A caça às bruxas

A caça às bruxas Lillian Hellman


Compartilhe


A caça às bruxas





Em 1952, a escritora Lillian Hellman foi intimada a prestar depoimento sobre suas atividades antiamericanas perante o Comitê do Congresso encarregado de manter vivo o Americanismo. Era o ano em que Joseph McCarthy, no auge do poder, reelegia-se para o Senado. Mas Lillian não compareceu perante o Comitê do Senado. Ela foi intimada por um Comitê da Câmara dos comuns - aquela que, devido ao poder e longevidade que mantinha, tornou-se o comitê do período da Guerra Fria: o Comitê da Câmara contra Atividades Antiamericanas. Durante cerca de um terço deste século, o Comitê exasperou-se com seus arquivos cada vez maiores, depoimentos e relatórios. Sua época de maior poder teve início em 1948, com a deflagração do caso Hiss. Contudo, já em 1947 seu amplo mandato se mostrava explícito, com a colocação de testes ideológicos para produtos americanos, a começar pela indústria cinematográfica.

Biografia, Autobiografia, Memórias / História

Edições (2)

ver mais
A caça às bruxas
A caça às bruxas

Similares

(10) ver mais
The Crucible
Caça às bruxas
A Caça Às Bruxas
Trumbo

Resenhas para A caça às bruxas (1)

ver mais
on 26/8/19


É um livro de memórias, não tão interessantes sobre a Era McCarthy. Acerca do contexto político, a introdução de Garry Wills me pareceu muito mais interessante e proveitosa que os próprios relatos de Hellman. Para entender melhor o macartismo, recomendo o livro jornalístico de Argemiro Ferreira com título quase idêntico e informações realmente válidas.... leia mais

Estatísticas

Desejam11
Trocam2
Avaliações 3.5 / 13
5
ranking 15
15%
4
ranking 38
38%
3
ranking 23
23%
2
ranking 23
23%
1
ranking 0
0%

33%

67%

Márcia Regina
cadastrou em:
20/12/2009 21:21:56
André M
editou em:
18/10/2019 10:25:59