O Ladrão de Raios


4.46495 63134



Resenhas - O Ladrão de Raios


1367 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Messim 24/02/2015

O Ladrão de Raios
Perseu Jackson (Percy) é um garoto de 12 anos disléxico e com déficit de atenção que passou a vida inteira sendo expulso dos colégios que vive com a sua mãe Sally
e seu padrasto detestável Gabe.

Com uma excursão do colégio para um Museu, Percy é atacado por sua professora e descobre que é um meio-sangue (Meio humano meio Deus) e esse é o começo de
toda saga é a partir daí Percy começa a tentar entender as coisas estranhas que acontece com ele,
com a sua vida correndo sério risco Grover o seu amigo do colégio se revela um sátiro (Um tipo de homem com pernas de bode),
encarregado de protegê-lo tem que levar Percy com urgência para o Acampamento Meio- Sangue, um local a onde filhos de Deuses Olimpianos ficam para aprimorar
as suas habilidades e em tese podem viver em segurança.Até chegarem no acampamento ocorre varias situações inesperadas, até enfrentar um minotauro, após se recuperar dessa batalha Percy é apresentado ao
acampamento meio-sangue, nesse acampamento eles são divididos em chalés cada um correspondente ao seu pai ou mãe como por exemplo o
chalé de Hermes, Atena, Apolo. Percy descobre que é filho de um dos três grandes (Zeus, Poseidon e Hades). No acampamento ele conhece Annabeth,
filha de Atena que no início eles tem um pequena rixa devido aos seus pais também terem, porém acabam desenvolvendo uma grande amizade e conhece também Luke,
filho de Hermes que o ajuda a se adaptar ao mundo meio-sangue.

Quando Poseidon reconhece Percy como seu filho ele recebe uma missão para encontrar o raio mestre de Zeus, Quiron um centauro ( metade homem metade cavalo ) o aconselhou de visitar o Oraculo para lhe dizer qual será a profecia.

“Você irá para oeste, e irá enfrentar o deus que se tornou desleal.
Você irá encontrar o que foi roubado, e o verá devolvido em segurança.
Você será traído por aquele que o chama de amigo.
E, no fim, irá fracassar em salvar o que mais importa.”

e Percy como o principal suspeito ele tem que encontrar o ladrão de raios e
evitar o conflito entre os Deuses.

Sobre a narrativa o Autor (Rick Riordan) deixa bem claro que é para o público infanto juvenil com uma narrativa simples e envolvente,
o legal é o jeito que traz as informações mitológicas citando por exemplo um Deus

O Ladrão de Raios tem um ritmo bem frenético cheio de ação.
Outro ponto que eu achei fantástico são as profecias, que sempre te deixa intrigado.

Esse livro é que quando você se der conta ele já acabou e se revelando surpreendente e deixando algumas questões para ser resolvidas mais pra frente.
comentários(0)comente



Ana Valentina 23/02/2015

O Ladrão de Raios é o primeiro livro da saga de Percy Jackson e os Olimpianos, a saga é composta por cinco livros: O Ladrão de Raios, O Mar de Monstros, A Maldição do Titã, A Batalha do Labirinto e O Último Olimpiano.

O Ladrão de Raios é um livro fascinante, cheio de aventuras eletrizantes, com direito a seres mitológicos. Narrado em 1º pessoa, o livro trás as aventuras de Percy Jackson de um jeito super simples, bem humorado e viciante. Valores como laços de amizade, coragem e lealdade são encontrados nas páginas do mesmo, você não conseguirá largar o livro e ficará ansioso para navegar nas próximas aventuras.

Super recomendado para fãs de aventuras e apaixonados pela mitologia grega.
comentários(0)comente



Carlos 16/02/2015

Perseu Jackson (Percy) é um garoto de 12 anos disléxico e com déficit de atenção que passou a vida inteira sendo expulso dos colégios que vive com a sua mãe Sally e seu padrasto detestável Gabe.

Com uma excursão do colégio para um Museu, Percy é atacado por sua professora e descobre que é um meio-sangue (Meio humano meio Deus) e esse é estopim de toda saga é a partir daí Percy começa a tentar entender as coisas estranhas que acontece com ele, com a sua vida correndo sério risco Grover o seu amigo do colégio se revela um sátiro (Um tipo de homem com pernas de bode), encarregado de protegê-lo tem que levar Percy com urgência para o Acampamento Meio- Sangue, um local a onde filhos de Deuses Olimpianos ficam para aprimorar as suas habilidades e em tese podem viver em segurança.

Até chegarem no acampamento ocorre varias situações inesperadas, até enfrentar um minotauro, após se recuperar dessa batalha Percy é apresentado ao acampamento meio-sangue, nesse acampamento eles são divididos em chalés cada um correspondente ao seu pai ou mãe como por exemplo o chalé de Hemes, Atena, Apolo. Percy descobre que é filho de um dos três grandes (Zeus, Poseidon e Hades). No acampamento ele conhece Annabeth, filha de Atena que no início eles tem um pequena rixa devido aos seus pais também terem, porém acabam desenvolvendo uma grande amizade e conhece também Luke, filho de Hermes que o ajuda a se adaptar ao mundo meio-sangue.

Quando Percy é reconhecido pelo seu pai logo inicia-se uma eletrizante aventura, e é designado a uma missão que o oraculo lhe revela:

“Você irá para oeste, e irá enfrentar o deus que se tornou desleal.

Você irá encontrar o que foi roubado, e o verá devolvido em segurança.

Você será traído por aquele que o chama de amigo.

E, no fim, irá fracassar em salvar o que mais importa.”

Com uma guerra aprestes a acontecer o Raio-Mestre de Zeus roubado e Percy como o principal suspeito ele tem que encontrar o ladrão de raios e evitar o conflito entre os Deuses.

Sobre a narrativa o Autor (Rick Riordan) deixa bem claro que é para o público infanto juvenil com uma narrativa simples e envolvente, o legal é o jeito que traz as informações mitológicas citando por exemplo um Deus/Objeto e os personagens entre si vão explicando com um diálogo o que é tal Deus/Objeto é, e isso deixa as informações mais informais e acaba não chateando tanto com notas excessivas ou informações aparte para entender o contexto. O Ladrão de Raios tem um ritmo bem frenético cheio de ação.Outro ponto que eu achei fantástico são as profecias, que sempre te deixa intrigado.

Esse livro é que quando você se der conta ele já acabou e se revelando surpreendente e deixando algumas questões para ser resolvidas mais pra frente.

Mais resenhas é só seguir o Blog Fagulhas da mente :)

https://fagulhasdamenteblog.wordpress.com/2015/02/16/resenha-percy-jackson-os-olimpianos-o-ladrao-de-raios/
comentários(0)comente



Gabriel Ract 16/02/2015

História vs Narrativa: o dilema eterno de Rick Riordan
O livro começa de uma maneira bastante ‘adotada’. Percy, um garoto qualquer, descobre que não é tão comum quanto pensava ser, e que todas as suas limitações e problemas sempre foram consequências de uma causa bastante pontual e ‘lógica’: ele é filho de antigo deus grego. De certa forma, e de certa forma repito, é um começo bastante utilizado em fantasias infanto-juvenis, e sempre muito bem recebido pelo público. Eu, sinceramente, tomei certo interesse pela série logo ali.

O problema é que comecei a me sentir um ‘pouco’ decepcionado com o passar do livro. Não demorei muito tempo para perceber que a história – e isso de toda a série - é horrível e repetitiva. E não só isso: a construção dos personagens não é tão boa quanto parece; os monstros estão sempre cercados por situações ridículas e sem graça; as batalhas, apesar de empolgantes, são consecutivas, ilógicas e muitas vezes iguais; e, talvez o pior de tudo, tudo se encaixa de forma ridiculamente perfeita – muito mais do que eu costumo aceitar, pelo menos.

É claro que isso vai um ‘pouco’ contra a grande popularidade que a série conquistou com o passar dos anos. Não tenho dúvidas de que o autor, Rick Riordan, sabe bem o que faz e, provavelmente ciente de sua incapacidade em criar uma ‘boa’ história, apelou de maneira genial para o seu maior trunfo como escritor: a narrativa. Se existe uma característica em comum entre ‘O ladrão de raios’ e todo o resto da série é a fluidez e o ritmo alucinante em que o texto é contado: é quase impossível parar de ler, sendo que, quando finalmente paramos, ficamos tomados por uma vontade quase mágica de ler mais. Chega a ser impressionante a forma como isso ocorre, e não nego que essa talvez seja a característica mais atrativa da série – influenciando principalmente na venda dos livros.

Bom, de uma forma geral, e apesar de grande parte dos meus comentários, é um livro que vale a pena ser lido. Eu acompanhei toda a série, e ‘O ladrão de raios’ é de longe o que mais gostei – apesar de não ser o meu favorito. Deixando os defeitos meio de lado, é uma leitura descontraída e divertida, onde podemos dar algumas boas risadas e torcer como crianças pelo ‘nosso’ personagem, o que é muito bom para um livro infanto-juvenil. Somente não espere que, pelo sucesso comercial e pela sua legião de fãs, a história seja impressionante, pois ela não é.

site: http://jewsyndrome.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Literal-Mente 05/02/2015

Resenha: Percy Jackson e o Ladrão de Raios (Rick Riordan)
Resenha: http://www.literal-mente.com/?p=2513
Facebook: http://on.fb.me/1trNRkv
Twitter: @literal__mente

site: http://www.literal-mente.com/?p=2513
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



nilson.lucas.9480 25/01/2015

Percy Jackson traz um história envolvente,com ação constante. Com certeza vale muito a pena ler,não pela história em si, mas do jeito em que a história se desenvolve ao decorrer do livro. Algumas pessoas dizem que o ritmo acelerado do livro é meio ¨enjoativo¨. Bom depende do ponto de vista. Se você procura aventura e suspense em um livro esse é o IDEAL para você. Ele traz toda a essência dos deuses gregos para o mundo atual. com um pouco de tudo: ação, aventura,mistério,comédia,etc...
comentários(0)comente



Matheus Lima 24/01/2015

Surpreendente e delicioso.
Sempre tive receio em ler essa saga, mas preciso dizer que superou minhas expectativas. É uma leitura gostosa e cheia de fatos interessantes sobre mitologia e etc. A única coisa que faltou foi explorar mais as personagens, sinto que toda vez que me aproximei mais de alguma delas, o sentimento foi cortado por uma batalha ou cena de ação. Adorei e já quero continuar lendo.
comentários(0)comente



Faela 22/01/2015

Troca?!
Alguém gostaria de trocar? Nunca foi usado (ganhei dois exemplares).
comentários(0)comente



Thiago 21/01/2015

Nao muito bom
O livro me decepcionou em algumas partes, a aparência que o autor escolheu para alguns seres mitológicos para mim foram ruis, certas partes do livro achei bem chatas, entre outras coisas. É um livro mas infantil do que eu esperava e talvez por isso tenha me decepcionado
comentários(0)comente



BrunoLopes7 19/01/2015

Espetacular
Li quando era mais novo e me encantei .Eu lia o dia todo , porém não me cansava !Uma estória que te prende e te ensina muito sobre mitologia grega .
comentários(0)comente



beatriz.danttas 15/01/2015

Percy ?
Perfeito demais
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



JOÃO ROCHA 07/01/2015

Descontraído e Enxuto
Uma leitura bem folgada e divertida. Não tem como não se encantar pela história do Ladrão de Raios. A conexão entre os eventos propostos no livro, os diálogos rápidos e objetivos, deixam a trama mais rápida e envolvente, onde em cada página você encontra uma nova a ventura que te acorrenta cada vez mais nessa história fantástica.
comentários(0)comente



gabes97 06/01/2015

Mitologia é sempre bom!
Eu adoro mitologia, tipo, muito. Conheci a série Percy Jackson e os Olimpianos através do filme e já corri procurar algum livro de mitologia, acreditam que encontrei O Ladrão de Raios? Pois é, foi só ler o primeiro capítulo pra me apaixonar, entretanto ele não é o meu preferido da série, mas é claro que recomendo a quem gosta de um bom mito e de dar boas risadas.
Biel 25/01/2015minha estante
Olá vc vende ele ?




1367 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |



logo skoob
"O contato direto com outros leitores incentiva a ler e adquirir livros que nem imaginávamos existir."

Revista Época