A casa do silêncio

A casa do silêncio Orhan Pamuk


Compartilhe


A casa do silêncio





Numa mansão decadente de uma vila de pescadores na costa da Turquia, a viúva Fatma espera pela visita anual de seus netos: Faruk, um historiador disperso; sua irmã sensível e esquerdista, Nilgün; e Metin, um colegial deslumbrado que sonha conquistar o mesmo padrão de consumo de seus colegas abastados e ir morar nos Estados Unidos.

Acamada, Fatma é assistida pelo sempre solícito Recep, um anão - e filho ilegítimo de seu falecido marido. Ambos dividem memórias - e dores - do passado. Mas a chegada do sobrinho de Recep, Hasan, um inveterado nacionalista de direita, ameaça jogar a família no cataclismo político que emerge da longa batalha da Turquia em busca da modernidade.

Publicado pela primeira vez no início dos anos 1980, o romance reflete a turbulência política do país, governado entre 1980 e 1983 pelas Forças Armadas, e naquele momento peça decisiva no tabuleiro da Guerra Fria, tema que atravessa a narrativa de ponta a ponta. Repleto de passagens comoventes, hilariantes e por vezes amedrontadoras, A casa do silêncio pulsa com o entusiasmo próprio de um trabalho de juventude, ao mesmo tempo em que traz provas evidentes do talento e maturidade que anos mais tarde seriam reconhecidos em todo o mundo e valeriam a Pamuk o prêmio Nobel.

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (1)

ver mais
A casa do silêncio

Similares

(7) ver mais
O livro negro
O Castelo Branco
Desonra
Outras cores

Resenhas para A casa do silêncio (4)

ver mais
A casa do silêncio
on 2/1/21


“A casa do silêncio” é sobre uma Turquia que se coloca entre a Europa e a Ásia, entre um mundo e o outro, entre uma Europa secularizada e um Islã totalitário, entre o Ocidente e o Oriente. Esse também é o tema de “Meu nome é vermelho” e, imagine só, “O castelo branco”, outro livro dele que já encomendei, do mesmo modo, anuncia tratar dessa tensão existente dentro dos personagens. A Turquia é o país árabe mais europeu. Sofreu uma revolução com o fim do Império Otomano, em 1922, princip... leia mais

Estatísticas

Desejam45
Trocam1
Avaliações 3.5 / 39
5
ranking 15
15%
4
ranking 36
36%
3
ranking 38
38%
2
ranking 10
10%
1
ranking 0
0%

34%

66%

Justi
cadastrou em:
31/07/2013 16:36:31
Jenifer
editou em:
11/07/2019 23:00:49