Faça seu login para ter acesso a todo conteúdo, participe também do sorteio de cortesias diárias. É rápido e gratuito! :) Entrar
Login
Livros | Autores | Editoras | Grupos | Trocas | Cortesias

A Dama das Camélias

Alexandre Dumas Filho
Resenhas
Mais Gostaram
52 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11


John 05/12/2010

Fnatastic
A dama das Camélias conta a história de Marguerite Gautier, moça pobre do campo que vem a se tornar a maior cortesã de Paris. Apesar da vida leviana e sensual, a jovem possui uma alma pura e generosa, capaz de sacrifícios e atos que muitos não fariam.
Alexandre Dumas Filho escreveu uma das mais belas obras literárias, inspirado em uma história pessoal ele nos mostra como o amor pode ser maravilhoso e trágico, apresentando-nos ao fascínio exercido pela vida das cortesãs e de seus luxos!
comentários(0)comente



Dominique 31/07/2009

Triste, arrebatador!
Apesar da história ser meio clichê, jovem aristocrata se apaixona pela bela e inalcansável cortesã, é uma das histórias de amor mais triste e bela que já li. O amor de Armand Duval e Marguerite Gautier é tão intenso e arrebatador, que você deseja um final feliz para os dois.

A forma como o amor de Armand preencheu o vazio da vida de Marguerite, como ela lutou contra esse sentimento e quando finalmente vencida, se entregou de corpo e alma para ele, já não restava muito tempo para ela.

O ápice da história (chorei muito) foi quando Armand Duval desenterra o corpo de sua amada, enterrada como indigente, para enterrá-la na digna lápide de sua família.

Ana 17/07/2010minha estante
Parabéns, ótima descrição! Incrível como tem gente que pode não gostar de um livro com uma história tão bonita e intensa como essa! :D


Daniela Tiemi 23/04/2010minha estante
Nique, então vc chorou mto logo no começo do livro?! rs. Eu amei apesar de o Armand ser um tanto chorão e ciumento, e, como vc disse, a história ser meio clichê. Mas o amor de Armand e Margarida é tão genuíno, como seria possível não gostar?!


Arlin 11/12/2009minha estante
Este é um dos meus livros preferidos, e vc disse em poucas linhas o que penso sobre ele.




Mariana Cardoso 09/06/2013

Amor efusivo
Marguerite Gautier e Armand Duval são, mesmo antes do travamento de suas relações, intensos. A bela cortesã ostenta luxo, dívidas e um nobre coração; o mancebo, condescendente para com as mulheres amantizadas, revela sua visão romântica da vida e vaidade muitas vezes ferida durante o desenrolar da trama.
Sabe-se logo nas primeiras páginas, por meio de um narrador ainda alheio à história dos enamorados, que Marguerite morre. A trágica delícia da leitura é compreender através de memórias, declaração por declaração, ruptura por ruptura, o que a levou a tão prematura morte. O casal, após sua apresentação improvável, experimenta as mais enérgicas emoções, os sentimentos mais variados. Além de dramáticas idas a operas e passeios pela Champs Elysées, o fato de A Dama das Camélias ser uma obra autobiográfica de Dumas Filho empresta mais poesia e dor a cada vírgula.
As passagens mais emotivas são provavelmente as de maior impacto às personagens: os meses felizes em Bougival vividos longe do caos parisiense, os sacrifícios de Mlle. Gautier, sua morte dolorosa, a mórbida transferência de seu corpo a outra sepultura. Paixão, desejo, amor e desgraça se confundem e aquecem também o sangue do leitor.
Mariana Cardoso 12/09/2013minha estante
Maravilhoso é o livro, hahaha. Obrigada! (:


Rafaela 10/09/2013minha estante
Maravilhosa resenha, parabéns! :DD




Marlo-kun 30/12/2009

Acima de tudo, A Dama das Camélias é um ótimo livro. Gostei bastante. Tem o caráter e a forma de uma obra de Machado de Assis - intrigas amorosas em primeiro plano - e, como todo romance europeu da primeira metade do século XIX, tem também passagens de declaração de amor efusivas e exasperadas, quase irreais.

Um bom livro. As gerações de hoje talvez não o achem interessante, mas é uma boa história, sim.

Resenha completa em: www.artigosefemeros.blogspot.com
comentários(0)comente



Daniela Tiemi 15/12/2011

O livro conta uma história de amor excessivamente sentimental e com um enredo que dá aquela sensação de "eu já ouvi esta história antes"- pelo menos assim foi para mim. Não há nada de muito surpreendente, até porque a história começa contada pelo 'fim'. Mas por alguma razão o livro me prendeu; talvez pela narração envolvente, talvez pelo amor tão genuíno entre a cortesã Margarida e o eterno enamorado Armand Duval que, vez ou outra, me dava nos nervos por ser tão melindroso e ciumento, porém o seu amor por Margarida é por demais intenso para que suas atitudes fossem diferentes. E, Margarida é uma personagem que me cativou - não logo "de cara", mas com o passar da história fui me compadecendo por ela.
"A dama das camélias" é uma daquelas histórias de amor que por mais clichê e melodramática que seja, não conseguimos largar a leitura - quer dizer, pelo menos eu não consegui; e mesmo já sabendo como tudo irá terminar não há como segurar as lágrimas pelo casal que vive uma história de amor tão terna, curta e intensa. Um clássico que vale a pena a leitura, principalmente para quem gosta de ler tristes histórias de amor!
comentários(0)comente



52 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11



Publicidade


logo skoob beta
"Skoob faz sucesso e dobra em número de usuários e obras cadastradas todos os dias"

IG Tecnologia