Golfinhos e Tubarões

Golfinhos e Tubarões
4.82011 189



Resenhas - Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo


130 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


SL 03/09/2015

Resenha Golfinhos e Tubarões
Tais do céu,que isso!! Não aguento mais de ansiedade para ler outro livro top seu! É o segundo que eu leio,e estou simplesmente encantada,mais uma vez! É impressionante a maneira com que você trabalha com as palavras e nos faz apaixonar por suas histórias.
Golfinhos e Tubarões é um livro maravilhoso,uma história maravilhosa,misteriosa,um misto que te deixa completamente alucinado e não consegue parar de ler. Passei por tanto nervosismo para descobrir o final entre Victoria e Alex! Vocês vão se apaixonar,apenas!
É uma leitura leve,que você começa a ler e não consegue largar,em busca da descoberta dos mistérios de Alex e dos pais de Victoria. É mágico!
Eu amei,e agradeço imensamente à Tais pela oportunidade e confiança em nosso trabalho! Publique outro livro logo,pois eu preciso de mais histórias escritas por você!
Corram logo para comprar o de vocês gente,e fiquem assim como eu,louca!! rs

site: http://solivrosblog.blogspot.com.br/
Tais Cortez 04/09/2015minha estante
Oiii, Micheleeeee
Que resenha mais maravilhosaaaaa...AMEI!
Obrigada!!!
Adorei ver o quanto vc se envolveu pela historia!
Tb estou super ansiosa para vc ler meu terceiro livro e torcendo para q ele a conquiste como os outros dois! rss
Eu que te agradeco pelo interesse em conhecer meus bbs e pelo carinho q tem por mim e por eles!!
Bjsssss e sucesso ao blog!




Fernanda | @imperioimaginario 26/08/2015

Onde fica essa escola?!
Sabe aquele livro que você tem vontade de jogar na cara das pessoas, obrigando-as a ler, de tão maravilhoso que ele é, mesmo que fazer isso seja errado? Foi exatamente o que eu senti ao ler Golfinhos e Tubarões – O Outro Mundo. Logo no início, já senti que seria uma leitura emocionante. Quando comecei as primeiras páginas, pensei: “CrenDeusPai, preciso conhecer essa mulher!” Então, assim que terminei de ler, fui correndo adicionar o perfil dela no Facebook e perguntar que perfeição era aquela.
O livro possui um misto de romance, fantasia e mistério. Apesar de a história ser voltada, principalmente, para Victoria e Alex, não é só o romance que prenderá o leitor. Uma trama surpreendente, cheia de lutas, sangue, passados revelados e vitórias significativas. Eu nunca gostei de vampiros, até agora. Tais conseguiu misturar meu gênero favorito (fantasia) com duas coisas que eu não simpatizava, sendo elas romance e vampiros, e me fez ficar apaixonada por tudo! Eu estaria mentindo se dissesse que não gostei de um detalhe ou outro, pois amei tudo. Como eu só posso ler durante a noite, não conseguia ver a hora de anoitecer para eu poder me deitar e continuar a leitura. Essa obra me atingiu de uma forma indecifrável.
Golfinhos e Tubarões tem o poder de mexer com a mente do leitor. Ao final de cada capítulo, é inevitável você ficar ansioso, se perguntando sobre o que realmente aconteceu com cada personagem, qual o motivo da aproximação do casal e o mistério por trás da infância desconhecida de Victoria.
Cada personagem se destacou em sua maneira. Vitor e Lisa, os professores responsáveis por buscar a garota depois do ocorrido com os pais adotivos, são o completo oposto um do outro. Vitor raramente esboçava reação além da autoridade que sua postura transmitia. Apenas seu olhar poderia derrubar algum aluno desavisado. Lisa era fofa, sempre em seu espírito calmo e estava constantemente preocupada com Vic. Ao meu olhar de leiga e admiradora, nesse livro não existe essa de personagens secundários, pois todos são vitalmente importantes para o decorrer da história. Se ignorar qualquer um deles, todo o livro fica desfalcado. Queria eu poder falar sobre todos os personagens e suas habilidades, como os amigos Thiago, Ana, Jasper, Ben, Penny, Verônica, Alice e vários outros, mas não quero prolongar demais a resenha.
A edição da obra ficou incrível. Eu já havia visto esse livro em alguns sorteios e o estava namorando há um bom tempo, pois me encantei com a capa. As folhas são amareladas, com uma fonte serif em tamanho médio, facilitando bastante a leitura. O título, na minha opinião, se encaixou perfeitamente na história, tendo um sentido que apenas quem puder lê-lo entenderá. O único pontinho negro foi a revisão, que continha pequenos erros de sinal gráfico, como em momentos que aparecia o nome Vitor e, mais a frente, Vítor. Mas nada que vá estragar a leitura – como se isso fosse possível! Pfff.
Enfim, a escrita da autora me cativou de uma forma incrível e eu já anseio pelo próximo volume – sim, eu consegui algumas informações :B. A semelhança de Golfinhos e Tubarões com X-Men é perceptível, por conta dessa história de mutantes e uma escola especial... mas Tais conseguiu fazer sua obra ser única, apesar da parecença. Achei uma atitude de originalidade adicionar vampiros à história. Tudo ficou em uma sincronia perfeita. É uma obra que recomendo a todos aqueles que estão em busca de grandes aventuras, com um mistério delicioso, uma pitada de romance e aquele drama para completar.

site: http://imperio-imaginario.blogspot.com.br/2015/08/golfinhos-e-tubaroes-o-outro-mundo-tais.html
Tais Cortez 26/08/2015minha estante
Ferrrrrrr
Que resenha foi essa, menina??
Definitivamente, uma das melhores q já li!!!
Adorei receber seu contato pelo face e descobrir que havia se interessado pelo meu livro e feito parceria com a Chiado!
Vc não tem ideia do quanto feliz seu contato e sua resenha me fizeram!
Eh nítido o quanto vc foi envolvida pela história e se apaixonou por cada detalhe!
Tbm adorei saber q consegui fazer vc gostar de romance e vampiros rsss
Obrigada pelo carinho q tem por GET!
Prepare o coração para uma continuação bem emocionante!!! Rsss
Bjssss e sucesso ao blog!


Fernanda | @imperioimaginario 02/09/2015minha estante
Taiiiis, eu que agradeço por ter escrito essa perfeição!
Fico honrada em receber seu comentário e saber que minha resenha lhe agradou me deixou ainda mais feliz! ?
Estou pirando com a ideia da continuação, haha. Com certeza, irei ler!




Ana Paula 20/08/2015

Uma aventura fascinante para um mundo mágico
A vida é cheia de surpresas!

A minha foi conhecer e ler um livro que conseguiu me transportar para um lugar mágico.

E no caso da Victoria, personagem principal do livro, foi viver essa magia e guiar os leitores, através da sua narrativa, a conhecer a sua história e o seu novo mundo.

Victoria sabe que foi adotada quando tinha cinco anos, mas não tem nenhuma lembrança antes dessa época.

Sua vida é normal, até o momento que certas coisas estranhas começam a acontecer: seus sentidos ficam mais aguçados, seus cabelos mudam de cor e alguns acontecimentos inexplicáveis acontecem...

Certo dia um casal aparece em sua casa. Eles são professores de Aprendum (uma escola para alunos com habilidades especiais), e são encarregados de levar Victória para sua nova escola, seu novo mundo e sua nova vida.

É claro que no começo toda aquela história é muito surreal para Vic: escolha de poderes especiais, poderes, magia e a definição de Golfinhos e Tubarões.

E é claro que um aluno irá se destacar para Vic: Alex, um mestiço (metade humano e metade vampiro).

O encontro é explosivo, e ela sente uma atração muito forte por ele... Mas Alex sempre tenta se esquivar e a afasta a todo custo...

Mas se afastar dela pode ser tão doloroso, ou até mais, do que estar por perto...

Alex tem uma escolha a fazer. Será que ele é forte o suficiente para arriscar?

Com pesquisas, Vic acaba descobrindo sobre uma guerra que ocorreu há muitos anos atrás, quando ela ainda era uma criança... E descobre que seus pais lutaram nessa guerra.

Muitas coisas serão descobertas e alguns segredos serão revelados... Será que Victória vai descobrir o que realmente aconteceu com seus pais? Será que o mistério de não se lembrar de uma parte da vida será resolvido?

Eu adoro livros de fantasia, afinal o livro te leva para um mundo mágico pra fazer acreditar que a ficção é real... E aconteceu isso durante a leitura de “Golfinhos e Tubarões”.

A narrativa é tão envolvente que as páginas voam sem nem dar conta...

Fiquei até com vontade de ter um poder especial para ser aluna de Aprendum (rs).

Os personagens são muito bem definidos...

A Victória não é aquela mocinha indefesa e despreparada. Ela é forte, corajosa e destemida. Um ponto muito forte, ainda mais pelo fato do livro ser narrado por ela.

O Alex (suspiros e palmas, por favor) é aquele personagem complexo. Não é um herói de capa e espada, afinal ele é um meio vampiro... Mas foi a essência dele que me encantou.

Ele é um daqueles personagens literários que dá vontade de segurar e não soltar mais (Que a Victória não leia isso rs).

Os personagens secundários também tem importância muito relevante para a história.

E que mais me agradou foi o desenrolar da história. Muitas fantasias e ficções, por ser ambientado num mundo que não existe e ter elementos que também não existem, tem que ser contado de uma maneira que se acredite que aquilo é real.

E a Tais conseguiu fazer isso de forma sútil e completa. A história não ficou confusa e nem cheia de informação... Tudo muito balanceado e de fácil leitura.

Super ansiosa pela continuação.
Já tenho certeza que irei adorar.

E aí, estão prontos para se aventurar num mundo mágico e conhecer as definições entre o bem e o mal?

É só abrir o livro e se deixar levar...

Boa leitura!

site: http://www.matoporlivros.com.br/2015/08/resenha-3x1-golfinhos-tubaroes-o-outro.html
Tais Cortez 26/08/2015minha estante
Anaaaaaa....
Obrigada pela maravilhosa resenha!
Fico mto feliz q tenha gostado!
Adorei qnd disse q ficou com vontade de ter um poder especial para ser aluna de Aprendum rsss pq eu tbm gostaria!!! hehe
Tb concordo com o que falou sobre a Vic. Não gosto de personagens fracas e indefesas, por isso tento criar minhas protagonistas femininas bem fortes, determinadas e "poderosas" rs
Bjsss e sucesso ao blog!




Fer - Mato Por Livros 20/08/2015

Um mundo mágico fascinante e viciante!
E se toda sua vida fosse uma mentira? Uma farsa e você o fantoche? Se tudo o que você sabe sobre si mesma não passa de mentiras? Se tudo o que te contaram não passaram apenas de disfarces?
E se você descobrisse que o seu mundo não é mesmo o seu mundo. O seu... é outro mundo.

Victoria sabe que algo está errado. É impossível não notar as diferenças que aconteceram em sua vida. Coisas estranhas acontecem com ela. Ela é capaz de fazer coisas que ninguém pode explicar, até seus pais parecem ter medo de ficar ao lado dela.

E tudo piora quando sem querer ela coloca em risco a vida deles.
De repente seu mundo está de cabeça para baixo. Vic percebe que terá que enfrentar mudanças que ela não conhece e que muito provavelmente estará sozinha nessa.

Lisa e Vitor vieram para busca-la. Ela não os conhece e não compreende de que mundo vem e eles a convencem de que o mundo deles é o mundo ao qual ela pertence. E então ela parte com eles.

Vic de inicio não compreende bem que mundo é esse e não quer fazer parte dele, tudo o que ela quer é aprender a controlar esses “poderes” e depois voltar a sua vida antiga com seus pais adotivos. O que ela não esperava era que a sua vida, a sua verdadeira vida fosse recheada de tantos mistérios, segredos, aventuras e sensações que ela não sabia que era capaz de sentir.

Após um tempo ela se sente bem com sua nova vida, sua nova “escola” e seus novos amigos. A ideia de ir embora já não existe e tudo o que ela quer é compreender os mistérios que rondam a verdade sobre sua infância, seus pais e o porquê dela ter sido afastada de tudo isso.

E tudo seria mais fácil se ela pudesse contar com a verdade das pessoas, mas parece que mentiras são como teias de aranha, se espalham mais do que ela da conta de exterminar.
E como se não fosse suficiente ela precisa lidar com os sentimentos de Alex.
Alex é um meio humano. Não tem amigos e não parece preocupado em fazer nenhum. Sempre isolado, mantém sua pose de “não cheguem perto de mim ou vão descobrir do que sou capaz”.
A atração é imediata, o sentimento nasce. E Vic não sabe o que fazer para provar para esse teimoso que sim eles podem ficar juntos, mesmo que suas mentes, seus corpos, as pessoas e todo o resto diga que esse é um amor impossível.

Alex não está disposto a ceder. Vic também não. Parece que eles podem ter uma chance, mas os segredos do passado, as mentiras do presente e os perigos que os rondam serão grandes obstáculos para que esse amor possa seguir em frente.

UAU é pouco para a sensação de ler essa história.
Quem me conhece sabe que eu adoro o gênero, mas também sabe o quanto é difícil de uma história me agradar.
Depois que li Crepúsculo, e todos aqueles “mais do mesmo” que apareceram ficou difícil gostar de livros de fantasia, e fazer com que a história me envolvesse a ponto de eu senti-la de verdade ao lê-la.
Encontrei poucos livros capazes de me despertar essa sensação tão gostosa de magia, fantasia, mundo de sonhos e um pouco de realidade.

Acompanhar a história de Vic, foi como acompanhar a minha história. Eu me sentia nesse mundo. Sentia-me em Aprendum, vivendo tudo o que Vic vivia. As relações com os novos amigos, com os professores, o medo do novo, do desconhecido. As sensações de vitória, de conhecimento. O primeiro amor, as barreiras, os obstáculos, os perigos.
Acompanhar essa história com certeza foi um presente incrível.

Alguns fãs e leitores do livro costumam dizer que G&T lembra um pouco Crepúsculo e Harry Potter. Alguns pequenos detalhes até lembram mesmo. Mas o legal é que Tais criou uma história só sua, e claro nossa. Vic não tem nada de Bella, ao contrário rs. Assim como Alex não tem nada de Edward, talvez só seu instinto protetor. Já de Harry Potter percebi detalhes como a escola, algumas aulas, mas para por aí. O que me encantou na história foi exatamente isso. Ela é leve, envolvente, com uma leitura totalmente fluida, mas os detalhes são só seus. Um novo mundo para apreciar e temer rs. Ai que medo!
Uma das coisas que mais me conquistou na história, foi exatamente uma “inversão de papéis”. Geralmente já sabemos quem é o lado mais protetor, forte e o lado mais vulnerável, que desperta proteção e está sempre sendo o alvo. Essa “troca” me conquistou. Nada de mocinhas indefesas esperando o cavaleiro branco para protegê-las. Quem sabe o que quer não tem medo e vai a luta. Vic você com certeza é a She-Ra. Rs.

Não que Alex seja um fraco e covarde, nada disso. Mas a mocinha ser sempre uma indefesa e fraca, ai não dá né?
#PorMaisPersonagensFemininasDeFibraECoragem

Tais, já percebi, tem o dom de prender o leitor, desde as primeiras páginas. Foram 419 páginas lidas em um “pulo”. Depois que você começa, não quer mais parar. Comigo foi assim.

O final foi completamente de tirar o fôlego, que foi aquilo por favor? Rebobinem os momentos, porque eu fechei os olhos de pavor e perdi alguma coisa.
Os mistérios e os segredos que rondavam a vida de Vic com certeza foi uma surpresa. Imaginei algo totalmente diferente e fiquei feliz com o caminho que as coisas levaram. Tudo bem que eu chorei um pouco e não esperava por lágrimas, mas poxa vida, os pais dela realmente eram incríveis.

O ponto negativo da história. Tem um ENORME.
Ela chegou ao final!
Sabe aquela história que te cativa e você quer que chegue ao fim porque você precisa entender todos os acontecimentos, os mistérios, desvendar os segredos. Mas ai começa a chegar ao final e você percebe que vai ficar sem mais história, mais acontecimentos. Vic, Alex e todos aqueles fofos iam se despedir, e isso não é nenhum pouco legal.
Mas fazer o que, esses autores são mesmo cruéis assim.
Torcendo por uma continuação e logo, porque o livro um foi bem finalizado, mas sim com certeza ali existem possibilidades para mais. E eu quero muito mais.

Bem só tenho uma coisa a dizer, ou melhor duas:
Eu amei. E quero muito mais histórias da Tais. E por incrível que pareça, mesmo tendo gostado muito de O Último Homem do Mundo, um romance jovem super gostoso também da Tais. É Golfinhos e Tubarões que ganha o posto de meu xodó!

Diretores lindos e produtores de Hollywodd, atenção por favor, eis aqui um enredo pronto para se tornar o mais novo queridinho das telonas.

Pessoal fizemos uma resenha tripla desse livro encantador no blog com direitos a quotes lindos, então quem quiser conferir, é no link: http://www.matoporlivros.com.br/2015/08/resenha-3x1-golfinhos-tubaroes-o-outro.html?showComment=1440070061217#c817091354938536575

site: http://www.matoporlivros.com.br/
Tais Cortez 26/08/2015minha estante
Ferrrrrrr...que resenha mais perfeita :)
AMEI!
Adorei qnd vc disse q se sentiu na pele de Vic, vivendo as situações e emoções q ela vivia.
Achei uma graça vc dizer q chorou...q fofa! rs Os pais dela realmente eram incríveis!
Fico feliz q essa história tenha prendido vc e conquistado seu coração!
Espero q Acima de Nós consiga agradá-la tanto qnt meus outros 2 rs
Obrigada pelo carinho q tem por mim e meus livros!!!
Bjsss e sucesso ao blog!




Vanessa 20/08/2015

Impressionante
Antes de tirarem conclusões precipitadas e pensarem que a história "Golfinhos e Tubarões o outro mundo" está relacionada ao Oceano, leiam a sinopse!
Eu conheci a Tais Cortez em um dos eventos literários e ela apresentou seus dois "bebês". Logo de cara sabia que iria ler os dois, mas naquele momento optei por "O Último Homem do Mundo", que é super delicioso. (recomendo).
Os dois são bem diferentes, o que citei acima é um romance adolescente, que se torna uma comédia romântica leve. (é ótimo). Já nesse outro livro que apresento agora a resenha é uma fantasia.
O livro é narrado em primeira pessoa, pela protagonista Victória, ela que nos guia nessa história através do que sabe e do que vê. No começo o que sabe não é muito. Ela foi adotada aos 5 anos por Ana e Greg, um casal de "Workaholic", que não lhe deixam faltar nada material, mas no quesito carinho, deixam a desejar.
E aos 15 anos Vic sente algumas mudanças em seu corpo, a mais evidente é a mudança repentina da cor dos seus cabelos (o que eu não gostei, pois ela era ruiva hunf' kkkk), porém aos 18 anos acontece algo grave, que obriga seus pais adotivos chamarem especialistas.
O que ninguém imagina é que Vitor e Lisa, os especialistas, são da escola Aprendum, essa uma escola de treinar habilidades incomuns e controlá-las, em outro mundo, onde existem vários jovens como Vic.
Porém ela vai contra sua vontade, só que aos poucos seu interesse aumenta, ela fica intrigada com tantos mistérios que rondam sua vida. Assim faz alguns amigos e investiga o que realmente aconteceu com seus pais biológicos.
E SIM! Além de tudo existe Alex (suspiros). Victória sente uma ligação instantânea por ele, parece um "imã" invisível. E Alex, não quer se envolver nem com amizades e nem com amores, portanto ele sempre aparece para salvá-la de todas suas enrascadas (e olha... são muitas... muitas mesmo). É esse "imã" é forte demais... uma atração... uma ligação... que ele precisão descobrir, que fica até engraçado, pois Vic não deixa passar em branco, enquanto Alex tenta negar. Mas por que?!
Toda trama mostra nossa protagonista aprendendo mais e mais suas habilidades e se fortalece (e precisa mesmo).

"Dizer que estava apaixonada seria chamar de garoa o que, na verdade, era um dilúvio"

A cada página Tais Cortez te surpreende muito, como me surpreendeu!!!
Misturando ficção, mistérios, fantasia, mentiras, descobertas e vingança, numa outra mistura maravilhosa onde leitores de HQ's (vou aposentar os meus X- Men... não vou exagerar, está top mesmo) e livros fantásticos como Twilight e Harry Potter vem a todo minuto na sua imaginação.
Resumindo: A mistura ficou o livro dos sonhos da Tais e de muitos leitores (me incluindo). Eu só posso dizer que o livro é daqueles que prende a atenção e parabenizar a escritora. E novamente: TAIS, ESTOU PRONTA PARA O PRÓXIMO!

site: www.matoporlivros.com.br
Tais Cortez 26/08/2015minha estante
Vannnnnn
Obrigada pela resenha....adoreiiiii :)
Fico mto feliz por meus 2 bbs terem conseguido conquistar seu coração, mesmo eles sendo tão diferentes!
Adorei saber q vc se surpreendeu bastante com a história e amei qnd disse q a mistura de elementos acabou se tornando o livro dos sonhos de muitos leitores, incluindo vc! rs
Que venha o próximo!!! rss Não vejo a hora de saber sua opinião!
Bjsss e sucesso ao blog!




'Dressa 18/08/2015

Recebi esse livro para ler a partir do Book Tour que a autora organizou. Confesso que assim que iniciei a leitura fiquei um pouco confusa, a história mistura aspectos que lembram X-men/Crepúsculo/Harry Potter, isso me deixou surpresa e no início não me agradou muito, mas logo que Victoria começou a participar das aulas para aprender a lidar com suas habilidades me acostumei e passei a apreciar a leitura.

Li esse livro em exatamente uma semana, é uma leitura contagiante! Se eu não tivesse com aulas praticamente todos os dias da semana teria terminado muito antes, mas mesmo assim fiquei feliz por terminar a leitura de um livro com 420 páginas tão rapidamente.

Diferente do outro livro escrito pela Tais Cortez, esse não é apenas um romance, ele tem muitos aspectos mágicos que são extremamente importantes para o decorrer do enredo, por exemplo: Victoria tem a habilidade da mente, da força e velocidade, de mover objetos e pessoas e também tem um escudo pessoal que a auxilia na maioria dos combates. Essa característica diferenciada no livro Golfinhos e Tubarões me pegou desprevenida, mas foi muito interessante conhecer esse outro mundo!

Logo que Vic chega ao colégio para pessoas com habilidades ela conhece Alex, seu interesse pelo garoto cresce cada vez mais, o problema é que Alex parece não compartilhar desse sentimento e se mantém afastado de tudo e todos. A protagonista não desiste facilmente do que quer e, sempre que tem chance, tenta falar com o garoto dos seus sonhos. Todos parecem saber o perigo que seria se o romance acontecesse, menos Victoria.

O desenvolvimento das habilidades dos protagonistas e seus amigos foi a parte que achei mais interessante no livro! Gostei muito das descrições que a autora fez sobre como Victoria treinava o uso do seu dom. O enredo tem várias cenas que deixaram meu coração acelerado enquanto aguardava ansiosa os momentos decisivos. É um livro tão cheio de emoções que fica praticamente impossível parar de ler.

site: https://citandopalavras.wordpress.com/2015/08/17/resenha-golfinhos-e-tubaroes-de-tais-cortez/
Tais Cortez 19/08/2015minha estante
Oiiii, Andressa
Adorei a resenha!
Obrigada :)
Fico feliz q tenha gostado!
Bjssss
e sucesso ao blog!




KELLY 16/08/2015

Mágico
Olá galerinha!
Hoje trago a resenha que inaugura nossa parceria com a querida Tais Cortez, e que também estréia minha participação em um Book Tour \O/!
Conheci a Tais em um evento na Livraria Martins Fontes e ela é uma flor, e sua escrita? Bom, essa você vai ter que ler pra tirar suas conclusões, mas vamos ao que interessa...


Em Golfinhos e tubarões vamos conhecer Victoria, uma adolescente que acabou de fazer 18 anos e descobrir da pior maneira que não é uma pessoa comum. Vick foi adotada quando tinha 5 anos por Ana e Greg, e não se lembra de uma vida antes dessa e nem de seus pais biológicos.

Com o passar do tempo ela vai percebendo que coisas estranhas estão acontecendo com seu corpo e seus sentidos, seu cabelo antes ruivo, de uma hora pra outra se tornou negro como a noite, sua audição e visão estão muito aguçados e ela não tem uma explicação para isso, até que um dia, Vick passa mal e ao acordar seus pais estão desacordados flutuando na sala.


"Contra a minha vontade, minha vida tinha mudado. E eu estava convicta de que nunca mais seria a mesma."

Ana e Greg não querem mais ela, e ela por si só, já se acha um perigo e acredita que ficar longe de todos seja a melhor opção, até que Lisa e Victor aparecem, dois estranhos que vieram busca-la para leva-lá para um lugar que segundo eles é o seu lar.

Vick decide que irá aceitar a proposta dos dois estranhos, mas por tempo determinado, ela só vai ficar longe de seus pais até descobrir como dominar seus poderes, depois disso ela volta pra casa com a certeza de que poderá manter as pessoas que ama seguras, mas ela não imagina o que encontrará pela frente, e talvez seus planos mudem radicalmente.

Alex é um mestiço, meio vampiro, meio humano que mora no colégio onde Vick agora irá permanecer. Nesse colégio adolescentes como ela são treinados para que possam controlar seus poderes afim de não machucar ninguém e terem o controle de sua existência. Desde o inicio, ela só se convenceu de ir passar algum tempo no colégio, depois de ver Alex na visão disponibilizada por Lisa. Encantada com sua beleza e curiosa pelo ar de perigo que ele exalava, Vick decidiu que tinha que conhecer esse garoto.


"Refleti sobre suas palavras. É isso o que ele era: dividido. A metade vampiro, seduzida por sangue, era incapaz de me tocar sem desejar me matar. A metade homem tinha uma consciência atormentada e ódio por ser o que era. Então eu me dei conta que por ele, eu estava disposta a correr aquele risco. Estava disposta a morrer para estar ao seu lado."

Alex é arisco, e se aproximar dele talvez não seja tão fácil quanto parecia, Vick agora tem uma nova família que conhece seus antigos pais, e nesse turbilhão de emoções ela irá se dividir em tentar se aproximar de Alex e descobrir sobre seu passado.

No colégio muitas aventuras acontecerão, e ela tanto conhecerá pessoas bacanas como também pessoas ruins, e é nessa mistura que você entenderá o sentido de Golfinhos e Tubarões.

Quando iniciei a leitura, eu sinceramente não imaginava o que iria encontrar, e vou confessar que quando vi o título, fiquei me perguntando: E agora? É de sereia? Santa ignorância kkkkkkkkkkkkkkkk eu e minha mania de não ler sinopse kkkkkk


"Nós não sabemos porque existem tubarões e golfinhos, se já existem peixes.Não é uma questão de entender porque existimos, mas de saber existir sendo o que somos."

Mas enfim, amei com todas as Letras!!! Vick é uma menina super meiga e dedicada, e ela com certeza irá te conquistar logo nas primeiras páginas, depois disso você vai sentir um ódio imenso pelos pais adotivos dela, mas tudo bem, quando Lisa mostrar o lugar para onde ela esta indo, e o misterioso menino aparecer, você vai esquecer tudo. Não se preocupe kkkkkk

A história tem uma leitura leve e contagiante, a Tais conseguiu criar um mundo, que apesar de fantástico é real, e durante a leitura você consegue se sentir uma moradora do colégio. Cheio de mistérios e segredos, é impossível não se apaixonar por Alex e não querer entender o porque de tanta relutância em se aproximar.

Com relação a diagramação, a editora está de parabéns! A capa é linda e atraente, as páginas são amareladas e as letras possuem um tamanho de fonte muito agradável, que torna a leitura confortável e aconchegante, não localizei erros durante a leitura e tudo fluiu muito rápido, no inicio achei que não conseguiria finalizar a leitura, mas a história é tão viciante que é impossível largar o livro depois da primeira página.

Com um enredo super criativo e irreverente, deixe-se levar por essa história mágica assim como eu deixei e não me arrependi, o livro como sempre ficou cheio de fitinhas coloridas.

Pra quem ler e curti tenho um segredo, assim que terminei a leitura a minha querida Tais me confidenciou que teremos o segundo volume da obra, boazinha ela né? Tinha acabado de devorar as últimas páginas com o coração a mil, para saber o que ia acontecer, e quando finalmente me tranquilizo, ela me vem com essa! SEGURA O FORNINHO GIOVANNA kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Então é isso gente, espero que tenham gostado e que se aventurem nesse lindo romance adolescente, meu preferido *-*, com emoções, sensações e muita, muita fantasia!

Beijokas e até a próxima.

site: http://paraisodasideas.blogspot.com.br/2015/08/resenha-golfinhos-e-tubaroes-01-tais.html#comment-form
Tais Cortez 17/08/2015minha estante
Kelly!!!!
Que resenha maisssssss maravilhosa!!!
AMEI
É tão legal (e engraçado) perceber, na forma como vc descreveu o livro e deu sua opinião, o qnd vc foi envolvida pela história!
Fiquei super feliz por vc ter gostado a ponto de favoritar. :)
Adorei qnd vc disse que se sentiu moradora do colégio. É muito bom qnd lemos algo e somos transportados para esse mundo.
Que venha agora a continuação! rss
Bjsss e sucesso ao blog!




Vitória 11/08/2015

Victoria vive com Ana e Greg - seus pais adotivos - desde os cinco anos, mas não sente que vive em uma "família" já que eles são pais ausentes. Ela não consegue se lembrar dos pais biológicos, e acha estranho ter tão poucas informações sobre eles, e sobre suas mortes.
Desde os quinze anos ela começa a sentir algumas mudanças em seu corpo, seu cabelo passa de ruivo para preto, e ela sente que sua força e velocidade aumentaram drasticamente. Aos dezoito anos ela acaba perdendo o controle sobre os novos poderes que evoluiram nesse tempo, e causa um grave acidente com os pais. Assustados eles decidem que Vic precisa de cuidados, é nesse momento que Lisa e Vitor aparecem para levá-la para Aprendum, uma escola para pessoas como ela, com poderes sobrenaturais.
Já na escola, ela passa a descobrir mais sobre sua verdadeira família e sobre o mundo que realmente pertence, conhece outras pessoas com poderes diversificados, e passa a ter aulas para aprender a aperfeiçoar e controlar seus poderes. E lá também conhece Alex, um mestiço - metade humano, metade vampiro - e se sente atraída assim que o vê pela primeira vez.
Alex é um enigma, por ser mestiço ele não tem amigos, e está sempre na dele, mas por mais que ele tente se afastar, há algo que sempre os leva um ao outro.
Victoria vai descobrir que seu passado guarda mais segredos do que imagina, e nem todos eles, ela vai gostar de descobrir.

" A verdade é que, ao olhar para ele, eu sempre perdia a noção do tempo e espaço. Seus traços eram tão perfeitos que me hipnotizavam. Talvez ele fosse uma ilusão. Quem sabe, se eu o tocasse, acreditaria que ele era real. E eu precisava dessa certeza."

Para começar, tenho que dizer que o livro tem uma leve semelhança com "Crepúsculo". Alex apesar de "não querer" estar perto de Vic, sempre a salva em situações perigosas. Lembrou o Edward, não é?
Mais uma vez Tais conseguiu me conquistar com sua narrativa. Vic é uma protagonista que vai atrás daquilo que quer; a príncipio ela estava assustada, e claro, com medo de enfrentar sua nova vida, mas se mostrou forte, e acabou me surpreendendo.
Alex, bem, não posso negar que senti um pouco de raiva dele. Eu não conseguia entender os motivos que ele tinha para se afastar de Vic, e isso as vezes me deixava querendo brigar com ele. Mas claro que passei a suspirar por ele depois de conhecê-lo um pouco mais.
Lisa, que é professora na escola, foi uma das personagens que mais me conquistou. Ela sempre se preocupou com a Vic, e o seu jeito meigo, preocupada e ao mesmo tempo tranquila nos faz querer descobrir mais sobre ela. Já Vitor é meio "mandão", do tipo que todos os alunos fogem, mas no fundo tem as mesmas qualidades de Lisa.
As cenas de ação ficaram mais para o final, e claro que fica um gostinho de "quero mais", só vou perdoar a autora por isso, porque sei que o segundo livro já está em produção, e acredito que será ainda mais "agitado" que esse.
Sobre o romance entre Vic e Alex, eu não imaginava o tamanho da história que esses dois tinham, e sim, você se surpreende quando passa a descobrir os segredos que ele guarda.
Sem dúvidas Golfinhos e Tubarões entrou para a lista de favoritos.

"Dizer que estou apaixonada seria chamar de garoa o que na verdade era um dilúvio."


site: http://passeandocomoslivros.blogspot.com.br/2015/08/resenha-book-tour-golfinhos-e-tubaroes.html#more
Tais Cortez 11/08/2015minha estante
Viiiiii
q resenha maissss maravilhosaaaaa...
AMEI!
Adorei seus comentários sobre Vic, Alex, Lisa e Vitor, e amei saber q entrou para seus favoritos!
Tb gostei muito qnd falou sobre suas impressões enquanto lia rss
Pode apostar q a continuação estará recheada de ação...e muita emoção! hehe
Bjsss e sucesso ao blog!




Jéssica 10/08/2015

Golfinhos e Tubarões - O outro mundo
O livro conta a história de Victória, uma adolescente até então normal, mas que um dia coisas estranhas passaram a acontecer com ela. Seus cabelos ruivos escureceram, ela começa a conseguir mover objetos.

Com isso seus pais adotivos, começam a ficar assustados. E Victória acaba descobrindo que não pertence ao mundo dos humanos e sim à um lugar onde todos são como ela, cada um com sua característica.

Victoria vai para uma escola, a Aprendum . Onde há alunos com os mais diversificados dons existentes, onde frequentam aulas para aperfeiçoar e evoluir cada vez mais seus poderes.

" Nós não sabemos por que existem tubarões e golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo o que somos. ..."

Lá ela encontra Alex, um mestiço ( meio vampiro e meio humano ). As pessoas por terem medo e um certo... receio de ficar perto dele acabam isolando-o.
Vicky se atrae imediatamente por ele, e acaba que o sentimento é recíproco.
Entretanto terão que superar muitas coisas para poder conseguir ficar juntos.
Vicky está em busca do seu passado. Seus pais são famosos, mas ela nada sabe sobre eles, melhor, ela sabe apenas o que é lhe contado. Ela é o tipo de garota que luta pelo que quer. É forte e ( muito ) persistente.

Alex é misterioso e muito fechado, talvez devido a sua natureza, por ser quem ele é. Por medo de perder o controle e algo acontecer. Mas ele ainda continua sendo irresistivelmente encantador.

Não apenas Victória e Alex, mas todos os outros personagens da trama são muito bem desenvolvidos ( o que dá vontade de saber mais da história de todos). Cada um possui sua peculiaridade ( eu sei que já disse isso), mas achei fantástico. A escola em si é um lugar pra qualquer leitor sonhar em morar.

O livro passa bem mais do que uma história sobre adolescentes. Tanto Victória, quanto Alex são protetores, não apenas entre eles, mas com os amigos a volta, é um sentimento muito bonito. Há o romance, que pode aparentar se clichê, mas que é muito gostoso de se ler *-* . Mostra também como são os laços, seja ele entre família, amigos ou casal. O que é muito interessante de ler.

É notável durante o decorrer da leitura, em quais obras a autora se baseou ( eu apenas acho isso, uma opinião minha ). E achei muito legal e interessante, pois você tem uma base de como ela criou esse mundo, gostei bastante.

Apesar de o livro ter mais de 400 páginas, você consegue ler muito rápido, pois a escrita da autora é muito fluida e rápida, é gostosa de se ler.

Observei que tiveram alguns pequenos erros de revisão, mas nada que comprometa a leitura. A capa é linda, eu, particularmente, adoro, fico fascinada com a mistura de cor nesse olho.

Eu já li outro livro da autora O último homem do mundo resenha AQUI ( Gostei muito ), mas esse fica como sendo o meu queridinho da autora.

A primeira impressão pode parecer que a história é clichê, mas não deixe se enganar. Ela vai te encantar, assim como fiquei.

Não vejo a hora de ler a continuação, porque SIM, vai ter continuação e o que ficou vago no primeiro livro, parece que vai ser explicado no segundo. Resumindo, esse livro promete. rs

Taís parabéns pelos livros, você é muito talentosa. Te desejo todo o sucesso possível, e por favor, continue escrevendo mais livros.
Obrigada por poder participar do Book Tour.

Eu sei que sempre falo isso sobre autor nacional ( e pra ser sincera vou continuar falando ). Mas os autores nacionais merecem mais reconhecimento, possuem ( na minha opinião ) muito talento. E acho que deve dar uma chance pra ler, porque são bons.



Espero que tenha gostado
Beijinhos e até a próxima...
Jéssica Tolare

site: http://wwwsnowhitej.blogspot.com.br/2015/08/book-tour-8-golfinhos-e-tubaroes-o.html
Tais Cortez 11/08/2015minha estante
Oiii, Jéssica
Adoreiiii a resenha!
Fico mto feliz q tenha gostado :)
Obrigada pelo carinho...pode deixar q continuarei escrevendo outros livros!
E q venha a continuação de GET rss
Bjsss e sucesso ao blog!




Clauclau 04/08/2015

Golfinhos e Tubarões O Outro Oundo
Textura do papel: Remete aos livros antigos: folhas amareladas e ásperas. Facilitou bastante os desfolhar das páginas
Tamanho da Fonte: Bom tamanho para leitura e espaçamento adequado.

Comprei este livro no mês de junho no 1º Encontro Literário da Leitura e CIA e Coruja Literária na Livraria Martins Fontes. A autora Tais Cortez estava presente no evento, ótima oportunidade de conversar com ela e saber mais sobre os seus próximos trabalhos.

Gosto de expor minha opinião sobre o que li e retratar a impressão sobre o livro, sem pretensão em elaborar uma resenha.

Então, vamos ao que interessa!

Ao pegar esse livro pensei: - Por que esse nome? E comecei a analisa-lo para entender o que ele queria me dizer.
O olho na capa é um olhar penetrante, enigmático e me remeteu a uma súplica, um pedido de socorro.

Li cada página como se estivesse em um jantar maravilhoso com toda pompa e circunstância.
A capa do livro era o prato de entrada, abrindo espaço, indicando o que encontraria nas páginas a seguir. Deparei-me com um portal onde me levaria a sentir várias emoções
(amor, raiva, confiança, medo, humor, receio, indignação, covardia e desconfiança).
Depois passei para o prato principal, cheio de sabores e cores. Uma menina de 5 anos chamada Victoria que foi adotada por um casal “normal” a mãe Presidente de uma indústria de cosméticos e o pai advogado. Deliciei-me com o romance entre ela, Victoria ou simplesmente Vick uma mutante com várias habilidades inumanas, que só descobriu seus poderes aos 18 anos, (herdados de sua mãe e de seu pai) e o mestiço, meio humano meio vampiro (a mãe era humana e o pai vampiro) de nome Alex. Vibrei com as intempéries do casal, com as lutas intimas que travavam juntos ou separados. Eles mostravam que nem sempre o diferente é impossível. É possível sim! Eles acreditaram, focaram, insistiram e conseguiram (Claro que Vick, insistiu muito para que o romance desse certo). Tiveram o cuidado de perceber um alerta que avisava o tempo todo que: Onde existem golfinhos ficassem alerta, pois, encontrariam também tubarões pela frente. Eles desbravaram os caminhos que até aquele momento seria inacreditável. Depois me deparei com um final majestoso, que classifiquei como a sobremesa, onde explode sabores e consistências maravilhosas. Foi exatamente dessa forma que encarei as páginas finais, onde o bem e o mal se confrontam. Uma história onde a guerra era travada entre dois lados, onde o sangue derramado se fazia necessário para estabelecer a “ordem”. A vingança é um caminho incerto e perigoso. Um romance empolgante onde cada página tem sabor de quero mais. Será que teremos mais? É o que parece, ou é o que eu desejo!

Gostei da trama dos personagens, cada um com suas particularidades. Em certos momentos a trama se prolonga um pouco sem muita necessidade. Percebi em algumas páginas semelhanças com histórias já conhecidas, mais isso não interferiu em momento nenhum com a trama.
Parabéns, para a Chiado Editora em acreditar no trabalho de Tais Cortes e executar um bom acabamento no livro. Adorei Tais Cortez e quero agradece-la por ter dividido com os leitores essa trama tão deliciosa, espero poder me deliciar com próximas histórias suas. É isso!


Tais Cortez 04/08/2015minha estante
Oiii, Claudia!!!
Q depoimento incrível!
Adorei a forma como vc foi contando toda a sua experiência com a leitura, desde as primeiras impressões com a capa até o final da história!!!
Obrigada por compartilhar!
Fico mto feliz por ter sido uma leitura deliciosa! E pode apostar q terá continuação rsss
Bjssss




Dri 31/07/2015

Uma história de fantasia fantástica, que é fantástica!
"(...)Nós não sabemos por que existem Tubarões e Golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo o que somos(...)"

Golfinhos e Tubarões na verdade não nos conta a história do fundo do mar, sereias e nem nada parecido, como a principio, antes de ler a sinopse, eu havia imaginado.
Neste livro é Vicky, quem nos conta a história. Ela foi adotada aos 5 anos e não sabe nada sobre seus pais verdadeiros, apenas a causa da morte deles, uma doença. Ela não tem nenhuma lembrança deles e vive com essa grande tristeza.
Seus pais adotivos não lhe deixam faltar nada em questão de bens, mas amor e carinho não é algo muito costumeiro entre eles.
Após completar 15 anos, Vicky começa a perceber mudanças estranhas com seu corpo, seu cabelo muda de cor, ela se torna mais forte e mais rápida.
Ao completar 18 anos acaba ocorrendo um pequeno acidente em sua casa, e por conta da preocupação e do medo, Ana e Greg (seus pais adotivos) resolvem chamar especialistas para que possam auxilia-los.
Esses especialistas Vitor e Lisa, embora Ana e Greg não saibam, são de Aprendum, uma escola em um outro mundo, o mundo onde Vicky pertence, com alunos semelhantes a ela, com poderes a serem desenvolvidos e treinados.
Vicky embarca para esse mundo um pouco contra sua vontade e quando chega ao local tudo é novidade, e aos poucos ela percebe que aquele é provavelmente seu lugar. Ela faz alguns amigos e começa a conhecer melhor suas habilidades, embora ainda tenha muito medo delas.
E com tudo isso ela percebe que pode tentar descobrir algo sobre seus pais, porém ninguém sabe exatamente da história, e algo lhe diz que as pessoas que realmente sabem, estão lhe escondendo algo, que ela terá que tentar descobrir sozinha.
Como se isso já fosse pouco... Alex aparece em sua vida logo no primeiro dia de aula, e por alguma razão estranha, Vicky não consegue evita-lo, parece que uma força maior existe e ela acha praticamente impossível não se sentir atraída por ele.
O problema é: todos evitam Alex e ele evita a todos, mas Vicky não pretende deixar que as coisas continuem assim e com isso ela está a um passo de uma grande e poderosa revelação!

"(...)O outro mundo não se tratava mais de um local temporário onde eu poderia aprender e controlar minhas habilidades. Em Aprendum, eu tinha uma família."

Embora eu pudesse ter finalizado a leitura em 2 dias tranquilamente, eu adiei, adiei muito, porque me apeguei por completo a alguns personagens e suas histórias e seria como dizer até logo a um amigo muito querido, que iria viajar por um bom tempo e eu não queria. Ao mesmo tempo que eu queria terminar a leitura por conta da curiosidade e felicidade e todos esses sentimentos que nos fazem querer "devorar" um livro, eu não queria finalizar por todos os outros que eu já citei.

Vicky me encantou por não ser aquela tipica mocinha "chata", embora ela não tivesse noção do que a esperava a cada acontecimento, ela se envolvia de corpo e alma, o que as vezes era imprudente, mas me fez adora-la.
Ela e Alex (o casal central da trama) me tiraram muitos suspiros e me deixavam cada vez mais curiosa com o que poderia acontecer, e eu amei essa sensação maravilhosa de me apegar aos personagens

"(...) Dizer que estava apaixonada seria chamar de garoa o que, na verdade, era um dilúvio."

A Tais nos trouxe fantasia de uma forma cativante, onde temos medo, aventuras, dor e romance.
Ela conseguiu misturar esses sentimentos todos em uma história eletrizante, que eu amei e me envolvi demais e queria que não tivesse fim.
Fico feliz em saber que ela já está escrevendo a continuação
Sem contar na simpatia em pessoa que é a Tais Cortez

Eu gostei tanto, mas tanto que não consigo expressar meu amor pela história.

Pensei em começar a leitura novamente assim que terminei, de tanto que gostei da leitura, e eu não costumo fazer isso, mas mesmo assim, já reli alguns trechos do livro depois de finalizado, pois não aguentei de saudade dos personagens rs

Golfinhos e Tubarões entrou para a minha lista de favoritos com certeza!!!

site: http://livrosleituraseleitores.blogspot.com.br/
Tais Cortez 31/07/2015minha estante
Driiiii,
Eu já tinha amado o seu video-resenha, e a resenha escrita não ficou para trás! rsss
Foi muito bom ler mais sobre suas percepções, principalmente sobre a Vic e o casal :)
Fico muito feliz por vc tenha gostado!
Obrigada pelo carinho!
Q venha agora a continuação rss
Bjsss e sucesso ao blog!




Coruja Literária 30/07/2015

Um amor que venceu o passado.
"Um amor complicado.
Um segredo do passado.
Uma história mágica e inesquecível. "

Adquiri esse livro no primeiro evento literário que participei isso foi exatamente no dia 21 de Dezembro de 2014 no começo desse ano peguei ele pra ler mas não consegui é como Se não tivesse na hora. Alguém já passou por isso? Bom eu já várias vezes rsrs.
Peguei para lê novamente ele dia 27/07 e acabei ele em 3 dias e já estou com saudades.

Um amor que venceu o passado.

Neste livro você irá conhecer a história de Victória uma garota dotada de habilidades especiais só que não tem conhecimento disso pois aos 5 anos ela foi adotada e só em sua adolescência que começou a acontecer as mudanças físicas e suas habilidades começaram a se manifestar a ponto de quase matar seus pais adotivos e com esses acontecimentos apareceu Lisa e Vitor que conheceu os pais verdadeiro dela e conversou e contou o necessário para que ela soubesse que não pertencia aquele mundo e que em Aprendum ela aprenderá a controlar as habilidades dela, Vic aceita ir.
De início Vic vai para aprender realmente a controlar suas habilidades para poder voltar ao mundo dos humanos e viver sua vida normalmente, só que com o tempo ela foi se adaptando e fazendo amizades, percebeu que era feliz e não conseguiria se separar facilmente dessa nova vida e isso não era o principal havia Alex (um meio vampiro e meio humano que tem seu passado ligado com o de Vic) um mestiço que adorava salva-la de situação perigosas mas se recusava a se aproximar dela, a ser seu amigo e etc, mas Vic não ia aceitar isso pois o que sentia por ele era intenso, como se fosse um imã.
"Dizer que estava apaixonada seria chamar de garoa o que, na verdade, era um dilúvio."
Em um passeio a Zápia onde passou o dia com Alex, de volta ao castelo onde ficavam quando iam a cidade Penny a encontrou e ajudou a se aprontar e entrar na sala de jantar sem ser notadas e em seguida teria o baile onde Alex não compareceria pois achava que não era bem vindo e ele não dançava, como Vic já tinha sido convidada por Thiago e suas amigas já haviam li dado ânimo para participar não se importou muito durante o baile depois de um discussão com Thiago durante a dança Alex apareceu e a conduziu pelo salão até uma varanda e depois a levou até uma das torres do castelo. Depois de tantas decepções na tentativa de aproximar Alex dela mostrar que não era inofensiva e que conseguiriam superar os obstáculos, ele a surpreende e diz tudo o que ela tanto desejava e finalmente cedeu e foi onde o primeiro beijo aconteceu.
A partir daí tudo se tornou belo na vida de todos da Aprendum só que essa calmaria estava para acabar pois o pacto que existia para manter a paz em Zápia foi quebrado pela sede de vingança de Liponidas (tio de Alex), acabou com a paz principalmente de Vic pois sabia que era um dos alvos dele e por mais que dissessem que ela estava protegida em Aprendum fez de tudo para fortalecer e aprender mais sobre suas habilidades para caso fosse necessário saberia se proteger e sentia que necessitava disso tornou-se uma garota fria e distante de todos e em uma certa noite teve uma premonição que revelou a ela que seu amor seria morto por Liponidas e se adiantou para tentar que sua premonições não se cumprisse pois prefere perder a vida do que perder o seu amor e decidida arquiteta seu plano e assim que chegam em Zápia ela põe em prática e vai atrás de Liponidas pois acredita que se não conseguir matá-lo pelo menos conseguirá mudar o rumo da sua premonição.

"Entretanto, eu tinha certeza que o nosso amor era forte e sólido como uma rocha. Nada poderia nos abalar, nem nos separar e, enquanto estivéssemos juntos, enfrentariamos qualquer obstáculos que surgissem em nossos caminhos. Nós poderíamos vencer o mundo...porque, diante do nosso amor, o mundo parecia se curvar..."

Me surpreendi em cada página desse livro Tais superou as minhas expectativas já havia amado a escrita dela em "O último homem do mundo" e agora em Golfinhos e Tubarões onde usa a ficção + romance que tornou a mistura perfeita e com um enredo apaixonante; pra quem gosta de x-men vai amar essa leitura e esses jovens com suas habilidades excepcionais. O desenvolvimento da história se dá de uma maneira que prende o leitor, que faz querer ler capítulo após capítulo para saber o que irá acontecer, não deixem de ler e se emocionar super recomendo.

Nota: 5/5


site: http://coruja-literaria.blogspot.com.br/2015/07/resenha-golfinhos-e-tubaroes.html?m=1
Tais Cortez 30/07/2015minha estante
Oiii, Natasha
Q resenha lindaaaaaaaa!!! Ameiiii...
Fico muitoooo feliz q vc tenha se surpreendido!
419 págs em 3 dias?? Uauuuu!!!! rsss
Obrigada por compartilhar esse feedback tão maravilhoso!!!
Eu já tive tantas emoções hj e esse seu post foi a cereja do bolo! rssss Bjssss e obrigada pelo carinho!




Paula.Costi 26/07/2015

RESENHA: GOLFINHOS E TUBARÕES – O OUTRO MUNDO. (Blog Agregar)
Titia Paula voltou na terceira semana seguida – atrasada, mas cheguei. E com o dedo cortado, mas estou dando um jeito para digitar (e cortar as coisas pra cozinhar) – e trazendo para vocês a última parceria firmada pelo blog: o livro “Golfinhos e Tubarões – O Outro Mundo” da, já parceira, Tais Cortez.

O livro foi lançado em 2013 pela Chiado Editora – editora portuguesa – e foi o livro de estreia da autora. Com um pouco mais de quatrocentas páginas, Tais nos oferece uma trama cheia de segredos, mentiras – por causados segredos –, fantasia, romance e vingança que fez o que poucos livros conseguem fazer comigo: ignorar o fato de eu que ia estar morrendo de sono no dia seguinte, mas eu precisava terminar mais um capítulo. E depois outro. E então mais um. E só mais esse até que dormi com o livro aberto no meu rosto – tá, não foi rosto, foi no peito mesmo. Estava deitada e ele estava apoiado ali para pegar a luz do abajur.

A história toda é a partir do ponto de vista de Victória, uma menina-mulher de dezoito anos que se vê com problemas sérios de “Quem diabos sou eu?” e “Puta merda, como eu faço isso parar/dar um jeito?” ao acordar inconsciente na sala com seus pais adotivos pendurados na parede. Por que ela teve uma dor de cabeça federal. E destruiu a sala. Com a força da mente.

ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ!!!!!

Nisso, aparecem Vitor e Lisa, que levam Victória para esse avião que faz uma viagem muito louca e para em um lugar muito louco e então ela vai para uma escola muito louca.

Não, ela não estava chapada – apesar de provavelmente o piloto estar levemente bêbado.

Victória é levada para Aprendum, uma escola para pessoas com habilidades extraordinárias que nem as que ela tem e, mais do que isso, ela finalmente começa a aprender sobre seus pais, o que ela é capaz de fazer, sobre o que ela é e o que vai ser necessário para que ela lute não apenas pela própria vida, mas pela vida dos que mais ama e pela memória de seus pais.

Numa história que, para leitores de literatura fantástica e amantes de filmes do gênero, vai lembrar partes de Twilight, X-Men e Harry Potter, tu te vês cada vez mais envolvida(o) e com a expectativa crescente em descobrir o que vai acontecer com ela e Alex – leiam o livro! – e, mais do que isso, com a maneira que ela vai lidar com toda a bomba que, como leitor, tu sabes que está prestes a estourar. Só não sabe o que vai ser.

É muito tocante a maneira com que Tais fez crescer a história, como ela mostrou a maneira com que Victoria lidou não apenas com o que ela estava aprendendo sobre si mesma, mas também sobre quem ela era e a relação com seus pais verdadeiros, bem como a maneira que pequenos detalhes de seu passado sempre continuaram presentes, mesmo que ela não conseguisse notar por simplesmente não lembrar de coisa alguma que tinha acontecido.

Claro que em alguns momentos ela me irritou – sempre me irrito com personagens principais, é algo completamente natural de mim – mas Victória cresce, amadurece e passa a entender coisas que ela não tinha condições. Principalmente vivendo e lidando com tudo da maneira com que ela vivia antes.

E todas as suas descobertas, todas as suas tentativas frustradas – e ao mesmo tempo não frustradas – de fazer com que Alex parasse de fugir dela como um vampiro foge do Sol – ou, no caso, como deveria fugir da prata (mas tem um malvadão aí que acabou se ferrando subestimando alguns alguéns aí) –, todas as vezes que tentaram proteger ela e, ao mesmo tempo, absolutamente nada podia ser feito porque, afinal, aquele era o destino dela…

A maneira com que a história foi passada foi tão emocionante e ao mesmo tempo delicada que eu ainda tenho problemas para conseguir colocar em palavras além de dizer que realmente superou as minhas expectativas – até porque achei que, pelo título, viria algo submerso e fiquei esperando algo estilo “Aquaman feat. Pequena Sereia”. Sei lá, vocês entenderam – e nos faz pensar sobre nós mesmos. Quem nós somos e quem podemos ser.

Então, definitivamente esse é um livro que eu recomendo para vocês. Sem pé atrás algum. Podem cair em cima dele porque, por mais que eu tenha que ter lido pausadamente por motivos de: não tenho mais tempo pra mim, foi um dos que me pegou pelas orelhas e não me largou até que eu terminei.

Vocês conseguem o livro no site da Martins Fontes, Livraria Cultura – não estranhem o “livro importado”, como a editora que publicou o livro é portuguesa deve ser por isso que é marcado como importado e não nacional – e no site da Saraiva – apesar de ali o livro estar quase o dobro do valor, então no recomendo a Saraiva.

Agora gafanhotos e gafanhotas – continuo não sabendo o nome da fêmea do gafanhoto #julguem-me – torçam para a titia aqui ser sorteada para ganhar o livro do Book Tour de presente, porque estou louca para colocar ele na minha estante.

Aaah! Sem esquecer: Tais, tá me devendo um passeio na carruagem com unicórnio.

site: https://agregarblog.wordpress.com/2015/07/25/resenha-golfinhos-e-tubaroes-o-outro-mundo/
Tais Cortez 26/07/2015minha estante
Paulaaaaaaa!
Q resenha maisssss incrível e DIVERTIDA!
Ameiii :)
Achei sensacional qnd vc contou q dormiu em cima do livro hahahah e fiquei superrrrr feliz qnd contou q a história superou suas expectativas!!!
Obrigada pelo carinho q tem por meu bb! Significa mto!!!
Adoro qnd o livro acaba ficando com alguém q gostou mto dele, então parte de mim estará sim na sua torcida rsss
Bjssss e sucesso ao blog!!!




Bella Martins 23/07/2015

Resenha - Golfinhos e Tubarões
Em um passado não muito distante, duas vidas foram mudadas. Por um gesto de amor, uma tragédia aconteceu, mas duas vidas foram poupadas.
Victoria, ou Vic para os amigos, é uma pré-adulta de 18 anos e a única coisa que sabe sobre seu passado é que, aos cinco anos de idade, foi adotada por uma família bem sucedida, uma família que lhe proporcionou uma educação de primeira, roupas de grife e tudo que há de melhor. Entretanto, ela foi privada do essencial para uma vida completa em família: o amor, apesar de seus pais adotivos serem as melhores pessoas que ela poderia conhecer. Vic foi criada por empregados e vivia de aparências para o mundo.
Quando Victoria completou seus quinze anos, algumas mudanças aconteceram: seus cabelos ruivos se tornaram pretos, seus sentidos foram aguçados e, a cada dia que passava, ela se tornava mais forte e rápida. Isso tudo fez com que seus amigos de escola começassem a se afastar. Apesar das suas mudanças serem visíveis a qualquer um, seus pais adotivos nunca notaram. Entretanto, essa falta de atenção mudou quando Vic completou seus dezoito anos.
Depois de mais uma noite de aparências para a sociedade, uma pequena discussão foi instaurada entre eles. Em meio a tantas reprovações, Victoria sente uma forte dor de cabeça que induz novas habilidades a aflorarem e virem à tona, deixando Ana e Greg, seus pais adotivos, apavorados. E é ai que tudo muda. Victoria sempre teve a impressão que aquele não era o lugar dela, que não se encaixava naquele mundo. Depois daquela noite, Vic teve certeza disso.
“- Eu não a quero mais aqui! – Gritou Ana. – Você não vê que isso vai me deixar louca?! Ela não é ... Normal! – Completou, histérica.” Pág. 9
Quando Vic decide ir embora, a visita inesperada de um casal, Lisa e Victor, acontece. Os dois trazem uma proposta, uma alternativa para os seus planos. Vic fica desconfiada, mas Lisa, que também possui habilidades especiais, mostra-lhe um mundo novo.
“[...] – Oque acabou de acontecer aqui, quem são essas pessoas e que lugar é esse? O que é tudo isso?”
“- Isso – disse Lisa levantando-se. – É o nosso mundo. O mundo a que você pertence – explicou, enfatizando a ultima palavra.” Pág. 25

Lisa faz com que Vic repense sobre aceitar a proposta de viver em um lugar diferente, um lugar que mudará sua vida para sempre. Vic aceita, não porque está sem alternativas, mas porque reconhece alguém que fez parte de uma visão que teve. Ela só não sabia que esse novo lugar lhe daria o que ela mais desejava.
Poderia ficar aqui e descrever o livro inteiro, e, francamente, tive muita vontade de fazer isso, pois é uma leitura sensacional. Quando comecei a leitura, tive a impressão de estar lendo mais um livro de ficção, onde pessoas tinham poderes e iam para um determinado lugar para se aperfeiçoarem, e dai tinha um vilão que vinha atrás do personagem principal por algum motivo. Porém fui surpreendida por um enredo que me tirou o folego. A história por trás dos poderes e da fantasia me surpreendeu de tal forma, que, quando acabei de ler, queria mais e muito mais. Um romance e um drama envolvendo um universo paralelo, fazendo com que seus protagonistas vivessem em meio a uma dor tão profunda como a da perda, que poucos saberiam explicar, e deixando que o amor mais puro curasse tudo isso. O Romance entre Vicki e Alex é uma demonstração tão grande de amor puro e sincero, que arranca suspiros de qualquer leitor.
À medida que a historia é narrada, o leitor se transporta para um novo mundo, um mundo de desafios, não só aqueles de lutas travadas entre uma pessoa e outra, mas também aqueles travados com os seus sentimentos, com o “seu eu”. Muitas vezes, no decorrer do livro, imaginei-me morando em Zápia, ou me colocando na pele de Victoria. Francamente, não sei se teria a mesma força de vontade e nem a coragem que ela teve, mas tenho certeza que faria as mesmas escolhas que ela fez por amor. A leitura é tão prazerosa, que faz isso com o leitor: faz com que pense como seria se fosse ele no lugar dos personagens, e isso me surpreendeu bastante, pois sou uma grande fã do gênero e poucas vezes consegui sentir essa sensação de querer estar ali e vivenciar tudo aquilo.
Portanto, o livro narrado em primeira pessoa pela nossa personagem principal, Victoria, proporciona ao leitor varias sensações, que tornam a leitura prazerosa e cativante. As paginas não passam, elas correm, porque o leitor fica preso ao enredo, que é muito bem elaborado. Além da leitura ser fácil e envolvente, não encontrei passagens que deixassem o leitor divagando. A autora nos proporciona uma ficção deliciosa e um romance avassalador.
Recomendo a todos que gostem de um romance diferente e de uma boa ação, porque é isso que as paginas do livro “Golfinhos e tubarões – O outro mundo” lhes proporciona.



site: http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/2015/07/resenha-golfinhos-e-tubaroes-o-outro.html
Tais Cortez 23/07/2015minha estante
Isaaaaaaa do céu...q furacão foi esse? kkk
Ameiii a resenhaaaaa!
É tãoooo bommm qnd sinto q o leitor foi realmente envolvido pelo mundo de Zápia e pelas emoções dos personagens!
Adorei qnd vc falou q, mesmo sendo fã do gênero, poucas vezes sentiu essa sensação de querer estar lá e vivenciar aquilo tudo, e me sinto honrada por ter criado algo q despertou isso em vc!
Obrigada pelo carinho!
Q venha a continuação rsss
Bjssss e sucesso ao blog!




Adriana 17/07/2015

Golfinhos e Tubarões o outro mundo de Tais Cortez
Victoria foi adotada aos 5 anos por Greg e Ana, eles são o típico casal bem sucedido porem sem tempo para ser pais, por isso o vinculo deles não é muito grande com a Vic. Apesar de Greg se mostrar mais compreensivo ou atencioso as vezes.

Quando Victoria completa 15 anos ela percebe algumas mudanças no seu corpo e comportamento, seus longos cabelos ruivos escurecem, ela começou a ficar mais forte, veloz e seus sonhos se tornam premonições, mas quando ela completa os 18 é que tudo em sua vida se transforma.

Na sala de estar com os pais, durante uma discussão, ela sente uma forte indisposição e desmaia, porem quando acorda, o apartamento esta destruído e seus pais estão grudados e suspensos na parede. Isso causa um tremendo pavor em seus pais adotivos que passam a ter pânico dela. E quando Vic está prestes a fugir chegam umas visitas que podem ser a sua melhor saída.

Vitor e Lisa se apresentam para Victoria e a convida para ir ao instituto num lugar longínquo onde ela pode aprender a controlar seus poderes juntamente com outros iguais a ela. Ou como eles mesmos dizem " O lugar onde ela pertence".

Vic fica desconfiada, mas como Lisa é uma mulher simpática, que lhe transmite segurança, e que também possui poderes. Ela também dá uma palinha do seu poder para Vic e a convence, fazendo um Tour pela escola pela super-visão de Lisa.

Quando Vic chega para sua primeira aula ela fica deslumbrada em saber que realmente existem outros com poderes tão incríveis como os dela, em sua sala, tem alunos com habilidades em manusear o fogo, voar, levitar objetos, velocidade, força e muito mais.

Lá ela descobre que seus verdadeiros pais eram professores da escola e que durante uma guerra anos atrás, que destruiu varias famílias, eles eram os melhores, e também considerados heróis, e apesar de todos dizerem que eles morreram de uma misteriosa doença, ela sente que existe um grande mistério em torno dessa versão dos fatos.

Lá ela também conhece Alex, um mestiço , e ela sente uma ligação e uma atração muito grande com ele. Porem Alex é um recluso e mesmo demonstrando preocupação em ajudá-la à não se ferir, também deixa muito claro que não pode ser seu amigo.

Alex também perdeu os pais quando tinha 5 anos, mas como era um mestiço, meio humano e meio vampiro com super força e velocidade, e com sérios problemas em conviver com pessoas, ele está nesta escola desde que ficou órfão. Ele nunca fez amizades nem ajudou ninguém, mas quando Vic está em apuros (o que não é tão raro assim) ele sempre é o primeiro a resgatá-la.

Mas existe um mistério e com o passado tando dala quanto dele, que impede ou pelo menos dificulta a amizade/romance entre os dois. Porem o sentimento entre os eles é muito forte e pelo menos a Vic está disposta a correr todos os riscos para ficar com Alex.
O problema será convencer o Alex de que esse sacrifício valerá a pena.

Eu nunca tinha lido nada desse gênero, eu me senti lendo um roteiro de X-Men, dentro da escola do professor Xavier. A historia foi bem construída, o romance é muito bonitinho, os pontos soltos são resolvidos nos momentos certos e uma coisinha ou outra que ficou pendente já é um gancho para um próximo livro. Enfim, quando terminei as 417 paginas eu queria mais, muito mais.
O que é irônico pois quando vi o livro e imaginei "Meu Deus um romance adolescente de 400 paginas? será que eu vou gostar disso?" E eis a resposta: Simmmm, eu amei.

Tantos os professores e os alunos são personagens secundários muito bons e importantes, com poderes fantásticos e o mistério envolvendo os pais da Vic, a sua investigação sobre a real historia deles, seu relacionamento conturbado com Alex e o mistério que o envolve, enfim eu achei tudo muito bem construído. Uma historia que tem ação, aventura, mistério, partes hilarias, romance e etc...

Sem contar que é um livro nacional, e a Tais Cortez é uma fofa, respondeu as minhas perguntas e garantiu que o livro terá sim uma continuação para fechar algumas questões. Porem se você quiser ler o livro pode ir tranquilo. Pois ele tem um final muito satisfatório e com um fechamento bem legal.
Super recomendo.

site: meupassatempoblablabla.blogspot.com.br
Tais Cortez 17/07/2015minha estante
Driiiii
Obrigada pela resenhaaaaa...eu adoreiiiii!
Fiquei tão feliz em ver q vc gostou tanto da história que quis comprar o seu próprio exemplar!
Adorei seus comentários sobre o livro e fico feliz q tenha amado o "romance adolescente de mais de 400 págs" (kkkkk rachei com isso rsss)
Obrigada pelo carinho q tem por mim e meu bb!
Bjsss
e sucesso ao blog!!!




130 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |



logo skoob
"O encontro dos livros com a web"

Ministério da Cultura