Faça seu login para ter acesso a todo conteúdo, participe também do sorteio de cortesias diárias. É rápido e gratuito! :) Entrar
Login
Livros | Autores | Editoras | Grupos | Trocas | Cortesias

A escrava Isaura

Bernardo Guimarães
Resenhas
Mais Comentadas
60 encontrados | exibindo 36 a 41
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12


Francielle 12/11/2011

"Escrava Isaura" - Bernardo Guimarães
Este foi o primeiro clássico brasileiro que li, em 2008. Na época já me pareceu muito bom mas hoje, relendo-o, percebo que é muito melhor. Arrisco a dizer que é um dos melhores da nossa literatura, e olhem que já li quase todos os principais clássicos e alguns nem tão "importantes" assim.

Filha de escrava africana com homem branco, Isaura foi criada como se fosse a filha que sua senhora não teve: aprendeu a tocar piano, desenhar, falar francês e italiano, bordar. A despeito dessa esmerada educação e da notável beleza que possui, contudo, é uma menina modesta inclusive com os colegas de cativeiro.

Era sonho de sua senhora torná-la livre. Dizia que assim que morresse, seu filho Leôncio e a esposa deveriam dar liberdade à jovem escrava. Entretanto a velha falecera e Isaura permaneceu com os novos senhores, Malvina, uma mulher tão zelosa para com Isaura quanto fora a sogra, e Leôncio, um homem dissimulado e que nutre pela escrava uma paixão tão grande quanto a indiferença que tem pela esposa. Aliás, Leôncio não é o único submisso à beleza de Isaura. Henrique, seu cunhado, e até o assustador jardineiro Belchior vivem a atormentá-la.

É por meio de Henrique que Malvina toma conhecimento dos libidinosos planos que o marido tem para Isaura. Depois de presenciar uma cena indiscutivelmente probatória, retira-se definitivamente de casa e vai viver com os pais. Agora Isaura terá de ludibriar Leôncio ou render-se a ele, em nome da sobrevivência.

Se quer ler um romance de época, aí está um que é ÓTIMO!



pessoalmentefalando.blogspot.com
comentários(0)comente



Michele 18/06/2009

Bom, eu gostei. Achei a história inovadora (para a época) e muito bem escrita. A leitura não cansa - eu, pelo menos, li em poucos dias.
comentários(0)comente



Skywalker 15/03/2009

Livro clássico da literatura brasileira na qual defende os ideais de abolição da escravidão mas ,paradoxalmente, tem como protagonista uma escrava branca e culta chamada Isaura.O livro e interessante porem sua leitura e muito chata, chega momentos em que se tem vontade de pular paginas e chegar logo no final.
comentários(0)comente



Pereira 19/10/2012

Amor que Liberta
"(...) É ter com quem nos mata lealdade. Tão contrário a si, é mesmo o amor...". Com esse excerto descrevo o mais cruel dos senhorios: o AMOR. Tornar-se cativo por vontade é privilégio (em via de mão-dupla) para poucos. Nesse romance de Bernardo Guimarães a escrava branca não está disposta a aproveitar todas as regalias que sua formosura e elegância são capazes de lhe proporcionar. Todas as personagens, incluse do mesmo sexo, empregam um certa dose de admiração e bondade para com Isaura. Sua condição de escrava não fica tão evidente no início da obra. Mas com as séries de declinações que ela faz ao seu senhor (Leôncio) sua vida começa a desandar. O enredo é simples e de fácil leitura. O final é surpreendente. Mesmo sendo leitura obrigatória para quem vai prestar vestibular, é um excelente livro de cabeceira.
comentários(0)comente



Bruno 22/11/2009

ESCRAVA BRANCA
o livro é legal mas bernardo guimarães nem é muito agradável
comentários(0)comente



60 encontrados | exibindo 36 a 41
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12



Publicidade


logo skoob beta
"A rede social é perfeita para amantes da leitura"

Blog do Curioso - IG