A Cantora Careca

A Cantora Careca Eugène Ionesco




A Cantora Careca





"Anticomédia em um ato, assim definida pelo autor Eugene Ionesco. A peça é caracterizada pelo surrealismo verbal, dentro de um cotidiano de burguesia em decadência na Inglaterra. É um teatro onde o figurino, elementos cênicos e as nuanças nas interpretações são ainda mais importantes do que o próprio texto.



A obra procura ilustrar o absurdo da existência humana de forma cômica, assim como o distanciamento e a frieza na comunicação entre as pessoas, observado no diálogo nonsense entre os personagens. A comicidade, baseada mais no absurdo do que no significado, é uma constante do teatro de Ionesco.



A história se passa no interior da Inglaterra e mostra o cotidiano de dois casais, as Smith e os Martim, e da empregada Mary. Entre conversas banais e com pouco sentido até palavras desarticuladas que se limitam a sons e um crescente clima de violência, a peça se desenvolve."


Edições (1)

ver mais
A Cantora Careca

Similares


Estatísticas

Desejam15
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.1 / 103
5
ranking 39
39%
4
ranking 41
41%
3
ranking 15
15%
2
ranking 4
4%
1
ranking 2
2%

44%

56%

Bell
cadastrou em:
19/04/2009 01:44:48