Golfinhos e Tubarões


4.8209 134



Resenhas - Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo


83 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Arca Literária 21/02/2015

muito bom!
Golfinhos e tubarões é um livro difícil de ser resenhado, mas é um livro muito bom para ser lido. São muitas informações, muitos personagens, muitas aventuras. Complicado falar de tudo, mas tentarei fazer um breve resumo.
Foi um livro que eu desejei muito em ler e quando chegou a minhas mãos... fiquei extremamente feliz.
Como um bom leitor a primeira coisa que analisamos é a diagramação (perfeita), revisão (impecável), capa (linda), fonte (confortável), papel (alta qualidade), ou seja, o livro é muito bem feito, confortável em ser lido, cuidadosamente criado. Uma das coisas boas na hora da leitura é que mesmo sendo um livro com muitas páginas ele não nos da a sensação de que irá desmanchar em nossas mãos! E isso para um leitor é nota 1000!
Vitória é uma garota de 15 anos que como qualquer adolescente passa por uma fase difícil em seu desenvolvimento. Tudo isso piora quando em um evento em sua casa ela descobre ter estranhos poderes. Adotada aos 5 anos de idade Vitória não se lembra de seus pais biológicos o que faz com que ela deseje profundamente descobrir os fatos que circulam o mistério de sua adoção e desaparecimento de sua família.
Ao descobrir que possuía poderes diferentes e além daquilo aceito pela sociedade Vitória é enviada para uma Escola especial, onde seus alunos são todos semelhantes a ela, possuidores de poderes diferentes.
Na apresentação dos alunos me senti um pouco dentro de um filme do x-man, mas não foi nada negativo, me ajudou a montar o universo que lia em minha mente.
Vitória, diferente do que pensou, gostou do novo “lar”, se enturmou com alguns dos alunos e também criou algumas diferenças com outros alunos, nada que a atrapalhasse nesta nova jornada.
Conhece Alex, um jovem muito bonito que tinha uma maldição em sua vida, a de ser meio humano e meio vampiro, mas que lutava com todas as suas forças para se controlar, mas esta luta não era somente dele mas sim de todos os professores que o cercavam e isso era um excelente motivo para manter-se isolado.
Vitória, como toda adolescente adora aquilo que é proibido e tenta de todas as formas se aproximar de Alex. Este inicialmente tenta afastar-se dela e percebe que esta é uma luta em vão e que somente seus corações poderiam, ou não, decidir entre a distancia ou a convivência.
As aulas, a pesar de terem nomes pouco criativos (um dos pontos fracos do livro), dão ao leitor e aos personagens uma boa ideia do poder de cada um dos presentes.
Os momentos fora da escola dão início à todo desfecho do livro, o que constrói um suspense em torno de Vitória e Alex e de um segredo que poderá afasta-los ou uni-los para sempre.
Convivem com a certeza de um romance impossível e muito perigoso. O que acontecerá? Ficarão juntos ou serão separados pelas diferenças e pelo passado? Não vou contar! ;)
Ação, aventura, romance e muita diversão em cada uma das páginas de Golfinhos e Tubarões.
Fantasia bem costurada, história bem narrada, a única desvantagem que achei foram os nomes das aulas, que poderiam ser mais criativos e o nome dos personagens que em algum momento lembrou-me de personagens de outros livros. No mais o livro é muito bom.
Gente, como é difícil resenhar este livro, risos!! Não quero contar os mistérios que o circundam, mas também preciso falar um pouco sobre a sua narrativa.
É um livro de leitura fácil, prende o leitor do início ao fim. Super-recomendo sua leitura.


site: http://www.arcaliteraria.com.br/golfinhos-e-tubaroes/
Tais Cortez 21/02/2015minha estante
Oii, Ceiça!
Adorei a resenha!
Obrigada pelos elogios e pelas sugestões!
Achei engraçado ter comentado sobre o nome das aulas. Foi a primeira leitora q me falou isso rs
Fico feliz q tenha gostado da história!
Bjsss e sucesso ao blog!




Ka 09/02/2015

Muito Muito Muito Bom
Quando recebi o livro por meio de book Tour, não imaginei que fosse me apaixonar tanto! Os personagens são muito bem construídos, A Vicky, protagonista, é uma personagem forte, corajosa e marcante, e o seu par romântico, Alex, apesar de reservado, é irresistível! O livro tem uma ótima diagramação, páginas amarelas e letras maiores, o que facilita a leitura, mas acho sinceramente que, ainda que não fosse assim, teria lido bem rápido porque é uma história que cativa e te prende. Recomendo a todos!

site: www.achoquecresci.blogspot.com
Tais Cortez 09/02/2015minha estante
Karol, adoreiiiii o feedback!
Fico mtoooo feliz q tenha se apaixonado pela história e q ela tenha t prendido!
Uma das maiores alegrias de publicar meus livros é receber feedbacks fofos como o seu! :)
Obrigada!
Bjssss e sucesso ao blog!




Ana Caroline 06/02/2015

Em Golfinhos e Tubarões, a história é narrada por Victoria, uma garota de 18 anos, que foi adotada aos 5 anos de idade e não sabe muita coisa sobre os seus pais biológicos. Seus pais adotivos a tratam como um objeto de decoração, então já percebemos que ela não vive em um lar muito amoroso.


Contudo, os problemas de Victoria são outros. Quando ela completou 15 anos o seu cabelo ruivo ficou completamente preto, mas apesar de estranho o que está realmente preocupando-a são as mudanças nos seus sentidos, como a visão e audição aguçada, possibilitando que ela veja e escute melhor e mais distante do que qualquer ser humano e a sua capacidade de fazer os objetos levitarem.


Em uma noite, depois de perder totalmente o controle dos seus atos, Victoria coloca a vida de seus pais adotivos em risco. Suas habilidades a assustam e estão fora de controle, ela não sabe o que fazer para se controlar.


Alguns dias depois do incidente, Victoria recebe a visita de Vitor e Lisa. Eles oferecem ajuda e lhe apresentam um outro mundo, ao qual dizem que ela pertence. Victoria está perdida e acredita que indo com Vitor e Lisa ela poderá aprender mais sobre suas habilidades e descobrir que ela realmente é.


“ Nós não sabemos por que existem tubarões e golfinhos, se já existem os peixes. Não é uma questão de entender por que nós existimos, mas saber existir sendo o que somos. Pág. 31”


Ao aceitar ir para este outro mundo Victoria acaba indo morar em um castelo/escola onde tem aulas para aprender a dominar seus poderes, neste local ela também vai fazer novas amizades, conhecer mais sobre os seus pais biológicos e vai conhecer Alex.


Alex é um garoto que se isola de todo mundo e ele repele Victoria com mais ímpeto do que faz com as outras pessoas. Porém Victoria sentiu algo por ele desde que o viu pela primeira vez e por mais que tente não consegue ficar longe dele. É como se ele a atraísse e nem o orgulho ferido dela é capaz de acabar com essa atração. Porém, o que Victoria não sabe é que Alex pode ser a chave descobrir o que aconteceu no seu passado. Será que o que ela sente por ele é forte o bastante para suportar a verdade que entrelaça a vida dos dois?


Eu fui convidada pela autora Tais Cortez para participar do 11º Book Tour do livro Golfinhos e Tubarões – O outro mundo. Eu havia lido algumas resenhas deste livro, mas ainda assim não sabia muito bem o que esperar, a capa era um mistério e o título então me deixava intrigada.


Ao ler o livro percebi que a capa, os olhos coloridos e o título têm tudo haver com a história. E é muito interessante quando os elementos de um livro se completam. Eu podia jurar quando li o título pela primeira vez que os personagens teriam a capacidade de se transformar em Golfinhos e Tubarões, eu sei é meio louco, mas hoje em dia a gente vê de tudo no mundo literário.


Tais, conseguiu nesta história criar um maravilhoso mundo de fantasia, enquanto eu lia era capaz de sentir que estava dentro deste mundo, andando ao lado dos personagens, observando tudo de dentro. É maravilhoso você consegue se conectar com a história de uma forma que parece que você a está vivendo.


Em relação aos personagens principais, Victoria é uma personagem que ainda está amadurecendo, por isso, em alguns momentos eu fiquei muito revoltada com ela. Ao conhecer Alex ela ficou maluca, literalmente falando, maluca por ele. Só pensava nele, ele era o amor da vida dela, o ar que ela respirava e sem ele a sua vida não faria o menor sentido.


Se eu achei isso exagerado? Eu queria entrar na história e sacudir essa menina até ela acordar desse sonho maluco que ela estava tendo, mas depois quando ela mesma disse que estava obcecada por ele eu percebi que ela sabia que estava vivendo um nível doentio de paixão. E reconhecer que está doente é o primeiro passo, não é mesmo? Sendo assim eu a perdoei e deixei-a ser louca em paz.


“O que sentia por ele, estava ciente disso, não se tratava simplesmente de uma curiosidade. Ao contrário, beirava à obsessão.

Não me interessava entender o porquê desse sentimento irracional, considerando que se tratava de alguém que eu havia acabado de conhecer.” Pág. 68/69


Também tem a atenuante que, no decorrer do livro ela foi amadurecendo e foi se mostrando uma personagem forte e corajosa e, por isso, eu passei a gostar mais dela.


Já o Alex sempre me agradou. Acho que eu sentia que ele tinha algo a esconder e queria proteger as pessoas disso. Eu gostei deste lado protetor dele. E depois quando ele deixou de ser uma pessoa fria e distante e começou a demonstrar seus sentimentos ele terminou de ganhar meu coração.


- Você quer mesmo saber? – perguntou e eu assenti. – Eu não poderia suportar saber que você estava com outra pessoa... – revelou. – Nunca pensei que pudesse sentir ciúmes de alguém... – franziu o cenho. – Eu estava enganado. Pág. 238


Os personagens secundários são cativantes! Não tem como não se apegar aos professores e aos amigos da Victoria e para quem gosta de um vilão, tem um neste livro para você se apegar também.


O livro possui mais de 400 páginas, mas os capítulos são curtos então a leitura acaba fluindo rapidamente. A diagramação é simples e as páginas são amareladas.


Eu recomendo este livro para quem adora uma história sobre magia, com muito romance e ação.


"Você me torna mais humano... .e me faz querer viver." Pág. 243

site: http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/
Tais Cortez 06/02/2015minha estante
Oi, Ana!
Obrigada pela linda resenha!
Adorei ;)
Achei engraçado seus comentários sobre a Vic hahaha e fico feliz q ela tenha conseguido conquistar vc aos poucos rss apesar da "obsessão" rss
Q venha agora "O ultimo homem do mundo" :)

Bjsss e sucesso ao blog!




João Victor 21/01/2015

Já havia um bom tempo que eu queria ler este livro, ainda que tivesse com um pé atrás por causa de algumas resenhas e comentários que pareciam ligar o livro com Crepúsculo (o qual já li e odiei ;p), o que sempre me fazia passar na frente algum outro livro que eu também estivesse com vontade de ler. Assim, quando apareceu a oportunidade de participar do book tour organizado pela autora, decidi que era hora de ver se eu me decepcionaria ou não com aquele livro que já tinha me conquistado com aquela capa linda. E, ainda bem, a resposta é que o livro não só não me decepcionou, como superou as minhas expectativas.

Logo nas primeiras páginas somos apresentados a Victoria, uma adolescente de 15 anos que está passando por uma fase de mudanças um tanto o quanto diferente, digamos que ela cada vez fica mais forte e veloz, seus sentidos estão aguçando, seus sonhos passaram a ser premonições e começou a desenvolver estranhos poderes telecinéticos. E isto atrai um casal um tanto o quanto diferente que a levam para um outro mundo, onde passa a frequentar aulas bem diferentes das que frequentou na Terra e que envolvem o controle de seus poderes. Logo de cara, ela conhece um monte de pessoas, algumas com a qual possui maior afinidade e que acabam por se tornar grandes amigas, outras as qual se tornam boas conhecidas e uma pela qual se apaixona imediatamente: Alex. O garoto introvertido e fechado parece guardar muitos segredos e, embora a atração entre os dois seja gigante, ele ainda continua a se negar se aproximar de Victoria (e de todo mundo). A partir daqui, se quiser saber mais sobre a história, só lendo o livro.

Aposto que você está pensando agora “Isto é a cara de Crepúsculo!”, mas não é. Quero dizer, nota-se que há sim uma influência da obra de Meyer na de Tais, só que a autora de Golfinhos acaba dosando os elementos da história de uma forma mais agradável para vários públicos que a americana. Assim, embora exista um grande foco no romance entre Alex e Vic, a autora não deixa a história se prender só naquilo. São vários os momentos que as cenas românticas são interrompidas e que o foco da história passa a ser outro, mostrando que tal qual na vida real (ainda que isto soe estranho em um mundo em que todo mundo tem o seu quê de X-Men), nem tudo gira exclusivamente envolta do romance dos dois. E o que falar sobre a ação que aparece em peso durante toda a trama, fazendo com que a leitura flua ainda melhor. Fora isso, pode-se dizer que a leitura é fácil e que a escrita da autora é bem gostosa, fazendo com que você “compre” a ideia da história e o universo criado.

Falando sobre os personagens, Victoria até parece um pouco sonsa as vezes, sempre demorando a aceitar vários fatos até que alguém admita ou explique para ela em alto e bom som o que está acontecendo, o que acaba sendo um pouco chato. Mas ao menos ela sabe parar com o mimimi em alguns dos momentos desnecessários em que veria outras protagonistas continuando a reclamar, e tem uma personalidade própria, não se definindo unicamente pela sua relação com Alex. E, aliás, o que falar de Alex? O personagem é fantástico, a autora dá a ele uma história de fundo bem construída e que vai sendo revelada aos poucos para o leitor, fazendo-o entender as ações do personagem. O resto dos personagens é carismático, serve bem para os papéis que desempenham na trama.

Só que nem tudo foram flores durante a leitura. Achei que os personagens secundários poderiam ter suas personalidades e histórias próprias mais desenvolvidas, o que me incomodou bastante já que alguns personagens pareciam ser unicamente objetos de cena. Outra coisa que me atrapalhou durante a leitura foi que, embora se explique os locais onde ocorre a trama, não há uma grande explicação sobre este outro mundo, onde está posicionado, outros locais… Por fim, um ou outro clichê que aparecem, fazem o final ser previsível para leitores mais atentos.

O projeto editorial do livro chama a atenção pela bela capa, com um significado bem intrínseco a história, uma diagramação acertada para não incomodar o leitor durante a leitura e uma boa revisão.

Golfinhos e Tubarões – O Outro Mundo é uma boa obra de estreia para Tais Cortez trazendo uma sensível história romântica, mas que sabe se virar bem com leitores dos mais variados gostos ao inserir uma boa dose de ação e não se prender exclusivamente a relação entre Victoria e Alex. Ainda que tenha alguns problemas, que inclusive podem ser corrigidos em alguma possível continuação (Tais?), a obra consegue conquistar o leitor, utilizando algumas similaridades com Harry Potter, Crepúsculo e até mesmo X-Men para criar uma trama com um toque de originalidade, ao mesmo tempo que traz um pouco de nostalgia para os fãs das obras que influenciaram a autora. Assim, o livro é uma boa pedida tanto para aqueles que gostam de uma boa aventura, quanto para aqueles que gostam de um romance bem escrito.

site: http://pelatoca.com/2015/01/21/resenha-golfinhos-e-tubaroes-o-outro-mundo-de-tais-cortez/
Tais Cortez 21/01/2015minha estante
Oiii, João!
Obrigada pela resenha e por ter se interessado em participar do Book Tour!
Fico feliz q o livro tenha superado suas expectativas!
Agradeço os elogios e as críticas construtivas!
Ahhh e haverá sim continuação!
Abraço!! :)




Mah Renata 19/01/2015

Um sobrenatural nacional que não fica pra trás!
Victoria começa a notar muitas mudanças em si mesma. Ela fica mais forte, seus sentidos extremamente apurados e após um incidente com seus pais adotivos, Victoria é levada para um castelo, onde vai aprender a controlar seus poderes para voltar a viver no mundo humano. Na nova escola, Vic conhece amigos com habilidades fantásticas é um menino, pra lá de lindo, chamado Alex. Porém Alex é misterioso, arredio e turrão! Sempre tenta afastar a Vic, mesmo depois de salvar a vida dela várias vezes. Mas as coisas não foram em torno dívida amorosa de Vic. Vic descobre que seus pais foram pessoas muito importantes no novo mundo em que está vivendo. Ela busca por resposta, quando descobre que seu amado Alex é, na verdade, um meio-sangue. Metade humano e vampiro. Sendo, assim, um perigo mortal para os alunos, devido a sua sede por sangue. Mas além disso, há também o tio de Alex, um vampirão muito malvado, que quer fazer uma nova guerra no mundo sobrenatural. Agora Vic tem que se preocupar em curar o amado e protege-lo do tio, descobrir sobre seus pais, controlar seus poderes e decidir entre voltar ao mundo humano ou ficar no mundo em qua aprendeu a amar.
Eu amei o livro e é completamente emocionante e surpreendente. A escrita leve e viciante nem te deixa perceber o quanto já leu! Devorei o livro em poucos dias e já queria mais! Super recomendo! Aliás, tudo o que a Tais escreve é maravilhoso! Tais, por favor, me envie sua lista de compras, porque sei que vou amar!
Tais Cortez 19/01/2015minha estante
Awnnnnnn....que linda vc, Mari!
Amei a resenha e me sinto honrada por ter conseguido um espaço especial no seu coração para os meus dois bbs!
Realmente é uma alegria receber feedbacks como o seu!
Obrigada pelo carinho!
Foi impossível não rir com o comentário sobre a lista de compras rsss...
Q venha o terceiro livro hehehe
Bjssss




Livros Encantos 12/01/2015

Golfinhos e Tubarões
Personagens
Vicky uma protagonista que me surpreendeu por sua coragem e proteção as pessoas as quais se importam.
Alex sempre isolado na escola, estará sempre por perto de Vicky com seus segredos.

Capa - Gostaria de ver na capa Alex e Vicky . A capa com esses olhos vermelhos tem a ver com o livro .

Ápice do livro - Quando os sentimentos de Alex falam mais alto, e beija Vicky

Momento Tenso - Confronto com o grande Vilão foi bem tenso

Diagramação - Capítulos bem distribuídos sem serem longos, letras em perfeito tamanho, não encontrei erros ortográficos.

Opinião Final

Encantada essa palavra me define após finalizar esse livro.

Encanto, magia, fantasia, romance tudo isso em um único livro, para os amantes de fantasia esse livro é maravilhoso.

A convite da Autora participei do Book Tour do Livro.

Iremos conhecer Vicky um adolescente que foi adotada, e com os passar do anos seus poderes surgem, seus pais adotivos se assustam a ponto de mandarem ela embora de casa .
Um casal irá busca-la e leva-la para uma escola com alunos diferentes, cada um tem um poder, e a escola ensina a controlar os poderes . Os poderes de Vicky são incrivéis assim como a força de Alex.

Lá vai conhecer Alex um aluno que está sempre sozinho, mas Vicky não consegue afastar seus pensamentos dele, ele a encanta de todas as maneiras, em uma aula ele a salva de cair no chão.
E começa a história dos dois, ele sempre por perto quando ela precisa, mas ao mesmo tempo se fechando para não se envolver com ela.

No decorrer do livro vamos ver o muro de Alex desabar e ele não irá conseguir ficar mais longe de Vicky, eles irão estar sempre juntos, mas nem tudo são flores, haverá um vilão e toda um mistério envolvendo nossa protagonista que serão revelados no momento certo.

Nossa protagonista me surpreendeu pela coragem, saiu em uma missão praticamente suicida para proteger seu amor Alex, linda essa atitude dela, outra cena linda foi a declaração de ambos, sentimos a sinceridade deles e o amor transbordando .

O livro me encantou por toda sua magia, em certos momentos me lembrei de Harry Potter e Crepúsculo, não por ter cenas iguais , mas sim a magia de ambos os livros.
Eu amo livro de fantasias e com uma trama envolvente nos prende do início ao fim.

Gostei muito do enredo que Tais criou,me deixou bem curiosa para entender a história e não deixou pontas soltas,os personagens secundários também me cativaram .

A autora criou toda uma história com elementos importantes, o passado esclareceu muito das dúvidas de Vicky, segredos revelados e ela passou a entender sua verdadeira história. Alex e Vicky tem um elo muito grande por isso essa atração e cuidados um com o outro.

Uma história envolvente que todo amante de fantasia deve ler , tem todos os elementos necessária para deixar a história mágica .

Quotes
"Seus dedos acariciaram meu rosto como uma pluma. Os olhos escureceram, profundos e penetrantes, combinando com seus cabelos extremamente pretos. Meu corpo reagiu ao deslizar suave de sua pele sobre a minha. Seu olhar desviou para os meus lábios e ele sorriu. O fim do nosso contato foi acompanhado pela mudança da cor dos seus olhos. O azul profundo retornou." Vicky
"Sem pressa, seus doces e mornos lábios tocaram os meus. Não conseguindo mostrar com palavras o que eu sentia, decidi que o faria com aquele beijo. E o beijei apaixonadamente, como se fosse nosso ultimo."

site: http://www.livrosencantos.com/2015/01/golfinhos-e-tubaroes-tais-cortez-resenha.html
Tais Cortez 12/01/2015minha estante
Joyceeeee...
Amei a resenha!
Q delicia saber q ficou encantada ao final da leitura!
Adorei todos os comentários a respeito da história e fico muito feliz em ver q o qnt gostou!
Obrigada!
Bjsss e sucesso ao blog!




Luiz 31/12/2014

Uma grata e sensível surpresa!
Aeee que maneira melhor de fechar o ano do que terminar de ler um certo livro chamado Golfinhos e Tubarões? E que livro o seu hein, Tais! Adorei muito a sua obra, vc escreve bem pra caramba!
Eu confesso que sou mega fã de literaturas mais intensas e com ação, mas a sua trama é tão envolvente e sensível que não tive como não devorar cada linha! É bom sair da zona de conforto ^^
E os elementos de fantasia me agradaram também! Pude sentir um dedinho de Harry Potter e Crepúsculo no livro (não sei se vc realmente teve inspiração neles), que gostei de ver, sendo que a forma como você trabalhou o desenrolar da história, sempre cheia de intrigas, foi ótima e original! Gostei dos personagens, mas achei que o destaque fica por conta da Victoria, que é super decidida e tals, não uma songa-monga apaixonada como a Bella hahaha Só fico triste por não haver muitas brechas para uma continuação (tenho esse defeito literário de sempre querer mais)...
Enfim, fiquei surpreso e adorei; parabéns pela obra e muito obrigado por me possibilitar conhecer o mundo de Golfinhos e Tubarões :D
Tais Cortez 05/01/2015minha estante
Oiii, Luiz!
Nossa, q feedback incrível!
É muito legal qnd outro autor comenta sobre a minha obra, pq acho q, de alguma forma, a perspectiva acaba sendo diferente da visão de um leitor.
E fico extremamente satisfeita e honrada em ver tantos elogios, especialmente em relação a minha escrita, pq estou lendo seu livro e devo dizer q fiquei impressionada com a SUA escrita! rs
Adorei saber q, embora não seja bem o seu gênero preferido, vc tenha sido envolvido pela história! Isso significa muito.
Obrigada por compartilhar sua opinião :) Logo mais estarei dando meu feedback na página do seu bb!
Abraço!!!




Neyara 27/12/2014

[Capsula de Banca] Golfinhos e Tubarões: O outro mundo - Tais Cortez
É a história de uma criança que perdeu seus pais de forma trágica, logo após o incidente, ela foi enviada para longe de sua terra natal evitando o contato com suas origens. Ela sempre se sentiu deslocada nesse novo mundo, seus pais adotivos não lhe deram amor, apenas cobravam um comportamento exemplar, mas na medida que ela foi crescendo coisas estranhas foram acontecendo, seus poderes foram aparecendo e tudo passou a ser assustador. Pessoas estranhas apareceram e convidaram essa criança, que agora era uma adolescente, a acompanha-los até uma escola onde ela poderia treinar e entender todos os seus poderes, lá ela descobriu que o mundo é bem maior do que ela imaginava, e que o inimigo só estava adormecido. Não estamos falando de Harry Potter.

A história de uma humana que se apaixona por um vampiro, mas o romance não era aconselhado, pois ele tinha um instinto assassino e poderia mata-la a qualquer instante. Porém ela era imprudente e acreditava que tudo poderia dar certo, mesmo que fosse necessário arriscar a própria vida para lutar por aquele amor. Ele lutava contra o seu instinto assassino, tentava se manter o mais distante possível para protege-la, mas era algo quase impossível, pois ela sempre estava se metendo em encrenca, e ele tinha que protege-la e evitar qualquer acidente. Não estamos falando de Crepúsculo.

Golfinhos e Tubarões traz a história de Victória, uma garota que foi adotada por Ana e Greg, um casal bem sucedido que precisava manter a imagem de família feliz, mesmo sem amor, era necessário manter o status. Vic sempre se sentia estranha, parecia que aquele mundo não era o dela, sentia que algo não se encaixava. Aos poucos seus poderes começaram a aparecer, mas ela não tinha o controle deles, até que em um momento de raiva provocou um acidente envolvendo os seus pais adotivos.

Ana e Greg estavam apavorados com as mudanças de Vic, não sabiam o que fazer ou como agir, mas a solução logo apareceu, Lisa e Victor queriam leva-la para uma escola em que pessoas iguais a ela assistiam aulas onde compreendiam melhor as suas habilidades especiais e aprendiam a ter controle sobre elas e assim usarem a seu favor. Apesar de no inicio estranhar aquele novo ambiente, Vic logo fez amigos e descobriu que era mais forte do que imaginava, finalmente ela tinha encontrado o seu mundo.

Era inevitável questionar o que tinha acontecido em seu passado, mas ninguém queria contar a verdade, todos queriam poupá-la da verdade. Alex parecia que escondia algo de sua história, tanto da dela como da dele, quanto mais ela se aproximava dele, mais ele fugia e dava respostas evasivas. Ele era um meio-vampiro que estudava na mesma sala que ela, e desde o primeiro momento ela tinha se apaixonado por ele, mas ele tinha se tornado uma grande incógnita em sua vida, um perigo declarado.

A história vai se desenrolando na medida que Victória descobre sobre o seu passado, a verdade sobre a morte de seus pais, suas habilidades raras e a aproximação de Alex. A comparação com Harry Potter e Crepúsculo é inevitável, parece uma colagem de cenas dessas duas narrativas com algumas modificações, o final passa a ser previsível devido essa semelhança, é fácil imaginar os próximos passos dos personagens, pois a linha de raciocínio é a mesma. Confesso que essa semelhança me incomodou, fiquei esperando o momento em que Golfinhos e Tubarões ia se distanciar das histórias originais e mostrar o seu próprio enredo, seu próprio dilema.

No geral a leitura é bem agradável, a linguagem é de fácil compreensão, a escrita é bem gostosa fazendo com que o leitor se envolva de verdade, entre naquele mundo de vampiros e humanos super-poderosos facilmente. O mundo em que a autora criou foi bem construído, com personagens cativantes, e que deixa qualquer um ansiando para acordar com super-poderes e ir ter algumas aulas com Victor, o professor linha dura, ou Hugo, o professor mais interessante, ou Lisa, uma mãezona para todos, até mesmo a Dina, a chata sem resposta, ou até mesmo andar no avião de Heitor, haha.

A Victória é bem lenta para entender o que está acontecendo, muita coisa que acontece é de fácil compreensão, mas parece que ela sempre quer que alguém diga o obvio com todas as letras. Outra coisa, terminei a leitura sem entender que idade ela tinha, primeiro foi dito 16 anos, depois 18 anos, depois ela passou 18 anos na casa de Ana e Greg, e ela chegou lá com 5 anos, então ela tem 23 anos, fiquei na dúvida.

Alex é tipo divo, você suspira sempre que Vic descreve seus lábios vermelhos, sua pela branquinha, seus cabelos negros e seus olhos azuis, ele é de tirar o fôlego, mas é tipo de vampiro que não curte sangue, logo ele cai na escala de personagens pegáveis. Ponto alto do livro é a turma de amigos da Vic, amei a escolha dos personagens, a personalidade de cada um, as conversas são sempre divertidas, e claro, sempre bate aquela invejinha quando rola a reunião das meninas para fofocar no quarto da Vic, e quem não gosta de um clube da luluzinha de madrugada?!

O trabalho editorial do livro está muito bem feito, revisão impecável, escolha da fonte e tamanho da letra perfeito, a capa está linda, só a qualidade do papel que deixa um pouco a desejar. Recomendo muitíssimo a leitura dessa aventura, principalmente para quem quer ter um pouco de nostalgia.

Tais Cortez é de Campinas, interior de São Paulo, formada em relações internacionais e economia. Golfinhos e Tubarões é o seu primeiro livro e foi lançado em agosto de 2013 pela Chiado Editora. Seu segundo livro é o O último homem do mundo e já faz um grande sucesso na Amazon. Obrigada pela oportunidade de conhecer o outro mundo

site: http://capsuladebanca.blogspot.com.br/2014/11/livro-golfinhos-e-tubaroes-o-outro.html
Tais Cortez 27/12/2014minha estante
Oiii, Neyara!
Obrigada pela resenha!
Foi muito interessante ver sua perspectiva, o q gostou e desgostou, e o q mais a encantou.
Concordo com vc q a turminha da Vic é bem divertida! Um grupo q qlq garota gostaria de ter rss...
Qnd comecei a escrever GET, minha intenção foi escrever o MEU livro perfeito, com todos os elementos q eu amo desde criança: poderes paranormais, romances complicados, mistério e ação! E com ctz fui inspirada por X-Men, HP, Crepúsculo, entre outros! O engraçado é q até falam q lembra Fallen, embora eu nunca tenha lido esse! rs
Q bom q, embora tenham incomodado essas semelhanças, vc ainda assim tenha gostado da obra!
Agradeço ainda por ter organizado o Book Tour!
Bjsss e sucesso ao blog :)




Sabrina 15/12/2014

Uma mistura agradável de fantasia e romance, e pitadas de muita ação!
"O que é isso? O que você fez?!", ele gritou em minha mente.
"Isso sou eu tomando o controle"

Este é meu segundo Book Tour que participo e gostei muito da experiência, e esse livro foi uma agradável surpresa. Eu que não sou um das maiores fãs de fantasia, me encantei com o livro de Tais Cortez. Bem, vamos lá pessoal...

Victoria, é uma jovem que está passando por transformações físicas e psicológicas, criada pelos pais adotivos Ana e Greg. A sua vida com o casal é praticamente de aparências, regada de glamour, festas e eventos. Mas Vic não gosta de nada disso, embora seja grata por terem a criado. Mas o que também a desaponta é não lembrar de seus verdadeiros pais, e nem dos seus primeiros cinco anos de vida. Tudo que sabe é que morreram de uma doença misteriosa.

Com dezoito anos, Victoria sofre mais transformações e descobre possuir poderes, capazes de machucar as pessoas, pois ela não os controla. E certo dia, um deles é revelado, e ela acaba assustando seus "pais", suspendendo-os no ar contra parede e destruindo todos os objetos do cômodo. Eles ficam apavorados e decidem que ela não viverá mais com ele.

"- Sim - confirmou. Eu quero matar você agora - confessou friamente."

É então que entram em cena, Vitor e Lisa. Duas pessoas que aparentemente compreendem o que ela é, e estão dispostos a cuidarem dela. Logo ela se afeiçoa a Lisa, e vê través da visão dela o lugar em que ela poderá se sentir em casa, e o que a atormenta é a figura de um garoto extremamente misterioso, e bonito. É como se algo nele fosse um ímã para ela. A dúvida é se ele realmente é real..

Então Lisa e Vitor, a levam para um lugar especial, um castelo chamado Aprendum, onde poderá desenvolver e controlar seus poderes. Ela acredita que aquilo será temporário, e também se surpreende com a quantidade de alunos como ela, cheios de técnicas e habilidades incríveis. Mas o que mais anseia é encontrar o garoto da visão de Lisa. Ele se chama Alex, um meio-vampiro, e eles se conhecem na aula de força, onde ele a salva de um terrível golpe do forte Jasper. Todos estranharam pois Alex é introspectivo e não fala com ninguém. Então o que o fez salvar Vic no primeiro dia em que se viram, sem ao menos trocar uma palavra com ela? Isso nós vamos descobrindo aos poucos, pois Vic não se conformará até tentar uma aproximação. Ela também tenta buscar informações da morte dos pais em vão, pois todos parecem querer esconder a verdade dela.

"O meio-vampiro era uma combinação do mal e do bem. Eu podia sentir sua fúria tanto quanto sentia sua bondade. Os dois lados me atraíam."

Eu particularmente gostei muito dos personagens, Penny, Ben, Ana, Verônica, Tiago, entre outros, que serão os amigos de Vic, e cada um possui um poder específico além de outros.

As aulas em Aprendum são divididas em Mente, Força, Sentidos, Premonições e Combate. E cada uma delas é comandada por um professor diferente. E o que também me agradou foi a escrita da autora, que não deixa a leitura cansativa, além disso as descrições das habilidades ou poderes que vão sendo desenvolvidos, foi a grande sacada. Nunca pensei que eu poderia sentir como se estivesse praticando o controle do poder na hora da narração de Vic, pois é assim que ela faz. A habilidade é detalhada de uma forma diferente e clara no momento que está acontecendo, e gostei muito disso. Faz parecer que não é impossível, se é assim que posso dizer... quase me senti uma mutante hahaha.

Bom, como devem ter percebido, ela vai aprender muita coisa em Aprendum, e se apaixonar.... Mas esse romance pode ser impossível de ser vivido. Existem muitos empecilhos, muito mistério e muitas emoções. E ah, me emocionei pra valer no fim.

"- Você me torna mais humano... e me faz querer viver."

O significado do nome do livro também é interessante e simples, explicado logo na contracapa: "Nós não sabemos por que existem tubarões e golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo o que somos" ou seja, as pessoas especiais como ela existem nos meio dos humanos e são os "golfinhos e tubarões" só resta escolher qual deles ela será. Um golfinho ou um tubarão. Os bons ou os maus. Simples, e interessante...rs.

Pra não dizer que não há nenhuma crítica, eu só fiquei um pouco incomodada com a adoração de Vic em Alex, digo em relação a aparência angelical dele, e essa sede por encontrar e estar com ele. Mas não é algo que atrapalhe a história, só achei exagerado da parte de Vic hahaha. Mas Alex pra mim, foi um personagem muito enigmático, misterioso, instigante. E o fato dele se privar de companhia por "um certo motivo" (que aliás não posso contar) no mínimo me deixou com dó dele..rs. Se ele era estúpido, grosso e antipático, ao saber disso me rendi um pouco...rs. Vocês irão entender depois que lerem. Enfim, é um livro que recomendo aos que curtem romance e fantasia juntos e eu leria novamente com certeza! Agora, veja só minha situação quando fui fazer a resenha: procurando imagens do livro, eu descubro que terá continuação!!! Sim, por que pra mim, até ali tava ótimo! Mas e agora? Preciso de informações dona Tais, e por favor, não nos deixe esperando muito!

Espero que tenham gostado pessoal. Beijos da Sa.



site: http://zip.net/brqsKC
Tais Cortez 15/12/2014minha estante
Sabrinaaaa, adorei a resenha!!!
Fico mtoooo feliz q, embora fantasia não seja bem sua praia, vc tenha gostado bastante!
E fique tranquila pq vc não soltou nenhum spoiler! Pelo contrário, a resenha está na medida certa e, se eu não fosse a autora, acredito q teria ficado curiosa! rss
Obrigada por participar do Book Tour!
Bjsss e sucesso ao blog!




Dryh 03/12/2014

Golfinhos e Tubarões - Tais Cortez
Nós não sabemos por que existem tubarões e golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo quem somos. – página 31

Quando completou quinze anos de idade, coisas estranhas começaram a acontecer com Victoria. Seus sentidos estavam mais aguçados, e ás vezes, conseguia destruir coisas e fazer objetos e pessoas voarem. Ela não sabia o que estava acontecendo, e seus pais adotivos estavam aterrorizados com sua presença. Foi então que Vitor e Lisa apareceram, duas pessoas que a convenceram a ir com eles para Aprendum, um castelo onde vários adolescentes com poderes viviam e aprendiam a controlá-los.

Victoria aceitou para que pudesse voltar logo para casa, onde Greg e Ana, seus pais adotivos, viviam. Eles aprenderiam a aceitá-la se ela soubesse como manter seus poderes sob controle, certo?

Talvez porque não é real. É apenas um sonho... – página 18

Assim que pisa no castelo, Victoria já começa a fazer amigos, mas ela também já se apaixona. Alex era lindo, e seus olhos eram hipnotizantes. Ele parecia um anjo até mesmo quando o azul de suas pupilas se tornava preto como a noite e suas presas apareciam. Alex era um meio-vampiro, todos tinham medo dele, até mesmo os professores. Grande parte dos vampiros escolhia o lado ruim, que era chamado de tubarões, e era bem provável que Alex também fosse para esse lado.

- Amar você é como respirar... Inevitável e essencial... – página 418

Foi muito fácil gostar dos personagens, principalmente dos amigos de Victoria: Penny, Ben, Verônica, Ana, Thiago e até mesmo Alice. Eles eram divertidos e pareciam estar lá por ela sempre que precisasse. Todos eles já tinham passado pelo que ela estava passando, perderam seus pais para a Grande Guerra e tiveram que aprender a controlar seus poderes.

Alex se tornou meu favorito já no primeiro instante em que apareceu, salvando a vida de Victoria, cena que se repetiu algumas vezes. Ele tentava mantê-la o mais longe possível de si, mas Victoria insistia em se aproximar, encantada com o rapaz. Ele tinha medo de machucá-la, afinal, havia uma parte vampira dentro dele, e não sabia se conseguia se controlar.

A verdade é que, ao olhar Alex, eu sempre perdia a noção do tempo e espaço. Talvez ele fosse uma ilusão. Quem sabe, se eu o tocasse, acreditaria que ele era real. – página 86

O livro é repleto de cenas de ação que deixam o leitor com o coração na boca e olhos marejados. Não vi o tempo passar enquanto lia Golfinhos e tubarões, e não queria que ele acabasse. A história foi muito bem construída e eu me apaixonei por ela, e queria muito mais. A leitura é rápida e viciante, não conseguia parar de ler de jeito nenhum! Espero e torço para que a autora pense numa continuação, pois eu a leria sem pensar duas vezes, e super acho que todos vocês deveriam fazer a mesma coisa!!!

- Meu coração é seu, e sempre será. – prometi, sentindo-me a mulher mais feliz do mundo.
- Você é o meu mundo em um lugar. – falou apaixonadamente. – página 243



site: http://shakedepalavras.blogspot.com.br
Tais Cortez 03/12/2014minha estante
Dryyyyy...q resenha tudo de bommmmmm! Ameiii :)
Obrigadaaaaa, Dry!
Adoreiii conhecer sua opinião sobre Alex, os amigos da Vic, as cenas de ação, etc!
E os quotes q vc escolheu são incríveis!
Ahhh e fique tranquila q haverá sim continuação! Com tanto romance, mistério e ação qnt o primeiro! heheh
Bjsss e sucesso ao blog!




Rafa 30/11/2014

Eu fui contatada pela autora para participar do Book Tour desse livro. Ele é uma mistura de paranormal e romance, com características fantásticas curiosas e personagens interessantes.

Victoria foi adotada, e já no início do livro ela encontra-se em crise no "mundo normal". Ela tornou-se forte e rápida, seus pais adotivos não entendem o que acontece com ela. E após um incidente entre eles, Victoria é mandada para o que eles acham ser uma clínica psicológica.

Na verdade, ela vai para um outro mundo. Viver em um castelo onde terá aulas para desenvolver suas capacidades, descobrir seus poderes e conviver com outras pessoas habilidosas também. Eu sei, lendo isso, como não lembrar de Hogwarts e seus alunos? Mas a autora junta outros elementos à mistura.

Além de um mundo fantástico, esse livro trata de um romance entre Vicky e Alex, um meio vampiro que estuda nessa escola para especiais. Ele não quer nada com ela, nem com ninguém, sempre fica afastado e existe um certo preconceito contra o seu tipo nesse mundo. Vampiros são considerados tubarões.

Dentre os poderes, tem a força e a velocidade, mas também há leitura de pensamentos, capacidade de fazer crescer árvores, de transformar o solo, de mover objetos com a mente. As aulas desenvolvem individualmente em cada estudante suas habilidades particulares.

O livro é gorduchinho, mas passa voando. A descoberta de todas essas coisas novas faz as páginas nos carregarem através dos capítulos. Não existem páginas desperdiçadas, todas se alinham em direção ao final do livro.

Claro que nem tudo são flores nesse mundo, Existiu uma grande guerra, foi onde os pais de Vicky morreram e existe um segredo em torno de tudo. Ninguém sabe ou quer contar o que aconteceu e aos poucos vamos descobrindo. Vamos diferenciando golfinhos de tubarões.

Devo confessar que demorei para gostar do par romântico da protagonista. O Alex, embora lindo e misterioso, não teve em mim o mesmo efeito que causou na Vicky. Demorei para entendê-lo e gostar do seu jeito de ser. Os outros personagens também ganham destaque no livro, eles fazem uma mistura bem legal de acompanhar, entre alunos e professores.

Assim que terminei esse livro, minha mãe acabou lendo também. Devorou em uma sentada e adorou a história. Estamos ambas esperando pelos próximos livros da autora! Afinal, esse livro já tem uma sequência planejada! Além dele, a autora lançou recentemente O Último Homem do Mundo (skoob).

Fica a recomendação para quem está afim de ler um romance, com aventura e paranormal da melhor qualidade e, o melhor, produzido aqui em terrae brasilis.

site: http://www.arrastandoasalpargatas.com
Tais Cortez 30/11/2014minha estante
Rafaaaa, obrigada pela resenha!
Adoreiiii!
E achei sensacional q sua mãe tb tenha lido GET! heheh manda um abraço para ela :)
Fico muito feliz q vcs tenham gostado!
Bjsss e sucesso ao blog!




Michelle Ladisl 26/11/2014

Golfinhos e Tubarões o Outro Mundo, nos apresenta a história de Victória, que vê sua vida mudar radicalmente quando completa quinze anos.

A história começa, com Victória desabafando sobre seus pais adotivos e como era a relação deles, pois os dois estão sempre muito ocupados com suas carreiras e não tinham tempo para ela.

Victória vê sua vida mudar após seu décimo quinto aniversário, pois é quando começam a acontecer coisas estranhas.


“ Meus sentidos se aguçaram e passei a ouvir sons a uma distância que pessoas normais não conseguiriam. Também passei a detectar odores que nunca tinha sentido antes e a enxergar assustadoramente bem.”
Página 10


Já com dezoito anos, surge em sua casa, um casal que ela nunca viu antes, mas eles tinham uma ligação com seu passado. Esse casal é Vitor e Lisa, eles levam Victória para seu mundo, que é a origem deles e lá ela irá aprender tudo que precisa.

Em seu primeiro dia de aula, Victória conhece alguns alunos que são: Thiago, Penélope, Jasper, Ana,Alice e os gêmeos, mas quem lhe chamou atenção foi Alex.

Através de Thiago,ela descobre quem é Alex e mesmo assim, não consegue parar de pensar nele. Com a ajuda de sua amiga Ana,que tem um dom muito especial, que a grande maioria queria ter, ela consegue descobrir porque Alex faz de tudo para ficar longe dela.

Victória mesmo sabendo de todos os perigos, quer viver esse amor.



“Uma grande e redonda lua cheia pairava acima de nós. O céu da cidade abrigava centenas de estrelas, pontinhos claros e cintilantes que observavam aquele momento especial. Eu sabia que novos obstáculos viriam. A ninguém era permitido ser tão feliz sem que fosse cobrado um preço por essa felicidade.Não importava,eu pagaria o que fosse para ficar com Alex.”
Página 225



Victória que via Zapia, só como um lar temporário para aprender a controlar seus poderes, com o tempo começa a ver como um lar definitivo.

No decorrer do livro, Victória descobre que Alex esconde algo muito sério dela e acaba descobrindo o que é, da pior maneira possível e essa descoberta só foi possível, após ela e Alex encontrarem Petórius, o tio maléfico de Alex.

Em busca de proteger quem ama, Victória intensifica seu treinamento, quando em um determinado dia ela tem uma premonição e vai de encontro ao seu destino.

O final do livro além de dinâmico é surpreendente, mas a autora deixou algumas questões sem respostas.


Opinião:

Quando me inscrevi no Book Tour, não imaginei o que me aguardava na leitura.Mesmo tendo muito de X-Men e Crepúsculo, foi uma história interessante.

O enredo me fez viajar, pura fantasia, principalmente após a ida de Victória para o novo mundo. Tudo lá foi bem detalhado, me senti em cada canto daquele lugar mágico.

Os personagens, acho que foi a parte mais bem trabalhada da história, pois cada um tinha um dom peculiar. Adorei conhecer cada um deles.

Victória, até antes do seu aniversário de quinze anos, era uma pessoa normal, mas como em um passe de mágica, se vê com poderes, dos quais não consegue controlar. Ela só começa a aprender a controlar seus poderes em seu mundo de origem e lá se apaixona por Alex.

Alex,tem raiva de sua condição e esconde um segredo de Victória, ele faz de tudo para ficar longe dela, mesmo estando loucamente apaixonado.

Penélope, se tornou a melhor amiga de Victória, assim que ela chegou na escola para seu treinamento. Ela no decorrer do livro tem uma evolução ótima.

Lisa, professora de Victória que ajuda como pode e tem um carinho por ela, que chega e ser maternal.
Vitor é o professor mais sério que tem na escola, e é muito exigente em sua matéria, mas apesar do jeito mandão é uma ótima pessoa e ajuda muito a Vic a aprimorar seu dom.

A narração do livro é toda feita por Victória, gosto desse tipo de narrativa, onde podemos nos sentir na pele da personagem.

Não encontrei nenhum erro de revisão e a diagramação do livro está perfeita.

Aguardando pelo próximo livro!


site: www.asleiturasdamila.blogspot.com.br
Tais Cortez 26/11/2014minha estante
Oiii, Michele!
Adoreiii a resenha, principalmente pq vc comentou ao final sobre cada personagem, o q eu achei super interessante!
Fico mto feliz q tenha gostado e tb pq se sentiu em cada "canto" desse mundo mágico!
Obrigada pela linda resenha!
bjsss
e sucesso ao blog!




Nany 25/11/2014

Eu juro que não queria te abandonar, Vic. Mas o livro acabou :(
Acho que não me sentia assim desde quando li A Escolha. Sabe quando você termina de ler um livro e parece que seus dias a partir dali serão frios e vazios? Foi assim que me senti quando fechei pela última vez Golfinhos e Tubarões. Confesso que coloquei poucas expectativas quando o recebi, não acreditei que a Tais poderia criar um mundo tão fabuloso quanto a sinopse descrevia. Ela fez exatamente o livro que eu gosto de ler, não sei como, mas ela conseguiu.
A Tais consegue fazer com que o leitor navegue pela história de uma forma fascinante! Você sente vontade de ler o livro bem devagar, degustando cada palavra. Por mais que a história tenha um clichê, a personagem principal sofrer com um amor quase "impossível", ela faz com que isso esteja em segundo plano diante do universo de coisas acontecendo em cada capítulo. É um daqueles livros que você não se cansa de reler, sabe?

Queria poder abraçar a Tais Cortez e dizer o quanto ela se tornou especial para mim :)

site: http://www.naqueleoutono.com
Tais Cortez 25/11/2014minha estante
Nossa.....eu q sinto vontade de abraçar vc depois de um feedback tão perfeito!!!
Nany, nem sei bem o q escrever...o q é um fato e tanto considerando q sou autora kkkk
Simplesmente amei tudo o q escreveu e me sinto honrada por conseguir maravilhar leitores como vc com algo q criei com tanto carinho e dedicação, pensando em cada frase para que ficasse do jeitinho que eu via na minha mente! rs
Fico feliz demaisssssss em ver o qnt gostou!
Amei ter superado suas expectativas e fascinado vc com esse mundo mágico e incrível!
Obrigadaaaaa




Mari Scotti 12/11/2014

Ogro Boy Magia
Narrado em primeira pessoa por Victória. Ela tem dezoito anos, então dá pra entender ela ser confusa, ao menos no início da história. É órfã desde os cinco anos e aos quinze percebeu inúmeras mudanças em seu corpo como seu cabelo que era ruivo e tornou-se negro como a noite, sua pele que se tornou mais pálida que o natural e dons que surgiram do nada e que ela tem dificuldade em controlar. As mudanças e um quase-trágico acidente faz seus pais adotivos a entregam para uma instituição que acreditam a ajudará a melhorar.
Lisa e Vitor são os representantes de Aprendum e são apresentados de forma curiosa. Meu primeiro impacto ao conhecê-los foi que se parecem muito com a Reneesme e o Jasper de Crepúsculo. A Lisa pode mostrar, através do toque, tudo o que ela quiser e o Vitor controla o sentimento das pessoas. Mas apesar destas e outras características parecidas, me passaram uma veracidade enorme quanto a sua função na trama e seu carinho pela Victória.


“Mais uma vez senti a sensação de tranquilidade me atingindo, quase me imobilizando. Era certamente uma falsa sensação de paz que, de alguma forma, tinha relação com sua voz grossa e potente”.

Gosto de perguntar ao autor se possui alguma influência literária e a Tais me contou que suas influências foram Crepúsculo, HP, X-Man e outros. Crepúsculo – para aqueles viciados na saga como eu – é bem presente na trama, principalmente em algumas passagens do romance e nas características do Alex. Eu fiquei um pouco incomodada com isso, mas não é nada que estrague a leitura. E bom, X-Man deveria ter respondido logo de cara a pergunta que me fiz até as cem primeiras páginas: O que eles são? Eu sou tão lerdinha que só entendi quando a Tais me falou de X-Man.


“- Especiais? Superpoderosos? – Ela brincou, rindo”.

Leia mais no link da resenha

site: http://mariscotti.blogspot.com.br/2014/11/resenha-golfinhos-e-tubaroes-o-outro.html
Tais Cortez 12/11/2014minha estante
Oiii, Mariii!
Obrigada pela resenha!
Eu me diverti bastante com seus comentários no skoob conforme lia e foi bem legal ler agora de maneira mais detalhada o que achou!
Achei incrível sua revelação sobre o antes e depois da sua impressão sobre o título e a capa. É engraçado como as primeiras impressões podem ser equivocadas! rsss
Admito q estou bemmmm curiosa para ler Híbrida! Vi certa vez um filme que tinha uma protagonista lobisomem e adorei! Acredito q irei gostar da história q vc criou!
Bjsss e sucesso ao blog e aos livros!




Tina 08/11/2014

Metáfora da vida real...
"Nós não sabemos por que existem tubarões e golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo o que somos".


Victoria poderia ser apenas mais uma adolescente normal, apesar de sempre se questionar o porque de se sentir tão diferente de todos, principalmente de seus pais adotivos, Ana e Greg. Mas, quando ela completa 15 anos, as coisas começam a mudar realmente. Não só fisicamente, mas ela passou a desenvolver alguns dons, que só a fizeram questionar ainda mais seu passado. Força e rapidez sobre humana combinados a um "acidente" a levam a desejar mais respostas.

É nessa hora que aparecem Vitor e Lisa, dois adultos aparentemente excêntricos, que podem ter mais em comum com ela do que Vic imagina. Eles a levam para Aprendum, um lugar mágico onde Victoria conhecerá pessoas tão "deslocadas" quanto ela. Todos ali tem um dom diferente, o que a intriga e fascina ao mesmo tempo. Logo de início ela faz alguns amigos, mas seu intuito principal é saber mais sobre seu passado e seus pais biológicos. O que ela não contava é que Alex, um meio vampiro, mexeria com outros sentimentos que ela havia guardado durante todo esse tempo.

Golfinhos e tubarões poderia ser apenas mais uma história de amor, misturada a elementos sobrenaturais, mas fui surpreendida com a forma como a Tais conseguiu combinar tudo isso sem usar a fórmula clichê padrão. Os personagens são bem descritos e pensados e o colégio de magia é um elemento que deu ritmo à história. Alguns elementos me lembraram X-Men, mas nesse caso foi um ponto a favor, já que é o tipo de elemento de fantasia que me atrai. Um destaque também para Penny e Thiago, que foram meus personagens favoritos durante a leitura. (E só pra constar, que raiva do Hugo!!!)

Outra surpresa foi o modo como o relacionamento entre Alex e Vic se desenrolou. A autora não deixou de acrescentar cenas românticas, mas elas foram muito bem combinadas à batalhas épicas e capítulos de grandes revelações. Cada vez mais você se vê preso a narrativa e vai descobrindo um pouco mais da verdade junto com a protagonista. É o primeiro nacional que eu leio nesse estilo e valeu muito à pena.

Foi um prazer fazer parte do Book Tour e descobrir um pouco mais sobre esse universo mágico criado pela autora! Golfinhos e Tubarões pode ser descrito como uma metáfora da vida real e, quando descobrimos o que isso significa, é válido parar para refletir nas escolhas que fazemos. Recomendado!!!

" As coisas são simples quando se define aquilo que se quer. E eu o queria. Com todo o meu ser, eu o queria."


site: http://www.missthay.com
Tais Cortez 11/11/2014minha estante
Oiii, Thais!
Obrigada pela resenha!
Gostei bastante!!
E fico feliz q tenha se surpreendido com a história!
Bjss e sucesso ao blog :)




83 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6



logo skoob
"o Skoob oferece um espaço com comentários e críticas que lhe servirá de amparo antes de qualquer leitura."

Outro Lado