A Vênus das peles

A Vênus das peles Leopold von Sacher-Masoch


Compartilhe


A Vênus das peles





A Vênus das peles, de Sacher-Masoch, foi publicado originalmente em 1870, e narra pela primeira vez, com detalhe e clareza, a submissão sexual e existencial, ao mesmo tempo dolorosa e prazerosa, servil e libertária – pois se trata de servidão voluntária –, de um homem a uma mulher. O livro não é apenas a obra fundamental do masoquismo. Ele é também uma das obras fundamentais da cultura contemporânea, em que a liberdade e a realização individuais se alimentam reciprocamente.

O masoquismo (termo depois consagrado por Freud), o sadismo e inúmeras outras práticas hoje conhecidas, reconhecidas e nomeadas, como o fetichismo, o travestismo e o próprio homossexualismo antes conhecido como “o amor que não ousa dizer seu nome” – ousam nomear-se quando deixam de ser negados e renegados e podem, entre outras coisas, se tornar referências de grandes obras de arte, como a Vênus das peles.

Literatura Estrangeira / Romance / Sexo e Sexologia

Edições (3)

ver mais
A Vênus das peles
A Vênus das Peles
A Vênus das Peles

Similares

(12) ver mais
Os 120 Dias de Sodoma
Horas de Prazer
História de O
História de O

Resenhas para A Vênus das peles (10)

ver mais
"Não há beleza sem espinho, assim como não há sensualidade sem tormento".
on 13/6/09


Perturbador, instigante, poético e transgressor. Uma sensual e definitiva lição sobre a dinâmica de poder nas relações amorosas.... leia mais

Estatísticas

Desejam133
Trocam5
Avaliações 4.0 / 205
5
ranking 37
37%
4
ranking 40
40%
3
ranking 19
19%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

37%

63%

Felipe
cadastrou em:
14/06/2015 21:22:28
()
editou em:
09/12/2015 15:10:06