O Que Você Quiser

Sara Fawkes



Resenhas - O Que Você Quiser


36 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Bianca 24/10/2014

Super envolvente !!!
Até o meio do primeiro livro é mais do mesmo, garota tímida que arruma um emprego temporário nas indústrias Hamilton, sexy-CEO-coração-de-pedra, contrato inesperado .... blá blá blá. Após esses acontecimentos, o livro se torna um trailer alucinante, segredos, suspense, ação, mentiras, e tudo o que você considera certo, logo pode desmoronar. A leitura se torna uma nova surpresa a cada página e os personagens fazem você sentir, raiva, pena, ódio, paixão, amor, luxúria ..... Muito envolvente e inesperada. Os protagonistas não mudam completamente do dia para a noite, sem milagres e eu te amo instantâneos por aqui! Mas a mudança e transformação individual de cada um ao longo da leitura é contagiante.
Tem um certo vilão com cara de mocinho que me fez amar as idas e vindas da narrativa.
Jeremiah Hamilton
"Eu não desejo as complicações ... que o amor pode trazer."
Lucy
"Era este o real Jeremiah? Eu estive tão cega todo esse tempo?"
"Eu não posso ser sua absolvição"
Lucas Hamilton
"O amor é uma amante inconstante e cruel. Confuso como o inferno também"
Eu AMEI e super indico.
comentários(0)comente



Eri Guimarães 01/08/2014

Leve Decepção
Bonjour Anges!!

Na “Pilha do Anjo” de hoje trago mais um livro que me enganou muito. Pois é, esse ano foi cheio de surpresas e não sei se a desinformada sou eu ou essas coisas são feitas de propósito pela editora, mas justamente quando não estava muito afim pra começar mais uma série e ficar na expectativa pelos próximos lançamentos, justamente quando cacei um livro único, me vejo enganada. Bem, mas falemos do livro para vocês entenderem melhor.

Não será surpresa para ninguém que a proposta de hoje é mais um erótico. E esse tinha cara de ser super clichê, afinal é a secretaria pacata que desperta o interesse do chefe gostoso, que por sinal é um homem com problemas de relacionamento. Como às vezes um clichê bem escrito se supera, resolvi ler mesmo meio enjoada dos estereótipos forçados.

Logo no inicio, Lucy, a protagonista, se mostra uma funcionária eficiente com um trabalho tão chato que permite com que ela fantasie o tempo todo e ainda não perca o ritmo. E nessas fantasias a estrela é um homem lindo, que ela faz questão de ver todos os dias em um horário especifico, no elevador. Sem nem ao menos saber quem é esse homem tão lindo, Lucy não perde esses “encontros” por nada.

Até que um dia calha dos dois ficarem sozinhos no elevador e o estranho não perde tempo e literalmente avança sobre ela. E o pior, ela se deixa fazer o que quiser, ganhando um orgasmo antes que o elevador chegue ao andar em que trabalha.

Pra forçar um pouco mais a situação, assim que o expediente termina, Lucy que usa o estacionamento como atalho até o metrô, acaba por ser encurralada por esse estranho novamente e sem muita resistência, acaba terminando o que começaram no elevador escorados em uma parede na parte escura do estacionamento. E mais, ela ainda não sabia que era aquele homem.

No dia seguinte, sua chefe de setor leva Lucy até a sala do dono da empresa, e não é surpresa para ninguém que Jeremiah Hamilton é o estranho do elevador e do estacionamento.

Jeremiah não perde tempo e explica à Lucy que como funcionária temporária na empresa os serviços haviam terminada, que há mais de uma semana ele já tinha assinado a dispensa, mas que pra ela havia uma proposta: se ela fosse sua secretária pessoal e fizesse “tudo o que ele quisesse” o salário seria muito bom e ela curtiria muitos bons momentos. E nem bem ela aceita a proposta já é enfiada em um avião rumo à França.

E é assim que se inicia a história de O Que Você Quiser. E até então nada disso me deixaria levemente irritada. Nem mesmo os acréscimos de suspense quase policial me deixariam irritada, talvez nem o fato da protagonista ser uma mulher fraca e facilmente manipulável e quase uma prostituta por aceitar o sexo como parte do trabalho e ser paga pra isso me irritaria... Mas, o fato de não ser especificado que era uma série com mais de seis livros já publicados, isso sim me irritou.

Sério, SEIS livros já publicados nos EUA e nem um alerta de ser série. Por isso volto a dizer: não sei se foi desatenção minha ou proposital da editora, mas o final foi tão frustrante por não ter uma continuação direta que quase não consegui iniciar uma nova leitura.

A narrativa é legal, mas talvez a escolha do narrador tenha empobrecido a história. Lucy tem tanta insegurança e sua curiosidade meio forçada e sua paixonite do nada deixam tudo em um clima tenso de futilidade. Mesmo tentando deixa-la um mártir por ter perdido tudo com a morte dos pais e se enterrar nas dividas que eles fizeram para que ela pudesse estudar essa estratégia não funcionou muito bem. Isso só enfatizou que a Lucy vive num globo de vidro recentemente quebrado, sem muita noção de como viver na realidade.

Essa não é uma série que eu tenha me empolgado muito para continuar, mas o desfecho de filme hollywoodiano acabará me fazer ler os próximos para saber onde tudo isso terminará.

Se está afim de uma leitura sem compromisso emocional (a não ser talvez um pouco de raiva), uma distração qualquer esse livro pode suprir suas necessidades. Já não tenho tanta certeza de que fará o mesmo se sua intenção for apreciar uma história bem estruturada.
comentários(0)comente



PAULA 11/03/2014

O trabalho temporário de Lucy não é o emprego dos sonhos, mas paga suas contas. O momento alto de seu dia é andar de elevador com um atraente desconhecido. Tudo muda no dia em que o desconhecido a seduz. Completamente fora de si, ela se entrega sem nenhuma resistência, mas não imagina que aqueles momentos de delírio com um homem que ela nem sabe o nome irão mudar sua vida para sempre. Isso porque o rapaz sexy é ninguém menos do que Jeremiah Hamilton, um bilionário executivo que não se contenta com uma noite para satisfazer seu prazer. Conforme o endinheirado envolve Lucy em seu mundo de ambiciosos negócios e audaciosas aquisições, ele exige nada menos que sua total rendição.
comentários(0)comente



Carla Martins 16/01/2014

Adorei!!
Mais em: http://leituramaisqueobrigatoria.blogspot.com.br/

OK, o livro é mais do mesmo: homem bilionário e bem sucedido que seduz uma mulher com uma vida super sofrida. Mas eu PRECISO dizer que adorei a história, mesmo assim.

Lucy é a protagonista que tirou a sorte grande ao fascinar um ricaço que resolve lhe fazer uma proposta de emprego tentadora. Todos os dias, no seu emprego como temporária, ela pegava o elevador na mesma hora só para subir com um homem lindo, misterioso e cheiroso que parecia também trabalhar no edifício. Até que um belíssimo dia, Lucy e o tal homem ficam sozinhos no elevador e aí a coisa ferve. E, sim, isso acontece logo no começo do livro. A gente já começa sem fôlego, minha gente! Pre-pa-ra!

Sem saber quem é o tal homem, Lucy fica morrendo de medo de ser demitida após o rompante erótico que rola entre os dois. E ela fica boba ao saber que ele era ninguém menos que Jeremiah Hamilton, o dono da empresa na qual ela trabalha como temporária. Jeremiah, então, resolve propor um novo emprego para Lucy. No contrato está escrito em letras garrafais que ela precisa fazer "Tudo o que eu quero". Sim, t-u-d-o! E agora? Ela deve ou não aceitar? Todo mundo junto: siiiiiiiiim!!!!

Pois bem, ela aceita. E daí pra frente a história se desenrola de maneira fácil de ler e totalmente cativante. Tem lá suas semelhanças com 50 tons. Tem também os problemas típicos dos romances. Mas, fazendo um balanço, eu adorei a história. O final foi interessante e surpreendente. Fiquei com a sensação de que o ideal era eu ter a sequência do lado para já continuar lendo. O segundo livro promete!
Val 04/03/2014minha estante
Estou decepcionada porque não tenho o segundo livro para ler.


Bruna 30/04/2014minha estante
tenho até o livro 9 se vcs quiserem mando por e-mail




Marcia 18/09/2013

O Que Você Quiser
Livro muito fraquinho, sem conteúdo nenhum, só desculpa para muito sexo!
O enredo se desenrola muito rápido, com muitas coincidências que não consegui engolir, como por exemplo, o passaporte da Lucy, e o irmão do protagonista aparecendo sempre na hora certa e no lugar certo (quem leu o livro vai entender o que estou falando...)
A personagem principal não conseguiu me agradar. Muito superficial, querendo justificar a sua escolha de ficar com Jeremiah somente porque não iria conseguir emprego melhor. Desculpa muito fraca, antes tivesse reconhecido que era somente pela atração que sentia por ele.
Não recomendo!
comentários(0)comente



Milke 08/08/2013

O Que Você Quiser
Bom, eles, literalmente, dispensaram as preliminares.
Porém, só consigo me perguntar o que irá acontecer no segundo livro. Se será a continuação de mais um sequestro, ou se Lucy irá concordar com a proposta de Lucas, e então não será mais sequestro, visto que ela assentiu em fugir, certo?!
E nesse momento me pergunto, ela não deveria fazer tudo o que Jeremiah quisesse?!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Cris Paiva 01/07/2013minha estante
Tem certeza de que esse não é um daqueles livrinhos de sacanagem?? To desconfiada que a mocinha vai dar pra familia inteira! Kkkkkk


Ellen 28/09/2013minha estante
Cristine, tava no meio do livro 1 pensando em abandonar. A autora querendo fazer a mocinha/prostituta, não cair na real da situação. Pra mim seria muito mais excitante se ela assumisse e gostasse.
Depois de ler seus spoilers vou retornar e depois volto aqui pra ver se minha 1 estrela vai crescer. hehe.


Cristine 30/09/2013minha estante
o que me irrita não é ela ser vadia, é ela tentar fingir que não é!!! Assume logo de uma vez, que bambeia as pernas para qualquer homem (bonito e muito rico) que passa na frente...
kkkkkk




Albertini 01/06/2013

Jeremiah e Lucy
O trabalho temporário de Lucy Delacourt não é o emprego dos sonhos, mas paga suas contas. O momento alto de seu dia é andar de elevador com um atraente desconhecido. Tudo muda no dia em que o desconhecido a seduz. Completamente fora de si, ela se entrega sem nenhuma resistência, mas não imagina que aqueles momentos de delírio com um homem que ela nem sabe o nome irão mudar sua vida para sempre. Isso porque o rapaz sexy é ninguém menos do que Jeremiah Hamilton, um bilionário executivo que não se contenta com uma noite para satisfazer seu prazer. Conforme o endinheirado envolve Lucy em seu mundo de ambiciosos negócios e audaciosas aquisições, ele exige nada menos que sua total rendição.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



£v£ 30/04/2013

O que você quiser - Envolvida por um bilionário
A mocinha, todos os dias, pega o mesmo elevador no trabalho, na mesma hora, com a esperança de reencontrar e poder admirar o cara lindo, e sensual que chega pontualmente todos os dias no mesmo prédio. Um dia, eles ficam sozinhos no elevador, ele tira uma chave mestra, trava o elevador, a agarra. Lógico, depois ela descobre que ele é o presidente e dono da empresa onde trabalha...
Já viu essa história em outro livro? Pois foi com essa sensação que passei pro próximo capítulo, mas, para minha surpresa, as conicidências param aí.
Lucy Delacourt não é bobinha, nem ingênua, sabe o que quer, apesar de ser romântica.
Jeremias é o típico empresário bem sucedido, acostumado a estar no controle e ter tudo que quer, sem grandes traumas, passado obscuro ou nada do gênero, apenas problemas normais que uma família que possui muito dinheiro possa ter.
A história começa de verdade, e esquenta muito, quando Lucy se envolve com Jeremias e vai conhecendo a sua familia, principalmente Lucky, seu irmão,muito lindo e sensual mas de caráter duvidoso. (Terminei o livro sem saber ao certo até que ponto ele realmente é uma ovelha-negra).
O livro passa de um simples romance para um enredo de mistério, muita ação, muita pegação, é lógico, e muita sedução no ar.
O mais surpreendente é que a cada capítulo ocorre uma reviravolta na vida deLucy, e toda decisão que ela toma, por mais simples que pareça, sempre traz muita consequência.
Impossível não se envolver e se colocar no lugar da Lucy, mesmo quando ela está com raiva de Jeremias ou de Lucky.
Te desafio a terminar o livro e não ficar de boca aberta, pensando, meu Deus, e o que a Lucy vai fazer agora!!!
comentários(0)comente



Camille 29/04/2013

http://beletristas.com/resenha-o-que-voce-quiser
Jeremiah podia ter sido atirador do exército se não tivesse sido manipulado de forma a ter que largar o meio no qual amava viver (mesmo que com todos os perigos) e cuidar da empresa do pai. Bilionário, acostumado a ter tudo do seu jeito, sequer pensa duas vezes antes de parar o elevador para ter uma “conversa” com aquela mulher que aparecia todos os dias, no mesmo horário e que tentava tanto ser discreta.

Lucy podia ter sido uma advogada exemplar se sua vida não tivesse virado 180º de uma hora para a outra. Trabalhando temporariamente numa empresa que ela não tem ideia do que faz, ela segue seu dia-a-dia a risca, pensando no dinheiro no final do mês. Ela precisava de algumas distrações, e a melhor delas era aquele homem maravilhoso que subia no elevador junto com ela. Claro, tudo previamente estipulado, para estar no mesmo lugar que ele sempre no mesmo tempo. Ela não conhecia o perigo de ficar sozinha com ele ali.

A partir da situação inicial, Sara nos leva a conhecer um pouco mais sobre Jeremiah e Lucy, o envolvimento de ambos tendo início naquele quase inocente e rotineiro encontro. Quando Lucy nota, já está embarcando em um avião com o dono da empresa onde trabalha – e que sequer imaginava que fosse ele – para a romântica Paris para ser sua acompanhante, algo completamente normal para quem passa a ser assistente pessoal tendo ainda assinado um contrato no qual faria tudo que ele quisesse.

Sara não tem uma escrita brilhante e nem sempre as cenas mais quentes são tão envolventes, todavia, e é impossível negar, depois de começar a ler o livro parar não é mais uma opção. Ainda que com seus defeitos, a leitura nos prende a todo momento, mantendo-nos interessados no que virá depois, e depois, e depois. A última parte de “O que você quiser” ainda nos deixa com as mãos coçando para arrumar um jeito de ler os outros dois livros, e descobrir se mais coisas não são como aparentam.

Lucy é uma personagem que fica no meio termo: não é a pura que está sendo iniciada em absolutamente tudo e por isso fica com mais receios, arrumando discussões por questões que a princípio já estariam esclarecidas, mas também não se encaixa no perfil ‘libertino’ no qual aceita tudo sem sequer questionar uma vez. Por sua vez, Jeremiah não é um homem completamente sem emoções (os olhos o denunciam, assim como muitas das suas atitudes), e apesar de ser controlador, não chega a um exagero que cansaria qualquer mulher.

Ainda que as personagens não tenham sido muito desenvolvidas, faltando um pouco mais do que as situações e conversas mostraram, faltando, talvez, aquela emoção que nos toca no fundo e nos faz cair de amores por quem sequer existe, elas são coerentes em suas atitudes e no que se espera das situações. Mesmo Lucas, irmão de Jeremiah, um bad boy charmoso que podia ter criado mais sensações inesquecíveis, deixou seus momentos passarem e se fincou nos fatos.

Fawkes tem todo o potencial para que o próximo livro deixe sua marca. O ponto final deste cria um link que promete muita coisa, inclusive um possível triângulo amoroso, que particularmente detesto, mas arrisco que ela conseguirá se virar bem e nos envolver novamente em uma leitura que não cansará os olhos. Fico, então, ansiosa esperando por “Envolvida por um Bilionário 2″.
comentários(0)comente



Agatha 28/04/2013

Envolvente..
A forma direta e clara é uma das qualidades desse livro e o que me viciou logo nos primeiras páginas. Você não fica capítulos a fio esperando e se remoendo, ou lendo páginas e mais páginas onde a personagem fica detalhando até a fórmula química do ar. Não espere por uma história nova, assim como outros títulos "New Adult", O Que Você Quiser tem um bilionário, segredos, medos, muito sexo. Tenho um quê com moças muito submissas, elas me irritam, mas a Lucy conseguiu me deixar irritada bem pouco. Mas depois de ler várias histórias nesse estilo, garanto que o romance de Lucy e Rami vai deixar você com gostinho de quero mais no final.. Ou um pouco antes disso. O que mais me intrigou nesse enredo é como eu consegui me apaixonar perdidamente pelo irmão do Hamilton, Lucas é um personagem com tiradas engraçadas e cheias de sarcasmo e ironia. No geral, foi uma boa leitura e para quem já se aventurou em 50 Tons de Cinza ou Toda Sua, garanto que essa história tem altas chances de te laçar.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Marinha 16/04/2013

Envolvida...
Foi assim que fiquei ao terminar a leitura deste livro, totalmente envolvida com a história....

O mais engraçado é não ter conseguido formar um idéia fixa de cada um dos personagens principais...

Mais uma história de amor, com sexo muito bom....
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



36 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3



logo skoob
"Entro para pesquisar o livro que vai ocupar o lugar na minha mesinha de cabeceira"

Rede Bom Dia