Acidentes, Não Castigos

Acidentes, Não Castigos C.H.Spurgeon


Compartilhe


Acidentes, Não Castigos





Um acidente que mata várias pessoas de uma hora para outra. Perplexidade. Muitos começam a cogitar que para tais pessoas sofrerem uma morte tão trágica e repentina, certamente elas eram muito mais pecadoras para sofrerem tal infortúnio. Alguns consideram um castigo de Deus para tal situação.

Famíliar? Spurgeon respondeu biblicamente e com a razão essas e outras cogitações que muito levantam até os dias de hoje. Confira um pequeno techo da introdução desse sermão:

"O tema particular dessa manhã, no entanto, é esse: o uso que devemos encontrar para esses terríveis textos que Deus está escrevendo com letras maiúsculas na história do mundo. Deus falou uma vez, sim, falou duas vezes. Que não se diga que o homem não prestou atenção. Temos visto um vislumbre do poder de Deus, e contemplamos alguma coisa da rapidez com que Ele pode destruir nossos concidadãos. “Presta atenção ao castigo e a quem o estabelece;” e ao prestar atenção, façamos duas coisas.

Primeiro, não sejamos tão insensatos para chegar na conclusão que pessoas supersticiosas e ignorantes raciocinam. Essa conclusão que está sugerida no texto, a saber, que os que são destruídos por meio de acidentes são pecadores que estão acima de todos os pecadores que habitam tal e tal lugar. E, em segundo lugar, cheguemos à conclusão apropriada e correta; façamos um uso prático de todos esses eventos para nossa própria melhoria pessoal, e escutemos a voz do Salvador que diz: “se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis.”

Religião e Espiritualidade

Edições (1)

ver mais
Acidentes, Não Castigos

Similares

(96) ver mais
A Predestinação dos Santos
Barrabás ou Jesus?
O Evangelho da Graça de Deus
Catolicismo Romano

Resenhas para Acidentes, Não Castigos (2)

ver mais
Essencial!
on 11/11/21


Spurgeon usou do terrível acidente ferroviário para comentar e ensinar qual deve ser a perspectiva cristã quando essas calamidades e acidentes ocorrem. Por isso, já na capa do livro vemos uma ilustração de trem. No texto encontramos boas argumentações que merecem ser relidas e estudadas até em grupo. O que aprendi é que diante de infortúnios e tragédias, cristãos não devem falar precipitadamente e julgar como sendo juízo de Deus ou tentar fazer suposições ou divulgar superstições ou... leia mais

Estatísticas

Desejam2
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 2
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

38%

62%

Barbara.Tomaz
cadastrou em:
08/11/2021 18:10:41
Barbara.Tomaz
editou em:
08/11/2021 18:11:06

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR