A mulher de pés descalços

A mulher de pés descalços Scholastique Mukasonga




A mulher de pés descalços





As obras de Scholastique Mukasonga são uma mortalha de papel para aqueles que não têm sepultura. O romance A mulher de pés descalços foi escrito em memória de Stefania, a mãe da escritora Scholastique Mukasonga, assassinada pelos hutus, durante a guerra civil de Ruanda. Às lembranças de um paraíso perdido, onde Stefania era uma senhora alegre e casamenteira, que dava conselhos às moças em torno do amor e da vida matrimonial, se mesclam imagens terríveis, como o medo constante e busca de esconderijos seguros para salvar seus filhos do extermínio.

Biografia, Autobiografia, Memórias

Edições (1)

ver mais
A mulher de pés descalços

Similares


Resenhas para A mulher de pés descalços (2)

ver mais
A palavra como mortalha.
on 2/8/17


Em 1994, aproximadamente 800 mil pessoas da etnia tutsi foram assassinadas na guerra civil em Ruanda e é para realizar o enterro simbólico dessas pessoas que Scholastique escreveu "A mulher de pés descalços". Tendo como ponto de partida a vida da sua mãe (uma das vítimas do genocídio) a autora em pouco mais de 150 páginas nos leva a conhecer o dia a dia das pessoas de sua etnia; costumes e crenças são apresentados com leveza, encantamento e com o peso de uma mulher que cresceu carregan... leia mais

Estatísticas

Desejam69
Trocam1
Avaliações 4.0 / 20
5
ranking 35
35%
4
ranking 45
45%
3
ranking 15
15%
2
ranking 5
5%
1
ranking 0
0%

21%

79%

Tuanny
cadastrou em:
17/07/2017 00:46:14