A arte da brevidade

A arte da brevidade Virginia Woolf


Compartilhe


A arte da brevidade


Contos




Virginia Woolf escreveu poucos contos, muitos deles meros esboços, exercícios, ensaios de escrita. Mas em alguns estão concentradas características de seus romances mais experimentais: a rejeição do realismo literário, o uso de técnicas narrativas pouco ortodoxas, a experimentação com a estrutura e a sintaxe.
Em edição bilíngue e com acabamento de luxo, a presente coletânea reúne os melhores desses contos. "O legado" pertence ao conjunto dos seus contos mais convencionais, mas serve de contraste para melhor apreciação das ousadas técnicas que caracterizam os outros quatro aqui incluídos - "A marca na parede", "Objetos sólidos", "A dama no espelho" e "Kew Gardens".

Contos / Ensaios / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
A arte da brevidade

Similares


Resenhas para A arte da brevidade (3)

ver mais
Um talismã
on 11/3/19


Algumas das mais belas e precisas definições sobre o conto, que valem por muitas laudas de compêndios teóricos, podem ser encontradas num conto: o soberbo "Um conto real", da Ali Smith. Entre tantas verdades epifânicas concentradas em duas páginas, a narradora nos diz, parafraseando William Carlos Williams e Cynthia Ozick, que o conto, como a chama de um fósforo riscado no escuro, "é a única forma de descrever a brevidade, a fragmentação e ao mesmo tempo a completude da vida das pessoa... leia mais

Estatísticas

Desejam71
Trocam1
Avaliações 4.1 / 67
5
ranking 37
37%
4
ranking 43
43%
3
ranking 18
18%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

21%

79%

Renata
cadastrou em:
26/03/2017 14:12:07
Priscila
editou em:
13/06/2017 15:28:43