A Garota Que Você Deixou Para Trás

A Garota Que Você Deixou Para Trás
4.38454 3932



Resenhas - A Garota Que Você Deixou Para Trás


100 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Simone 25/04/2016

Espetacular!
Falar deste livro chega a ser algo surreal, pois os textos de Jojo Moyes passaram a ser os que mais amo e eu nem precisei ler muito dela, pois apenas com "Como eu era antes de você", ela me ganhou por inteiro. Afinal de contas, além de escrever de forma magistral, a autora consegue levar coração em cada vogal ou consoante escrita.

Eu iniciei a leitura esperando o pior e SIM, o pior acontece, porém de forma bem diferente do que foi enveredado na outra leitura. Em "A garota que você deixou para trás" é apresentado uma trama dividida em duas partes, ou seja, em duas épocas, onde os protagonistas sofrem da mesma forma, porém em situações diferentes. Antes, Sophie fora julgada e condenada por colaborar com seus opressores; quase um século depois, Liv é julgada e tem dedos apontados em sua cara por duvidarem do seu caráter, pois todos pensam que ela é uma ladra e que quer ganhar em cima de uma obra de arte.

Confira a resenha completa copiando e colando o link abaixo:

site: http://simonepesci.blogspot.com.br/2016/02/falando-em-garota-que-voce-deixou-para.html
comentários(0)comente



Helen 25/04/2016

A Garota Que Você Deixou Para Trás
Amei esse livro!
Eu não sabia sobre o que era, não tinha lido nenhuma resenha mas o livro me conquistou.
São duas histórias relacionadas, a primeira em 1916 durante a 1ª guerra mundial e a segunda se passa em Londres, em 2006.
O livro gira em torno de um quadro, pintado por Edouard para sua esposa Sophie, quase um século depois comprado por Liv e seu marido.
Há mistério em torno do destino dos primeiros personagens e você fica se perguntando o que aconteceu a eles e torcendo por um final feliz.
O final é meio óbvio mas mesmo assim você vibra em saber que no final tudo se ajeita.
comentários(0)comente



Camila.Vibian 24/04/2016

extraordinário
simplesmente extraordinário! !!!
leitura flui e prende a atenção. .. delicado e transmite a essência da natureza humana.
fascinante. ... até agora jogo moles não me decepcionou em seus livros.
comentários(0)comente



Giovana.Vitorelli 23/04/2016

muito bomð
é o tipo de história que adoro,romance,aventura,drama para mim ela ter juntado duas histórias em uma foi de mais!
comentários(0)comente



Lorena Cristina 20/04/2016

A garota que você deixou para trás de Jojo Moyes

Que livro é esse???
A obra está dividida em duas partes. A primeira, composta por dez capítulos, se passa na França, em plena Primeira Guerra Mundial. Estória tensa! Tive um misto de sensações, das melhores às mais angustiantes só nesse início. Rs
A segunda parte é narrada já nos dias atuais, em 2006. A partir de então, os relatos são intercalados entre o que acontece nas duas épocas. Me perdi algumas vezes, pelas mudanças bruscas de cenários, mas me encontrei a tempo.
Portanto, é uma narrativa que demanda atenção, já que passeamos ora pela Primeira Guerra Mundial, ora pela atualidade; mas pegando o ritmo, mergulhamos de um jeito que ...
As estórias de Sophie e Liv estão ligadas por um quadro e pela determinação de ambas em proteger aquilo/aqueles que amam. As decisões das personagens me deixaram louca, mas no fim a gente entende que é importante não perder a fé.
Amei a leitura!!
"Uma vez feito, não pode ser desfeito."
comentários(0)comente



Glétsia 16/04/2016

Um drama romântico bem escrito e envolvente,
comentários(0)comente



A Senhorita Dos Livros 15/04/2016

Meu primeiro livro de Jojo Moyes
Meu primeiro livro de Jojo Moyes e digo que eu esperava mais, porém não vou desistir da autora, pois acho que este livro não flui comigo particularmente, pois não é ruim, longe disso, daí as três estrelas, mas me incomodou o fato do livro ser separado em duas partes, na primeira uma história de amor durante a Primeira Guerra Mundial, contando sobre a vida de Sophie, sua família e seu marido Édouard que foi para frente de batalha, essa primeira parte foi ótima, daria cinco estrelas, consegui sentir o drama dos personagens, o medo, a sensação de tragédia iminente , excelente! mas a segunda parte começa dando uma freada brusca no ritmo da história, é outro livro, escrito de outra forma, parece até outra autora, essa parte se passa nos dias atuais, não me identifiquei com os personagens, e tudo ficou meio desinteressante algo unia as duas narrativas, Uma pintura de Sophie que através do tempo veio parar nas mãos dos novos personagens, e aos poucos no desenrolar dos fatos vamos percebendo as ligações entre as duas partes e as coisas vão se encaixando, então é isso... ainda é cedo para falar sobre Jojo, mas para esse livro em especial eu esperava algo mais original.
Cidinha 15/04/2016minha estante
Sério? Esse foi o que eu mais gostei dela, achei a primeira parte bem emocionante, realmente no início da segunda parte dá uma desanimada mas achei que valeu a pena ir até o final. Não me arrependi de ter lido e sim de tê-lo trocado rsrs...


A Senhorita Dos Livros 15/04/2016minha estante
Pois é Cidinha, a primeira parte amei, por isso mesmo que falei que de repente o livro não fluiu comigo, mas sabe o que é... gosto muito de romances históricos, e não sou muito chegada nos contemporâneos, daí o meu desinteresse na segunda parte.


Cidinha 15/04/2016minha estante
Eu entendo, quebrou um pouco o encanto mesmo ;)


Debora.Goncalves 15/04/2016minha estante
Esse é o terceiro livro que leio dessa autora. Como você não gostei da história. Assim como não gostei de "Como eu era antes de você" e "Depois de você". Sem chance. Não curto o estilo dessa autora.


A Senhorita Dos Livros 16/04/2016minha estante
Debora, eu ainda vou dar mais uma chance para a autora porque só li um livro dela, mas se seguir a linha dos "Chick-lit" vai ficar meio complicado para mim. rsrs


Debora.Goncalves 16/04/2016minha estante
resolvi dar a quarta chance, vou ler "A última carta..." vou ver se depois disso vou querer ler algo mais dela kkkkk


A Senhorita Dos Livros 16/04/2016minha estante
Kkkkk, vai fundo! depois me diz.


Juliane 19/04/2016minha estante
Eu amo Jojo de novas chances a ela,te garanto que vai gostar de um ainda hdshdshusd




Bruna 15/04/2016


Na vida há coisas muito mais importantes do que vencer.
Adorei o livro, bem escrito, com uma história bem elaborada.
A história é contada por duas protagonistas em dois tempos presente e passado, as histórias são intercaladas iniciando-se na França com Sophie Lefévre, uma moça que teve seu esposo Édouard Lefévre um artista,enviado para trabalhar no campo de batalha, durante a ocupação da Alemanhã na primeira guerra mundial.
Sophie uma mulher corajosa e batalhadora, cheia de convicções , porém muito ingênua , não mede esforços para ajudar sua comunidade, vivendo em um hotel /restaurante com sua irmã e sobrinhos, sob forte domínio Alemão, com recessão de todas as formas, em quase estado de inanição,o sonho de Sophie é rever seu esposo.
Ela recebe uma ordem de fazer as refeições dos soldados inimigos na sua casa, e Herr Kommandant apreciador de obras de arte, fica encantado com um quadro na parede de Sophie, pintado por Éddouard intitulado como A garota que você deixou para trás, ao qual Sophie está pintada.Ele começa a conversar sobre obras de artes com ela, e se vê cada dia mais interessado em Sophie.
A partir desse ponto a história gira em torno do quadro intercalando com o presente em Londres, onde anos e anos depois, A garota que você deixou para trás está na parede de Liv Halston, uma moça enlutada pela perda do marido um arquiteto renomado.
Liv conhece Paul que trabalha para uma empresa de restituição de obras de arte roubadas na guerra, ela começa a namorar, encontra sentido na vida novamente, até que coincidentemente Paul é contratado para encontrar e devolver o quadro, A garota que você deixou para trás, quando ele descobre que o quadro está com Liv começa toda uma batalha na justiça para restituição.
Liv ganhou o quadro em lua de mel do marido David, e apesar de valer milhões, o quadro tem valor imensurável para ela, valor que dinheiro nenhum pode pagar, perder o quadro é perder parte do que viveu com David, e ela não desiste sob todas perspectivas de derrota.
Liv é uma personagem que me comoveu muito, vê-la sofrer pela morte do marido, essa derrota que sentimos perante à morte, diante o que não podemos mudar, essa impotência, e saber que um dia mais cedo ou mais tarde passaremos por isso, é um choque de realidade.
Sophie sem palavras, o nome guerra em si já fala por si, sobre todo sofrimento inimagináveis.
comentários(0)comente



Alana 11/04/2016

simplesmente adorei!!! muito bem escrito, ricos em detalhes! a autora é boa mesmo!!!
comentários(0)comente



Renata.Pereira 11/04/2016

Re
Fatos históricos junto com a ficção. Amei
comentários(0)comente



Carneiro 31/03/2016

"Na vida há coisas muito mais importantes do que apenas vencer."
Nessa história a Jojo trás 2 novas histórias intercaladas entre passado e presente. Uma se passa nos dias da primeira grande guerra e a outra se passa em 2006. Uma é contada por Sophie Lefèvre na França; Liv Halston conta sua história em Londres. Embora as histórias sejam tão distantes, elas acabam estando dentro de um único futuro.
Sophie é esposa de um artista chamado Edouard Lefèvre. Em uma França ocupada por alemãs, Sophie vê seu marido e cunhado indo para campos de batalhas. Tendo que tomar conta da família, ela acaba tomando decisões um pouco mal vista por sua irmã e irmão e seus vizinhos. Dona de um hotel/restaurante chamado Le Coq Rouge, ela acaba se comprometendo quando aceita que os ocupantes alemãs façam suas refeições em seu hotel/restaurante/lar.
Dando um salto temporal de alguns meses, Sophie acaba se tornando um pouco íntima do Kommandant alemão. Estando preocupada com seu marido e querendo que o Kommandant solte-o, ela acaba fazendo algo que por todo mundo é visto como traição.
Liv é uma viúva inglesa que não aceita a morte prematura de seu marido. Vivendo em uma Casa de Vidro, fria, solitária, vázia, ela enxerga em seu presente de casamento, um quadro que seu falecido marido comprou na Espanha, uma forma de se conectar com David. Observa o quadro quase que 24h por dia.
Certo dia, ela cansada de sua vida monótona, ela resolve sair para beber e acaba indo a um bar Gay alí perto de casa. Como a amargura está em alta, ela fica bêbada e perte sua bolsa no bar. Um rapaz, irmão do dono do bar, ajuda-a a se locomover em direção a sua casa, mas como começa chuver forte, ele vê uma única alternativa... levá-la para o seu apartamento.
Alguns encontros depois, Paul, o rapaz que ajudou Liv no bar, descobre que Liv está envolvida em um caso que é de sua responsabilidade.
Essa história tem um tom de superação tão forte, que serve de inspiração para qualquer um que esteja passando por dificuldades. Como a Jojo consegue criar dois mundos tão diferentes, entretanto tão ligados aos mesmo tempo? Conseguimos acompanhar com clareza os acontecimentos de cada história, que no final acaba tendo um grande propósito, consequentemente um grande final em conjunto.
Vemos aqui também quão cruel os tempos de guerra foi. Uma brutalidade que só quem viveu ali bem perto sabe explicar. Seria necessário fazer tudo aquilo? Os danos podem ser visto até hoje. Que pelo visto ninguém aprendeu nada sobre aqueles tempos.
Apenas havia uma única maneira de terminar esse livro sem que deixasse grandes feridas.. Um final feliz. Embora deixe algumas feridas, esse livro acaba deixando o leitor um pouco feliz com o final. Tudo no seu devido lugar.
"Tempos loucos; pessoas loucas" acho impossível ter uma definição melhor para a Primeira Guerra Mundial.
Queria muito uma continuação, porque o livro nos propõe isso. Tem cheiro de continuação. Espero que Jojo faça uma continuação para uma história como essa.
comentários(0)comente



Monique 30/03/2016

"Ufa"
Como assim?!!! Gente, vocês não tem noção do quão fantástico são os Livros de Jojo Moyes, na verdade, nem eu a dois meses atrás teria. A garota que você deixou para trás, me deixou hipnotizada, maravilhada. Uma lição de vida, onde retrata varias fases, etapa, anos. Amor verdadeiro, sentimentos de perda, volta por cima, reaprender novos valores. A personagem Sophie me fez sentir amor dela pela família, pelo marido e apesar de todo o sofrimento na época da Primeira Guerra Mundial, a esperança que tudo um dia iria melhorar e ela reencontraria seu amor. Já Liv, apesar de todas fragilidade, onde todos pensavam que ela não iria se recuperar deu a volta por cima, entendeu o que realmente importa na vida e fez com que várias outras pessoas aprendessem lições valiosas. Todas as duas personagens principais são exemplos de garra, perseverança, honestidade, caráter e acima de tudo AMOR.
comentários(0)comente



Tatielle 29/03/2016

Essa garota não me arrebatou
E o livro A garota que você deixou para trás conta a historia de duas mulheres que viveram em épocas diferentes. A primeira parte do livro é contada em primeira pessoa pela francesa Sophie Lefèvre, uma jovem mulher que viu seu marido ir lutar na Primeira Guerra Mundial e tinha como único consolo o quadro onde ele a pintou. Ela vivia em um pequeno vilarejo na França, o lugar era ocupado por alemães e todos sofriam por isso.

Ela morava com seu irmão, irmã e sobrinhos na casa que pertenceu aos seus pais. Juntas trabalhavam no bar e hotel da família. E quando um oficial alemão disse que Sophie e sua irmã iriam ter que fazer as refeições dos alemães que tanto odiavam por eles terem destruído suas vidas levando seus maridos, elas não tiveram escolha.

Antes disso o comandante alemão vinha admirando o quadro de Sophie, onde ela se encontra belíssima com um ar sensual, e conforme os dias passam ele quer conversar sobre arte com ela e falar especialmente do quadro que ele tanto admira, no começo ela fica enojada com aquilo, mas com tempo os dois se tornam uma espécie de amigos. E no final das contas, Sophie sofre um golpe brutal por ter sido inocente e confiar no inimigo ao dar a ele o seu bem maior.

Depois disso, a historia já passa para os tempos atuais, essa parte é narrada em terceira pessoa e conta a historia de uma inglesa chamada Liv Halston, uma jovem viúva que perdeu o marido há quatro anos e se apega a tudo que ele construiu. Ela estava apenas tentando viver um dia de cada vez enquanto sua vida fracassava, quando conhece um homem que lhe dá um animo que não sente há anos.

Na parede de Liv está o quadro A garota que você deixou para trás que trás a imagem da jovem Sophie. Ela estava feliz com seu novo romance quando uma reviravolta inesperada lhe tira o sono. O seu amado quadro está num processo de reinstituição onde a família do pintor o quer de volta, mas ela faz de tudo para provar que o seu marido o comprou de forma legal. E nisso aconteceu outra coisa que ela não esperava, o cara com quem estava saindo trabalha na empresa na qual a família Lefréve e está trabalhando no caso para tirar o quadro dela.

Confesso que esse livro não me encantou. Eu queria sentir a mesma emoção do primeiro, mas isso não foi possível já que se trata de um cenário totalmente diferente. Eu amo romances históricos então a primeira parte do livro me deixou apaixonada, porém a segunda parte não fluiu do jeito que eu queria, não consegui me apegar aos personagens e o enredo não me prendeu, mas o final desse livro é fantástico e só por causa dele digo que a leitura valeu a pena.

site: http://www.elajafoiverao.ga/2016/02/comoeuerantesdevoceagarotaquedeixouparatras.html
comentários(0)comente



Nany Maiara 24/03/2016

Superando as Expectativas
Quando vi esse livro na Saraiva imaginei que não era grande coisa, mais alguma modinha (outros livros da autora estavam ao redor)...
Oh ilusão!!! O livro era simplesmente o que eu precisava!! Romance, mistério e algumas doses de diversão!

Já na página 17 estava super envolvida na história e interessada em saber o que viria a seguir. A curiosidade e a felicidade que se seguiam ao ler o livro me guiaram para uma história cheia de tramas que não eram óbvios e que misturavam época e contemporaneidade, amor e amizade, família e sociedade.

O elemento histórico fez toda a diferença, pois pude pesquisar e aprender mais sobre a primeira guerra mundial, que apesar de ter estudado na escola há muito não fazia parte do meu repertório... Sem contar que alguns dos aspectos trabalhados no livro não são os aspectos comumente mencionados e dão uma possibilidade de ver o episódio de guerra sob outra perspectiva.

A personagem Sophie é incrível!! Forte, inteligente, trabalhadora e muito consistente. Confesso que tive dificuldade de me separar da primeira parte do livro, que li mais de uma vez antes de seguir a diante com o livro por ter me apegado demais. Durante a segunda parte sentia quase uma necessidade física de falar para a Liv sobre ela.

A Liv já é alguém que tem o perfil mais próximo ao meu, me identifiquei demais com ela, em tudo, inclusive com os relacionamentos. Ela é muito intensa e doidinha! Torci tanto por ela, quase pirei de desespero em alguns trechos, rsrsrs.

O Paul é incrível!!! Já estava muito apaixonada por ele na página 178, na 182 eu delirei de amores e morri na certeza de que homens assim não moram em Brasília ou nunca olhariam pra mim!! kkkkkkkkkk
Adorei do começo ao fim tudo o que ele fez por Liv e por si mesmo.

Posso dizer que pra mim, do começo ao fim o livro foi fantástico e me sinto contente em recomendar a leitura.
comentários(0)comente



Tracinhas 17/03/2016

por Lídia Rayanne
Confira o vídeo da resenha em nosso site!

site: http://jatracei.com/post/140736572657/resenha-141-a-garota-que-voc%C3%AA-deixou-para-tr%C3%A1s
comentários(0)comente



100 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7