A Beleza Salvará o Mundo

A Beleza Salvará o Mundo Tzvetan Todorov


Compartilhe


A Beleza Salvará o Mundo


Como viver o absoluto, essa dimensão inerente a toda existência humana?




A Beleza Salvará o Mundo apresenta a história de três vidas passionais e trágicas. A experiência de Oscar Wilde, Rainer Maria Rilke e Marina Tsvetaeva, exploradores do extremo, além de comovente, incita os leitores a refletir: em que consiste uma vida bela e plena de sentidos? Ao se dedicar a compreender esses destinos, Tzvetan Todorov oferece aos leitores três soberbos retratos e, ao mesmo tempo, uma reflexão sobre a arte de viver.

A busca humana permanente, dolorosa e ilusória do absoluto é o tema central da nova obra de Tzvetan Todorov. Para isso, analisa, de modo preciso e apaixonante, a existência desses três grandes personagens do mundo literário que, embora diferentes, se unem pelo seu desejo comum de plenitude existencial, em que mobilizam todas as forças profundas de sua existência na direção desse objetivo.

De maneira única e dramática, os dois primeiros – Wilde e Rilke – sofreram o horror da depressão, bem como uma angústia existencial intensa. Já Tsvetaeva, escolheu por fim à sua existência e sua constante busca pelo absoluto desenvolvendo uma obra complexa e encontrando inspiração na procura apaixonada do belo e do inefável.

A Beleza Salvará o Mundo apresenta ao leitor a busca de um novo absoluto que, depois de ser confundido por milênios com Deus, progressivamente se dessacralizou para se encarnar em outros ideais mais "terrestres", que foram, nos dois últimos séculos, os da raça, de classe, ou, ainda, da revolução. Todos originaram, segundo o autor, as grandes utopias do século XX.

Edições (1)

ver mais
A Beleza Salvará o Mundo

Similares

(6) ver mais
A Literatura em Perigo
Poemas
Poética
Vivendo Sob o Fogo. Confissões - Volume 1

Resenhas para A Beleza Salvará o Mundo (1)

ver mais
on 2/6/11


Adoro as obras do Todorov, mas não gostei deste seu novo livro que trata da "experiência do absoluto" por meio da literatura, focando para isso na vida de três grandes escritores e poetas (a saber, Wilde, Rilke e Tsvetaeva). Por mais que o autor escreva bem, a impressão é a de uma leitura arrastada, entre uma biografia e a análise das obras, em que o foco (a experiência do absoluto) se perde. Às vezes fica a nítida impressão que o próprio Todorov ainda está tateando seu objeto, tenta... leia mais

Estatísticas

Desejam40
Trocam1
Avaliações 3.9 / 29
5
ranking 38
38%
4
ranking 28
28%
3
ranking 24
24%
2
ranking 10
10%
1
ranking 0
0%

43%

57%

Vivi
cadastrou em:
12/04/2011 15:52:16