A Menina que Contava Histórias

A Menina que Contava Histórias Jodi Picoult


Compartilhe


A Menina que Contava Histórias





Neste romance, Jodi Picoult examina com elegância até onde estamos dispostos a ir para proteger nossa família e impedir o passado de governar o futuro

Sage Singer trabalha a noite toda, preparando pães e doces para o dia seguinte e tentando escapar de uma realidade de solidão, lembranças ruins e da sombra da morte de sua mãe. Quando Josef Weber, um idoso que participa do grupo de luto de Sage, passa a frequentar a padaria, eles começam uma amizade improvável. Apesar de suas diferenças, ambos enxergam um no outro as cicatrizes ocultas que as demais pessoas não veem.
Tudo muda no dia em que Josef confessa um segredo vergonhoso e há muito enterrado — ele foi membro da SS na Alemanha nazista — e pede a Sage um favor impensável: que ela o ajude a morrer. O que ele não sabe é que a avó de Sage é uma sobrevivente do Holocausto... ou será que sabe?
Se Sage concordar em fazer o que Josef pediu, enfrentará não apenas repercussões morais, mas talvez também legais. Com a integridade de seu amigo mais próximo manchada, ela começa a questionar suas suposições e expectativas sobre a vida e a própria família.

• Autora best-seller do New York Times
• Jodi Picoult é autora de mais de vinte livros, publicados com grande sucesso de crítica e público em mais de trinta países, incluindo o best-seller A guardiã da minha irmã, lançado no Brasil pela Verus Editora e que foi transformado no filme Uma prova de amor.
• Seus livros já venderam mais de 26 milhões de exemplares no mundo todo.
• Indicado para o 2015 International Impac Dublin Literary Award.

Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
A Menina que Contava Histórias

Similares

(7) ver mais
A guardiã da minha irmã
Dezenove Minutos
Um Mundo à Parte
A Menina de Vidro

Resenhas para A Menina que Contava Histórias (26)

ver mais
Não li a sinopse e me surpreendi com o rumo da história

Esse foi o primeiro livro que li do catálogo do Kindle Unlimited, peguei indicação da Pam Gonçalves. Eu comecei a leitura sem ler a sinopse, estava super entretida com a protagonista fazendo pão (muito eu nessa quarentena) até que a narrativa muda completamente. O livro traz as memórias dos campos de concentração nazista durante a Segunda Guerra Mundial e é muito triste e pesado. Adorei a escrita da autora Jodi Picoult, que eu não conhecia ainda, mas preciso de um tempo para me recuper... leia mais

Estatísticas

Desejam225
Trocam1
Avaliações 4.6 / 264
5
ranking 75
75%
4
ranking 21
21%
3
ranking 4
4%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

8%

92%

João gregorio
cadastrou em:
20/05/2015 15:34:00
Beatriz Soares
editou em:
04/07/2017 15:27:18
Beatriz Soares
aprovou em:
04/07/2017 15:27:26