A Revolta da Vacina

A Revolta da Vacina Nicolau Sevcenko


Compartilhe


A Revolta da Vacina


Mentes insanas em corpos rebeldes




Um clássico desde sua primeira edição em 1984, em A Revolta da Vacina o renomado historiador Nicolau Sevcenko realizou um estudo pioneiro, reconstituindo os episódios que passaram para a história como a maior convulsão social da cidade do Rio de Janeiro, durante a campanha de vacinação contra a varíola (1904). O ponto de vista adotado pela análise é bastante claro: ver a modernidade pelo avesso. Assim, por trás da reforma urbana promovida então pelo prefeito Pereira Passos, é possível ver claramente o processo de especulação imobiliária e a profunda situação de exclusão social. A saúde pública caminha junto ao uso autoritário da ciência. E a nascente República, que em tese se opunha ao Império escravocrata, promove na verdade a “democratização da senzala”.

Literatura Brasileira

Edições (1)

ver mais
A Revolta da Vacina

Similares

(29) ver mais
A Revolta da Vacina
Pereira Passos: Um Haussmann tropical
Tenentes
Brasil. Cazuza, Renato Russo e a Transição Democrática

Resenhas para A Revolta da Vacina (20)

ver mais
Leitura fabulosa e talvez necessária
on 26/7/21


Acredito, chegando até aqui no final, que a Revolta da vacina não aconteceu apenas pelo simples fato da vacinação ter sido imposta. É evidente que precedentes (intencionalmente ou não) segregacionistas contribuíram para a eclosão do levante, e isso fica claro quando a gente termina de ler o livro. A revolta possuía resquícios e “focos de incêndio” do ódio que a população vinha acumulando contra seus líderes. Esse ódio reverberou durante os anos, a revolta ascendeu e ele serviu de alime... leia mais

Estatísticas

Desejam51
Trocam1
Avaliações 4.3 / 192
5
ranking 55
55%
4
ranking 30
30%
3
ranking 13
13%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

44%

56%

Livrada!
cadastrou em:
28/07/2010 23:04:23
Drieli Devecchi
editou em:
11/01/2016 10:25:29

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR