A Rebeldia do Precariado

A Rebeldia do Precariado Ruy Braga


Compartilhe


A Rebeldia do Precariado


Trabalho e Neoliberalismo no Sul Global




Em seu novo livro, o sociólogo Ruy Braga busca fundamentar etnograficamente a crise da globalização neoliberal iniciada em 2008, a partir da comparação entre três países – Portugal, África do Sul e Brasil. A rebeldia do precariado propõe compreender as resistências populares às políticas de espoliação social que acompanham a difusão do neoliberalismo e da precarização do trabalho na semiperiferia do sistema. Para tanto, recorre ao arcabouço teórico marxista na tentativa de interpretar tanto os avanços da mercantilização do trabalho, da terra e do dinheiro quanto as novas formas de insurgência contra a espoliação protagonizadas pelo precariado urbano. A rebeldia do precariado é primeira obra na história da sociologia brasileira a comparar três países em três continentes diferentes apoiando-se tanto no marxismo quanto em etnografias da condição proletária. Além disso, em termos internacionais, trata-se de um livro pioneiro que se propõe a interpretar a crise da globalização iniciada em 2008 a partir da prática política e das formas de resistência do precariado urbano.

Sociologia

Edições (1)

ver mais
A Rebeldia do Precariado

Similares

(3) ver mais
A Formação do Cibertariado: Trabalho Virtual em um Mundo Real
O Precariado
Uberização, Trabalho Digital e Indústria 4.0

Estatísticas

Desejam18
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.5 / 7
5
ranking 57
57%
4
ranking 43
43%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

47%

53%

João gregorio
cadastrou em:
26/09/2017 22:58:10
Samir Calaça
editou em:
30/03/2018 09:32:25

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR