A Visita da Verdade

Amadeu Ribeiro



Resenhas - A Visita da Verdade


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Mural dos Livro 11/06/2013

" ... Por que gostar da pobreza se no mesmo planeta havia também a riqueza? Se tudo era apenas uma questão de escolha, Valéria queria o melhor, que em sua concepção era a fortuna, o luxo e o requinte..."
Diante do presente, as vezes temos que nos deparamos com atitudes de vidas passadas, que é colocada a nossa frente para que possamos crescer e aprender com erros e acertos do dia-a-dia.

A Visita da verdade é um livro com uma leitura simples e direta. Que flui sem que você perceba o tempo passar. Uma história, onde as escolhas bem feitas são importantíssimas para o futuro.

Valéria desde criança sempre sonhou em ser rica, se vestir com as melhores roupas, ter muitas jóias e muito dinheiro. Não suportava a vida simples e humilde que levava com sua família no interior de MG. Uma família que a tratava como uma princesinha (por ser a caçula), cheia de amor, carinho e atenção. Nunca deixavam faltar nada de essencial para ela, mas tudo que seus pais faziam era pouco diante de sua ambição.

" A Beleza natural de Valéria parecia crescer junto com ela. Aos treze tinha o corpo de uma mulher e ao quinze era admirada por muitos rapazes da região e de áreas vizinhas. Valéria era muito cortejada, mas nunca reparara em ninguém, pois todos eram tão pobres quanto ela. Acha que, antes de amar um homem, era preciso amar seu dinheiro, e aqueles que ela conhecia não tinham onde cair mortos."

Valéria cresceu e se tornou uma linda mulher. Em uma festa da cidadezinha conheceu Felipe um dos rapazes mais rico de Belo Horizonte. Jogou seu charme e logo Felipe se apaixonou (amor a primeira vista). Valéria se casou com Felipe somente pelo dinheiro, sem amor. Mudou-se com ele para BH e nunca mais nem pensou por um instante em voltar para ver seus pais, seus irmãos. Dizia que eles a lembravam de que viveu na pobreza um dia. Esqueceu sua família de vez. Para ela seu passado de menina caipira estava morto e enterrado. Nunca ninguém dos que a cercavam ficaram sabendo de que Valéria foi pobre, apenas Felipe, mas este nunca contou a ninguém, nem a seus pais.

Ela Realizou todos os seus sonhos. Tinha tudo que sempre desejou, sua vida na alta sociedade era puro luxo e glamour. Tudo era perfeito! Tão perfeito que ela se julgava acima do bem e do mal. Suas atitudes diante das escolhas de seus filhos eram perversas. Ela jamais admitia que suas ordens fossem descumpridas, que seus filhos tivessem suas próprias escolhas. Tudo que eles faziam a enojavam, tudo era motivo de brigas, mesmo seus filhos sendo maravilhosos. Todos tinham sempre que seguir a risca o que Valéria determinava. A vida de seus filhos era escolhida por ela, sem direito de reclamar ou desistir.

Até que um dia Valéria se viu sem ninguém ao seu lado, sem o que lhe era mais valioso, seus filhos, seu marido, todos se distanciaram, passaram a conhecer a verdadeira Valéria. Ambiciosa, egoísta, preconceituosa e arrogante. E o destino, as vezes cruel, se torna nosso melhor conselheiro, e acaba mostrando nossa verdadeira face. A família aparentemente perfeita se depara com uma visita. A visita da verdade!

O que Valéria precisara fazer? Mudar seus sentimentos e atitudes? Deixar de lado o preconceito para ver sua família unida de novo ou continuar com sua vidinha de luxo, com sua arrogância e ficar sem seus filhos e seu marido? Voltar a sua cidadezinha natal e rever seus pais, seus irmãos? Pedir perdão ou deixar tudo enterrado no passado?

Escolhas precisam ser feitas, mas dependendo do caminho que Valéria escolher, o preço pode ser bem alto!

Um livro que vale a pena ler!
Uma história que vale a pena conhecer!
Para você? O que é mais importante a riqueza ou a felicidade com sua família?

Visite meu blog http://muraldoslivros.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Regina 27/03/2013

Este e o segundo livro do escritor Amadeu Ribeiro.Que nos veio presentear com a visita da verdade.Que relata a historia de Valeria Falcão,nascida numa cidade simples no belo estado de Minas Gerais.

Valeria não aceitava sua condição de pobreza e queria fazer de tudo para ser uma pessoa rica.Sem se importar com as consequências do seu desejo.
O livro traz diversas mensagens e temas polêmicos como o homossexualismo.Muito bem explicado pelo autor.E o amor de um homem mais jovem por uma mulher de mais idade.Na qual é um amor verdadeiro sem interesses de ambas as partes.
Há também cenas engraçadas de Valeria Falcão que apesar de ser arrogante consegue agradar aos leitores.
Alem destes temas ha mensagem do amor e do perdão.Sempre marcados em seu livro.Mostrando que o amor supera tudo.Com um final surpreendente e que emociona a todos.
Mais um livro emocionante de Amadeu Ribeiro com seu jeito simples de escrever.Nos mostrar que o mais importante é o amor sincero, perdão e a alegria.
comentários(0)comente



Zilda Peixoto 22/09/2013

A Visita da Verdade
Depois de um período letárgico de leitura e uma ressaca literária das brabas estou de volta. Nada me interessava e conseguia prender minha atenção e por esse motivo decidi ler A visita da Verdade, de Amadeu Ribeiro. Nada como um romance espírita para nos encher de sabedoria e fazer com que voltemos a nos sentir melhor seja por qual for o motivo. Independente do gênero do livro, os romances espíritas têm a capacidade de nos tocar a alma imediatamente, e tal escolha não poderia ter sido mais adequada.

Há tempos conheci o trabalho de Amadeu Ribeiro através do seu primeiro livro O amor nunca diz adeus (resenha aqui), e assim que soube da existência do segundo livro fiquei bem curiosa para conhecê-lo. Algumas pessoas costumam dizer que existe uma diferença ou legitimidade entre livros ditados por espíritos e por aqueles que escritores são apenas intuídos a escrevê-los. Não costumo me prender a esses detalhes até porque o que realmente interessa é a mensagem transmitida.

Em A Visita da Verdade encontramos diversas características em comum presente nos livros espíritas, como: personagens perversos que agem de forma leviana, problemas que são gerados em vidas passadas e obsessões. Na literatura espírita o foco principal é fazer o leitor entender o motivo pelos quais determinadas coisas acontecem e o real motivo que está por detrás delas. Não há a demarcação do opressor e do oprimido como uma simples figuração entre quem é do mal ou quem é do bem. É preciso abster-se do preconceito literário para assimilar e aceitar a construção do enredo para que a mensagem do autor consiga atingir o seu alvo.

A Visita da Verdade contará a história de Valéria. Desde criança, Valéria fora uma pessoa muito esnobe e arrogante. Ela não se conformava em ser pobre, apesar de sua família nunca ter passado nenhum tipo de dificuldade. Seu pai Alfredo e sua mãe Serena tinham outros dois filhos além de Valéria. Márcio, o mais velho e Nestor, o filho do meio aceitavam com resignação a vida que levavam na pequena cidadezinha do interior de Belo Horizonte. Ao completar dezoito anos Valéria se tornara uma pessoa amarga e ambiciosa.

Numa festa da cidade ela conhece Felipe Falcão, um jovem muito rico que residia na capital e que estava de passagem pela cidadezinha onde Valeria morava com seus pais e irmãos. Apesar da diferença de idade, Felipe com 33 anos,Valéria vê em Felipe a oportunidade de mudar de vida e se tornar rica como sempre sonhara. O amor nunca foi uma das prioridades de Valéria que só desejava ser rica e abandonar aquela vida humilde que levava com os pais. Felipe retorna à capital e somente após três meses ele volta a reencontrar com Valéria que o aguarda ansiosamente com a certeza que sua felicidade depende do dinheiro que Felipe possui. Obviamente, Valéria descobrirá que os valores morais e o amor da família estão acima de qualquer bem material e que a cobiça pode ser bem traiçoeira.

Como eu dizia anteriormente, os romances espíritas se assemelham muito no que diz respeito ao conteúdo apresentado. Em todos eles, os personagens sofrem exacerbadamente e pensamos que tal sofrimento não vai ter fim. A inveja, a maledicência, o ódio, a perversidade, o ciúme, ou seja, todos esses elementos são muitos marcantes e definem seus personagens. Temas como homossexualidade, preconceito e alcoolismo são debatidos e esclarecidos à luz do espiritismo. Podemos compreender com mais facilidade o motivo de tantas mazelas existenciais. Mas o que de fato define a qualidade de um romance espírita é a maneira como o autor consegue envolver o leitor com a narrativa e, Amadeu Ribeiro sabe muito bem como alcançar esse objetivo. Sua linguagem é simples, objetiva e coerente. Porém, a estrutura da narrativa e seu desenvolvimento deixaram a desejar em relação aos demais romances.

A história é muito boa, os personagens nos cativam, mas o desencadeamento da história em si e seu desenlace fora precipitado. Acredito que o autor poderia ter explorado mais o acontecimento de determinadas situações conflitantes que exigiam mais dos personagens. Em muitos momentos, os desdobramentos acontecem rápido demais, como em um flash. Outro ponto que vale ser ressaltado é a presença do narrador- onisciente que interfere em determinadas situações que não lhe competem. O narrador interfere ao longo da narrativa com a intenção de participar o leitor de algumas considerações importantes, porém essa intromissão fora totalmente equivocada em alguns trechos.

Sendo assim, o livro pode ter uma linda história, personagens cativantes, um desfecho surpreendente, porém se não houver uma narrativa bem estruturada e não obedecer a regras primordiais para seu bom desenvolvimento, o trabalho do autor pode ser prejudicado. Por esse motivo simplório, porém fundamental, A Visita da Verdade não receberá as devidas cinco estrelas. No mais, o livro é impecável. A editora Vida e Consciência sempre tem muito cuidado em suas publicações com uma belíssima diagramação e qualidade incontestável.

De qualquer maneira, vale a leitura. Vale cada ensinamento, pois os romances espíritas tem essa capacidade de envolver e emocionar o leitor com suas mensagens.

site: http://www.cacholaliteraria.com.br/2013/09/resenha-visita-da-verdade-amadeu-ribeiro.html
comentários(0)comente



Natalia 28/08/2013

Resenha produzida para o blog Perdidas na Biblioteca
Este é o segundo livro que leio de Amadeu Ribeiro, e confesso que me surpreendi.
Eu já li muitos livros de romances espíritas, mas até o momento, nunca tinha lido um livro que abordasse temas tão polêmicos. Este livro é pra quebrar todos os tabus que possamos ter.
Valéria, nossa protagonista, tem o sonho de ver seus quatro filhos felizes, mas, devido a sua crença de que o mais importante é o dinheiro, ela acada se tornando uma mulher fútil e arrogante.
Além disso, ela é controladora, e não permite que seus filhos vivam as próprias vidas. Mas eles crescem e uma rebelião contra Valéria começa.
Cada filho irá ensinar uma lição a ela ao longo da história, tentando fazer com que a mãe se transforme em uma pessoa melhor.
Mas, por quê você disse que esse livro quebra tabus?

Primeiro porque eu nunca tinha lido um livro espírita que trata sobre o assunto da homossexualidade. Vou deixar um coisa bem clara: não sou espírita. Sou considerada... curiosa... simpatizante. Meu marido é espírita, e encontrei nesse tipo de leitura uma forma de entender mais sobre as crenças dele.
Então, eu sempre me perguntei: "Como a homossexualidade é vista pelo espiritismo?"
Tive minha pergunta respondida neste livro.

Segundo, porque ele trata de outro tema bem polêmico: a união de pessoas com uma diferença muito grande de idade. (Tipo, um garotão de 20 anos e uma mulher de 53!).
Só pelo fato de sair do "lugar comum" trazendo essas duas discussões, o autor e o livro já ganharam a minha simpatia, mas ele ainda conseguiu colocar esses temas em uma história envolvente.

É impressionante a quantidade de reviravoltas que tem nessa história. A menina que você até pouco tempo achava chata e malvada, você descobre que na verdade, é uma pobre coitada explorada pelos outros. Aquele casal que você acha fofo e torce por um final feliz... pode não ser tão feliz assim... é quase impossível prever o que vem nos próximos capítulos. Reparem que eu disse quase, pois o final da história eu consegui descobrir como seria.

A leitura flui com facilidade, a diagramação do livro é muito boa (com letras um pouco maiores do padrão) e a capa é muito bem feita, com letras douradas e um pequeno auto-relevo.

Essa leitura é super recomendável para que esta a procura de histórias emocionantes e que lhe tragam um aprofundamento no espiritismo. Fica a dica!

site: http://perdidasnabiblioteca.blogspot.com.br
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4



logo skoob
"A rede social é perfeita para amantes da leitura"

Blog do Curioso - IG