A jangada

A jangada Júlio Verne


Compartilhe


A jangada


800 léguas pelo rio Amazonas




Ambientado na Amazônia, este romance foi publicado originalmente em 1881. Júlio Verne, é sabido, nunca pisou na Amazônia nem mesmo no Brasil. Sua imaginação, seus textos trabalharam, portanto, a partir de outros escritos, outras imagens.

A jangada conta a história de uma viagem empreendida pela família de um próspero fazendeiro instalada em Iquitos. O objetivo confesso: ir a Belém para casar Minha, a filha, com um colega de estudos do irmão. Mas Joam Garral tem também suas razões secretas: conseguir, correndo o risco da sua efetiva execução, a revisão da sentença que o condenou injustamente à morte pelo caso de um roubo de diamante vinte e seis anos antes, enquanto ele trabalhava, sob a sua verdadeira identidade de Dacosta, nas minas imperialistas brasileiras. Com o objetivo de se deslocar, visto que o projeto era familiar, o herói não imagina outro meio senão construir uma gigantesca aldeia flutuante que se deixará levar pela correnteza do rio...

Júlio Verne foi um daqueles que retocaram os antigos mitos. Daqueles que lhes acrescentaram algo novo. Sua volta ao mundo em oitenta dias, as viagens ao centro da Terra e à Lua, as vinte mil léguas submarinas, o Nautilus, a forte e secreta figura do capitão Nemo são alguns dos motivos que impulsionaram nossas fantasias inconscientes. A jangada reativa vários dos elementos desses mundos paralelos: a cidade flutuante, a ilha utópica, o criptograma, o erro judiciário, a descida de um rio... Essas recorrências são sinais de macanismos literários profundamente significantes e ancorados na inteligência do criador. – Michel Riaudel

Aventura / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance / Suspense e Mistério

Edições (7)

ver mais
A jangada
A Jangada
A Jangada
A jangada

Similares

(30) ver mais
A Amazônia Misteriosa
O soberbo orenoco
Três Garotos na Amazônia
Os Filhos do Capitão Grant

Resenhas para A jangada (8)

ver mais
Contra a corrente
on 15/1/09


Uma péssima surpresa. Esse é sem sombra de dúvida o pior dos livros que já li de Julio Verne, um ótimo autor que sempre recomendei. Não sei se o fato de estar tendo que engolir o livro a força ou devido as descrições fracas que ele apresenta do Brasil (sim a história se passa aqui) ele simplismente é... fraco. Como posso falar isso se nãoo terminei de ler o livro ainda? (vergonha vergonha) Porque ele é realmente fraco. Talvez para uma Europa de fim de século até que as jornadas atrav... leia mais

Estatísticas

Desejam44
Trocam5
Avaliações 3.7 / 113
5
ranking 26
26%
4
ranking 34
34%
3
ranking 33
33%
2
ranking 5
5%
1
ranking 3
3%

47%

53%

Jenifer
editou em:
03/02/2020 12:33:48