A Fórmula Preferida do Professor

A Fórmula Preferida do Professor Yoko Ogawa


Compartilhe


A Fórmula Preferida do Professor





Um velho docente de matemática, uma empregada doméstica e o pequeno filho de dez anos desta formam a trinca protagonista de A fórmula preferida do Professor, romance que fez decolar a carreira internacional da japonesa Yoko Ogawa, de quem a Estação Liberdade também publicou O Museu do Silêncio [2016]. Best-seller instantâneo no Japão quando de seu lançamento em 2003, A fórmula preferida do Professor acumula mais de quatro milhões de exemplares vendidos.

A ampla repercussão desencadeada pelo livro é compreensível: a desconstrução do viés amedrontador e academicista da matemática, odiada por tantos estudantes, pelo olhar afetivo de quem trafega pelo universo das fórmulas e dos números com o mesmo entusiasmo de uma criança num parque de diversões. Trata-se do personagem nomeado simplesmente como Professor, um velho idiossincrático que, em função de um peculiar problema de memória, vive recluso em casa, dedicando a maior parte do tempo a resolver desafios matemáticos propostos por revistas especializadas.

Por ser um sujeito de trato difícil, nenhuma empregada contratada para limpar a casa e preparar suas refeições perdura no serviço por muito tempo. Ao conhecer o filho de uma delas, um perspicaz garotinho de dez anos de idade, o Professor irá revelar que, tanto quanto pela matemática, ele também é capaz de nutrir outra paixão incondicional: por crianças. A partir desse curioso encontro de gerações, Raiz – o apelido que o menino ganha do Professor em referência à raiz quadrada – irá absorver não só o amor por contas e equações, como também valores sobre respeito às diferenças, amizade e tolerância. Uma história verdadeiramente edificante, mas sem sentimentalismos. O livro foi adaptado para o cinema por Takashi Koizumi, discípulo de Akira Kurosawa, em 2016.

Ficção

Edições (1)

ver mais
A Fórmula Preferida do Professor

Similares


Resenhas para A Fórmula Preferida do Professor (6)

ver mais
Matematicamente delicado
on 11/7/17


Como será um livro inspirado na matemática e no beisebol japonês? Se for escrito por Yoko Ogawa é uma obra delicada, sensível, simples e com passagens de rara beleza. Maravilhoso, no seu tocante despojamento. E uma rara ocasião para entendermos um pouco mais da cultura japonesa. Sem dúvida, um dos melhores do ano. Recomendo. ... leia mais

Vídeos A Fórmula Preferida do Professor (2)

ver mais
A FÓRMULA PREFERIDA DO PROFESSOR, de Yoko Ogawa - Resenha | Japão Para Viver #1

A FÓRMULA PREFERIDA DO PROFESSOR, de Yoko Oga

LidoLendo | A Fórmula Preferida do Professor - Yoko Ogawa

LidoLendo | A Fórmula Preferida do Professor


Estatísticas

Desejam78
Trocam1
Avaliações 4.2 / 60
5
ranking 47
47%
4
ranking 35
35%
3
ranking 15
15%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

34%

66%

Betega
editou em:
08/12/2018 12:11:46