A Escola Húngara de Psicanálise e sua influência no movimento psicanalítico

A Escola Húngara de Psicanálise e sua influência no movimento psicanalítico Marcos Mariani Casadore


Compartilhe


A Escola Húngara de Psicanálise e sua influência no movimento psicanalítico





A psicanálise chega a Budapeste ainda no final do séc. XIX. Sándor Ferenczi, médico húngaro, é o pioneiro na difusão desta “nova ciência” por lá: escreve artigos importantes e funda, em 1913, a Sociedade Húngara de Psicanálise. O grupo cresceria a partir dos anos seguintes, atingindo seu apogeu nas décadas de 1920 e 1930, revelando grandes pensadores dentre seus membros. Neste livro, são delineadas as principais características que definiriam a identidade da Escola Húngara de Psicanálise, os estudos das produções primordiais de seus teóricos mais importantes e, por fim, uma “herança húngara” inerente ao desenvolvimento ulterior da práxis psicanalítica.

História / Psicologia

Edições (1)

ver mais
A Escola Húngara de Psicanálise e sua influência no movimento psicanalítico

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 1
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

67%

33%

Marcos
cadastrou em:
13/10/2016 07:59:18