defeitos, e é exatamente por isso que me apaixonei por ela.
A leitura é tão gostosa que levei exatas 32 horas para concluir as 303 páginas do livro... e confesso que gostaria de uma continuação, afinal o Edgar menciona um certo "Caderninho" que ainda daria muita história.
Em resumo, achei o livro perfeito e espero sinceramente que a Silvia possa ter outras oportunidades de publicar seus outros textos. Ela tem muito talento.
Silvia 25/02/2013minha estante
NOSSA VC CONSEGUIU ESCREVER ALGO!!


kekell 25/02/2013minha estante
Vc viu? Não foi igual a da Carol ou da Lily, mas foi de coração.


Silvia 25/02/2013minha estante
adorei seu esforço... é isso o que conta, a boa intensão!!




Ana 26/02/2013

Resenha de 30 Dias com Camila, por Sílvia Fernanda
No mesmo dia que recebi o livro, comecei a leitura. Estava curiosa sobre as mudanças anunciadas tanto pela autora quanto por quem já tinha lido a obra (que, como algumas outras, veio de uma fanfic). Mesmo não tendo concluído a leitura quando a obra estava disponível na internet, em forma de fanfic, fiquei curiosa em conhecer e finalmente saber o desfecho do livro que lançou Silvia Fernanda no mercado editorial.

Serei sincera ao dizer que me decepcionei um pouco. Achei interessante a diagramação do livro, onde os capítulos tinham o nome de uma música nacional e, antes do início do capítulo em si, um trecho da citada música. E sempre combinando com o assunto do capítulo, claro.

Mas a história não me convenceu. A um primeiro olhar, a ideia me interessou; um sequestro de 30 dias para fins puramente sexuais é algo que chama a atenção de qualquer um, não é mesmo? Ainda mais quando fica evidente que há sentimentos não resolvidos entre ambos. Aí então você já pensa: Isso não sairá como a Camila prevê...

Eu li as cenas quentes quando a história estava nas redes sociais e posso dizer que houve alguns cortes e/ou adaptações. Não me senti lendo um romance erótico, de fato. Claro que este não é um romance para adolescentes, pois a linguagem é um tanto quanto adulta, mas as cenas... bem. A autora passou bem por alto nas partes mais quentes.

Assim como soube também de fonte confiável, a autora teve que fazer alguns cortes para que a história não se prolongasse demais. Assim sendo, o leitor terá a impressão de que as coisas estão acontecendo rápido demais. Pelo menos, eu tive essa sensação.

Eu gostaria sim de um maior aprofundamento nos sentimentos dos personagens (ainda mais lá no final, quando as coisas começam a acontecer tão depressa que tudo te pega de surpresa), mas isso sou eu falando. Não tomo minhas palavras como voz do povo; da mesma forma como esse ponto não me agradou, poderá agradar muitas outras pessoas.

Algo que me incomodou realmente foram os erros ortográficos que escaparam à revisão. Não sou uma expert em Língua Portuguesa, mas existem alguns erros que me incomodam de verdade. Se fosse um ou outro, não me importaria, mas os mesmos erros se repetem por vezes seguidas. O revisor, nesse caso, deveria ter prestado maior atenção à esse detalhe.

Bem, eu sei que, como sou amiga da autora, as pessoas esperavam uma resenha diferente. Mas é por ser amiga da autora que tomei a liberdade de expor o que realmente penso sobre o que li; sendo seu romance de estreia, é mais do que natural que encontremos erros ou pontos dos quais não gostemos.

Pois é errando que se aprende, não é mesmo? Ninguém nasce sabendo tudo.
Silvia 25/02/2013minha estante
OBRIGADA PELAS DICAS!


Renata Avila 27/02/2013minha estante
LINDA A RESENHA LILY ...

ja tinha lido, mas amei a reler ...
quem sabe não animo e escrevo uma tb hahahaha


Ana 27/02/2013minha estante
Renatinha, eu acho que vc comentou na resenha errada. :) A Lily escreveu outra. Essa fui eu que escrevi.


moco 03/03/2013minha estante
Cadê a sua resenha? Vim aqui procurando um bom livro para ler, achei várias referências ótimas na internet, redes sociais, boca a boca de amigas comentando. Achei a resenha da leitora Lily perfeita, descritiva, ambientando quem lê.
Se fosse pela sua pseudo-resenha eu não teria o entendimento correto do livro e poderia me equivocar. Não me leve a mal não mas está parecendo inveja. Como amiga da autora, neste espaço, você deveria se limitar a resenhar e não ficar expondo fatos de "fonte segura". Lendo os demais comentários e resenhas de fontes mais confiáveis e neutras não tenho mais dúvidas: vou comprar o livro.


Ana 04/03/2013minha estante
Bom, pelo que sei, você está livre para comprar ou não o livro assim como está livre para gostar ou não da obra. Eu comprei e não gostei; o fato de a autora ser minha amiga (na época) não me obriga a automaticamente gostar da leitura.

Eu sei bem por que você comentou, mas não falemos sobre isso. Falemos sobre o fato de eu, como amiga da autora (lembrando: na época) não comentei sobre pontos da narrativa justamente por esse motivo. Não queria magoar a Sílvia, mas, apesar de meus esforços em parecer imparcial em minha narrativa, ainda assim isso aconteceu.

Me arrependo de ter feito essa resenha? Claro que não. Não mesmo. Aqui, não há nada do que eu deveria me envergonhar. Essa é minha opinião; aceitá-la ou não é um direito seu.

E quanto à inveja... querida... me poupe. Sério. Nunca em minha vida fui alguém invejosa. Conheci diversas pessoas dignas de inveja e ainda assim esse sentimento negativo não me acometeu.

Então por que eu teria inveja da Sílvia? Sério... além de ela ser minha amiga (ainda lembrando: na época), eu não encontrei nenhum real motivo para tanto.

Vai comprar o livro? Ótimo. Faça bom proveito. E sobre essas coisas que dizem por aí... bom. É realmente foda conviver com gente que não tem o que fazer da vida a não ser criar perfis falsos no skoob pra criticar a resenha alheia. =)


moco 04/03/2013minha estante
"Eu sei bem por que você comentou"... Sério?! você nunca me viu na tua vida e eu nunca te vi. Nem se fosse vidente! Nem assim, você saberia, lol

"E quanto à inveja... querida"... QUERIDA?!! HUASHUASHUAHUSHUA Eu sou é Homem, pô. Estou procurando uma boa literatura para minha esposa e eu (lógico que antes de passar qualquer coisa para as mãos dela, ou de qualquer pessoa, gosto de ver/ler/testar).

"além de ela ser minha amiga (ainda lembrando: na época)"... explica tudo. Nem vou comentar mais nada. Vocês (algumas mulheres) são muito complicadas!

Cai na real! Comentei sobre a sua "resenha" (ou ausência de uma), que prejudica o bom andamento/entendimento de quem busca conhecer a obra. Quer se destacar? escreva corretamente, nos canais apropriados.

"criar perfis falsos"... como eu disse, você não me conhece, então, nem vou comentar essa também... fica aí imaginando, muahahahahaha

Entendo que sua resposta, criando uma amiga imaginária para descontar sua raiva, tenha perdido o fundamento. Como eu tenho mais o que fazer e imagino que tal resposta tenha sido consequência de sua pouca idade (vi no seu perfil), vamos começar de novo...

Aprenda a resenhar no espaço de resenhas e comentar no espaço de comentários. A comunidade de leitores skoob agradece :D

Vou continuar minha busca por boa literatura. Já vi o que tinha que ver, então, não pretendo voltar a este espaço, então, nem adianta tentar me responder aqui. Para esta troca de ideias existe espaço apropriado que não prejudique esta comunidade.


Ana 04/03/2013minha estante
Só uma resposta eu tenho pra lhe dar: mostre seu rosto e então conversaremos. =)

Mil beijos. :*


Ana 04/03/2013minha estante
E desculpe mesmo por ter te confundido com uma mulher. Sabe como é, né... nem tudo que parece é. Às vezes, me esqueço disso. =)

Mais mil beijos. E pode dar metade pra Sílvia. =)


moco 04/03/2013minha estante
O que a foto tem a ver com a resenha? Quanto aos 1.000 beijos, melhor você dar todos os 2.000 pessoalmente na sua amiga porque eu não a conheço e sou muito bem casado. Boa leitura para vocês!


Ana 04/03/2013minha estante
=)


Carla 08/04/2013minha estante
Ana, vc tem todo o direito de dar sua opinião. Eu mesma andei lendo livros de autores brasileiros que infelizmente pecam na ortografia e revisão. Culpa deles? Não sei... Talvez a editora pudesse dar mais atenção a isto. Enfim! Isto não vem ao caso! O lance que é se vc não gostou do livro tem total liberdade de expressar aqui. Cansei de ver livros serem super elogiados por blogueiros e depois, decepção total! É importante ver os dois lados da moeda. Pois livro maravilhoso, que todo mundo coloca 5 estrelas... Hummm, desconfio!
Agora que "isso" aí é perfil falso de mulher, ah é! Está na cara!!!!!!! Por maior que seja a minha vontade, não vou me rebaixar ao nível dela comentando sobre suas atitudes!
Parabéns, Ana, por ter coragem de expressar o que realmente pensa na sua resenha.


Ana 08/04/2013minha estante
Oh, Carla, obrigada! Mesmo! =D

Vim ler seu comentário até com certo receio, já que não fui muito elogiada com minha resenha... mas, enfim, me surpreendi. É muito bom saber que ainda existem pessoas com bom senso que saibam diferenciar uma coisa de outra.

Verdade é que perdi uma amiga com essa resenha, já que a autora ignorou-a completamente e até me fez guerra via facebook; uma infantilidade sem limites. Não obstante, pediu ou permitiu que um de seus bravos soldados viesse aqui tentar me ofender.

Pena que eu sei quem é a pessoa em questão e não me deixei atingir. =) Essa pessoa não gosta nada de mim, já que ela me pediu pra que eu lesse algo dela e desse minha opinião. Bom, por minha resenha, você já deve imaginar como foi a calorosa recepção de minha humilde opinião.

Mas bem, águas passadas não movem moinhos. Perto de mim, permanecem apenas os amigos de verdade; aqueles que não se ofendem quando eu falo sobre o trabalho deles, mesmo que em público. =)

Obrigada por seu comentário. ;)


Fernanda 28/05/2014minha estante
ah!Qual é?
Não se pode gostar ou não?Manifestar ou não,a sua opinião?
Ridiculo.
Eu li o livro e não gostei,achei fraco e com muitos erros.
Só por isso um perfil fake pode alfinetar?
Sei lá viu,isso não me parece muito humilde se é incapaz de aceitar criticas construtivas.




Caroll 28/02/2013

Um livro que vale mais que Cinco(enta) tons de qualquer estrela!
Trinta dias com Camila é o romance de estreia da escritora Silvia Fernanda, autora inicialmente de fanfiction que transformou sua 'fic' escrita há cerca de quatro anos e de grande sucesso online em um original. Mencionando inicialmente, o livro tem alto teor erótico, mas com um enredo surpreendente e apaixonante.

A quem leu online, deixo o recado de que foi extremamente bem adaptado, com estrutura textual original e diferente de quem leu a fanfic. A história online costumava ter cenas gráficas que ocorriam cerca de três vezes por capítulo. Particularmente, acho que um livro que só há sexo no enredo inteiro, é muito criticado, como tem sido. Embora as pervertidas de plantão adorem, apenas esboçar essa cena se faz necessário quando sua história vai ser publicada em larga escala e com publico alvo diferenciado.

A diagramação é excelente, com títulos e trechos de músicas nomeando e de certa forma resumindo, respectivamente, no início de cada capítulo.

Sobretudo, o livro faz jus a sinopse. A proposta elaborada pela autora apresenta um sequestro emocionante e excitante com um resgate nada ortodoxo: um mês repleto de sexo e as artimanhas que o ato oferece. Um casal mal resolvido em relação aos sentimentos que culminam em um texto delicioso e que fará cada leitora desejar ter um pouquinho da Camila - uma mulher frágil, mas independente e simultaneamente segura de si - e ser párea ao Edgar - lindo, carinhoso, apaixonante e uma maquina sexual - .

Recomendo completamente a leitura. E não faço isso somente online... Ja indiquei para amigas pessoais e tive um retorno maravilhoso assim como a brilhante Silvia Fernanda merece.
Silvia 25/02/2013minha estante
Linda!! Gostei do "resgate pouco ortodoxo"!!




spoiler visualizar
Silvia 19/02/2013minha estante
Aaaaaaaaaaaah, assim eu fico toda boba aqui!




Diae 07/11/2013

Após acordar amarrado e nu em uma cama, Edgar Bolivatto recebe a proposta mais insana de sua vida: 30 dias de sexo, sem compromisso ou regras e ainda por cima com a mulher que ele sempre pensou ser “certinha” e “santinha”, Camila Torres;

Camila esta com 30 anos e sua vida é um caos. Ela perdeu os pais, sua melhor amiga se muda, seu trabalho é estressante e ainda tem que conviver com uma mulher que a atormenta. Mas o pior de tudo é a atração que sente pelo filho do seu chefe, ou melhor, obsessão!

Disposta a mudar, Camila decide começar a realizar seus mais obscuros desejos e o mais perverso deles é sequestrar Edgar e ter 30 dias do mais puro e selvagem sexo! Mas ela não contatava que ao estar ao lado dele, tudo acabaria de uma forma totalmente diferente do que ela planejou...

Totalizando 303 páginas, 23 capítulos, prólogo e epílogo, 30 dias com Camila foi escrito pela autora Silvia Fernandes e publicado em 2012 pela editora Schoba. Com folhas amarelas, uma linda diagramação e boa revisão, 30 dias com Camila promete uma experiência excitante e prazerosa, mas não foi isso que eu encontrei.

O enredo é fantasioso e não me convenceu, pois sequestrar alguém para fins meramente sexuais é totalmente surreal, além de egoísta. Dois pontos, ou melhor, três pontos para ser exata, me desagradaram nesse livro.

Primeiramente o narrador. 30 dias com Camila é narrado em terceira pessoa e não que eu não goste desse tipo de narrativa, na verdade é a que mais aprecio, mas neste livro achei confuso e rápido. Confuso por que o narrador muitas vezes responde o pensamento ou atitudes dos personagens e a rapidez dos acontecimentos deixou o livro vago, mesmo tendo mais de 300 páginas. O final foi ainda mais apressado e ficou desconexo, além de pouco atrativo.

O segundo ponto foi os personagens. Camila é deprimente, chata e egoísta, o livro todo foi ela mandando, resmungando e reclamando, além de ser muito grosseira; E isso tornou a leitura cansativa. Edgar é o típico personagem que não sabe exatamente o que quer, é covarde e quando decide mudar e se torna corajoso, ele se deprime com a recusa de sua parceira, ou seja um homem mimado e infantil. Eu simplesmente não consegui aceitar os dois e não simpatizei com eles.

O terceiro ponto: O erotismo. Um livro que promete ser erótico, mas que não o tem; isso é bom de certa maneira, principalmente se o leitor gosta. Mas para mim, um enredo que promete 30 dias de prazer, deveria equilibrar entre o erotismo e a história, só que não é isso que acontece em 30 dias com Camila e sim, isso me decepcionou muito, pois eu esperei algo que não tinha e mesmo que os personagens tenham suas cenas quentes, essas foram ofuscadas pelos problemas pessoais mal resolvidos e suas trajetórias de vidas.

Claro que eu não esperava que o livro fosse apenas sexo, mas acho que faltou equilibrar os dois, pois a sinopse me prometeu algo que não existe no livro e de verdade, não senti aquela pegada, aquela chama entre Camila e Edgar, que são apenas duas pessoas problematicas com os nervos a flor da pele.

Não estou dizendo que o livro é de todo ruim, mas definitivamente o enredo não funcionou para mim e talvez eu tenha interpretado errado o que a autora diz mostrar. No entanto, aconselho você mesmo ler e tirar suas próprias conclusões, pois do mesmo jeito que 30 dias com Camila, não tenha funcionado para mim, ele pode sim te conquistar.

site: http://www.daimaginacaoaescrita.com/
comentários(0)comente



Jaqueline 12/04/2013

30 dias de emoções!
30 dias é aquele tipo de livro que te fissura:
- Ele te leva a vários momentos a achar que sabe tudo e descobrir que você não sabe nada...
- Você percebe o quão louco você também é, afinal se os personagens se consideram pessoas malucas e você absolutamente se identifica com eles, você também não é uma pessoa normal...
- Você ri, grita, chora em questão de duas páginas...
- E você torce e vibra mais que final de campeonato para o final feliz daquelas pessoas absurdas que você adotou no coração...
Só tenho a dizer que me sinto orfã de Camila e Edgar, mas contente de poder ter lido uma história tão sensível e divertida como essa.
comentários(0)comente



Priscila Yume 02/06/2013

Minhas impressões
O que você faria se fosse sequestrado para fins unicamente sexuais?
Pois essa é a história de Edgar, um jovem arquiteto, noivo e que às vésperas do seu casamento se vê abandonado pela sua noiva e sequestrado por uma mulher com cheiro de morango.

Um dedo encostou-se a sua boca.
- Quem... É você?
A criatura o ignorou. Voltou ao ataque, mordendo-lhe a orelha de leve, provocativa. Mechas de seus cabelos caíram sobre o rosto do rapaz. Aquele cheiro... Morango! Apenas uma pessoa que conhecia usava shampoo, sabonete, hidratante e tudo o que a indústria de cosméticos conseguisse inventar de morango.

Camila está prestes a fazer 30 anos, vive uma vida sozinha e planeja fazer várias coisas antes dos 30, para isso criou uma listinha com 10 coisas que deve fazer:


"Coisas para fazer antes de completar 30:
1- Começar a expressar os meus desejos sem medo.
2- Comprar um carro decente (e parar de me estressar com o mecânico).
3- Tirar férias de verdade.
4- Mudar a decoração da casa e talvez alugar vagas... Para rapazes? (TPM nesta casa basta a minha).
5- Parar de comprar sapatos.
6- Parar de comprar lingeries sensuais (Já que elas vão parar no fundo de alguma gaveta).
7- Mudar de emprego(?!)
8- Parar de passar mal quando certa pessoa entra no elevador.
9- Respeitar quem está ao meu lado e falar a verdade sobre meus sentimentos.
10- Realizar a minha fantasia de sequestrar o filho de meu chefe para fins absolutamente sexuais...
11- Parar de fantasiar..."


Camila e Edgar se conhecem desde a infância e cada um tem seus segredos e medos. Edgar é apaixonado, desde os treze anos pela mesma mulher, inacessível a ele, por isso ele resolveu por muitos anos se afastar da sua família achando, que assim, poderia esquecê-la.
Já Camila, teve um namorado, desde a adolescência, o João Pedro, de quem até ficou noiva, até perceberem que o relacionamento deles era mais baseado na amizade que no amor. A perda dos pais, sobretudo, a mãe, deixam Camila fragilizada emocionalmente, mas isso não quer dizer que ela não tratará o filho do seu chefe e até mesmo ele, com respostas rápidas e nem um pouco afáveis. Ela é briguenta, pavio curto e não leva um desaforo para casa. Por outro lado Edgar é capaz de se anular para não criar atritos ou brigas.
E apesar disso tudo, de serem o oposto um do outro, existe uma química, uma atração irresistível entre eles, onde 30 dias podem não ser o bastante para resolver.
Para quem gosta de romance adulto é uma ótima pedida, repleto de humor, tiradas sarcásticas da Camila e sexo (não é um livro que tem o ato só por ter, há uma história por traz), você irá se surpreender com as reviravoltas que o destino é capaz de nos pregar e, sobretudo, surpreender o leitor, como eu me surpreendi. Você começa a ler e quer saber o que vai acontecer, como vai terminar e como o pobre do Edgar vai ficar nisso tudo, tenho que admitir que AMEI o Edgar, quero um para mim de carne e osso, hehehehehhehe.
Com certeza leitura mais que indicada.

Então, boa leitura!
comentários(0)comente



Josy Stoque 21/10/2013

Um romance surpreendente!
Romance com sexo selvagem, uma protagonista desequilibrada - ela toma remédio, é verdade! - e um patinho na lagoa rsrs Edgar cai nas garras de Camila em um sequestro para fins puramente sexuais. Mas é claro que esses trintas dias vão mudar para sempre a vida desses dois. O final é surpreendente! Amei!
comentários(0)comente



Bruninha. 29/06/2013

Perfeito
Demorei muito pra começar a ler, e terminei 2 dias. O livro por muitas vezes nos faz pensar uma coisa e é outra completamente diferente. Do meio pro final do livro que as coisas se esclarecem. E no finalzinho... Outro susto! Não tem como não tem como não tem se envolver, emocionar e demorar! Tem uma magia incrível .
Mimi 05/07/2013minha estante
Genteeu amo essa autora, nao conhecia pra falar a verdade mas estou simplesmente amando.Espero ver muitos outros trabalhos dela :)




Letícia 07/07/2014

Não é porque é nacional...
Li esta história quando ainda era fanfic, e gostaria de ter muitas coisas positivas para dizer, mas não tenho.

Em meio a tantos bajuladores e aduladores, você dizer o que pensa é passível de exorcismo para os fãs. E é como dizem, quando todo mundo elogia é porque algo de errado tem, e coisas erradas não faltam em 30 dias com Camila.

Tenho que dizer que este é mais um, entre milhares de livros com um mocinho podre de rico, lindo e bom de cama, uma mocinha tímida e insegura de si e de seus sentimentos.

Começando por Camila, recentemente ela perdeu a família, portanto se encontra abalada psicologicamente e entra em uma profunda depressão, onde tem que tomar muitos remédios fortes para se controlar de impulsos perigosos. Camila tem um sentimento estranho por Edgar, e estranho porque nutre há anos esse sentimento pelo mesmo, mas nunca nem deu sinal de nada, já namorou outros, mas nunca sinalizou nada para o rapaz. E esse sentimento estranho que ela tem é tão forte a ponto de ela se imaginar fazendo sexo com Edgar em frente a outras pessoas.

Depois conhecemos Edgar, bem sucedido, tem um nome e uma carreira a zelar, e tem uma bela noiva. Da noite pro dia tudo desaba quando é apunhalado pelas costas por sua noiva, e ao longo das páginas são revelados os estranhos sentimentos que ele nutre por Camila. Estranho porque ele pensa que ela é a mulher de seu pai e porque pensa nela quando está com outras mulheres. E esse estranho sentimento faz com que ele não pense duas vezes, quando é pressionado, a levar a mulher que ele acredita ser de seu pai para a cama. Repulsivo no mínimo. Parece que estamos vendo uma outra versão da atual novela do horário nobre, aquela novela com a namorada do famoso jogador de futebol.

Algumas reviravoltas depois nos leva ao ponto onde tudo realmente começa e Camila resolve que pelo menos carnalmente ela terá Edgar, e resolve sequestra-lo. Repito: sequestrá-lo! Então ela o sequestra para 30 dias de sexo sem compromisso e sentimentos. Tudo o que uma mulher sonha ehhh... Não!

Já disse que Camila tem depressão, mas em minha opinião é muito mais do que isso, ela tem sérios problemas psicológicos que precisam ser tratados com mais atenção. Uma prova disso é que quando a mulher não consegue o que quer, tranca Edgar, nu, algemado e amarrado em um quarto escuro e coloca uma buzina fortíssima para atormentá-lo. Perturbador no mínimo!

Não que eu tenha muito mais para contar, porque basicamente a história gira em torno disso, mas vou parar por aqui.
Entendo que este é o enredo do livro, mas é um enredo muito fraco e nada convincente. Falei sobre a história em si, agora vou falar sobre o livro em si.

Em meio às chatas e insistentes propagandas em redes sociais, (propagandas essas que a própria autora do livro faz, e não os seus leitores, o que é uma propaganda negativa a meu ver, pois parece que estamos em uma feira para ver quem anuncia mais o seu peixe) o que vemos é A sendo prometido, e lemos B. O livro promete muito sexo (e me pergunto o porquê dessa nova literatura nacional ter que ser tão carregada de sexo, pelo menos 75% dela é, talvez seja para vender mais!), as cenas de sexo são fracas, impossíveis e ilógicas, porque nem mesmo o super man é capaz de fazer o que o Edgar faz, então elas são um tanto ilusionistas se quer saber.

No decorrer da leitura encontrei vários erros de ortografia, erros imperdoáveis e bobos que se tivesse sido feita uma boa revisão não estariam ali, já li livros internacionais (traduzidos claro) com erros também, mas eram bem poucos e tão insignificantes que não comprometiam a leitura e não manchavam a reputação nem do livro, nem da autora e nem da editora.

Sobre a capa, me senti desconfortável com ela. Estou me questionando o porquê da necessidade das capas serem tão sugestivas e apeladoras, nessa nova literatura nacional. Veja o exemplo da trilogia Breathless da Maya Banks, se você não o conhece não sabe do que se trata só de olhar para a capa, não vejo a necessidade das capas serem reveladoras como são, e não falo só de 30 dias com Camila, porque muitos dos novos livros nacionais as capas são de envergonhar, porque se eu quisesse ver gente seminua eu assistia à novela das 21h ou comprava uma revista própria para estes fins. Depois se perguntam o porquê da juventude atual estar tão descarada quanto ao sexo, é claro que estão, as crianças de hoje desde muito pequenas tem o sexo esfregado em suas caras diariamente, não culpo os livros e suas capas claro, mas daqui a alguns anos talvez eles sejam os culpados de uma nova geração.

Ao todo achei o livro confuso e bagunçado. Adoro quando a narração é feita em 3ª pessoa, pois a narrativa é capaz de nos fazer enxergar vários ângulos da história, mas neste caso me senti perdida, eu nunca sabia na percepção de quem eu estava, na de Camila ou de Edgar. Achei que a editora podia ter investido muito mais na revisão e nos aconselhamentos de enredo, e não apenas se preocupar em lançar o livro, pois para mim o livro foi lançado nas coxas, nas pressas ou o que for. Uma bagunça completa.

O que salvou para mim o livro foi que no inicio de cada capítulo havia um trecho de uma musica nacional (musica de verdade não o tipo de musica que somos sujeitados atualmente), e as músicas condiziam totalmente com o que o capitulo trazia para o leitor. Essa ideia foi brilhante, pontos para quem a teve!

Então não é só porque o livro é nacional que tenho que gostar, tenho exemplos de livros nacionais admiráveis desta nova literatura, assim como tenho péssimos exemplos dos internacionais.

Então no geral achei que ficou faltando muita coisa para ser um bom livro (em minha opinião) e coisas essas que eu vi e li na fanfic, mas que se perderam no livro.

Fernanda 09/07/2014minha estante
Letícia
Também e não gostei,achei a escrita devagar, personagens estranhos e francamente acho que a maior propraganda que eu vi partiu da autora postando de tempo em tempo aqueles posts no fabook.Chato pra caralho.


Letícia 09/07/2014minha estante
Exatamente. Achei os personagens psicologicamente estranho ashuashasus
Acho uma baita propaganda negativa a própria autora fazer as propagandas, postar em seu próprio perfil e na pagina dedicada ao livro é algo, mas ficar lotando os grupos com essas propagandas é muito desagradável! Ela mesmo desvaloriza seu trabalho!


Fernanda 09/07/2014minha estante
Pensamos da mesma forma.
Eu tomei birra de varios livros,justamente pela chatice das autoras e todo aquele blá blá blá.
Eu fiz uma resenha de 30 dias com Camila,mas tentei ser o mais sutil possivel.Mas vamos combinar Camila é louca de pedra,se aquilo for depressão kkkkkkkk G-suis
Interna logo no hospicio


Fernanda 09/07/2014minha estante
E até poucos dias atrás eu nem sabia o que era isso ,fanfic.
Geralmente leio os livros da minha cunhada.Se não me engano na semana passada eu li o livro Enigmas e segredos..Minha cunhada explicou,que fanfics são narrações de fãs usando personagens consagrados..Achei mega power.Super legal.
E o mais engraçado, é a quantidade de livros de fanfis que eu tenho lido.vantagens de se ter uma cunhada nerd e fanatica em livros *todos emprestados* rsrsr *folgada modeon*


Letícia 09/07/2014minha estante
Já conheço fanfics a muito tempo e convivo com esses convites para comprar livros todos os dias!
Não vou negar muitas histórias são boas, mas algumas autoras enchem tanto o saco que descredibiliza a qualidade de suas histórias. E em outras situações, como o do livro citado, deveria continuar sendo fanfic mesmo em minha opinião. Procure pelo Nyah Fanfiction, tem muitas fanfics de qualidade por lá, principalmente da Saga Crepúsculo e Harry Potter, que são as que leio ;D


Fernanda 10/07/2014minha estante
Crepusculo?..
Anem.
Acho aquela Bella Swan um saco, um porre kkkkk
mas vou dar uma olhadinha




Ruuh 15/06/2014

Resenha: 30 Dias Com Camila
O livro conta sobre Camila, uma moça depressiva e solitária, orfã agora, preste a completar 31 anos, sua mãe morreu á 1 ano atrás com uma doença grave. Camila se encontra sozinha, já que sua melhor amiga foi morar do outro lado do mundo, e está em uma enrascada, pois está apaixonada pelo filho de seu chefe, noivo e bem sucedido: Edgar Bolivatto.
No decorrer da história Edgar, é abandonado por sua noiva, por causa de um pequeno deslize em umas das suas noites "hot's" com ela. Camila aproveita á chance e sequestra Edgar, para uma proposta que nenhum homem em sã consciência recusaria: 30 dias de puro sexo e prazer, sem nenhum tipo de sentimento. Mas não é oque acontece, eles acabam se envolvendo, Edgar se apaixona pela 4 vez, mas terão algumas surpresas ainda.
Depois de Camila se recusar a se machucar por causa de sentimentos, Edgar tem como missão fazer com que Camila perceba que ambos são feitos um para o outro, sexo, prazer, sentimentos, atrás de tudo isso fluí uma grande e cativante história de amor.
O livro aborda sobre sexo, mas oque te prende ao livro é os sentimentos que são envolvidos por trás disso, 30 Dias Com Camila fez me perceber de um jeito engraçado e cativante que o sentimento pode se envolver em todo lugar, não esperava muito do livro por eu ter um certo 'preconceito' com livro hot, mas o livro realmente me prendeu, e eu ainda estou sofrendo por ele ter acabado.

site: http://booksencantados.blogspot.com.br/2014/06/resenha-30-dias-com-camila.html
comentários(0)comente



Mila 19/07/2013

O que eu posso dizer deste livro, simplesmente que eu me divertir com a Camila e o Edgar, a estória é engraçada, doce e sexy ao mesmo tempo mas sem perder o encanto do casal.
Em um dos capítulos finais eu quase morri do coração, achei que a nossa autora Silvia Fernanda tivesse matado a personagem principal do livro (minha vontade nessa hora era de torcer o pescoço da nossa autora), mas eis que ela só queria nos da um grande susto caro (a) leitor (a).
Bom então é isso, eu recomendo este livro, então corra e garanta a sua, você não vai se arrepender.
comentários(0)comente



Mundo B 18/06/2014

Deliciosamente provocante. Provocantemente divertido.
"Ser sequestrado pode ser uma experiência excitante e prazerosa" é o que diz a capa do livro. Minha opinião? Deliciosamente provocante e provocantemente divertido. É claro que 30 Dias com Camila está na minha lista de favoritos.

Depois do "bum" da literatura Hot parece que os autores começaram a competir para ver quem consegue escrever o livro mais quente e acabam deixando as histórias muito parecidas, devo de dizer que este não é o caso. Apesar de ser um livro Hot ele não descreve as cenas quentes em cinco páginas o que é muito bom porque ao invés de se entediar lendo essa parte, você fica ansioso para chegar nela.

Camila não é uma adolescente e nem uma mulher inexperiente, pelo contrário, é madura e sabe o que quer. Severa, é praticamente um general no seu trabalho e não se deixa intimidar nem pelo filho do seu chefe, Edgar. Mas é claro que ela também tem seus sentimentos e seus medos, afinal ninguém é de ferro, apenas não deixa transparecer tão fácil. Secretamente ela tem uma lista de coisas que sempre quis fazer e nunca fez.

“Coisas para fazer antes de completar 30:
1. Começar a expressar os meus desejos sem medo.
2. Comprar um carro decente (e parar de me estressar com o mecânico).
3. Tirar férias de verdade.
4. Mudar a decoração da casa e talvez alugar vagas... Para rapazes? (TPM nesta casa basta a
minha).
5. Parar de comprar sapatos.
6. Parar de comprar lingeries sensuais (Já que elas vão parar no fundo de alguma gaveta).
7. Mudar de emprego (?!)
8. Parar de passar mal quando certa pessoa entra no elevador.
9. Respeitar quem está ao meu lado e falar a verdade sobre meus sentimentos.
10. Realizar a minha fantasia de sequestrar o filho de meu chefe para fins absolutamente
sexuais...
11. Parar de fantasiar..."

Depois de uma série de acontecimentos e perdas Camila resolve realizar seus desejos secretos porque sente que não tem mais nada a perder, é onde tudo muda e as coisas tomam um rumo surpreendente.

"Fazer de você meu escravo sexual era um desejo secreto.
E eu quero realizar todos os meus desejos secretos.
Quero ser estúpida e inconsequente uma vez na vida ao menos. Acabei de completar trinta anos e descobri que nunca fiz uma loucura.
Aliás, eu quero realizar todos os desejos que me tenho negado. Comecei por você."


É o máximo como ela vai extravasando seus desejos e mostrando que ela é muito mais do que deixam as pessoas verem. Camila e Edgar descobrem coisas inesperadas sobre eles mesmos e sobre o passado de cada um. Eles são simplesmente perfeitos. Muitas das discussões são irritantemente divertidas. Sorri, chorei, me arrepiei... é um prato cheio de sensações.

Em cada capítulo tem um trecho de uma musica maravilhosa da nossa MPB, fiz a lista dessas músicas, caso alguém se interesse:

Lágrimas e Chuva
Fixação
Solidão que nada
Não vou me adaptar
Pega rapaz
Quando o sol bater na janela do seu quarto
Deus (Por favor, apareça na televisão)
Como eu quero
Tudo bem
Nada Mudou
As sete vampiras
Cai a noite
Fogo
Caleidoscópio
Blá, Blá, Blá... Eu te amo (Rádio Blá)
A formula do amor
Go back
Fullgás
Tempos Modernos
Te ver
Corações Psicodélicos
Apenas mais uma de amor
Eu tive um sonho
Toda forma de amor
Um certo Alguém


É muito difícil falar sobre algo que se gosta sem dar spoiler, espero que tenha conseguido.
A autora está de parabéns, conseguiu criar uma história massa (haha) e instigante. Fiquei presa na história do começo ao fim e quando tudo foi desvendado eu pensei "cara, que máximo. Nunca ia imaginar". Gostei muito da maneira como foi escrito. Das brigas. Do humor. Da vingança... vou parando por aqui antes que revele demais. 30 Dias com Camila é uma série de seis livros, mas cada um conta a história de um casal, ou seja, a história de Camila e Edgar começa e termina nesse primeiro livro. Estou ansiosa para os próximos livros dessa baiana arretada.


Quotes:

"A vida pode ser perfeita às vezes... Para quem tem a ousadia de ir atrás do que quer."

"Agarre o que puder da vida"

” O mundo é de quem tem coragem, baby"

"O problema de se amar sem ser correspondido é que você está sempre sozinho, mas nunca disponível."

"Sempre três vezes mais do que tudo que me é feito"

http://www.leitorasempre.com/2014/03/dica-de-leitura-30-dias-com-camila.html

site: http://www.leitorasempre.com/2014/03/dica-de-leitura-30-dias-com-camila.html
comentários(0)comente



26 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2



logo skoob
"Uma ferramenta como essa pode certamente ser usada por professores para incentivar a leitura."

Jornal do Brasil