Claro que Te Amo!

Claro que Te Amo!
3.55078 768



Resenhas - Claro que Te Amo!


89 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Dani 10/03/2016

Resenha: Claro que te amo!, Tammy Luciano
Piera tem dezenove anos, é jovem mas teve uma vida marcada pelas inseguranças e abandonos. Sua mãe abandonou-a depois de seu nascimento, colocando-a aos cuidados somente do pai, e seu namorado por seis anos e noivo, André, acabou de terminar com ela, sem mais nem menos. E o pior é que ela descobriu que ele não só tinha outra garota, como também recebia ajuda da família para escondê-la.
Agora Piera está assistindo ao casamento de André para, mais ou menos, dizer ao seu cérebro que acabou e aceitar a realidade, que um relacionamento de seis anos teve fim. Ela se sente desolada, mas a vida pode lhe trazer muitas surpresas.
Depois de ver tantas pessoas comentando positivamente sobre a Tammy Luciano, finalmente fui conferir uma de suas obras. Atraída pela diagramação linda de Claro que te amo!, com borboletas e flores, sofri uma enorme decepção.
A narrativa é em primeira pessoa, e Piera é simplesmente a personagem mais irritante deste livro. Tudo bem que ela sofreu bastante, todo mundo sofre, mas ser uma pessoa que pensa que a vida é só isso, que toda pessoa que ela conhecer vai fazer o mesmo com ela? Que qualquer problema que ela tem é o fim?! Isso é o cúmulo da auto-piedade. A protagonista parece que gosta de sofrer! Mesmo com o ex-noivo tendo abandonado-a e se casado com outra, ela ainda fica remoendo a história deles, mencionando a todo capítulo como tudo acabou o quanto está magoada. Drama sem fim.
Piera também me irritou por nunca tomar uma atitude, ficar sempre cômoda. Por exemplo, várias vezes ela namorava não gostando da pessoa, não terminava somente pela sensação de estabilidade. Além disso, a protagonista era sempre muito infantil. Sinceramente, gostei muito mais de outros personagens, como suas amigas e seu pai, que ela mesma.
Uma coisa que eu não entendi foi o título. "Claro que te amo!" é a frase de André quando ele terminou com Piera. Por que colocá-la como o título do livro? Não é atribuir importância demais á ele, que foi tão desprezível o livro todo?!
Foram poucas coisas que gostei neste livro. De fato, a escrita da autora é bem leve e fluída, e gostei dos assuntos abordados; família, perdão, a forma como as pessoas podem sabotar a elas mesmas sem perceber, como tudo acontece em algum momento...
Mas, de forma geral, foi uma leitura que me irritou muito e não recomendaria este livro, nem leria de novo.

site: http://cookiescreamandmint.blogspot.com.br/2014/10/resenha-claro-que-te-amo-tammy-luciano.html
comentários(0)comente



Paraíso das Ideias 08/03/2016

lá pessoas lindas que me leem...
Hoje vamos dar continuidade a Maratona Nacional!!1 Essa é a resenha da terceira obra lida na semana...E hoje vou falar um pouco da Tammy Luciano, mais uma das fofas escritoras nacionais, que tive o prazer de conhecer na Bienal do Livro esse ano, aqui em São Paulo.

Essa é a primeira obra que li da autora em destaque, e confesso que me apaixonei..
Vamos saber um pouco mais de Claro que Te Amo!?

No livro conheceremos Piera, ( Nome diferente né? rsrs), uma jovem de 19 anos, confusa que só ela! Piera foi abandonada pela mãe quando tinha apenas um mês de vida, e foi criada pelo pai, um exemplo de homem que deveria ser seguido por todos!! Ela faz faculdade de arquitetura e trabalha com o pai em seu escritório no Rio de Janeiro.


As piores feridas são aquelas abertas sem querer, em um ato de desamor que o outro carrega sem culpa. Minha dor tinha forma e tamanho, doía muito, incomodava, e nada, absolutamente nada se resolveria em pouco tempo.

O livro é narrado em primeira pessoa, veremos a história de Piera contada por ela mesma, o que torna a relação com os sentimentos da protagonista, uma coisa pura e clara.

Logo no inicio do livro, já nos deparamos com uma situação bem contraditória... Piera esta assistindo escondida ao casamento de seu ex namorado! Na minha opinião um ser desprezível, que depois de manter o relacionamento por seis anos com a nossa protagonista, terminou com uma medíocre frase:

"Descobri que não te amo mais, mais tarde eu volto!"

Piera esta sofrendo, e após esperar por um ano pela volta de André, ela resolve passar por essa situação, pra afinal, se desligar desse canalha.Já que ela chegou a triste conclusão de que, enquanto parou sua vida, ele estava dando continuidade a dele, realizando o sonho que era dela, com alguém que tinha tão pouco tempo na vida dele!!

Pietra possui três amigas incríveis, De, Drê e Re... Cada uma com sua personalidade marcante e seu jeito diferente de ver a vida.Mesmo sendo personagens secundárias, elas são marcantes e dão vida a história.

Mas eis que depois de passar 19 anos sem uma figura materna em sua vida, para lhe acompanhar e ensinar aquilo que somente as mães podem nos passar, Dona Cecília, a mãe de Piera resolve ressurgir das cinzas, balançando a vida de Piera e colocando tudo de cabeça pra baixo.

Ela esta muito doente, e Piera descobre que sua mãe, que nunca foi mãe sofre de esquizofrenia... Mas essa noticia é dado por Marcelo, o quase médico da clinica de repouso super gato, que vai entrar na vida de Piera pra trazer felicidade pra esse coração sofrido.Ou seja, mesmo que a aparição de sua mãe tenha sido algo bombástico, ainda mais levando em consideração o momento por qual Piera estava passando, ainda sim, sempre existe algo de bom, e a estória nos faz crer que nada esta perdido.

Daqui pra frente a estória começa a ficar emocionante e cheia de mistérios. Piera vai ter que lidar ao mesmo tempo, com o abandono de André, a aparição de Marcelo, e ainda decidi se aceita ou não, a mãe de volta em sua vida!!!
Muita coisa pra se pensar ao mesmo tempo, acho que eu teria entrado em surto, sério!

Amei o livro, a escrita da Tammy é suave e bem gostosa, li em dois dias!!! Confesso que por manter contato direto com a escritora, ao ler algumas frase da Piera, como por exemplo : " Rose era uma querida", me sentia como se fosse a própria Tammy que estive me contando sua estória... E esse contato e carinho, não tem preço!!!

Confesso também, que achei que era confusa, mas Piera tem o dom... Ela conseguia fazer e tomar as atitudes erradas, mesmo sabendo que eram erradas!! E em alguns trechos do livro ( a maioria rsrsrs ) eu tinha vontade de entrar na estória e sacudir ela rsrsrsr.Ainda bem que as meninas faziam isso por mim kkk.
Eu sei que adolescentes são confusas, mas ela é a rainha kkkkkk

Me identifiquei demais com Piera, tanto em seu abandono, que no meu caso veio do lado paterno ( é! não tenho pai ), como seus traumas com relacionamento... Seu medo de se envolver e ser abandonada, de apostar todas as suas fichas e de novo dar errado.E isso se torna pior quando ela conhece Marcelo!

Marcelo é um fofo, e tem uma paciência de Jó com nossa protagonista! Seu apoio a todos os problemas dela são fundamentais, e não só o dele, como o apoio do pai da Piera e de seu trio parada dura de amigas!!!

Mas Piera é muito cabeça dura, e seu medo se torna seu melhor conselheiro quase que a história inteira. Ela esta sempre comparando Marcelo com André e tentando medir as atitudes com medo de se machucar. Isso foi uma coisa que aprendi a duras penas e que a Tammy ensina no livro, é preciso se deixar machucar para descobrir a real felicidade!!

Se um dia eu conheceria alguém especial? Honestamente me achava ocupante do time das sem sorte. Por mais legal que o cara parecesse, um dia conheceria um lado diferente dele muito ruim.Não fazia muitos planos quanto a conhecer o homem da minha vida, quanto a um dia descobrir o verdadeiro amor e ser feliz para sempre. Enqunto metade de mim agradecia ter perdido André, a outra metade tentava entender por que ele dera certo com outra garota.

Cheguei a determinado pedaço do livro em que achei que ela ia jogar tudo pro alto e ficar só,e muitas vezes ela faz isso, mas o pior, era ver a todo momento, ela pensar no crápula que não merecia mais um pingo do sentimento dela, ficar revivendo momentos e tentando entender as atitudes dele, sua traição e seu abandono.

Também consegui ver e entender as diferentes declarações de "Claro que eu Te Amo!", já que ela ouve isso de várias pessoas, e cada uma com seu sentido próprio, fazendo assim com que o titulo do livro seja perfeito e coerente para a estória!!!


Ao ouvir esse Claro que Te Amo! você terá certeza da força que ele tem para te tirar das profundezas e te fazer renascer.
Somente quando nos encontramos com o amor verdadeiro, entendemos quem somos.

A estória é emocionante e cativante... E não preciso dizer que amei o trabalho da nova conceito né? As folhas são todas desenhadas com borboletas e corações, um mimo!! E o fato de eu ser loucamente apaixonada por borboletas nem me influenciou no amor pela obra, que cita varias vezes esse inseto magnifico kkkkkkkk.

Eu realmente espero que vocês gostem como eu gostei da obra, e que assim como eu e outras colegas estamos fazendo, abram um espaço na sua estante para os nossos autores nacionais, porque eles são maravilhosos.

Os livros são maravilhosos!! As estórias são inebriantes e os finais? Sem palavras!!!

Prepara os lencinhos.. eu chorei horrores! O final é lindo, e pra mim a Tammy esta de parabéns... Eu não esperava um final tão comovente e cheio de amor!!

É isso!! Se eu falar mais... vai virar spoiler kkkkkkk

E aí curtiram? Já leram a obra? Vem dividir comigo sua opinião!!!

Super bjokas e até a próxima, que será Belleville - Felipe Colbert ;)

site: http://paraisodasideas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



gabbsqueiroz 16/01/2016

Claro que te amo!
"Claro que te amo" chamou a minha atenção tanto pelo título quanto pela sinopse, achei... diferente e fiquei curiosa. Mas confesso que logo de início não me empolgou tanto, principalmente por ser meio monólogo... ou talvez essa não seja a melhor palavra... acho que soa melhor se eu disser que dá pra se sentir lendo um diário. É isso!
A mocinha, Piera, acabou de sair de um relacionamento conturbadíssimo e sua desilusão amarosa parece não ter fim, tanto que fiquei um pouco cansada de ver que volta e meia ela mencionava o ex, ou o comparava com todo mundo. Mas ela também tem amigas maravilhosas que não a deixam pensar o pior de si mesma, e tem um pai mais maravilhoso ainda. Sério, o cara é um paizão!
Mas enfim, quando a Piera está tentando recolocar sua vida nos eixos, eis que a sua mãe reaparece, depois de 19 anos sumida e bagunça tudo, deixando a filha ainda mais dramática e chatinha... Houve momentos em que eu tive muita vontade de dar uma sacudida na Piera e gritar "ACORDA, PELO AMOR DE DEUS!" mas achei quem fizesse isso por mim.
"- Desculpa, Piera, mas você acha que só sua vida foi dura… Tem horas que você só pensa nisso! Só pensa em você, nos seus problemas, nas suas descobertas, nas suas reflexões… E os outros? Que papel têm os outros na sua vida?"
Quase gritei, levantei e aplaudi depois de ler isso, não estou mentindo. Mas tá, continuando... Eu diria que a aparição da mãe de Piera, apesar de trazer fantasmas do passado, também lhe trouxe o seu melhor presente: Marcelo.
Ah, o Marcelo! ♥ A melhor pessoa, junto com o pai dela, dessa história. Em seguida vem as amigas da Piera... e sim, ela fica em último.
O Marcelo foi uma grata surpresa, e sinceramente, acho que ele merecia receber um prêmio porque a paciência que teve para aturar os dramas da Piera não é pra qualquer um.
Não quero dar spoilers, então vou parar por aqui. O livro é muito bem escrito, e posso dizer que gostei do final...
"Somente quando nos encontramos com o amor verdadeiro, entendemos quem somos."
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ruiva Literária 30/03/2015

Resenha: Claro que te amo
Como dito acima, há uma novela mexicana praticamente. Em minha opinião, pude presenciar o sentimento da leitora que ela tentava nos transmitir e a aflição que a personagem tenta mostrar. Seu amor insuportável, aquele amor em abundancia e aquele medo gigantesco de sofrer, de ficar sozinha um dia. O livro nada mais é sobre sua duvida se todos os homens são iguais o André, seu ex que conviveu consigo a 6 anos e depois de tanto tempo, vem se casando com uma desconhecida com menos de 1 ano de namoro. A cabeça de Piera apenas há esse sentimento incrédulo de que seu ex amor, seu ex namorado, seu ex homem esta justamente casando com uma qualquer. O livro todo é assim, ela decorrendo com seu pai para ver se ele também é assim, se todos os homens são iguais, se todos são cafajeste e enfim, há um final bem interessante. Esse livro me deu muitas lições, não contra os homens, claro que muitas coisas que a autora tentou nos ensinar foram meras idiotices... Porém, eu realmente gostei da formalidade e ao mesmo tempo da informalidade que a personagem tem. No começo do livro já pude dar algumas risadas e ao mesmo tempo fiquei aflita por ela estar no mesmo casamento, no casamento de seu ex. Esse livro é extremamente bipolar, hora ela ta bem, hora ela ta possessiva. Hora ela ta frustada, hora ela ta pensando em diversas coisas mirabolantes. Seu pai coitado, és o único que terás que aguentar. Eu achei essa personagem realmente muito infanto, muito fraca de cabeça, sem nenhuma maturidade pois além de sua idade ser tão pequena (apenas 19 anos), suas atitudes e seus pensamentos são beeeeeem complicados de serem aceitos....Todavia, é um livro bem interessante de ler, de pensar se isso é realmente justo a se fazer ou se aquilo foi o certo.

site: http://ahoradocafeliterario.blogspot.com.br/2015/03/titulo-claro-que-te-amo-autora-tammy.html
comentários(0)comente



Tati 27/03/2015

Fraca!!!
Quando você ler o titulo do livro logo pensa nossa deve ser uma historia de amor e tanto...Quando começa a ler o primeiro capitulo ate se comove com a situação da mocinha...Mais vou te dizer nunca vi uma mulher tão fraca como essa.
A autora pecou muito nas lamentações dela. Deu muita importância para coisas que não tinha tanta importância e o pior de tudo pegou o que ela tinha mais de verdade na vida dela e transformou em uma mentira. No fundo Piera era igual sua mãe fraca e doente porque suas emoções oscilavam muito, e qual a culpa dela??? Nenhuma... Péssimo livro, leitura cansativa.
Amanda 21/01/2016minha estante
Também tô achando muito fraco, sem graça. Já pensei em desistir, até li o final, pra ver se valia a pena (coisa que nunca tinha feito), mas nem ele me convenceu. Viu tentar mais um pouco, senão eu pego o próximo.




Aninha 11/03/2015

O pior
Infelizmente esse livro não me conquistou, no começo achei ele detalhado demais,demais, demais, a Piera dando uma de louca indo no casamento do ex noivo com quem passou 6 anos, ela passa o livro todo falando isso - 6 ANOS - gostei de todos os personagens do livro menos da Piera que é a protagonista, Ô garota Irritanteeeeeee, chorona, se faz de coitada o livro todo, só porque a mãe abandonou e o ex terminou com ela, ela acha que o Marcelo, que é o cara que faz de tudo por ela, vai abandonar ela e adivinha? ela que acaba com ele SEMPRE! AAAAAVÁAAAAA!!! não via a hora de terminar o livro, sei que tem muita gente que abandona e para de ler, mas tipo, TÔ PAGANOO!! então li tudo! Até a própria Piera falando que ela é burra me dava raiva, ela fazia trabalho social em um lar para crianças e parece que não aprendia nada, tanta gente pior que ela e ela e AAAAAA NÃO APRENDEEEE MENINA!!! dava vontade de entrar no livro e dá uns tapas nela pra ver se ela acordava, sério gente tive muita raiva, até quando o Marcelo pede ela em casamento a menina ainda fica Pensando! com'assim? ela tava com medo que o cara abandonasse ela e quando ele pede ela em casamento ela ainda fica pensando? Não gente sério. Nunca mais leio ele e não indico, mas quem gosta de sofrer e ter raiva fica a vontade!

Fiz a resenha completa no blog

site: http://www.byanak.com.br/2015/03/livro-claro-que-te-amo-tammy-luciano.html
Ellen 12/03/2015minha estante
Depois dessa sua resenha revoltada kkk até tirei da minha estante


Aninha 13/03/2015minha estante
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Lili 31/10/2015minha estante
Acabei de desistir de ler!com certeza deve ser chato,e nao serei teimosa outra vez,todas as vezes que teimei em ler um livro considerado insuportavel por muitas me estrepei!!!!!KKKKKKK




Julio Roberto 04/01/2015

uma historia, uma familia
Achei emocionante e empolgante, pois me envolvi com a historia que foi contata em apenas 3 dias, grande trabalho de reflexao, envolvendo o valor de uma familia atuante, mesmo nos momentos adversos, uma otima leitura
comentários(0)comente



Livia 02/01/2015

Graças ao muitos eventos literários que frequento, sempre recebo muitas indicações de amigos sobre novos autores que eles acreditam que eu irei gostar. Dessa vez uma amiga me indicou a autora brasileira Tammy Luciano, a qual possui vários livros, mas como eterna romântica que sou, minha amiga me indicou o quinto livro dessa autora, chamado Claro que te amo!. Fui pesquisar e fiquei super interessada na sinopse e decidi que esse livro seria o mais novo morador da minha estante, porém, como simples universitária, não posso comprar tantos livros quanto gostaria (eu leio mais rápido do que ganho dinheiro hahaha), mas a vida é uma caixinha de surpresas, quando decidi ir à um evento não sabia que iria não só conhecer pessoalmente a fofíssima e talentosa Tammy Luciano, como ganharia o Claro que te amo! em um sorteio e teria a oportunidade de conversar, tirar foto e pegar um autógrafo lindo *-*. Fico felicíssima de o destino ter conspirado para que eu lesse esse livro incrível e tivesse a oportunidade de resenhar, então aqui vamos nós!

Claro que te amo! conta a história de Piera, uma moça de 19 anos que vive com seu pai e foi abandonada pela mãe quando era pequena. Há um ano ela ouviu do noivo André com quem tinha um relacionamento de 6 anos a seguinte frase “Eu descobri que não amo mais você. De tarde volto aqui.” ele sai e nunca mais volta. WHAT?? E agora, esse noivo que um dia fez parte de todos os seus planos está se casando com outra. Piera que sempre foi insegura e preocupada com a pena e a compaixão que ela acredita que as pessoas tem por ela por ter sido abandonada pela mãe, toma uma decisão para tirar de vez o peso desse encosto que é o André de suas costas: assistir ao casamento dele, escondida na porta da igreja ente um muro e um arbusto.

“Eram 19 horas em ponto quando notei que o carro tinha chegado. Imaginei como ela estava feliz e entendi aquela felicidade como minha. Aquele sentimento tinha muito de mim. “Ei!”, eu gritaria. “Desça desse carro, tire esse vestido, me entregue seu sorriso porque essa vida parece ser sua, mas deveria ser minha.” “

A experiência é desagradável, mas permite que Piera encerre de vez essa fase e parta pra outra. Ela decide que é hora de recomeçar, mas como fazer isso se está sofrendo tanto? Por indicação da amiga Denise (Personagem incrível! Queria um livro só sobre ela!) ela se envolve com Guilherme, um homem mais velho e à princípio maduro e gente boa, mas que depois de um curto tempo se mostra rancoroso com a ex-esposa e adepto de aventuras um tanto peculiares (quem leu sabe!). Com as diferenças entre eles se mostrando cada vez mais evidentes, Guilherme toma a iniciativa de terminar o relacionamento, abalando ainda mais a auto estima de Piera.

“Se tivesse terminado com André não me sentiria tão pequena. Se tivesse terminado com Guilherme não me sentiria tão superficial.”

Em meio à tantos acontecimentos, vem a cereja do sundae: a mãe que abandonou Piera quando era um bebê resolve aparecer, doente e transtornada querendo se reaproximar da filha. Mesmo gerando muitos conflitos, essa aparição serviu para algo muito bom, introduzir Marcelo na vida de Piera, ou melhor, moça Piera. O jovem médico aspirante à psiquiatra, gentil, fofo e extremamente lindo, trabalha na clínica onde a mãe de Piera, Cecília, está internada e se mostra interessado nela desde o princípio. E é assim que eles se conhecem, quando a jovem decide visitar a mãe acompanhada do pai.

Durante o resto do livro, Piera e sua mãe passam a ter mais contato e algumas coisas são explicadas, como os motivos de Cecília ter abandonado a filha, e em todos os momentos Marcelo está ao lado de Piera. Eles ficam bem próximos e apesar da inclinação da moça Piera à sabotar a própria felicidade as coisas se resolvem. Não vou me aprofundar muito pois não quero dar muitos spoilers pra quem ainda não leu.

O fim do livro é perfeito, capaz de fazer suspirar e se emocionar até o mais contido leitor. A leitura é bem leve e extremamente agradável, os diálogos são interessantes e eu amo o fato de o livro ser ambientado no Rio de Janeiro, ter estado em todos os lugares por onde os personagens passam nos aproxima do mundo que a autora criou pra eles e deixa a história mais real. Em muitos momentos fiquei irritada com a Piera, nunca vi alguém querer tanto estragar o próprio ‘felizes para sempre’, nesses momentos eu procurava me lembrar que ela tem apenas 19 anos e um passado bem complicado que torna compreensíveis as suas inseguranças e medos.

Por último, quero dizer que Marcelo entrou pro meu Hall de Namorados Literários que reúne os homens dos sonhos de toda leitora (ao lado Ryan Sullivan, Gabriel Owen Emerson, Rush Finlay, Aidan Fitzgerald, Edward Cullen, Christian Grey, Gideon Cross, Leonard Clarke e muitos outros) e destacar minha quote favorita do livro, que pertence à amiga de Piera, Denise, que um dia em uma conversa casual sobre sua auto confiança disse:

“- Amiga, isso é um tipo que eu faço. Para passar essa ideia de mulher forte, de poderosa e de integrante do quarteto fantástico. Na verdade, não sou isso, mas sei lá, sempre fui grandona, as pessoas esperavam isso de mim. Nunca tive o direito de ser a fraquinha, a romântica ou a frágil do grupo.”

O motivo de eu ter gostado tanto dessa quote é que ela mostra como as aparências enganam, mostra que o modo como as pessoas te tratam pode moldar o seu comportamento. Toda ação tem uma reação, às vezes, para evitar constrangimentos e julgamentos, agimos do modo que o mundo a nossa volta espera que nós devemos agir. Fica a reflexão! Parabéns Tammy Luciano! Amei o livro, super recomendo, Claro que te amo! deve estar na wishlist de todos e com certeza lerei os outros livros da autora, meu próximo alvo é Garota Replay.

site: https://algorithmyth.wordpress.com/2014/09/12/claro-que-te-amo-tammy-luciano-resenha/#more-1259
comentários(0)comente



umaleitoranonima 11/12/2014

Decepcionada!
~SEM SPOILER

Piera é uma garota de 19 anos que não tem sorte no amor. Após 6 anos de namoro com seu noivo André, ele decide acabar com o relacionamento sem ao menos dizer o motivo. E como se isso não bastasse, depois de um ano do rompimento, sua mãe, que a abandonou quando tinha um mês de vida, resolve aparecer. Só que ela não esperava ver dona Cecília com uma depressão profunda e esquizofrênica, internada em uma clínica.

Portanto, sua mãe pode ser de grande ajuda para mudar seu destino. Ainda com receio de encontrar pela primeira vez quem a largou por dezenove anos, ela resolve ir visitar Cecília com seu pai, aquele quem teve que fazer o papel de mãe também em sua vida. O que ela não esperava é que iria ficar encantada pelo doutor clínico chamado Marcelo: o moreno de olhos azuis-verdes.

Marcelo a ensina a amar novamente. Com atitudes confiantes, ele mostrará para Piera que ela poderá ter um namoro com uma pessoa que tenha um sentimento verdadeiro por ela. Só que seu coração ainda está machucado, fazendo com que não se entregue totalmente. Além disso, sua mãe sai da clínica e ela é avisada disso por somente cartas. Isso faz com que seu receio volte e acabe com o seu namoro. Será que ela tomou uma atitude precipitada? Suas incertezas voltam com tudo.

E ainda, sua mãe guarda segredos sobre o real motivo do abandono. Piera terá que se resolver com o passado e encarar o futuro. A vida a obrigou a ter maturidade desde os 5 anos, época em que começou a cuidar da casa, fazendo o papel de mãe. Agora, ela deverá resolver seu namoro. Sua confiança voltará?

Eu esperava mais por esse livro. Ultimamente, tenho colocado todas as minhas apostas em autoras nacionais, mas a Tammy me decepcionou. Mesmo sua escrita sendo leve, os personagens principais que ela criou foram fora da realidade demais (como Marcelo) ou imaturo ao extremo (como Piera). Fiquei me questionando como uma menina em fase adulta consegue ter tantas atitudes que nem uma adolescente é capaz de ter.

Além disso, várias pessoas que eu conheço julgaram o livro pela capa, não o comprando para ler. Sinal de que há alguma coisa errada, não é mesmo? Sinceramente, eu também não gostei da capa e da edição das páginas. As borboletas não ficaram boas para uma primeira impressão.

Mesmo reclamando pra caramba do livro, tive que dar três estrelas porque é uma história que tem um bom significado por trás. Uma história que se a personagem não se fingisse tanto de coitada, teria ficado realmente boa e me ganhado.

site: http://umaleitoranonima.blogspot.com.br/2014/12/claro-que-te-amo-por-tammy-luciano.html
comentários(0)comente



KELLY 27/11/2014

No livro conheceremos Piera, ( Nome diferente né? rsrs), uma jovem de 19 anos, confusa que só ela! Piera foi abandonada pela mãe quando tinha apenas um mês de vida, e foi criada pelo pai, um exemplo de homem que deveria ser seguido por todos!! Ela faz faculdade de arquitetura e trabalha com o pai em seu escritório no Rio de Janeiro.


As piores feridas são aquelas abertas sem querer, em um ato de desamor que o outro carrega sem culpa. Minha dor tinha forma e tamanho, doía muito, incomodava, e nada, absolutamente nada se resolveria em pouco tempo.

O livro é narrado em primeira pessoa, veremos a história de Piera contada por ela mesma, o que torna a relação com os sentimentos da protagonista, uma coisa pura e clara.

Logo no inicio do livro, já nos deparamos com uma situação bem contraditória... Piera esta assistindo escondida ao casamento de seu ex namorado! Na minha opinião um ser desprezível, que depois de manter o relacionamento por seis anos com a nossa protagonista, terminou com uma medíocre frase:

"Descobri que não te amo mais, mais tarde eu volto!"

Piera esta sofrendo, e após esperar por um ano pela volta de André, ela resolve passar por essa situação, pra afinal, se desligar desse canalha.Já que ela chegou a triste conclusão de que, enquanto parou sua vida, ele estava dando continuidade a dele, realizando o sonho que era dela, com alguém que tinha tão pouco tempo na vida dele!!

Pietra possui três amigas incríveis, De, Drê e Re... Cada uma com sua personalidade marcante e seu jeito diferente de ver a vida.Mesmo sendo personagens secundárias, elas são marcantes e dão vida a história.

Mas eis que depois de passar 19 anos sem uma figura materna em sua vida, para lhe acompanhar e ensinar aquilo que somente as mães podem nos passar, Dona Cecília, a mãe de Piera resolve ressurgir das cinzas, balançando a vida de Piera e colocando tudo de cabeça pra baixo.

Ela esta muito doente, e Piera descobre que sua mãe, que nunca foi mãe sofre de esquizofrenia... Mas essa noticia é dado por Marcelo, o quase médico da clinica de repouso super gato, que vai entrar na vida de Piera pra trazer felicidade pra esse coração sofrido.Ou seja, mesmo que a aparição de sua mãe tenha sido algo bombástico, ainda mais levando em consideração o momento por qual Piera estava passando, ainda sim, sempre existe algo de bom, e a estória nos faz crer que nada esta perdido.

Daqui pra frente a estória começa a ficar emocionante e cheia de mistérios. Piera vai ter que lidar ao mesmo tempo, com o abandono de André, a aparição de Marcelo, e ainda decidi se aceita ou não, a mãe de volta em sua vida!!!
Muita coisa pra se pensar ao mesmo tempo, acho que eu teria entrado em surto, sério!

Amei o livro, a escrita da Tammy é suave e bem gostosa, li em dois dias!!! Confesso que por manter contato direto com a escritora, ao ler algumas frase da Piera, como por exemplo : " Rose era uma querida", me sentia como se fosse a própria Tammy que estive me contando sua estória... E esse contato e carinho, não tem preço!!!

Confesso também, que achei que era confusa, mas Piera tem o dom... Ela conseguia fazer e tomar as atitudes erradas, mesmo sabendo que eram erradas!! E em alguns trechos do livro ( a maioria rsrsrs ) eu tinha vontade de entrar na estória e sacudir ela rsrsrsr.Ainda bem que as meninas faziam isso por mim kkk.
Eu sei que adolescentes são confusas, mas ela é a rainha kkkkkk

Me identifiquei demais com Piera, tanto em seu abandono, que no meu caso veio do lado paterno ( é! não tenho pai ), como seus traumas com relacionamento... Seu medo de se envolver e ser abandonada, de apostar todas as suas fichas e de novo dar errado.E isso se torna pior quando ela conhece Marcelo!

Marcelo é um fofo, e tem uma paciência de Jó com nossa protagonista! Seu apoio a todos os problemas dela são fundamentais, e não só o dele, como o apoio do pai da Piera e de seu trio parada dura de amigas!!!

Mas Piera é muito cabeça dura, e seu medo se torna seu melhor conselheiro quase que a história inteira. Ela esta sempre comparando Marcelo com André e tentando medir as atitudes com medo de se machucar. Isso foi uma coisa que aprendi a duras penas e que a Tammy ensina no livro, é preciso se deixar machucar para descobrir a real felicidade!!

Se um dia eu conheceria alguém especial? Honestamente me achava ocupante do time das sem sorte. Por mais legal que o cara parecesse, um dia conheceria um lado diferente dele muito ruim.Não fazia muitos planos quanto a conhecer o homem da minha vida, quanto a um dia descobrir o verdadeiro amor e ser feliz para sempre. Enqunto metade de mim agradecia ter perdido André, a outra metade tentava entender por que ele dera certo com outra garota.

Cheguei a determinado pedaço do livro em que achei que ela ia jogar tudo pro alto e ficar só,e muitas vezes ela faz isso, mas o pior, era ver a todo momento, ela pensar no crápula que não merecia mais um pingo do sentimento dela, ficar revivendo momentos e tentando entender as atitudes dele, sua traição e seu abandono.

Também consegui ver e entender as diferentes declarações de "Claro que eu Te Amo!", já que ela ouve isso de várias pessoas, e cada uma com seu sentido próprio, fazendo assim com que o titulo do livro seja perfeito e coerente para a estória!!!


Ao ouvir esse Claro que Te Amo! você terá certeza da força que ele tem para te tirar das profundezas e te fazer renascer.
Somente quando nos encontramos com o amor verdadeiro, entendemos quem somos.

A estória é emocionante e cativante... E não preciso dizer que amei o trabalho da nova conceito né? As folhas são todas desenhadas com borboletas e corações, um mimo!! E o fato de eu ser loucamente apaixonada por borboletas nem me influenciou no amor pela obra, que cita varias vezes esse inseto magnifico kkkkkkkk.

Eu realmente espero que vocês gostem como eu gostei da obra, e que assim como eu e outras colegas estamos fazendo, abram um espaço na sua estante para os nossos autores nacionais, porque eles são maravilhosos.

Os livros são maravilhosos!! As estórias são inebriantes e os finais? Sem palavras!!!

Prepara os lencinhos.. eu chorei horrores! O final é lindo, e pra mim a Tammy esta de parabéns... Eu não esperava um final tão comovente e cheio de amor!!

É isso!! Se eu falar mais... vai virar spoiler kkkkkkk

E aí curtiram? Já leram a obra? Vem dividir comigo sua opinião!!!

Super bjokas e até a próxima, que será Belleville - Felipe Colbert ;)


site: http://paraisodasideas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Rayanne 09/11/2014

Claro que te amo!
Sempre sou sincera com minhas observações sobre os livros que leio e Claro que te amo! foi aquele em que eu li a sinopse e pensei, Nossa a Piera deve ser masoquista, ela deve estar em uma deprê danada! Mas lendo eu entendi seu "ressentimento" com a vida, não achei justo muitas vezes, mas compreensível, afinal cada um tem suas dores e elas deixam marcas. Aprendemos com elas.

O livro conta a historia da Piera, uma jovem de 19 anos que tem um pai incrível, ele soube superar o abandono da esposa e criar (e muito bem) a filha. A Piera é uma garota bem resolvida com várias questões de sua vida, suas amizades são sinceras, seu pai é um grande homem, sua vida profissional é como ela sonhou, mas quando o assunto é romance ela acha que não nasceu pra ser feliz. Ela viveu um relacionamento de anos com André, um imaturo, irresponsável que terminou o noivado com a moça sem pensar duas vezes. O tipo de relacionamento desgastante e ilusório sabe?

Traída e decepcionada, Piera precisa entender o que sente e o que passa. Sua relação com seu pai é linda, mas ela ainda sente muito o abandono de sua mãe, tanto que fez para si uma imagem de como ela seria com pedaços, o que Piera não sabia era que ninguém é feliz com pedaços. Somos felizes com inteiro. Pedaços machucam e fere a alma.

É em meio as suas tentativas de seguir adiante que seu pai lhe dá a noticia: Sua mãe quer conhecê-la. O que acontece com a jovem? Um turbilhão de pensamentos, de sentimentos, de incertezas e medo a invadem. O reencontro é marcado por surpresas, afinal ela conhece Marcelo médico que acompanha o caso de sua mãe. Como nada é simples na vida dela, com o encontro vem à informação: Sua mãe sofre com depressão e mais uma vez a abandona e corta a única relação que elas tinham (o reencontro na clínica).

Embora sua vida seja marcada de abandonos e dores, a vida lhe apresentou Marcelo, um homem romântico, sincero e doce. A paixão de ambos a faz seguir adiante, mas quando a vida não a sabota ela mesma faz isso consigo.

No fundo, a Piera tem medo de não ser amada, de ser abandonada novamente, de nunca ser feliz. O que amei de paixão foi o jeito do Marcelo chamá-la de Moça Piera. Então, a Moça Piera tem a mania de se sabotar e se manter afastada e sofrendo por antecipação. Quando ela enfim decide ir atrás do que quer parece que tiramos um peso de cima dos nossos ombros. Você fica louca pra que ela possa viver a felicidade que a vida lhe dá, mas ela é resistente.

O livro é nacional, a leitura é super leve, rápida e a Tammy Luciano me surpreendeu. Eu nunca tinha lido nada dela e fiquei com medo, mas a história me cativou e já ganhou um espaço na minha estante (li emprestado com minha tia), posso dizer que adorei.

Esse é aquele livro que em cada pedacinho vai te surpreendendo. Fica minha dica pra quem curte romance nacional, Claro que te amo é um livro para leitura no fim de semana (ou qualquer outro dia rsrs)!

site: http://mulheressaotaomeninas.blogspot.com.br/search?updated-max=2014-10-24T16:18:00-07:00&max-results=7&start=2&by-date=false
comentários(0)comente



Lilian 31/10/2014

Não é bem uma resenha...mas o que achei do livro...
Piera é uma moça que já teve muitas decepções na vida... Quando dá de cara com a felicidade, não consegue acreditar que aquilo faz parte dela. Um livro empolgante que dá vontade de ser livro de uma vez só!! Amei!!! Obrigada Tammy Luciano por suas palavras!!
O amor é sempre fascinante. Seja nos livros ou na realidade, sempre vale a pena!!
comentários(0)comente



Raffafust 09/10/2014

Protagonistas sofridas são como novelas mexicanas, podemos até dizer " Mais uma!" mas no fundo nós as amamos. Ao pegar Claro que te amo da autora Tammy Luciano para ler me deparei com Piera, uma jovem de 19 anos que está prestes a ver o homem de sua vida - ou o que ela achou que fosse por 6 anos - se casando com outra. Você deve estar se perguntando : " Mas que diabos ela foi fazer no casamento do ex?" Ela mesma se pergunta, como se gostasse de sofrer ela fica até ver aquele que ela amou, apoiou e ajudou a ser o que é hoje dizendo sim a outra, poderia ser pesadelo mas não o é. Em meu pensamento vintage só achei a protagonista muito nova, principalmente porque a utora narra que ela começou a namorar André com 12 anos! Modernidade demais para minha velha cabeça, eu a colocaria com uns 15 anos começando a namorá-lo e hoje em dia com 21 anos pelo menos. Mas a protagonista não é minha,deixa ela lá com a idade que tem que o importante é a história e nisso a utora caprichou.
Piera vive somente com o pai por quem foi criada sem ajuda alguma de sua mãe que a abandonou ainda bebê, amigos e unidos pai e filha também são confidentes e a relação é linda de se ver durante o livro. Após ver seu ex casando Piera tenta retomar sua vida mas como em um filme do Brinquedo assassino sua mãe ressurge das cinzas. Eu jamais iria ter contato de novo com quem me abandonou, rancorosa como sou, mas a protagonista para nossa alegria não sou eu, tem coração bom e vai visitar a mãe depois de 19 anos afastadas na clínica onde ela faz um tratamento. Lá ela conhece Marcelo, um médico tudo de bom que percebemos desde o início que vai rolar uma química, atordoada com o combo do sofrimento - um ex babaca que disse que não a amava mais e casa com outra a jato e uma mãe que a abandona e surge do nada ainda doente - ela fica em dúvidas se vive ou não esse amor que está começando a surgir com o bonitão de jaleco. A gente quase entra no livro, a sacode e diz : " Vai na fé minha filha!" mas Tammy nos deixa sofrer mais um pouco e eles ficam e um vai e volta por causa do momento delicado de Piera que para completar descobre um segredo de sua mãe nada agradável.
Como todo ex canalha, André ressurge também , arrependido ( quem nunca viu um idiota desses?) querendo voltar no tempo e pedindo p perdão da moça.
O que mais gostei no livro foi a relação dela com o pai, coisa linda ler isso. O amor dela com Marcelo também é uma delícia de ser lido e a gente fica de espectador só aguardando o Happy End.

site: http://meninaquecompravalivros.blogspot.com.br/2014/10/resenha-claro-que-te-amo-novoconceito.html
comentários(0)comente



Gabriela 16/08/2014

Não tenho como descrever a decepção que eu tive logo no começo de 'Claro que te amo!'. A primeira impressão era de que se tratava de um livro divertido, uma comédia romântica, com uma garota madura o suficiente para seguir sua vida depois de ir ao casamento de seu ex-namorado. Mas foi somente primeira impressão...
Logo no início do livro você começa a ter raiva da protagonista, percebe umas cenas muito pouco elaboradas, e a linguagem irritante nos diálogos. Além de que durante todo o livro, que deveria passar uma ideia de que a protagonista superou o ex-namorado, não se passa um capítulo sem que seja mencionado o dito cujo. Seja nas lamentações, seja na comparação entre o ex e o cara pelo qual ela se interessa.
Outro problema foi que no momento em que era para o livro dar uma imagem de tensão, mesmo que muitas vezes seja interessante a quebra dessa tensão com tiradas engraçadas, a protagonista se esquece imediatamente da "mãe que a abandonou aos cuidados do maravilhoso pai" e praticamente baba pelo administrador da clínica onde a mãe está internada.
Acho que deveria ser dado a atenção aos assuntos mais separadamente, que não acontecesse tão rápido o envolvimento do casal, que fosse utilizada uma quantidade menor de gírias e afetação por parte da protagonista e sua amiga, o que só serviu para tornar o livro ainda mais pobre.
A intenção da autora com o livro foi boa, a história em si tinha tudo para ser legal e divertida, mas não me encantou nem um pouco, e logo nas primeiras páginas você sente que não vai ser a primeira impressão que vai prevalecer...
comentários(0)comente



89 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6