A tentação do cristianismo

A tentação do cristianismo Luc Ferry...


Compartilhe


A tentação do cristianismo


De seita a civilização




O desencantamento do mundo ocidental, em que a laicidade reina absoluta, pode facilitar a volta de “demônios do passado”. Para Luc Ferry e Lucien Jerphagnon, a única forma de evitar a reedição de tragédias e de olhar o futuro com otimismo é reconhecer a herança religiosa cristã como parte indissociável da cultura europeia. Em debate na Sorbonne transformado no livro A Tentação do Cristianismo, que chega agora ao Brasil pela editora Objetiva, os dois filósofos franceses mostram que não se pode dissociar a religião da cultura, como fazem os fundamentalistas, nem se pode entender a cultura sem pensar em religião, como querem os secularistas. A mensagem de Cristo revolucionou o mundo grego e romano ao unir as duas pontas, trazendo a fé para o plano da história. Deus encarnado em Cristo representou uma espécie de emancipação do homem, e a grande novidade do cristianismo – sua “tentação” – é o amor.

Edições (1)

ver mais
A tentação do cristianismo

Similares

(10) ver mais
Quando o nosso mundo se tornou cristão
o que é o ser humano?
Famílias, Amo Vocês
A inovação destruidora

Resenhas para A tentação do cristianismo (1)

ver mais
Um breve estudo sobre o cristianismo
on 28/1/17


O livro, na verdade, é baseado em um debate em Sorbonne entre os autores do livro. Em resumo, o livro é curto, porém bastante profundo, com bastante informações históricas e filosóficas. Quanto a questão cristã, tenho que admitir estar surpreso (de forma positiva) pois a discussão é bem cientifica, deixando um pouco de lado as opiniões pessoais dos autores. Os demais pontos relato a seguir: O primeiro tópico, de autoria do Lucien Jerphagnon, traz o contexto histórico do tema e tam... leia mais

Estatísticas

Desejam16
Trocam2
Avaliações 3.9 / 41
5
ranking 34
34%
4
ranking 29
29%
3
ranking 32
32%
2
ranking 5
5%
1
ranking 0
0%

71%

29%

Felipe Koller
cadastrou em:
05/08/2011 21:02:56