A Carta de Pero Vaz de Caminha

A Carta de Pero Vaz de Caminha Silvio Castro




A Carta de Pero Vaz de Caminha


O Descobrimento do Brasil




"(...)A carta de Pero Vaz de Caminha, chamada, com razão, de certidão de nascimento do Brasil. Caminha conseguiu capturar, com requinte e minúcia, os dias inaugurais do futuro país. Com um olhar generoso e preciso, cantou a pureza das águas e a exuberância dos recursos naturais, e pregou a comunhão entre os povos. Vislumbrou Pindorama como uma espécie de Terra Sem Males, um lugar paradisíaco. Seu testemunho difere frontalmente do espírito de conquista e "cruzada" que caracterizou boa parte do ciclo de descobertas portuguesas. Graças à extraordinária "reportagem" de Caminha, se pode saber de que forma ocorreu o descobrimento oficial do Brasil. Mas, por esses azares da sorte, a carta de Caminha ficou desaparecida por quase três séculos, perdida em arquivos empoeirados. Só foi redescoberta em 1773, e sua primeira publicação se deu apenas em 1817. Desde então, tem sido considerada a primeira obra-prima da literatura brasileira." (Eduardo Bueno in Brasil: Terra à vista coleção L&PM Pocket, vol. 323.)
_______________
Esta edição foi organizada e transcrita na forma original e comentada pelo professor, romancista e historiador Silvio Castro, autor do romance Memorial do Paraíso (Centro Internazionale della Grafica di Veneza, Itália, 1991, e L&PM, Brasil, 1999), escrito a partir da carta de Pero Vaz de Caminha.

Edições (2)

ver mais
A Carta de Pero Vaz de Caminha
A Carta de Pero Vaz de Caminha

Similares

(10) ver mais
Brasil: Terra à Vista!
Uma semana na Terra de Vera Cruz
Hans Staden
Terra do Brasil:

Estatísticas

Desejam3
Trocam1
Avaliações 3.1 / 52
5
ranking 17
17%
4
ranking 13
13%
3
ranking 42
42%
2
ranking 15
15%
1
ranking 12
12%

38%

62%

Math
cadastrou em:
02/02/2011 21:37:57