Faça seu login para ter acesso a todo conteúdo, participe também do sorteio de cortesias diárias. É rápido e gratuito! :) Entrar
Login
Livros | Autores | Editoras | Grupos | Trocas | Cortesias

Um Gato de Rua Chamado Bob

A história da amizade entre um homem e seu gato

James Bowen
Resenhas
Mais Gostaram
199 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |


Fernanda 02/10/2013

Resenha: Um Gato de Rua Chamado Bob
Resenha: “Um gato de rua chamado Bob” narra a história real de vida de James Bowen e de como ele conseguiu passar por várias provações e teve várias segundas chances durante toda a sua trajetória. É comovente adentrar dentro de um universo como este e acompanhar de perto os anseios, medos, alegrias e derrotas de uma pessoa. Ao mesmo tempo em que é difícil analisar os sentimentos de um homem que vivenciou tantas coisas e mesmo assim não perdeu a esperança.

Assim que James conheceu Bob percebeu que havia algo de especial no gato. Ele sempre fora afeiçoado por esses animais, pois sempre fora rodeado por eles, porém percebeu que esse tinha uma personalidade única e exalava uma inestimável confiança. Estando em uma situação difícil, levou alguns dias para que enfim resolvesse levá-lo para casa e assim pudesse cuidar do seu mais novo companheiro. Mesmo assim, ainda tentou descobrir se o gato pertencia a alguém – sem sucesso, felizmente.

Posteriormente, o levou ao veterinário, começou um tratamento, comprou-lhe comida e estava cada vez mais tendo a certeza de que os dois tinham uma forte ligação. No começo, James teve seus receios pois sabia que sendo um gato de rua ele poderia querer ir embora, mas independente disso ele sabia que precisava fazer de tudo para que ele ficasse em boas condições.

Bob tinha seus defeitos como qualquer animal normal, e ainda assim os dois sentiam que se entendiam, talvez pelo fato de já terem confrontado os perigos de viver na rua. Na narração conhecemos boa parte da vida de James Bowen, desde a infância, seu encanto pela música, até os dias mais atuais. Diante de um vivencia complicada e cheia de reviravoltas, o rapaz cresceu desafiando as pessoas e as circunstâncias e ainda começou a trilhar caminhos errados envolvendo drogas.


“Para ajudar a pagar o aluguel, comecei a fazer apresentações de rua em Covent Garden. Não era muito, mas ajudava a colocar comida na mesa e a pagar o gás e a eletricidade. Também ajudava a me manter em equilíbrio. Sabia que aquela era minha chance de mudar a situação. E eu sabia que tinha que a agarrar dessa vez. Se fosse um gato, estaria em minha sétima vida.” Pg.39


A relação de James e o gato se tornou mais livre e verdadeira ao longo do tempo. Tinham uma rotina planejada e se respeitavam em suas próprias particularidades. Porém, em certo momento Bob começou a lhe seguir e foi a partir desse momento que começou a virar o centro das atenções, seja posicionado no ombro de seu dono ou enrolado em algum lugar. As coisas não haviam sido planejadas, mas com certeza tinham um propósito maior.

Era como se o animal lhe passasse outra imagem diante das pessoas ao seu redor. E isso chama a atenção justamente pelo fato de que não há compaixão o suficiente e se há é apenas quando existe um destaque maior favorecendo as cenas. Com o gato, James notou que de uma hora para outra começou a surgir uma interação maior. Em decorrência disso, é perceptível como existe um mundo repleto de injustiças e pessoas frias. Mas a principal abordagem revelada na trama é de como é difícil viver nas ruas, ter que aturar ousadias e maldades do dia-a-dia.

Este livro é um exemplo de que as pessoas, por mais que tenham errado em suas vidas, podem ter a chance de recomeçar e determinar seu futuro. Assim como esse exemplo de James e Bob, são fatos assim que causam mudanças positivas e realizam feitos admiráveis e até certo ponto, sem explicação.


site: http://www.segredosemlivros.com/2013/09/resenha-um-gato-de-rua-chamado-bob.html
comentários(0)comente



Telma Myrbach 29/06/2013

Amizade verdadeira, superação e responsabilidade
para o Livro com Dieta de Isa Miriãn (resenhista do Blog Livro com Dieta)

Bom, se me perguntarem;

- Gostou do livro?

Sem duvida nenhuma vou responder: - Siiiim!

Por que?

Amo gatos, tenho uma paixão sobrenatural por eles,são tão sinceros e tão eles que não consigo explicar (logicamente,tbm curto cachorros, mas meu forte são os gatos)

James é ex-morador de rua, esta em um programa de reabilitação e ganha o pão de cada dia tocando nas ruas de Londres,um cara solitário, buscando um sentido pra vida dele, um algo a mais para existir. E é numa dessas surpresas da vida que ele encontra um gato laranjinha, que insistia em ficar no tapete de um de seus vizinhos do prédio.

Com sua paixão por gatos e vendo que Bob estava um tanto machucado e com uma aparência feia,James resolve dar uma mão para o gato solitário, mas o que na verdade ele não sabia, era que Bob iria ajudar ele em todas e de todas as maneiras possíveis.

É um história linda, de amizade verdadeira, superação e responsabilidade, é impossível não se emocionar e se apaixonar pelo Bob, um carinha simpático, brincalhão, dedicado e fiel.

“A chegada de Bob em minha vida mudou tudo isso dramaticamente. De repente, assumi uma responsabilidade extra.A saúde e a felicidade de outro ser dependiam de mim” (pág. 85)

Uma leitura super gostosa e bem simples, indico a todos que assim como eu amam esses bichinhos, e aos que não tem muita afinidade também acho bacana dar uma lida, esse livro mostra que um gato pode ser tão fiel quando o cachorro.

Com certeza esse livro vale 5 estrelas

Essa resenha foi feita por Isamara Miriãn http://www.skoob.com.br/usuario/632329-isa), para o blog Livro com Dieta:



site: http://livrocomdieta.blogspot.com.br/2013/06/resenha-um-gato-de-rua-chamado-bob.html
Lys 21/11/2013minha estante
Quero ler esse livro! Ainda esse ano! Tem tudo a ver comigo! Amo gatos!! :-)


Daiani 02/08/2013minha estante
aaaaaaaaaaah eu amo gatoos, quando eu vi esse livro eu ja sabia que ele seria a minha cara .. é claro que a resenha me deixa com mais água na booca ainda né!
MALDADE o que essa Isa fez comigo agoora haushaushua
espero tê-lo em breve! \õ.


Najua Almeida 31/07/2013minha estante
Adorei, quero muito ler ele


JeH 31/07/2013minha estante
Ja queria ler este livro, depois desta resenha, quero mais ainda!


Mallu 29/07/2013minha estante
Acho que esse seria um exemplo de livro a ser adaptado para os cinemas. Fugir um pouco da mesmice de filmes com cachorros e mostrar que gatos podem ser tão fieis quanto, além de serem bichinhos lindos, cativantes e fofos.
Tá aí um livro que eu tô querendo muito ler.


day 27/07/2013minha estante
não sabia da promoção mas vi esse livro no supermercado há uns dias atrás mas estava sem dinheiro no momento mas não o tirei da cabeça quero muito lê-lo


Cris 27/07/2013minha estante
Eu conheci a história do livro antes mesmo de saber que ele seria publicado aqui no Brasil através de uma reportagem na Globonews, assim como você adoro gatos e não tem como não se interessar por esse gatinho carismático e seu companheiro, espero poder ler o livro em breve.


Letícia 26/07/2013minha estante
Eu fiquei sabendo desse livro quando meu amigo foi pra Londres e trouxe um exemplar de lá. Demorou um tempo entre ele vir e o livro ser lançado no Brasil, mas acabei não lendo o livro emprestado dele e agora que tem por aqui quero ainda mais KKKKKKK adoro animais e esse livro fez tanto sucesso que quero muito saber a história do Bob!


Gabits 26/07/2013minha estante
todos os comentários q vi sobre esse livro foram positivos, quero ler!


Nathalia 25/07/2013minha estante
Eu sou apaixonada por gatos, e eu acho que esta história me comoverá bastante!


Paulinha 25/07/2013minha estante
Adoro livros que contam histórias de animais ou que envolvam animais! Vi este livro numa vitrine de livraria e gostei só ao ver a capa. Pretendo ler em breve! :)


Cinthia 21/07/2013minha estante
Animais de estimação, principalmente gatos e cachorros são uma terapia. Esse livro deve ser um relato fictício de algo que ocorre a cada dia na vida de muitas pessoas: uma mudança devido a um animal de estimação.


Elis 20/07/2013minha estante
Sou apaixonada por histórias de animais, quero muito ler "Um Gato de Rua Chamado Bob". Os gatos são maravilhosos, são carinhosos e ao mesmo tempo independentes.


Azu 20/07/2013minha estante
Aai, apaixonei por esse livro desde que fiquei sabendo dele!! E aposto que vou amar quando começar a lê-lo!
Quero muito ler, e a sua resenha me deu mais vontade ainda!! ^^


Ariane 20/07/2013minha estante
Preciso ler... Sou apaixonada por gatos sz HUSAHUSHA


Leandro Gunsch 17/07/2013minha estante
Faz muito tempo que fiquei sabendo da história, antes mesmo de ir para as livrarias e estou ansioso para ler este livro.


Fernanda Morais 17/07/2013minha estante
Esse livro deve ser incrível, espero que consiga ler um dia!! ;)


Larissa 16/07/2013minha estante
Já a um tempão estou querendo esse livro *-*


Rafa 15/07/2013minha estante
Sou louca com gato!!! Quero muito ler este livro!!


Mariana 15/07/2013minha estante
AAAAAIINNN estou louca pra ler esse livro! Quero de tudo quanto é jeito, e olha q odeio ler livros sobre animais, tipo marley e eu, ou este, pq sei q provavelmente vou chorar haha :)


Sara 15/07/2013minha estante
Várias pessoas já me falaram desse livro, e pelo jeito ele deve realmente ser incrível!


Pamys 15/07/2013minha estante
Esse livro parece trazer uma história e uma mensagem muito bonita aos leitores. Ansiosa pra ler!!!


Janaína 14/07/2013minha estante
Amo gatos e já tive um com esse mesmo nome, não apenas por causa do gato ou do nome o livro parece ser fascinante, estou ansiosa para ler.


Joane 14/07/2013minha estante
Apaixonada por gatos, tenho certeza que eles nos auxilia e muito nas nossas vidas, são verdadeiros companheiros e a sinopse do livro já me deixou apaixonada, ansiosa para ler.
bjinhos


Vanessa 13/07/2013minha estante
Amo gatos, esse livro deve ser maravilhoso :)


Bruna 13/07/2013minha estante
Desde que estava na cortesia do skoob, que foi quando eu li a resenha, que eu passei a querer esse livro. Ansiosíssima.


Gabriela 13/07/2013minha estante
Simplesmente facinada


Bess 13/07/2013minha estante
Estou louca atras desse livro. Fiquei sabendo sobre a história desse gato (lindo0, mas preciso ler sobre ele.


Lupinas2nino 08/07/2013minha estante
Que lindona a capa. Amo gatos demais.


kathy kristine 07/07/2013minha estante
eu leria o livro sim rsrsrs tambem amo gatos e ja li muitos livros muito bons coma animais


Ana 07/07/2013minha estante
Ai que tudoo!! Linda capa, linda história... Quero um gato de rua chamado Bob :)


Juliana 07/07/2013minha estante
Estou louca para ler esse livro , amo animais , amo, sou apaixonada e tenho gatos. Acho que esse livro tem tudo a ver comigo . Com certeza a história é emocionante estou loca para ler !!!


Fernanda Yano 07/07/2013minha estante
Apaixonada pela capa desse livro!
Adoro livros com bichinhos e esse parecer ser uma história linda e emocionante. Quero muito ler


Maristela 06/07/2013minha estante
Quando vi a capa desse livro pela primeira vez achei que fosse um livro infantil. Depois li algumas resenhas e vi o quanto me enganei e fiquei curiosa e com vontade de ler.


Nathalia 06/07/2013minha estante
Amo animais e me encantei com o enredo do livro. Já estou apaixonada pelo gatinho e quero saber tudo sobre ele. Lindo tema!!


Cacau Scorpioni 05/07/2013minha estante
Sou louca por animais, principalmente cães e gatos. Já li Marley e Eu, que foi o livro mais apaixonante sobre cachorros que já li. Agora me aparece este, Um gato de rua chamado Bob. Tenho uma ligação muito forte com gatos, todos que tive em minha vida, apareceram do nada, me fizeram muito feliz.....lembro de cada um, e cada comida predileta, parece engraçado, mas ainda curto estas lembranças. Hoje tenho um gatinho só , que teve que ficar na casa da minha vó, já que mudei para 900km da minha cidade natal, mas o visito com frequência e minha vozinha e meu tio cuidam muito bem dele. Estou louca para ler este livro, pois acho que vou me identificar muito!


Camila Bico 04/07/2013minha estante
Gostei da resenha. Amo muito animais, nossos eterno amigos, fiéis e companheiros.
Beijos *---*


luluzinhapinkgv 04/07/2013minha estante
Quando vi a capa, achei linda e imaginei que a história seria parecida com a do gato garfield, onde existe um gato muito esperto!
Mas depois de ler sua resenha e outras descobri que é muito mais que isso, esse gato é muito mais especial e eu estou doida pra conhecer essa história!
bjos


Cris Dornelas 04/07/2013minha estante
Super fofa essa história! Adorei conhecer, é bem legal quando você vê umas histórias assim e adorei que virou livro, vale a pena ser contado mesmo.


Igor 04/07/2013minha estante
Não vejo a hora de ler esse livro!!!


Angie 04/07/2013minha estante
Estou muito curiosa para ler esse livro, meu Raul ( meu gato) que foi encontrado na rua, e eu também somos inseparáveis *-*


Bruna Costenaro 04/07/2013minha estante
Nunca li nenhum livro com animais protagonistas, passei longe de Marley e Eu, eu tive um labrador que morreu recentemente e p/ mim é explosivo.
Esse ano entretanto eu estou tentando ler pelo menos um livro de algum gênero que eu nunca li, acho que esse pode ser um deles, já que nunca tive um gato ou terei hehehe.

Miquilisssss


Lu 03/07/2013minha estante
Tenho 6 gatos e amo todos os animais incondicionalmente! Estou muito curiosa pra ler esse livro!


Jess 03/07/2013minha estante
Amo gatos, essa resenha me deixou na expectativa de ler pra saber mais!!


Gabrieli 03/07/2013minha estante
A resenha me deixou super empolgada para ler este livro! Estou ansiosa!


Geruza 03/07/2013minha estante
Gostei bastante da resenha do livro e dos comentários que venho escutado sobre ele. Mas, sinceramente, não gosto nada de gatos. Achei muito fofinho o gatinho da capa e tal, estou morrendo de vontade de ler o livro e quem sabe mude minha opinião.


Alessandra 03/07/2013minha estante
Estou muito curiosa pra ler esse livro!
Parece ser muito bom mesmo! :D


Dieny 03/07/2013minha estante
Tenho um amor enorme por gatos. A resenha me encanta de uma maneira incrível,tenho altas expectativas sobre o livro. Espero lê-lo.


Dieny 03/07/2013minha estante
Tenho um amor enorme por gatos. A resenha me encanta de uma maneira incrível,tenho altas expectativas sobre o livro. Espero lê-lo.


Thai 03/07/2013minha estante
os nossos amigos de 4 patas com certeza são super espertos e mais ainda são capazes de de nos compreender!eu quero muito ler esse livro, é a primeira resenha que tenho a oportunidade de ler, mas a cada dia estou mais curiosa

http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/


Micangel 03/07/2013minha estante
Me fascinei com a sinopse e fiquei apaixonado quando soube da repercussão da história, quando houve uma reportagem numa matéria no ano passado desses dois personagens incríveis.
Creio que qualquer um que ler, sentirá muita emoção. Creio também que não serei diferente!


Rodrigo Lessa 03/07/2013minha estante
Eu adorei esse livro. Tinha ficado em duvida em comprar ele ou outro e acabei comprando o outro. Depois que li sobre esse aqui, me arrependi. Tão boa a relação dos dois, tão fofa, tão amigos! Adorei sua resenha, e esse quote tbm mt bacana. Com certeza mesmo vale 5 estrelas. Um livro bem emocionante!




Saleitura 15/06/2013

Ele era morador de rua e sem qualquer esperança... até que encontrou um gatinho cor de laranja.
Devo dizer que guardo boas recordações das duas gatinhas que acompanharam a minha infância e adolescência. É um sentimento único insubstituível e quando vi na capa do livro aquela imagem do gato BOB fiquei apaixonada antes mesmo de saber detalhes sobre a história.

Um Gato de rua chamado BOB é a história real do autor James Bowen que nos conta sobre como a sua amizade por BOB fez mudar a sua vida, fazer dele um novo homem.
“Deram-me um monte de oportunidades, às vezes a cada dia. Por um longo tempo, falhei em não agarrar nenhuma delas, mas depois, no início da primavera de 2007, isso finalmente começou a mudar. Foi quando fiz amizade com Bob. Olhando para trás, algo me diz que aquela pode ter sido a segunda chance dele também.” Página 9

James nasceu em Surrey,mas passou grande parte de sua infância viajando pela Austrália e aos três anos mudou-se para Melbourne. Seus pais se separam e sua mãe acabou indo morar na Austrália Ocidental indo depois para o Reino Unido retornando quando ele já estava com doze anos. Essas mudanças sucessivas fizeram com que não tivesse amigos, não se adaptasse as escolas e o levasse a uma busca que chegou as piores conseqüências – ao mundo das drogas.

Agora morava em Londres e era um viciado em drogas passando por um processo de recuperação. Estava retornando para sua nova moradia subvencionada quando encontrou Bob pela primeira vez. O corredor estava escuro e ele viu aquele gato laranja enrolado sobre o capacho de um dos apartamentos. No início apesar de ficar preocupado com o bichinho imaginou ser de um dos vizinhos e seguiu em frente acompanhado de sua amiga Belle.

Depois de saber que o gato não era de nenhum morador ele o levou para seu apartamento e logo o batizou de Bob. Estava ferido em uma das pernas e como não dispunha de muito dinheiro, já que trabalhava na rua com seu violão cantando música, levou a um veterinário de uma sociedade de proteção aos animais.

Depois de ter cuidado dele deixou que fosse embora mesmo desejando muito que ficasse. Todos os dias James seguia seu caminho para o ponto que se apresentava.
“Para ajudar a pagar o aluguel, comecei a fazer apresentações de rua em Covent Garden. Não era muito, mas ajudava a colocar comida na mesa e a pagar o gás e a eletricidade. Também ajudava a me manter em equilíbrio. Sabia que aquela era minha chance de mudar a situação.” Página 39

Bob para sua alegria tornou-se seu amigo inseparável e o acompanhava em suas apresentações. Ele chamava a atenção de muitas pessoas que passavam pela rua e com isso começou a conseguir o dobro do que ganhava por dia. Uma amizade que foi se fortalecendo a cada dia. James se preocupava com Bob e não o obrigava a ir com ele trabalhar, mas ele sempre estava ao seu lado. Adorava ficar sentado em seu ombro.

James nos relata o seu dia a dia, os problemas que tem que enfrentar nas ruas, as injustiças e tantas outras aventuras por que ele e Bob passam que vai nos comover muito.

“Ah, merda, disse para mim mesmo, com o coração disparando. Ele se foi. Eu o perdi.” Página 107

Quantos momentos imaginamos que o pior vai acontecer, sentimos pela narração que James nos transmite o desespero porque passou.
“Ver Bob doente exerceu um efeito profundo em mim. Ele parecia ser um gato tão indestrutível. Nunca imaginara que ele ficaria doente. Descobrir que ele era mortal realmente me abalou.” página 164

Tudo isso que vinha acontecendo só serviu para mudar a vida de James. Começou um processo de transformação interior que dava forças e coragem para mudar seu estilo de vida, de ficar limpo, livre totalmente, de não precisar mais ir a cada quinze dias à Unidade de Dependência de Drogas (UDD).

Uma história chocante, emocionante , inesquecível e por demais gratificante. James mostrou coragem e uma enorme força de vontade para alcançar seus objetivos que não eram nada fáceis, mas tudo isso fica mais suportável quando podemos contar com uma amizade verdadeira.

“Eu também me perguntava, às vezes, se Bob e eu havíamos nos conhecido em uma vida anterior. A maneira como nos ligamos um ao outro, a conexão instantânea que fizemos, isso era muito incomum.” Página 233

Leitura e resenha por Irene Moreira
http://www.skoob.com.br/estante/livro/28917159

Link postagem Saleta de Leitura (Resenha premiada)
http://saletadeleitura.blogspot.com.br/2013/06/resenha-premiada-um-gato-de-rua-chamado.html
Elis 09/07/2013minha estante
Quero muito ler "Um gato de rua chamado Bob", sou uma apaixonada por histórias de animais, e a reais são melhores ainda. ?


Edna 06/07/2013minha estante
Coisa mais linda... Já vi que vou chorar!!! Quero este livro!!!


Thicy 30/06/2013minha estante
Quero muito ler esse livro!!
Todas as resenhas que li desse livro foram super positivas e lindas e me deixaram muito interessada nele!!


Tânia Regina 26/06/2013minha estante
Que coincidência! Minha colega que dividia casa tinha um gato dessa cor e o nome dele era Bob. Ela nem ligava pra ele. Virei sua "dona" devido a atenção que ele ganhava de mim. Saudades do Bob.


Andréia 20/06/2013minha estante
Adorei a resenha, mto bem feita...quero mto ler!!!


Vanda Ramos 20/06/2013minha estante
eu quero ler deve ser muito 10


RUDY 20/06/2013minha estante
Irene!
Suas resenhas são sempre bem emocionantes e envolventes.
Adoro enredo com animais e ver James em uma saga árdua e mudança através da força de vontade, é bem estimulante.
Claro que vou ler Bob... obrigada.
cheirinhos
Rudy


Georgia 20/06/2013minha estante
Pela resenha, imagino que ao final da leitura do livro, somos surpreendidos com uma lição de vida de onde menos esperamos!
O mundo dos felinos é cheio de mistérios e curiosidades, fico muito feliz por este livro abrir novos olhares pois muitas pessoas possuem receio quando o assunto é "gato".


luluzinhapinkgv 19/06/2013minha estante
Antes mesmo de ler sobre o livro, eu apaixonei por ele pela capa... que gato mais lindo... parece o garfield. Mas ao ler a resenha me comoveu saber que esse gatinho é tao especial. Louca para ler esse livro
bjos


Ana Lopes 18/06/2013minha estante
Oi Irene , amei a resenha está ótima , super quero esse livro , estou ansiosa para lê-lo *_*


NESSA 16/06/2013minha estante
Oi Irene,nossa adorei a resenha parabéns!
Muito tocante essa história baseada em fatos reais e também a maneira como James Bowen encontra esse gato especial e a amizade inesperada que surgiu,as mudanças que James viveu em sua vida através do companheirismo de Bob.


Rodrigo Lessa 15/06/2013minha estante
Adorei. Esse livro me faz lembrar tanto Marley e Eu, mas isso é coisa da minha cabeça mesmo, porque aliás as historias são bastante diferentes. Gosto que os dois tenham essa segunda chance, isso é muito lindo num livro. O livro deve ser emocionante e bem envolvente, por isso quero muito le-lo, o sentimento deles é tao puro, eu adorei.


Beth 15/06/2013minha estante
Esse livro deve ser lindo.Tem uma história de vida e superação,que todos deveriam ler.


Vanessa 15/06/2013minha estante
Assim como você também tive ótimas recordações ao saber sobre essa história! Preciso lê-la pelo simples fato de me identificar muito com a história. Não que tenha acontecido algo parecido comigo, mas em toda a minha infância e adolescência sempre tive gatos (a) em casa, uma delas uma siamesa viveu comigo por cerca de 10 anos, é o amor mais lindo e puro que existe, até me emociono ao falar!
Estou super empolgada para ler esse livro!
Beijos ;)


Evelyn! 15/06/2013minha estante
Ahh, esse livro deve ser muito lindo!
Adoro gatos, adoro violão, adoro ouvir pessoas tocando na rua!
Quero muito ler! ^^

http://pensamentos-em-in-stantes.blogspot.com.br/




Rafa 26/06/2013

Resenha - Um Gato de Rua Chamado Bob - James Bowen
Eu tenho um grande fascínio por gatos, principalmente porque a companhia que eles nos fazem é inquestionável. Ao pegar "Um Gato de Rua Chamado Bob" para ler pude perceber milhares de situações no qual eu me senti dentro do livro, vivenciando a história do gato Bob e algumas vezes atuando como James. Realmente um livro que nos toca, emociona e edifica totalmente a alma.

O livro conta a história do gato de rua Bob e seu dono James Bowen (autor do livro), no começo parecia mais uma biografia, mas por fim percebi que se tratava de um relato emocionante. Tudo começa em 2007 nos principais bairros de Londres. James estava na reabilitação, tentando se livrar do vício da heroína, sua vida nas ruas era uma rotina chata que para ele tanto faz tanto fez, até que um dia ele encontra Bob, todo sujo e maltratado, sem dono e sem destino. James sabia lá no fundo que Bob era um gato de rua, a história dele é enigmática, mas depois de um tempo ele se apaixonou por ele, o registrou como seu dono (ou família) e tão logo estava fazendo companhia nas ruas, visto que Bob adorava ficar no pescoço de James.

Ninguém estava interessado em mim, é claro. A primeira coisa que diziam quando nos viam novamente era: "Como Bob está hoje?". Ninguém nunca perguntava como eu estava. - Página 151

A relação dos dois é de pai e filho, James cuida de Bob e Bob cuida de James, como se cada um se apoiasse no outro quando precisasse. James tem uma dedicação especial para com o gato, essa atenção tão estranha entre os dois me incomodou algumas vezes, acho que hoje em dia é difícil gato se entrosar tanto assim com nós, seres humanos. Mas Bob é um gato especial e inteligente, seu passado é um mistério para todos os leitores, como já disse, mas isso não importa muito, James não liga para isso também, os dois estão juntos agora, crê ele pela força do destino.

Uma história sobre amizade que nos faz acreditar que o amanhã será melhor. Sabemos que tem as dificuldades, as crises e etc., mas uma coisa que não podemos deixar de fazer é de ser humilde. Bob não fala, ele só existe e se movimenta, suas atitudes e sua figura é que o faz ser especial, ele é humilde também porque reconhece que precisa de James, assim como ele também precisa de Bob.

Talvez por se tratar de um relato o livro não tenha me agradado tanto quanto previ, sou mais do tipo emocional, o livro em si foi feito para emocionar, claro, mas eu não consegui me envolver com a história. Achei o final bem rápido e torci nas últimas páginas para que eu fosse ter uma "convulsão" de choro, mas não. Talvez com outros leitores a sensação ao terminar o livro tenha sido diferente. O que acho legal destacar para que os leitores saibam, é que o livro não trata só da história do Bob em si, mas engloba com a de James que é a que tenta nos emocionar mais.

Os gatos são notoriamente exigentes a respeito de quem eles gostam. Se um gato não gosta do dono, ele sai e encontra outro. Gatos fazem isso o tempo todo. - Página 84

Vale a pena ler? Sim, vale. Só não vai com muitas expectativas assim como eu, é um livro curto e fácil de ler, James escreve com maestria em 1ª pessoa e nos faz sentir dentro da história. Um livro que eu recomendo para todos os tipos de leitores, seja você criança, seja você adulto, posso até estabelecer que este é um livro pra toda família.
Rafa 12/09/2013minha estante
Entendo seu ponto de vista Milla, mas foi justamente Bob que me cativou, fazendo com que a repetição de Bowen não atrapalhasse em nada. =D


Milla 12/09/2013minha estante
Olá, tenho um gatinho e não duvido que o Bob seja inteligente e especial, meu gatinho é diferente também. Mas, como você, não consegui me conectar com a história, fiquei envolvida numa aura de ceticismo e o Bowen é muito repetitivo. Achei o livro cansativo, confesso.
Acredito que o Bob tenha salvo e mudado a vida do Bowen, mas o livro devia ser melhor escrito. Sentia que ele se prendia muito a umas coisas tipo "será que o gato vai enjoar de mim? será que isso é uma lembrança da sua vida antes de mim?".




spoiler visualizar
comentários(0)comente



199 encontrados | exibindo 1 a 5
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |



Publicidade


logo skoob beta
"Skoob é uma rede colaborativa brasuca que eu acabei de conhecer e estou fascinada"

Blog - Sedentário & Hiperativo