A alegoria da participação

A alegoria da participação Elson Manoel Pereira...


Compartilhe


A alegoria da participação


Planos Diretores Participativos pós-Estatuto da Cidade




A elaboração dos Planos Diretores nos municípios com mais de 20 mil habitantes ou componentes de regiões metropolitanas e aglomerações urbanas, segundo determina o Estatuto da Cidade, deve ter a participação da sociedade, definindo a função social das áreas municipais urbanas ou rurais, privadas ou públicas. Esta publicação oferece informações e apresenta uma reflexão crítica sobre esses processos nas cidades catarinenses de Joinville, Florianópolis, São José, Blumenau, Itajaí, Criciúma, Chapecó e Lages. Uma análise da qualidade dessa participação e do papel dos seus participantes na elaboração desses planos à luz da teoria urbana crítica e identificando os interesses de classe que balizam essas ações, buscando romper com a lógica perversa da incessante expansão periférica das nossas cidades e oferecendo alternativas para uma nova prática de planejamento urbano politizado, na perspectiva da construção de pactos socioterritoriais em torno do direito à cidade.

Geografia / Sociologia

Edições (1)

ver mais
A alegoria da participação

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.0 / 1
5
ranking 0
0%
4
ranking 100
100%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

100%

0%

Rev. Peterson
cadastrou em:
08/04/2015 01:23:10