A Imitação do Amanhecer

A Imitação do Amanhecer Bruno Tolentino


Compartilhe


A Imitação do Amanhecer





"'A imitação do amanhecer', de Bruno Tolentino, reúne 539 sonetos escritos ao longo de 26 anos, entre 1979 e 1994. O livro, dividido em 3 partes chamadas de 'movimentos', é precedido por um soneto intitulado 'Em frontispício', que situa seu projeto poético. A epígrafe do soneto, um versículo de Joel, estabelece as finas relações que o poeta delineia entre o cristianismo e as orientações para a vida humana, sendo desdobrada criticamente no próprio poema. Afora este soneto de abertura, que possui título, os demais são apenas numerados, dispostos em 3 longos 'movimentos'. Cada um dos movimentos, por sua vez, define sua modalidade de andamento musical e se inspira em epígrafes de Borges, que giram em torno das relações entre tempo e eternidade. Os poemas obedecem aos esquemas clássicos de rimas dos sonetos, e a métrica é geralmente de versos com 12 sílabas.

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
A Imitação do Amanhecer

Similares


Resenhas para A Imitação do Amanhecer (1)

ver mais
Resenha: A Imitação do Amanhecer
on 18/9/11


Bruno Tolentino é daqueles poucos poetas que fazem o coração humano tocar em um ritmo diferente, o ritmo dado por ela na sua narração poética. Estamos entrando para o terceiro ano sem o escritor no terreno mas na literatura lá está ele eternizado em sua obra. Era uma pessoa controversa, causadora de burburinhos em entrevistas marcantes e personalidade forte. Não atoa muitas vezes foi alvo de críticos perniciosos porém seu trabalho brilhante marcou a volta do Brasil no cenário da escrit... leia mais

Estatísticas

Desejam14
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.6 / 11
5
ranking 73
73%
4
ranking 18
18%
3
ranking 9
9%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

68%

32%

Marcelo
cadastrou em:
29/08/2009 05:25:53
Salomão N.
editou em:
04/07/2018 23:25:05

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR